A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
Apol Biomecânica 2

Pré-visualização | Página 1 de 3

Questão 1/10 - Biomecânica
Leia o excerto 
“A transformação do potencial de ação muscular em força muscular é chamada de acoplamento (excitação – contração), momento no qual os eventos elétricos que acompanham o potencial de ação promovem a capacitação para a contração muscular; em outra ótica, podemos dizer que o potencial de ação muscular é um produto dos impulsos do sistema nervoso”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: GUERREIRO, P.R.G. Análise biomecânica da resposta muscular induzida por ações excêntricas. Dissertação (Mestrado) – Universidade São Judas Tadeu, São Paulo, 2009. 
De acordo com o excerto acima e os conteúdos do livro-base Biomecânica: aspectos históricos e conceituais a respeito das contrações do tecido muscular, relacione corretamente os tipos de contrações musculares com suas respectivas execuções: 
1. 
contrações concêntricas
2. 
3. 
contração isométrica
4. 
5. 
contração excêntrica
6. 
 (  ) Esse tipo de contração é muito útil quando trata-se de manutenção de postura, equilíbrio e execução de atividades explosivas.
(  ) Esse tipo de contração é a que exige maior consumo de energia e maior nível de ativação muscular.
(  ) Esse tipo de contração acontece quando verificamos um aumento do tamanho do músculo (afastamento entre sua origem e inserção) durante sua ação. 
Agora, assinale a sequência correta:
Nota: 10.0
	
	A
	1 – 3 – 2
	
	B
	3 – 2 – 1
	
	C
	2 – 1 – 3
Você acertou!
Comentário: Esta é a sequência correta porque: “A contração isométrica [se dá] quando o tipo do tamanho do músculo observado não se modifica, não vemos alongamento ou encurtamento do tecido, pois ele se mantém constante ao longo de toda atividade. A contração isométrica é muito útil quando falamos de manutenção de postura, equilíbrio e execução de atividades explosivas” (livro-base, p. 59). “As contrações concêntricas são as que exigem maior consumo de energia e maior nível de ativação muscular [...]. Isso geralmente acaba levando algumas pessoas a associar essa contração como sendo a que gera maior resposta de aumento do tecido muscular, quando, por exemplo, é utilizada durante a execução de exercícios de musculação” (livro-base, p. 59). A contração excêntrica “acontece quando verificamos um aumento do tamanho do músculo (afastamento entre sua origem e inserção) durante sua ação. A contração excêntrica possui características distintas em relação às outras duas já citadas, e uma das mais marcantes é sua maior ‘economia’. Enquanto na contração concêntrica a ação muscular se dá com a criação de novas pontes cruzadas a cada movimento da molécula de miosina no interior do sarcômero, o que temos na contração excêntrica é o desligamento de pontes cruzadas conforme o músculo vai se alongando e os sarcômeros vão perdendo contato entre os filamentos de actina e miosina” (livro-base, p. 60).
	
	D
	1 – 2 – 3
	
	E
	3 – 1 – 2
Questão 2/10 - Biomecânica
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“[...] testes biomecânicos podem ser realizados com várias finalidades: para testar e/ou comparar diferentes métodos de fixação”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: DALMOLIN, F; PINTO FILHO, S.T.L; CORTES, A.M; BRUN, M.V; CAUDURO, C.R; SCHOSSLER, J.E.W. Biomecânica óssea e ensaios biomecânicos - fundamentos teóricos. Ciência Rural, Santa Maria, v.43, n.9, p.1675-1682, set, 2013.
 O acelerômetro é um dispositivo bastante útil e que tem ficado cada vez mais popular. Considerando o fragmento acima e o livro-base Biomecânico: aspectos históricos e conceituais sobre o acelerômetro, é correto afirmar que:
Nota: 10.0
	
	A
	Esse dispositivo fornece dados sobre a aceleração e, por serem pequenos e leves, podem ser fixados em todo o corpo, medindo individualmente o movimento de segmentos ou pontos específicos do sujeito.
Você acertou!
Comentário: Esta é a resposta correta, porque o acelerômetro “são pequenos dispositivos que fornecem dados a respeito da aceleração e que, por serem pequenos e leves, podem ser fixados em todo o corpo, medindo individualmente o movimento de segmentos ou pontos específicos do sujeito” (Livro-base, p. 35).
	
	B
	Esse dispositivo é utilizado para avaliar os torques ao redor das articulações durante diferentes tipos de ações musculares. Uma aplicação bastante popular desse dispositivo é na avaliação de assimetrias na capacidade de geração de força.
	
	C
	Esse dispositivo realiza uma avaliação de flexibilidade dos músculos flexores do quadril a partir de uma posição específica, que mensura a capacidade flexível de tais músculos.
	
	D
	Por serem dispositivos pesados – apesar de pequenos –, acabam interferindo na execução do movimento e limitando seu uso a alguns movimentos apenas.
	
	E
	O acelerômetro falha muitas vezes para conseguir observar movimentos que ocorrem fora do plano observado, sendo necessária a adoção de dispositivos mais complexos.
Questão 3/10 - Biomecânica
Leia a citação: 
“A sobrecarga causada por pesos externos de extensões equivalentes e opostas, que tracionam a estrutura. Uma força de tensão que é aplicada perpendicularmente à área de secção transversa de um tecido em direção contrária ao tecido alonga a estrutura tendo como resultante o estresse e estiramento”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: GOULD, J.A., Fisioterapia em Ortopedia e Medicina do Esporte. 2a.ed. São Paulo: Manole, 1993. 
Entre os tipos de estresse, um deles acontece quando as cargas são impostas de forma a tentar compactar o osso. Esse estresse pode ser verificado em grandes quantidades quando estamos sentados, em pé ou durante a locomoção. Considerando a citação e o livro-base Biomecânica: aspectos históricos e conceituais, esse tipo de estresse corresponde ao:
Nota: 10.0
	
	A
	estresse compressivo.
Você acertou!
Comentário: O estresse mais comum que o tecido ósseo pode receber é o compressivo. Ele acontece quando as cargas são impostas de forma a tentar compactar o osso. O estresse compressivo é verificado em grandes quantidades quando estamos sentados, em pé ou durante a locomoção. Por ser tão comum, o osso acaba tendo uma grande adaptação e aumenta sua capacidade de suportar tal tipo de imposição de carga (livro-base, p. 109).
	
	B
	estresse de tração.
	
	C
	estresse de entortamento.
	
	D
	estresse cisalhamento.
	
	E
	estresse agudo.
Questão 4/10 - Biomecânica
Leia o texto a seguir: 
“As leis de Newton vieram esclarecer o que faz um corpo passar a se mover e como ele pode, ou não, manter-se em movimento, dependendo das circunstâncias que envolvem o corpo em questão, como por exemplo, sua massa, a quantidade de força aplicada, o local onde estará realizando este experimento etc.”
 Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: Cecon, A. A., & Santos, J. C. D. (2013). As Três Leis de Newton na Educação Básica. Nativa-Revista de Ciências Sociais do Norte de Mato Grosso, 1(2). 
De acordo com os conteúdos do livro-base Biomecânica: aspectos históricos e conceituais sobre as Leis Newtonianas, enumere, na ordem sequencial, as três Leis listados a seguir às suas respectivas características:
 
1. 
Lei da Inércia
2. 
3. 
Lei da Aceleração
4. 
5. 
Lei da Ação e Reação
6. 
 
(  ) estabelece que um corpo irá manter seu estado de repouso ou de velocidade constante, a menos que uma força externa atue sobre ele e altere seu estado.
(  ) a qual determina que cada força aplicada é acompanhada de uma força de reação, de igual magnitude, mas no sentido contrário de aplicação da primeira.
(  ) na qual uma força quando aplicada a um corpo provoca uma aceleração em uma magnitude proporcional à força, na mesma direção e inversamente proporcional à massa do corpo.
 Agora, assinale a sequência correta:
Nota: 10.0
	
	A
	1 – 3 – 2
Você acertou!
Comentário:
A primeira lei newtoniana é a Lei da Inércia. Ela estabelece que um corpo irá manter seu estado de repouso ou de velocidade constante, a menos que uma força externa atue sobre ele e altere seu estado.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.