A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
prova final História do Brasil Colonial

Pré-visualização | Página 1 de 2

Acadêmico:
	Raely da Cruz Sampaio (1360559)
	
	Disciplina:
	História do Brasil Colonial (HIS29)
	Avaliação:
	Avaliação Final (Objetiva) - Individual Semipresencial ( Cod.:638720) ( peso.:3,00)
	Prova:
	15945005
	Nota da Prova:
	7,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	No sistema de administração de lotes, conhecido como capitanias hereditárias, o rei indicava uma pessoa que ficaria responsável pelo desenvolvimento, gerenciamento e suporte financeiro desses lotes. Sobre o nome dado ao responsável do lote, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Capitão.
	 b)
	Nobre.
	 c)
	Fidalgo.
	 d)
	Donatário.
	2.
	Durante os primeiros trinta anos da colonização do Brasil, Portugal não demonstrou muito interesse pelas terras brasileiras. Foi um período de nossa história que ficou conhecido como "os anos esquecidos". Compreende esse período que vai do descobrimento até a chegada da "missão civilizadora" de Martim Afonso de Souza. Esses anos foram marcados pelo convívio relativamente pacífico com os nativos. Com relação aos primeiros trinta anos da colonização brasileira, classifique V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Nesse período vieram ao Brasil jovens da elite portuguesa atraídos pela aventura.
(    ) A extração de Pau-Brasil, feita em regime de escambo, foi a atividade do período.
(    ) Nesse período, realizaram-se expedições "guarda-costa" para inibir o contrabando.
(    ) Nesse período, o contato dos nativos limitaram-se aqueles feitos com os portugueses.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - V - F.
	 b)
	V - F - F - V.
	 c)
	F - V - V - F.
	 d)
	F - F - V - V.
	3.
	Endeusados por certa historiografia (hoje ultrapassada, embora ainda encontre expressão), os bandeirantes foram responsáveis pela ampliação dos limites do território brasileiro para além daquele determinado pelo Tratado de Tordesilhas e também pela descoberta de recursos auríferos em nossa terra. Eles foram igualmente responsáveis esses pela fundação de inúmeros povoados e vilas pelos sertões brasileiros. A maior parte do contingente de Bandeirantes era formada por mamelucos, o resultado da miscigenação do elemento indígena com o colonizador português. Com relação aos bandeirantes, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Podemos considerar os bandeirantes os maiores criminosos de seu tempo.
(    ) O número de indígenas mortos e escravizados por eles chega a meio milhão.
(    ) Os bandeirantes ignoravam as leis da coroa portuguesa e da Igreja Católica.
(    ) Os bandeirantes falharam no objetivo de achar pedras preciosas no interior.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - V - F.
	 b)
	V - F - F - V.
	 c)
	F - F - V - V.
	 d)
	F - V - V - F.
	4.
	A expansão comercial e marítima portuguesa a partir do século XV, com pesquisas e aprimoramentos na construção naval, assim como a experiência em navegação oceânica, foram responsáveis pela conquista de várias regiões. Entre elas podemos citar a conquista da costa africana e a chegada dos portugueses às terras brasileiras. Portanto, a conquista do Brasil foi algo planejado e não meramente por acaso. Sobre o que favoreceu a liderança de Portugal na expansão marítima, analise as sentenças a seguir:
I- Situado na Península Ibérica, Portugal possuía uma posição geográfica privilegiada para o domínio do Oceano Atlântico e fácil acesso à costa africana.
II- Portugal passou por um processo de unificação política, conquistando sua unidade nacional cedo, o que fortaleceu para o processo da expansão marítima.
III- O Renascimento fomentou a busca pelo "novo" ou "desconhecido", abrindo caminhos para avanços e descobertas nos campos da geografia e das ciências aplicadas.
IV- Os portugueses foram aventureiros da descoberta, ficaram conhecidos como marinheiros sem rumo em busca do inesperado, apostando em pequenas navegações.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I e IV estão corretas.
