A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
AV-ORIENTAÇÃO PARA A PRÁTICA PROFISSIONAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

Avaliação:
7,0
	Nota Partic.:
	Av. Parcial.:
2,0
	Nota SIA:
9,0 pts
	 
		
	ORIENTAÇÕES PARA A PRÁTICA PROFISSIONAL
	 
	 
	 1.
	Ref.: 195325
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	Em que momento o Estado brasileiro assumiu a questão social?
		
	
	A partir de 1937 com o intercâmbio com os EUA.
	
	No período republicano, quando foi criada a primeira legislação sócia em 1919 (Lei dos Acidentes de Trabalho).
	
	Quando as grandes instituições sociais foram criadas.
	
	Após o Golpe Militar de 1964.
	 
	Após 1930, mais especificamente no governo Vargas.
	
	
	 2.
	Ref.: 2966838
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	Servem como meio para satisfazer as necessidades da sociedade. Não surge sem que tenha surgido antes uma necessidade. Servem também de instrumento de regulação e de controle das atividades humanas. Estamos tratando do(a):
		
	
	Das Organizações da Sociedade Civil Organizada
	
	Do poder de polícia do Estado
	
	Das Organizações
	
	Das Instituições Políticas
	 
	Das Instituições Sociais
	
	
	 3.
	Ref.: 195339
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	As competências que devem ser de domínio do assistente social, mencionadas por Souza (2008) com base em Iamamoto são:
		
	
	Todas as alternativas
	
	Competência ético-política, competência política e competência técnica
	
	Competência de interpretar a realidade, competência teórica e competência operativa
	 
	Competência ético-política, competência teórico-metodológica e competência técnico-operativa
	
	Nenhuma das alternativas
	
	
	 4.
	Ref.: 195347
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	Quanto ao papel do Supervisor de Campo no Estágio, podemos afirmar:
		
	
	Que é o elemento chave do processo, cabendo a ele acompanhar metodologicamente o processo e estimular a reflexão entre os conteúdos trabalhados em sala de aula e os que surgem na prática.
	
	Que deve avaliar o aluno ao final do estágio
	
	Que sua atuação não é relevante, na medida em que os alunos recebem todas as orientações do supervisor acadêmico.
	 
	Que é o responsável pelo acompanhamento do estágio na instituição, o canal entre a entre a prática profissional e a academia, que entra com seu saber a respeito da realidade social, da instituição, da cultura institucional, suas rotinas, etc.
	
	Acompanhar um grupo de 10 estagiários.
	
	
	 5.
	Ref.: 2967079
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	Um assistente social inicia suas atividades em uma Instituição e durante suas primeiras observações ele constata que a instituição nunca sistematizou suas práticas que são reproduzidas há mais de 20 anos. Desta forma, ele resolve fazê-lo. Assim podemos afirmar que o profissional irá fazer:
 
 
 
		
	
	Um relatório Social
	
	Um plano de ação
	
	Um Programa
	
	Uma anamnese
	 
	Um projeto Institucional
	
	
	 6.
	Ref.: 139274
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	Como nos ensina Souza (2008), os instrumentos de trabalho são classificados em diretos e indiretos, de acordo com as linguagens oral e escrita. Os instrumentos diretos pressupõem uma interação entre pessoas, diferentemente dos indiretos, onde não se verifica essa interação. Assinale, dentre as alternativas abaixo, a que reúne apenas aqueles considerados diretos.
		
	
	Entrevista, observação e relatório social.
	
	Entrevista, ata de seminário e visita domiciliar.
	 
	Entrevista, reunião, dinâmica de grupo.
	
	Entrevista, ata de reunião e visita domiciliar.
	
	Entrevista, dinâmica de grupo e parecer social.
	
	
	 7.
	Ref.: 268357
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	No processo de constituição dos grupos, podemos dizer que eles se constituem por duas vias:
		
	 
	por opção e por espontaneidade
	
	espontaneidade e por mandato
	 
	Por demanda interna e por demanda externa
	
	por autoritarismo e ordem
	
	vias abertas e fechadas
	
	
	 8.
	Ref.: 268340
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	" O trabalho com grupos exige, em primeiro lugar, a superação de uma postura ____________________ na análise da realidade humana. "
		
	
	simplista
	 
	objetivista
	
	falsa
	
	distante
	 
	verdadeira
	
	
	 9.
	Ref.: 2977667
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	O que significa as COFI´s:
		
	 
	 Comissões de Orientações e Fiscalizações
	
	Central de Orientações e Fiscalizações
	
	Comissões de Orientações e Fiscais
	
	Comitê de Orientações e Fiscalizações
 
	
	Centro de Orientações e Fiscalizações
	
	
	 10.
	Ref.: 1004351
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	O estágio supervisionado é uma dimensão extremamente importante na formação do assistente social, uma vez que permite ao aluno a identificação com a autoimagem de um profissional capaz de compreender o significado sócio-histórico do Serviço Social, a mediação entre interesses antagônicos de classes em suas relações com o Estado e as demandas profissionais. Assim, o estágio em Serviço Social deve ser concebido como espaço de:
		
	
	treinamento competente e eficaz das rotinas burocráticas presentes nas instituições.
	
	substituição de profissionais com vínculo formal por jovens prestadores dos serviços.
	 
	aplicação, na realidade institucional, dos componentes teórico-metodológicos.
	
	cumprimento competente e eficaz das rotinas burocráticas presentes nas instituições.
	 
	articulação entre ensino teórico, pesquisa e formação para o exercício profissional.