PROVAS DE CONTABILIDADE PÚBLICA
10 pág.

PROVAS DE CONTABILIDADE PÚBLICA


DisciplinaContabilidade Pública6.454 materiais51.106 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Disciplina:
	Contabilidade Pública (CON36)
	Avaliação:
	Avaliação I - Individual Semipresencial ( Cod.:460681) ( peso.:1,50)
	Prova:
	12641327
	Nota da Prova:
	10,00
	
	
Parte superior do formulário
	1.
	O serviço público envolve gestores, doutrinadores e usuários, sendo um dos objetos de estudo do Direito Administrativo. Estes objetos de estudo são classificados em públicos e de utilidade pública. Escreva uma redação com o tema: A ABRANGÊNCIA DOS SERVIÇOS PÚBLICOS.
	Resposta Esperada:
Os serviços públicos são os serviços prestados diretamente pela administração à comunidade, não cabendo delegação destes a terceiros. São os serviços essenciais e necessários à comunidade e prestados pelo Estado, caracterizados como serviços que exigem a presença da administração pública. São exemplos típicos: a defesa nacional, a polícia, a desapropriação, entre outros. Temos ainda os não essenciais, como, por exemplo: a Loteria Federal e a Loteria Esportiva.
Parte inferior do formulário
	Disciplina:
	Contabilidade Pública (CON36)
	Avaliação:
	Avaliação II - Individual Semipresencial ( Cod.:460679) ( peso.:1,50)
	Prova:
	12760852
	Nota da Prova:
	10,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	A receita pública é todo ingresso de recursos nos cofres públicos e as despesas públicas são dispêndios realizados pelos entes públicos. Baseado no exposto, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A despesa orçamentária é o fluxo que deriva da utilização de crédito consignado no orçamento da entidade, podendo ou não diminuir a situação líquida patrimonial.
(    ) Receitas orçamentárias são aqueles ingressos orçamentários pertencentes ao ente público, arrecadados exclusivamente para aplicações em programas e ações governamentais.
(    ) Para fins contábeis, quanto ao impacto na situação líquida patrimonial, a receita pode ser efetiva ou não efetiva.
(    ) Receitas públicas são disponibilidades de recursos financeiros do exercício orçamentário, cuja finalidade principal é viabilizar a execução das políticas públicas.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - V - V.
	 b)
	F - V - F - V.
	 c)
	F - V - V - F.
	 d)
	V - F - F - V.
	2.
	Uma das tarefas mais difíceis do gestor público é a execução da despesa pública, frente aos escassos recursos públicos disponíveis, bem como a necessidade de seguir os princípios que envolvem a administração pública. No que diz respeito à despesa pública, analise as afirmativas a seguir:   
I- Cabe ao gestor público, ao executar a despesa pública, observar os limites impostos na legislação, principalmente os limites constitucionais e da Lei de Responsabilidade Fiscal.
II- A despesa pública, para ser executada, deverá estar autorizada por lei, e prevista nas peças orçamentárias (PPA, LDO e LOA), podendo ser consideradas nulas em caso de descumprimento.
III- As despesas públicas que tratam de cultura, meio ambiente, saúde e segurança pública terão prioridades de execução, podendo ser utilizados os recursos públicos de outras áreas.
IV- De acordo com a legislação, a despesa pública está dividida em três grandes grupos: despesa orçamentária, despesa extraorçamentária e despesa de capital (investimentos). 
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As afirmativas III e IV estão corretas.
	 b)
	As afirmativas I e II estão corretas.
	 c)
	As afirmativas II e III estão corretas.
	 d)
	As afirmativas I e IV estão corretas.
	3.
	O empenho deve ser prévio e estar restrito ao limite da dotação orçamentária. Podemos afirmar que o mesmo deve ocorrer antes da emissão da nota fiscal ou de qualquer outro documento hábil. As fases corretas que a execução orçamentária deve seguir são:
	 a)
	Empenho, Liquidação e Pagamento.
	 b)
	Pagamento, Empenho e Liquidação.