	 b)
	As sentenças I, II e III estão corretas.
	 c)
	As sentenças I, III e IV estão corretas.
	 d)
	As sentenças II e IV estão corretas.
	5.
	A expedição de Martim Afonso de Souza partiu de Lisboa em dezembro de 1530, com cinco navios e uma tripulação de mais ou menos 400 pessoas. Seu principal objetivo era iniciar a colonização do Brasil. Nesses termos, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A expedição enfrentou muitas dificuldades, pois as novas terras eram praticamente virgens. A grande virtude da expedição foi ter fundado a Vila de São Vicente, no atual litoral de São Paulo, e de ter introduzido o cultivo da cana-de-açúcar.
(    ) A expedição permaneceu apenas no litoral brasileiro. Nesse momento, nenhuma tentativa de explorar o interior do Brasil foi realizada, em virtude dos índios tapuias, que habitavam o interior, serem extremamente agressivos.
(    ) Na região de São Vicente, atual litoral de São Paulo, Martim Afonso de Souza iniciou o plantio da cana-de-açúcar, onde um ano após o plantio das primeiras mudas, instalou-se o primeiro engenho de açúcar no Brasil.
(    ) A expedição ficou conhecida como ?expedição colonizadora?. Além de iniciar a colonização, Martim Afonso de Souza tinha como objetivos combater os corsários estrangeiros, procurar ouro e fazer um maior reconhecimento geográfico do litoral.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - V - F.
	 b)
	V - V - V - F.
	 c)
	F - V - F - V.
	 d)
	V - F - V - V.
	6.
	No final do século XVIII, o Brasil assiste ao desenrolar de mais um movimento regional contrário ao regime colonial imposto por Portugal. Insuflada pelos trabalhos de divulgação dos ideais revolucionários franceses por parte da Loja Maçônica "Cavaleiros da Luz" a população baiana se levanta. Na Conjuração Baiana, os ideais de liberdade e felicidade que motivavam os revoltosos, auguravam um futuro de prosperidade para todos, dentro do credo Iluminista que os inspirava. Quanto a esse movimento emancipatório que se deu na Bahia em 1798, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Sendo proprietários de escravos, os conjurados repudiavam a abolição.
	 b)
	Os revoltosos criticavam a abertura dos portos ao comércio estrangeiro.
	 c)
	A escassez de gêneros e a carestia contribuíram para o clima de revolta.
	 d)
	Os revoltosos eram membros da elite que haviam estudado na Europa.
	7.
	A vinda da corte portuguesa para o Brasil no início do século XIX contribuiu para o processo independentista, não só pela quebra do pacto colonial implicada nessa, mas também pela crise econômica que dela decorreu. Mesmo as províncias nordestinas, cuja economia se encontrava em declínio, tiveram que contribuir, por meio do pagamento de impostos, para cobrir os  gastos da corte e das expedições militares portuguesas. A situação acabou por levar a um levante de caráter "antilusitano" que ficou conhecida como a "Revolução Nordestina" de 1817. Quanto ao levante de Pernambuco em 1817, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Os rebeldes instalaram uma república de caráter abolicionista, com igualdade de direitos e liberdade religiosa.
	 b)
	A queda do preço do açúcar e do algodão e alta do preço dos escravos foram fatores econômicos desse levante.
	 c)
	O pagamento de impostos e a crise social decorrente da seca favoreceu a difusão do ideal socialista entre os revoltosos.
	 d)
	Os líderes da rebelião foram perdoados e mais tarde participariam do movimento independentista de Pedro I.
	8.
	No século XVIII ocorreu uma série de revoltas, rebeliões e revoluções que tinham como pano de fundo a inspirá-las o Iluminismo. Foi assim na Europa, na América do Norte e também no Brasil. Essas revoltas e levantes em nossa terra estavam inseridas no processo de emancipação da nação, e, muito embora tenham fracassado, lograram deixar marcas profundas no imaginário nacional, como é o caso da Inconfidência Mineira. Uma dessas revoltas foi a Conjuração