contabilidade-tributária-marcelo-coletto-pohlmann-2010
308 pág.

contabilidade-tributária-marcelo-coletto-pohlmann-2010


DisciplinaMatemática para Negócios7.424 materiais61.995 seguidores
Pré-visualização50 páginas
CONTABILIDADE 
TRIBUTÁRIA
Marcelo Coletto Pohlmann
2010
Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., 
mais informações www.iesde.com.br
© 2010 \u2013 IESDE Brasil S.A. É proibida a reprodução, mesmo parcial, por qualquer processo, sem autorização por 
escrito dos autores e do detentor dos direitos autorais.
IESDE Brasil S.A. 
Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1.482. CEP: 80730-200 
Batel \u2013 Curitiba \u2013 PR 
0800 708 88 88 \u2013 www.iesde.com.br
Todos os direitos reservados.
Capa: IESDE Brasil S.A.
Imagem da capa: Inmagine
P748c Pohlmann, Marcelo Coletto. / Contabilidade Tributária. / Marcelo 
Coletto Pohlmann. \u2014 Curitiba : IESDE Brasil S.A., 2010. 
308 p.
ISBN: 978-85-387-0858-2
1. Contabilidade Tributária. 2. Gestão Tributária. 3. Planejamento Tri-
butário. 4. Impostos. 5. Contribuições Sociais. I. Título. 
CDD 657.42
Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., 
mais informações www.iesde.com.br
Doutor e Mestre em Contabilidade pela Univer-
sidade de São Paulo (USP). Especialista em Inte-
gração Econômica e Direito Internacional Fiscal 
(ESAF/FGV/Universidade de Münster, Alema-
nha). Bacharel em Ciências Contábeis e Direito 
pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul 
(UFRGS). Professor da Pontifícia Universidade Ca-
tólica do Rio Grande do Sul (PUCRS) nos cursos 
de graduação em Ciências Contábeis, de Espe-
cialização em Controladoria e Finanças (FACE), 
de Especialização em Gestão de Tributos e Pla-
nejamento Tributário Estratégico, de Especiali-
zação em Auditoria e Perícia e de Especialização 
em Direito Tributário. Professor convidado de 
cursos de especialização em outras instituições 
de ensino no Brasil e na Argentina. Ex-consultor 
contábil e tributário de empresas. Procurador da 
Fazenda Nacional desde 1993.
Marcelo Coletto Pohlmann
Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., 
mais informações www.iesde.com.br
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
Introdução à contabilidade tributária 
13
13 | Conceito e objeto da contabilidade tributária 
15 | Perfil profissional e áreas de atuação 
17 | Planejamento tributário 
18 | Gestão tributária 
19 | Auditoria tributária 
21 | Perícia tributária 
22 | Due diligence fiscal 
23 | Governança tributária 
25 | Tributos: definição, espécies e competência 
27 | Legislação tributária: definição e alcance 
29 | A contabilidade tributáriae os tributos empresariais 
IRPJ \u2013 sistemáticas de tributação 
39
39 | Legislação de regência 
40 | Hipótese de incidência e princípios gerais 
41 | Base de cálculo, sistemáticas de tributação e alíquotas 
42 | Sistemática do Lucro Real 
43 | Pessoas jurídicas obrigadas ao Lucro Real 
43 | Cálculo do IR com base no Lucro Real 
44 | Sistemática do Lucro Presumido 
45 | Quem pode optar e qual o período de apuração 
46 | Cálculo do IR com base no Lucro Presumido 
49 | Sistemática do Lucro Arbitrado 
49 | Pessoa jurídica sujeita ao Lucro Arbitrado 
50 | Cálculo do Imposto de Renda com base no Lucro Arbitrado 
53 | O Simples Nacional como alternativa de tributação 
58 | Obrigações acessórias 
IRPJ \u2013 sistemática do Lucro Real 
71
71 | Pessoas jurídicas obrigadas ao Lucro Real 
72 | Períodos de apuração 
73 | Recolhimento mensal por estimativa 
76 | Dispensa, redução e suspensão do imposto 
76 | Apuração do Lucro Real 
78 | Adições 
79 | Despesas não dedutíveis 
83 | Outras adições 
Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., 
mais informações www.iesde.com.br
84 | Exclusões 
85 | Receitas e resultados não tributáveis 
