A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
177 pág.
600-Questões-AOCP-TRT-RJ-CORRIGIDO

Pré-visualização | Página 46 de 50

do cargo ou, quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento da autoridade competente, 
caracteriza o crime de 
a) peculato. 
b) excesso de exação. 
c) condescendência criminosa. 
d) corrupção ativa. 
e) corrupção passiva. 
17. (instituto aocp – 2013 – cpii – assistente de administração) 
De acordo com o Código Penal, a conduta de retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, 
ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal 
a) não é crime, somente caracteriza infração administrativa. 
b) caracteriza o crime de Corrupção Passiva. 
c) caracteriza o crime de Prevaricação. 
d) caracteriza o crime de Concussão. 
e) não é crime, somente caracteriza um ilícito civil. 
18. (instituto aocp – 2013 – cpii – programador visual) 
De acordo com o Código Penal, a conduta de apropriar-se de dinheiro ou qualquer utilidade que, no 
exercício do cargo, recebeu por erro de outrem 
a) não é crime, podendo caracterizar somente ato de improbidade administrativa. 
b) embora seja crime, a conduta não é punível. 
c) caracteriza o crime de Prevaricação. 
www.estrategiaconcursos.com.br/CursosPorConcurso/trt-1-regiao-rj/
d) caracteriza o crime de Peculato mediante erro de outrem. 
e) caracteriza o crime de Corrupção passiva. 
(INSTITUTO AOCP – 2012 – TCE-PA – ANALISTA DE CONTROLE 
19. EXTERNO) 
Analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta as corretas. De acordo com o Código Penal, não 
há crime quando o agente pratica o fato 
I. em estado de necessidade. 
II. em legítima defesa. 
III. em estrito cumprimento de dever legal. 
V. no exercício regular de direito. 
a) Apenas II e IV. 
b) Apenas I e III. 
c) Apenas II e III 
d) Apenas I, III e IV. 
e) I, II, III e IV. 
20. (INSTITUTO AOCP – 2012 – TCE-PA – ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO) 
De acordo com o Código Penal, analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta as corretas. 
I. Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou 
particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio, configura 
o crime de corrupção passiva. 
II. Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou 
antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem, 
configura o crime de peculato. 
III. Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa 
de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal, configure o crime de prevaricação. 
IV. Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-
la, mas em razão dela, vantagem indevida, configura o crime de concussão. 
a) Apenas III e IV. 
b) Apenas I e III. 
c) Apenas II e III 
d) Apenas II e IV. 
e) I, II, III e IV. 
21. (INSTITUTO AOCP – 2012 – TCE-PA – AUDITOR) 
Assinale a alternativa correta. 
a) Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou 
antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem, 
constitui o crime de prevaricação. 
b) Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa 
de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal, constitui o crime de corrupção passiva. 
www.estrategiaconcursos.com.br/CursosPorConcurso/trt-1-regiao-rj/
c) Solicitar, exigir, cobrar ou obter, para si ou para outrem, vantagem ou promessa de vantagem, a 
pretexto de influir em ato praticado por funcionário público no exercício da função, constitui o crime de 
tráfico de influência. 
d) Patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública, valendo-se 
da qualidade de funcionário, constitui o crime de condescendência criminosa 
e) Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que cometeu infração no 
exercício do cargo ou, quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento da autoridade 
competente, constitui o crime de advocacia administrativa. 
22. (INSTITUTO AOCP – 2010 – CPII – MÉDICO) 
Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-
la, mas em razão dela, vantagem indevida, constitui o crime de 
a) peculato. 
b) concussão. 
c) peculato culposo. 
d) corrupção ativa. 
e) corrupção passiva. 
23. (INSTITUTO AOCP – 2010 – PREFEITURA DE CAMAÇARI/BA – PROCURADOR) 
Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que cometeu infração no exercício 
do cargo ou, quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento da autoridade competente, 
caracteriza o crime de 
a) peculato. 
b) concussão. 
c) advocacia administrativa. 
d) condescendência criminosa. 
e) prevaricação. 
24. (INSTITUTO AOCP – 2011 – CISMEPAR – ADVOGADO) 
Analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s). 
I. Oferecer ou prometer vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar, omitir 
ou retardar ato de ofício constitui o crime de corrupção passiva. 
II. Solicitar, exigir, cobrar ou obter, para si ou para outrem, vantagem ou promessa de vantagem, a 
pretexto de influir em ato praticado por funcionário público no exercício da função, constitui o crime de 
prevaricação. 
III. Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que cometeu infração no 
exercício do cargo ou, quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento da autoridade 
competente, constitui o crime de condescendência criminosa. 
IV. Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa 
de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal, constitui o crime de corrupção ativa. 
a) Apenas I e II. 
b) Apenas II e III. 
c) Apenas III. 
www.estrategiaconcursos.com.br/CursosPorConcurso/trt-1-regiao-rj/
d) Apenas IV. 
e) I, II, III e IV. 
25. (INSTITUTO AOCP – 2009 – PREFEITURA DE PLANALTINA-PR – ADVOGADO) 
Analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s). 
I. No crime de peculato culposo, a reparação do dano, se precede à sentença irrecorrível, extingue 
a punibilidade; se lhe é posterior, reduz de metade a pena imposta. 
II. Oferecer ou prometer vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a 
praticar, omitir ou retardar ato de ofício, 
caracteriza o crime de corrupção passiva. 
III. Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou 
antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, caracteriza o crime de corrupção 
ativa. 
IV. Oferecer ou prometer vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a 
praticar, omitir ou retardar ato de ofício, 
caracteriza o crime de concussão. 
a) Apenas I. 
b) Apenas I e II. 
c) Apenas I e IV. 
d) Apenas I, III e IV. 
e) I, II, III, IV. 
26. (INSTITUTO AOCP – 2015 – PREFEITURA DE JABOATÃO DOS GUARARAPES-PE – 
ADVOGADO - ADAPTADA) 
Mesmoquando há tentativa do crime, e houve ineficácia absoluta do meio ou absoluta impropriedade do 
objeto, e for impossível se consumar o crime, há a punição do agente pela tentativa. 
27. (INSTITUTO AOCP – 2015 – PREFEITURA DE JABOATÃO DOS GUARARAPES-PE – 
ADVOGADO - ADAPTADA) 
Quando, por acidente ou erro no uso dos meios de execução, o agente, ao invés de atingir a pessoa que
 pretendia ofender, atinge pessoa diversa, responde como se tivesse praticado o crime contra aquela. 
28. (INSTITUTO AOCP – 2014 – PREFEITURA DE FUNDÃO-ES – ANALISTA JURÍDICO) 
Analise as assertivas e assinale a alternativa correta. 
I. Não há crime quando o agente pratica o fato em estado de necessidade e legítima defesa. 
II. Pelo resultado que agrava