A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
21 pág.
Aula 01 - Etapas para implantação e construção(1)

Pré-visualização | Página 1 de 2

TÉCNICAS CONSTRUTIVAS
Aula 01 – Etapas para implantação de uma edificação
Conceitos Básicos
Construção de civil
Ciência que estuda as disposições e métodos seguidos na realização de
obra sólida, útil e econômica.
Obra
São todos os trabalhos de engenharia que resultem de criação,
modificação ou reparo, mediante construção ou que tenham como
resultado qualquer transformação do meio ambiente natural.
Em outras palavras, é a fase da construção que objetiva concretizar os
projetos pré-estabelecidos, obedecendo-se as especificações, detalhes,
memoriais, cronogramas e previsões de prazos e custos.
Conceitos Básicos
Tipos de Projetos
Anteprojeto
É a fase inicial de desenvolvimento de um projeto, sendo indicados os elementos básicos do
empreendimento sob forma de esboço e escala reduzida.
Projeto básico
É um avanço do anteprojeto e servirá de base para a elaboração dos projetos
complementares. Reúne todos os elementos necessários à contratação de execução da obra.
Projeto executivo
O projeto executivo deve ser considerado o "Manual de instruções da Obra". Deve conter
todas as informações necessárias para a perfeita execução e interpretação da arquitetura na
obra.
Projeto como construído (as built)
Resulta do projeto executivo com as alterações e modificações ocorridas durante a execução
da obra. É também conhecido como projeto final de engenharia.
Conceitos Básicos
Tipos de Projetos
Projeto Básico - conjunto de elementos necessários e suficientes, com nível de precisão
adequado, para caracterizar a obra ou serviço, ou complexo de obras ou serviços objeto da
licitação, elaborado com base nas indicações dos estudos técnicos preliminares, que
assegurem a viabilidade técnica e o adequado tratamento do impacto ambiental do
empreendimento, e que possibilite a avaliação do custo da obra e a definição dos métodos e
do prazo de execução, devendo conter os seguintes elementos:
 desenvolvimento da solução escolhida de forma a fornecer visão global da obra;
 soluções técnicas globais e localizadas, suficientemente detalhadas;
 identificação dos tipos de serviços a executar e de materiais e equipamentos a
incorporar à obra, bem como suas especificações;
 informações que possibilitem o estudo e a dedução de métodos construtivos,
instalações provisórias e condições organizacionais para a obra;
 orçamento detalhado do custo global da obra.
Conceitos Básicos
Tipos de Projetos
Anteprojeto
Conceitos Básicos
Tipos de Projetos
Projeto Básico
Conceitos Básicos
Tipos de Projetos
Projeto Executivo
Conceitos Básicos
Projeto Executivo
O projeto executivo é composto basicamente de 02 partes distintas: gráficas e escritas.
•Planta de situação
•Planta do localização
•Plantas baixas
•Planta baixa de cobertura
•Planta de Cortes
•Planta de Fachadas
•Planta de Detalhes
•Planta de fundações 
•Planta de locação
•Planta de formas das lajes
•Planta de detalhamento de 
vigas
•Planta de detalhamento de 
pilares
•Planta de detalhes (escadas, 
reservatórios, etc)
Arquitetônico Estrutural
•Planta de instalações 
elétricas, telefônicas.
•Planta de instalações hidro-
sanitárias
•Planta de ar condicionado
•Planta de instalações de 
combate a incêndio
•Planta de instalações de gás
•Planta de elevadores
Instalações
Cronograma físico-financeiro
Partes Gráficas do Projeto Executivo
Conceitos Básicos
Projeto Executivo
O projeto executivo é composto basicamente de 02 partes distintas: gráficas e escritas.
•De materiais
•De serviços
Descreve as soluções 
adotadas, as 
características dos 
materiais e métodos 
de trabalho
Especificações Memorial Descritivo
Estabelece o custo provável 
da obra.
Orçamento
Partes Escritas do Projeto Executivo
Providências Iniciais
Antecedem as etapas de Projeto e Construção. Aspectos a serem considerados:
o Existência de impedimentos legais
Analisar documentação do terreno (escritura, título de posse, etc.).
o Avaliar usos anteriores do terreno
Exemplo: depósito de lixo doméstico ou industrial.
o Verificar limites do terreno e respectiva área.
o Verificar zoneamento conforme Plano Diretor Urbano do Município.
o Avaliar impactos ambientais do empreendimento.
Providências Iniciais
Antecedem as etapas de Projeto e Construção. Aspectos a serem considerados:
o Existência de serviços públicos - redes de água, rede elétrica, rede de esgoto,
rede de gás, rede de telefonia, condições da via de acesso (estado da
pavimentação, existência de rede de drenagem, largura da via)
o A topografia do terreno versus custos de implantação.
o Características geológicas do local.
o Análise do mercado local. O empreendimento terá boa aceitação? (depende
do tipo de construção)
o Disponibilidade de matéria prima / mão de obra.
o Obras públicas: avaliar também aspectos sociais.
Legalização da Obra
Segundo o Código de Obras de Salvador - LEI Nº 9281/2017:
Art. 2º Os projetos, obras e serviços que são objetos desta Lei devem possuir
responsável técnico legalmente habilitado, podendo a autoria dos projetos ser
assumida por dois ou mais profissionais, que serão solidariamente responsáveis.
Art. 5º As obras e seus respectivos licenciamentos são classificados em quatro
Grupos:
I - Grupo I, cujo licenciamento é dispensado;
II - Grupo II, que serão objeto de licenciamento simplificado;
III - Grupo III, que serão objeto de licenciamento integral;
IV - Grupo IV, que serão objeto de licenciamento especial.
Legalização da Obra
Segundo o Código de Obras de Salvador - LEI Nº 9281/2017:
Art. 7º Todas as obras enquadradas nos Grupos II, III e IV, de qualquer natureza
pública ou privada, só poderão ser iniciadas após o Licenciamento mediante a
expedição do Alvará de Licença e/ou Alvará de Autorização.
Legalização da Obra
Segundo o Código de Obras de Salvador - LEI Nº 9281/2017:
Legalização da Obra
Fonte:
http://www.abenge.org.br/cobenge/arq
uivos/19/artigos/224.PDF
Legalização da Obra
Etapas para Legalização
Legalização da Obra
Documentação para liberação do alvará/licença de construção:
 Anotação/Registro de Responsabilidade Técnica (ART/RRT) da execução do projeto;
 Anotação/Registro de Responsabilidade Técnica (ART/RRT) do autor do projeto;
 Autorização do proprietário do imóvel, quando o nome do requerente não constar da
escritura;
 Certidão Negativa de Débitos Imobiliários (IPTU/TRSD) dentro do prazo de validade;
 Certidão Negativa de Débitos Mobiliários (ISS/TFF) dentro do prazo de validade;
 Escritura ou Contrato de Compra e Venda registrado em Cartório de Registro de
Imóveis;
 Memorial Descritivo;
 Planta Baixa dos diversos pavimentos;
 Planta de Localização do imóvel com pontos de referência;
 Planta de Situação;
 Planta de Situação com esquema de esgoto;
 Planta de cortes ou seções longitudinais e transversais;
 Planta de elevação de fachadas voltadas para os logradouros;
 Procuração do requerente, caso a solicitação seja feita por terceiros ;
Legalização da Obra
Documentação para liberação do Habite-se:
 Alvará de Construção ou Ampliação/Reforma;
 Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) de elevadores, escadas rolantes,
teleféricos, central de gás, grupo moto-gerador, subestação, SPDA e de outros
equipamentos especiais instalados no empreendimento;
 Anuência do autor do projeto quanto à observância do projeto aprovado (formulário);
 Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB);
 Certidão Negativa de Débitos Imobiliários (IPTU/TRSD) dentro do prazo de validade;
 Certidão Negativa de Débitos Mobiliários (ISS/TFF) dentro do prazo de validade;
 Certificado apresentado pela empresa montadora atestando que os elevadores, as
escadas rolantes, os teleféricos e similares estão em perfeito funcionamento;
 Comprovação do atendimento às condicionantes do alvará, expedida pelo orgão que as
exigiu, quando for o caso;
 Declaração assinada pelo construtor (formulário);
 Documento de anuência da concessionária de energia elétrica, exceto para
empreendimentos uniresidenciais;
Legalização da Obra
Documentação para liberação do