85 | Outras exclusões 
86 | Compensação de prejuízos fiscais 
87 | Deduções do imposto devido 
88 | Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) 
88 | Fundo de Amparo à Criança e ao Adolescente 
88 | Atividades culturais ou artísticas 
89 | Atividade audiovisual: investimento em projetos audiovisuais 
89 | Atividade audiovisual: patrocínios a projetos audiovisuais 
90 | Atividade audiovisual: aquisição de quotas dos FUNCINES 
90 | Programas de desenvolvimento tecnológico 
91 | Incentivos ao desporto 
91 | Limites das deduções incentivadas 
92 | LALUR, DIPJ e outras obrigações acessórias 
Contribuição Social sobre o Lucro Líquido 
109
109 | Hipóteses de incidência e princípios gerais 
110 | Legislação de regência 
112 | Base de cálculo e alíquotas 
112 | Pessoas jurídicas sujeitas ao Lucro Real 
113 | Períodos de apuração 
113 | Recolhimento mensal por estimativa 
115 | Apuração da CSLL 
116 | Adições 
119 | Exclusões 
120 | Compensação da base de cálculo negativa 
121 | Deduções da CSLL devida 
Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., 
mais informações www.iesde.com.br
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
122 | Pessoas jurídicas optantes pelo Lucro Presumido 
124 | Pessoas jurídicas sujeitas ao Lucro Arbitrado 
125 | Simples Nacional 
126 | Obrigações acessórias
IRPJ e CSLL \u2013 normas contábeis tributárias 
141
141 | Fontes e espécies de normas contábeis
144 | Interferência das normas tributárias na prática contábil
145 | A primeira \u201crevolução contábil\u201d
147 | A segunda \u201crevolução contábil\u201d
150 | Mensurando o grau de interferência
151 | Impacto das normas tributárias no resultado contábil
152 | Receita bruta operacional
153 | Receitas financeiras
153 | Despesa com o custo das mercadorias e produtos vendidos
155 | Bens duráveis lançados como despesa
156 | Depreciação de bens do imobilizado
157 | Os ativos intangíveis e sua amortização
157 | Créditos incobráveis
158 | Tributos pagos na aquisição de bens
158 | Gastos de reparação e conservação
159 | Gastos com arrendamento mercantil
160 | Lucros e dividendos de participações avaliadas pelo custo de aquisição
160 | Venda de bens a longo prazo
160 | Síntese final e perspectivas futuras
Contribuições sociais: PIS e COFINS 
169
169 | Princípios e outras definições constitucionais
171 | Legislação de regência e regimes de incidência
174 | Apuração no regime cumulativo
177 | Apuração no regime não cumulativo
177 | Base de cálculo e alíquotas
178 | Créditos admitidos
182 | PIS incidente sobre a folha de pagamento
182 | PIS e COFINS na importação
184 | Optantes pelo Simples Nacional
185 | Obrigações acessórias
Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., 
mais informações www.iesde.com.br
Imposto sobre Produtos Industrializados 
197
197 | Princípios e outras definições constitucionais
199 | Fato gerador
201 | Industrialização
202 | Exclusões do conceito de industrialização
204 | Contribuinte do imposto
206 | Suspensão e isenções do imposto
206 | Base de cálculo
207 | Regras gerais
207 | Regras especiais
208 | Valor tributável mínimo
209 | Alíquotas
210 | Créditos
212 | Apurando o IPI a recolher
215 | Obrigações acessórias
ICMS e ISSQN 
225
225 | ICMS
225 | Aspectos constitucionais
229 | Fato gerador
231 | Contribuintes
231 | Substituição tributária
232 | Base de cálculo
233 | Período de apuração e alíquotas
234 | Créditos
236 | Obrigações acessórias
237 | ISSQN
Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., 
mais informações www.iesde.com.br
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
su
m
ár
io
237 | Aspectos constitucionais e legislação de regência
239 | Fato gerador e contribuintes
240 | Local da prestação do serviço
242 | Apuração do imposto e obrigações acessórias