	 c)
	Empenho, Pagamento e Liquidação.
	 d)
	Pagamento, Liquidação e Empenho.
	4.
	O programa de governo é uma ferramenta de suma importância no que diz respeito ao planejamento governamental, em que o ente público definirá de forma estratégica a utilização dos recursos públicos. Sobre o programa de governo, analise as sentenças a seguir:
I- Segundo as normas da Secretaria do Tesouro Nacional - STN -, os programas de governo devem ser precedidos da declaração do ordenador da despesa de compatibilidade com a LOA.
II- O programa de governo identificará a unidade orçamentária que executará a despesa, podendo ser mais de uma unidade orçamentária por programa.
III- Deve constar no programa de governo a identificação com o nome do programa, seus objetivos, o público que será atingido, os valores daquele programa, entre outras informações.
IV- Todo programa de governo deverá constar informações gerais de custos por programa e por atividade, com a justificativa do gestor para a execução daquela determinada atividade.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I e II estão corretas.
	 b)
	As sentenças III e IV estão corretas.
	 c)
	As sentenças I e IV estão corretas.
	 d)
	As sentenças II e III estão corretas.
	5.
	Todo ingresso orçamentário é uma receita pública que serve para fazer frente às despesas públicas. Possuem enfoque orçamentário e, para fins contábeis, temos o impacto na situação líquida patrimonial. As receitas orçamentárias podem ser:
	 a)
	Receita Orçamentária realizada e Receita Orçamentária não realizada.
	 b)
	Receita Orçamentária aumentativa e Receita Orçamentária não aumentativa.
	 c)
	Receita Orçamentária efetiva e Receita Orçamentária não efetiva.
	 d)
	Receita Orçamentária originária e Receita Orçamentária não derivada.
	6.
	A classificação da receita orçamentária é atualizada pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), em conjunto com a Secretaria de Orçamento Federal (SOF) ? órgão do Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Esta codificação é identificada por números de código decimal. Como ela é conhecida?
	 a)
	Natureza da receita.
	 b)
	Despesa de espécie.
	 c)
	Receita econômica.
	 d)
	Código de origem.
	7.
	As receitas públicas estão divididas em categorias econômicas, dentro do primeiro nível contábil da natureza de receita, e podem ser classificadas em receitas correntes e receitas de capital, seguindo os preceitos legais. No que tange às receitas públicas, analise as sentenças a seguir:
I- As receitas correntes estão divididas entre receitas tributárias (impostas, taxas etc.), de contribuições, patrimonial, entre outras, que visam a custear as despesas correntes.
II- As receitas de capital são aquelas que suas fontes resultam através de dívidas, de transferências de outros entes públicos para custear investimentos, entre outros de acordo com a legislação.
III- As receitas correntes integram o orçamento público e visam a custear as despesas com investimentos em educação e saúde, provenientes de convênios com a União. 
IV- Toda receita de capital deverá trazer sua fonte de recursos (impostos, taxas, contribuições de melhoria), bem como a indicação da despesa com manutenção que será utilizada.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I e II estão corretas.
	 b)
	As sentenças III e IV estão corretas.
	 c)
	As sentenças I e IV estão corretas.
	 d)
	As sentenças II e III estão corretas.
	8.
	A codificação por natureza de receita é dada no primeiro nível com a denominação de Categorias Econômicas das Receitas e que, por sua vez, recebe a classificação em Receitas Correntes e Receitas de Capital. Sobre as referidas receitas, associe os itens, utilizando o código a seguir:
I- Receitas Correntes.
II- Receitas de Capital.
(    ) Receitas da conversão em espécie.
(    ) Realização de recursos financeiros oriundos de constituição de dívidas.
(    ) Receitas de serviços.
(    ) Superávit do orçamento corrente.