Av1 Direito do Trabalho
11 pág.

Av1 Direito do Trabalho


Disciplina<strong>direito do Trabalho</strong> - Cl4 materiais1 seguidores
Pré-visualização11 páginas
Iniciado em
quinta, 26 Set 2019, 22:03
Estado
Finalizada
Concluída em
quinta, 26 Set 2019, 23:21
Tempo empregado
1 hora 17 minutos
Avaliar
7,00 de um máximo de 10,00(70%)
Questão 1
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Remover rótulo
Texto da questão
O salário pode ser e ntendido com o o pagam ento que o em pregado recebe pelas suas atividades
laborais. Diante dos es tudos sobre o sal ário e a rem uneração, analise o caso com o exem plo: Marcelo,
um administrador, com eçou a trabalhar n a empres a Mais+, como ass istente adm inistrativo, no seu
contrato de trabalho, para trabalhar um a jornada de 4 0 horas sem anais, ou seja, de seg unda a sexta -
feira, com um salário no valor total d e R$ 3.960,00 por m ês. Entretanto, conform e acordo entre as
partes, o seu salário s erá de utensílio.
Diante do excerto ac ima, assinale a opção corr eta qu e apresenta o valor da parte do salár io em
utensílios que Marcelo rec eberá:
Escolha uma:
a. R$ 2.288,00.
b. R$ 2.772,00.
c. R$ 2.388,00.
d. R$ 1.772,00.
e. R$ 1.188,00.
Feedback
Sua resposta está corr eta.
Lembrando que o perc entual m ínimo que pode ser p ago em utensílios é de 70% do sal ário. Logo, o
valor será o resultado de R$ 3.960, 00X70%, logo, R$ 2.772,00. A CLT - Artigo 82 Parágrafo ún ico
determina o salário m ínim o pago em dinheiro não será inferior a 3 0% (trinta por cento) d o salário
mínimo f ixado para a região, zona ou subzona.
A resposta correta é: R$ 2.772,00..
Questão 2
Incorreto
Atingiu 0,00 de 1,00
Remover rótulo
Texto da questão
A suspensão do contra to trata da sustação restrita ou am pliada dos efeitos contra tuais, neste sentido,
compreende-se com o a sus tação temporária da o brigação com relação ao empregad o, ou seja, na
prestação do serviço, sem , contudo, rom per o vínculo c ontratual entre as partes. Apesar da pr esença
do vínculo empregatíci o, ficam suspensas as obrigações com relação ao em pregador, e neste caso, a
pausa na prestação de serviços não entra no com puto dos dias trabalhados.
DELGADO, M.G. Curs o de Direit o do Tr abalho. 16ª. Ed. rev. e ampl.. São Paul o : LTr, 2017.
Sobre a suspensão do co ntrato de trab alho analise as afirmativas a seguir e assinale V para
verdadeiro ou F para f also.
I. ( ) No caso de susp ensão por m otivo lícito atribuí vel ao emprega do, a susp ensão do contrat o de
trabalho se dará por vontade do em pregado.
II. ( ) A aposentadori a por invalide z é caracterizada com o suspensão do co ntrato de trabalh o.
III. ( ) A partir do primeiro dia co nfigurando o acide nte de trabalh o o em pregado já estará r espaldado
pela possibilidade de suspensão ao con trato de traba lho.
IV. ( ) O direito a gre ve do em pregado é caracterizado com o suspensão do contrato de trabal ho,
mesmo que rem unerado pelo em pregador.
V. ( ) O afastam ento do trabalho por part e do em pregado em r azão de aperfeiçoam ento em curso de
qualificação oferec ido pela em presa enquadra -se com o suspensão do contrat o de trabalho.
Agora, assinale a opção que representa a sequência corr eta:
Escolha uma:
a. V, V, F, V e V.
b. V, V, F, F e V.
c. V, F, F, F e V.
d. V, V, V, F e F.
e. V, V, F, F e F.
Feedback
Sua resposta está inc orreta.
Considerando que, a af irmativa I é verda deira, pois, n a suspensão por m otivo lícito atribuí vel ao
empregado, se dará ex clusivam ente por vontade do e mpregado, com o, por exemplo, qu ando por
vontade própria o em pregado partic ipa de um a paralisação em razão de greve; a afirm ativa II é
verdadeira considera ndo que, de acord o com o artigo 475 da CLT constitui com o suspensão do
contrato de trabalho; a af irm ativa III é falsa visto que, no caso de acidente d e trabalho considera -se
como suspensão a part ir do 16° dia d e afastam ento e não do pr imeiro; a afirm ativa IV é falsa
considerando que o direito de greve pelo empregado, quan do remunerado pe lo em pregador,
constituirá com o interrupção e não com o suspensão; a afirm ativa V é verdadeira pois em consonância
ao artigo 476 da CLT , constitui com o suspensão do co ntrato de traba lho o afastam ento para
qualificação do em pregado.
A resposta correta é: V, V, F, F e V..
Questão 3
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Remover rótulo
Texto da questão
Conform e dispõe o caput do artigo 3 ° da CLT, “Consi dera -se em pregado toda pes soa física que
prestar serviço de natureza não ev entual a em pregador, sob a depe ndência deste e m ediante salário ”.
BRASIL. Consolid ação das Leis T rabalhistas. Decret o Lei n° 5.452 de 1° de m aio de 1943. Disponível
em: http://www.plana lto.gov.br/ccivil_0 3/decreto -lei/Del5452com pilado.htm . Acesso em : 07 de jun. de
2018.
Neste sentido, podem os afirm ar que todo emprega do é um trabalhador, m as nem todo traba lhador é
um em pregado.
Analisando a relação de em pregado e trabalhador i dentifique, a p artir dos exemplos e c onceitos
abaixo, as afirm ativas que configuram relações de emprego.
I. A contratação de J acks Rossam , artista plástico , pessoa fís ica, para conceber u ma única obra de
arte, ou seja, a prestação de serviço nã o seria contínu a, cujo valor a ser rem unerado era d e R$
500,00, com um a ress alva importante no contrato, que a obra dever ia ser realizada un icamente pelo
artista contratado, Jack s Rossam , ou seja, configuran do a pessoalidade.
II. Jaimes, pessoa f ísica, vendedor, que traba lha em um a distribuidora de refr igerantes, visitando os
clientes nas cidades adjac entes, por iss o não trabalha no esp aço físico da em pres a, com uma m eta a
cumprir por dia de trab alho, ou seja, su bordinado ao em pregador, recebendo uma rem uneração
correspondente ao período de 08 às 1 7 horas no valor de R$ 1.300,00.
III. Joana contratou Már io, pessoa física, pe dreiro experiente, p ara a constru ção exclusivam ente de
uma área de churrasco em seu sítio, ou seja, a prestaç ão de serviço é eventual, não contínu a. O
contrato de trabalho es tabeleceu um valor de rem uneração de R$ 3.0 00,00 e ainda q ue a obra dever ia
seguir rigidam ente os critérios determ i nados por Joana, visto que a mesm a era arquiteta e havia
realizado o projeto, assim toda obra era s ubordinada à Joana.
Diante dessas inform ações, podem os considerar com o uma relação d e emprego apenas o que se
afirma em:
Escolha uma: