A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
64 pág.
Livro- Texto - Unidade I

Pré-visualização | Página 1 de 20

Autor: Prof. Ricardo Felipe Di Carlo
Colaboradores: Prof. Vinícius Albuquerque
 Prof. Gabriel Lohner Gróf
República Nova e 
República Liberal
Re
vi
sã
o:
 M
ar
ci
lia
 -
 D
ia
gr
am
aç
ão
: J
ef
fe
rs
on
 -
 0
8/
02
/1
6
Professor conteudista: Ricardo Felipe Di Carlo
Possui bacharelado e licenciatura em História pela Universidade de São Paulo – USP (2007). Concluiu o mestrado 
em 2011 pelo programa de História Econômica na USP.
Em 2013, começou a escrever para a Universidade Paulista – UNIP, o que tem sido uma grande honra e prazer para 
sua atividade profissional, já que propicia a oportunidade de dialogar com aqueles que são amantes da história e já 
perceberam, de algum modo, a satisfação enorme que ensinar propicia.
Atualmente, grava aulas para a EaD da UNIP, acompanha os fóruns de discussão, resenha importantes obras 
relacionadas à temática do desenvolvimento da educação a distância, avalia os níveis de aprendizado dos alunos 
e cresce no espírito criativo da UNIP. Compreende que a tecnologia pode ser uma ferramenta de boa valia para a 
aproximação do aluno e do saber se usada corretamente e se bem supervisionada.
© Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta obra pode ser reproduzida ou transmitida por qualquer forma e/ou 
quaisquer meios (eletrônico, incluindo fotocópia e gravação) ou arquivada em qualquer sistema ou banco de dados sem 
permissão escrita da Universidade Paulista.
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
D545r Di Carlo, Ricardo Felipe.
República Nova e República Liberal. / Ricardo Felipe di Carlo. – 
São Paulo: Editora Sol, 2016.
192 p., il.
Nota: este volume está publicado nos Cadernos de Estudos e 
Pesquisas da UNIP, Série Didática, ano XXII, n. 2-045/16, ISSN 1517-9230.
1. República nova. 2. República liberal. 3. Redemocratização. 
I. Título
CDU 981
A-XIX
Re
vi
sã
o:
 M
ar
ci
lia
 -
 D
ia
gr
am
aç
ão
: J
ef
fe
rs
on
 -
 0
8/
02
/1
6
Prof. Dr. João Carlos Di Genio
Reitor
Prof. Fábio Romeu de Carvalho
Vice-Reitor de Planejamento, Administração e Finanças
Profa. Melânia Dalla Torre
Vice-Reitora de Unidades Universitárias
Prof. Dr. Yugo Okida
Vice-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa
Profa. Dra. Marília Ancona-Lopez
Vice-Reitora de Graduação
Unip Interativa – EaD
Profa. Elisabete Brihy 
Prof. Marcelo Souza
Prof. Dr. Luiz Felipe Scabar
Prof. Ivan Daliberto Frugoli
 Material Didático – EaD
 Comissão editorial: 
 Dra. Angélica L. Carlini (UNIP)
 Dra. Divane Alves da Silva (UNIP)
 Dr. Ivan Dias da Motta (CESUMAR)
 Dra. Kátia Mosorov Alonso (UFMT)
 Dra. Valéria de Carvalho (UNIP)
 Apoio:
 Profa. Cláudia Regina Baptista – EaD
 Profa. Betisa Malaman – Comissão de Qualificação e Avaliação de Cursos
 Projeto gráfico:
 Prof. Alexandre Ponzetto
 Revisão:
 Marcilia Brito
 Lucas Ricardi
Re
vi
sã
o:
 M
ar
ci
lia
 -
 D
ia
gr
am
aç
ão
: J
ef
fe
rs
on
 -
 0
8/
02
/1
6
Sumário
República Nova e República Liberal
APRESENTAÇÃO ......................................................................................................................................................7
INTRODUÇÃO ...........................................................................................................................................................9
Unidade I
1 A REPÚBLICA VELHA E A REVOLUÇÃO DE 1930 ................................................................................. 11
1.1 Significados da Revolução de 1930 .............................................................................................. 21
2 A FORMAÇÃO DO POPULISMO .................................................................................................................. 24
2.1 Industrialização tardia ........................................................................................................................ 24
2.2 O populismo ........................................................................................................................................... 28
2.3 A biografia de Getúlio Dorneles Vargas ...................................................................................... 30
2.4 Governo Provisório de Getúlio Vargas – 1930-1934 ............................................................. 32
Unidade II
3 GOVERNO CONSTITUCIONAL DE GETÚLIO VARGAS – 1934-1937 .............................................. 65
4 A ESTRUTURAÇÃO DO ESTADO NOVO .................................................................................................... 84
4.1 O Brasil e a Segunda Guerra Mundial ........................................................................................101
Unidade III
5 REDEMOCRATIZAÇÃO ..................................................................................................................................119
6 GOVERNO DUTRA E GOVERNO VARGAS .............................................................................................125
6.1 Governo Dutra – 1946-1951 .........................................................................................................125
6.2 Governo Vargas – 1951-1954 .......................................................................................................137
Unidade IV
7 A CRISE SUCESSÓRIA E OS GOVERNOS DE JK E JÂNIO QUADROS ...........................................151
7.1 Crise sucessória – 1954-1956 .......................................................................................................151
7.2 Governo JK – 1956-1961 ................................................................................................................152
7.3 Governo Jânio Quadros – 1961 ....................................................................................................160
8 CRISE INSTITUCIONAL .................................................................................................................................165
8.1 Jango – 1961-1964 ...........................................................................................................................168
7
Re
vi
sã
o:
 M
ar
ci
lia
 -
 D
ia
gr
am
aç
ão
: J
ef
fe
rs
on
 -
 0
8/
02
/1
6
APRESENTAÇÃO
Desenvolver um material específico de nossa história é tarefa, sem dúvida, bastante instigante. Aqui 
tratamos de um momento extremamente importante da formação do Brasil. Trata-se, para muitos, da 
primeira experiência democrática com a introdução do voto secreto e universal, na década de 1930. 
Ao mesmo tempo, o discurso de modernização ecoava em diversas partes do país ao longo de todo o 
processo da Revolução de 1930, ainda que ela estivesse inserida, diretamente, nas disputas entre as 
oligarquias no Brasil de então.
Outra perspectiva extremamente importante foi a discussão acerca do projeto de desenvolvimento 
para o país. De um lado, tendo como maior símbolo Getúlio Vargas, estavam os defensores da modernização 
associada à industrialização, em defesa da intervenção direta do Estado, ou seja, a criação de indústrias 
de base pelo Estado garantidor e potencializador das riquezas nacionais. De outro lado, tendo como 
maior símbolo Juscelino Kubitschek, os entreguistas entendiam que a industrialização deveria estar 
associada, diretamente, à participação do capital privado, nacional ou estrangeiro, facilitando uma 
explosão do setor econômico. Essas visões, por muito tempo, perduraram em nosso país e até hoje, 
mesmo em uma economia global, trazem marcas evidentes.
A partir da Era Vargas, a população urbana entra no jogo político. A concessão de direitos trabalhistas 
perpetuou a imagem de Getúlio como “pai dos trabalhadores do Brasil” – feito muito rememorado e 
comemorado por muitos homens