A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
CASOS CONCRETOS PROCESSO TRABALHO II

Pré-visualização | Página 1 de 3

Caso Concreto 1 
Questão discursiva: 
Joana ingressou com reclamação trabalhista em face de seu ex empregador, postulando o reconhecimento do vínculo de emprego e consequentemente verbas do extinto contrato de trabalho. Distribuída a ação judicial trabalho foram as partes notificadas para comparecimento na audiência de conciliação, instrução e julgamento que aconteceria no dia 15 de maio do corrente ano às 10:00 horas na 1ª Vara do Trabalho de Campinas/SP. No dia e hora da audiência, as partes foram chamadas em pregão para adentrar na sala de audiências. Negada a proposta conciliatória, o MM. Juiz do Trabalho, indagou as partes sobre as provas que seriam produzidas, e, imediatamente, a autora aduziu que iria requerer a oitiva do depoimento pessoal da reclamada, bem como a oitiva da testemunha Maria do Carmo. Após analisar os autos, o Juiz do Trabalho, proferiu decisão, deferindo a oitiva da ré em depoimento pessoal e indeferindo a oitiva da testemunha, alegando que estava convencido, através das provas já apresentadas nos autos do processo. Inconformada, Joana deseja ingressar com recurso contra a decisão que indeferiu a oitiva de sua testemunha, mas seu advogado, explica que não é possível, tendo em vista princípio peculiar nesta seara judicial. Pergunta-se: Analisando o caso concreto, responda, justificadamente, com base na lei e no entendimento jurisprudencial do TST, se seria cabível ou não a interposição de recurso. Após esta resposta fundamente qual o princípio do direito processual do trabalho aplicado neste caso concreto?
R: Não é possível aplicar um recurso imediato, por se tratar de uma decisão interlocutória, no então momento da audiência deveria o advogado da parte protestar o inconformismo em ata. Utilizando o Princípio da Concentração dos recursos, pois tem como objetivo a tutela jurisdicional para que seja prestada no menor tempo possível, aplicando os atos processuais em uma única audiência.
 Questão Múltipla Escolha:
 (NR-UFPR 2019) O sistema recursal trabalhista tem peculiaridades e em grande parte tem as mesmas diretrizes do processo civil. Quanto ao sistema trabalhista, assinale a alternativa correta.
 a)Não se conhece de recurso para o Tribunal Superior do Trabalho se as razões do recorrente não impugnam os fundamentos da decisão recorrida, nos termos em que proferida, sendo tal exigência inaplicável ao recurso ordinário da competência dos tribunais regionais do trabalho, exceto no caso de recurso cuja motivação seja inteiramente dissociada dos fundamentos da sentença.
 b) Os prazos para interposição de recursos são peremptórios, mesmo para a fazenda pública, que deverá apresentá-los em oito dias no máximo, diante do tratamento isonômico a que são submetidas todas as partes na Justiça do Trabalho.
 c)A revisãoex officiodas decisões da Justiça do Trabalho é obrigatória em qualquer causa cuja condenação exceda 100 (cem) salários mínimos para os municípios e respectivas autarquias e para as fundações de direito público.
 d)As decisões interlocutórias na Justiça do Trabalho são irrecorríveis de imediato, e tal regra não comporta exceções, sob pena de comprometimento da celeridade processual. 
e) É inadmissível recurso firmado por procurador de município sem procuração ou comprovação de ato de nomeação juntado aos autos até o momento da sua interposição, salvo mandato tácito. Em caráter excepcional (art. 104 do CPC de 2015), admite-se que o advogado, independentemente de intimação, exiba a procuração no prazo de 5 (cinco) dias após a interposição do recurso, prorrogável por igual período mediante despacho do juiz. Caso não a exiba, considera-se ineficaz o ato praticado e não se conhece do recurso.
Caso concreto 2
Questão Discursiva:
 Em outubro de 2017, Gilberto ajuizou ação contra a empresa CSC Computadores Ltda, na qual ainda trabalha, postulando o pagamento de vale-transporte de 2 meses e o ticket refeição de 3 meses, atribuindo a causa o valor de um salário mínimo e meio, sendo distribuído no procedimento sumário ou Dissídio de Alçada. O juiz julgou procedente o pedido e, para tanto, valeu-se da Lei nº7418/85 (Lei do Vale-transporte) e da análise da norma coletiva da categoria do autor, que, na cláusula 8ª, garante o benefício da alimentação. A sentença foi prolatada de forma líquida, no valor total atribuído a petição inicial, ou seja, um salário mínimo e meio. Inconformada com a r. decisão, o réu, deseja, no prazo legal, ingressar com o recurso cabível. Pergunta-se: Analisando-se a lei e as peculiaridades insertas no processo do trabalho, responda fundamentadamente se é cabível a interposição de recurso neste caso concreto?
R: Desta sentença não caberá recurso, tendo em vista a matéria discutida,  pois o processo não suporta o recurso ordinário, e sé se torna possível a recorribilidade no rito sumario se possuir violação a constituição federal, sendo admissível o recurso extraordinário. Bem como por se tratar de causa de alçada exclusiva da Vara.
 Questão Objetiva
 (CESPE 2017) Acerca de efeito suspensivo e efeito devolutivo, assinale a opção correta.
 a)Não é possível conceder efeito suspensivo ao recurso interposto contra sentença normativa proferida em dissídio coletivo.
 b) Quanto ao efeito devolutivo em profundidade, o tribunal poderá apreciar todos os fundamentos da reclamação trabalhista ou da defesa, inclusive aqueles não examinados em sentença e não renovados em contrarrazões.
 c)O tribunal poderá, ao julgar recurso ordinário, decidir desde logo o mérito da causa se o processo estiver em condições, salvo se constatar omissão da sentença quanto a um pedido formulado.
 d)O efeito devolutivo em extensão transfere ao tribunal a possibilidade de apreciação integral dos fundamentos, sejam eles da reclamação trabalhista ou da defesa.
Caso Concreto 3
Questão Discursiva: 
(FGV /OAB adaptada) Em reclamação trabalhista movida por empregado contra o exempregador, o pedido foi julgado procedente em parte e a sociedade empresária pretende recorrer. Nesse sentido, apresentou a petição com o recurso no 5º dia da publicação da sentença e o comprovante das custas e do depósito recursal 15 dias após, mas explicou na peça que havia recolhido o preparo no prazo de oito dias, conforme chancela bancária, e que a demora na juntada do preparo se deveu a um problema interno do escritório. Na hipótese retratada, de acordo com a CLT e a jurisprudência consolidada do TST, responda ao item a seguir. Como advogado do autor da demanda, informe o que você sustentaria em contrarrazões sobre o aspecto processual, ou seja, no que diz respeito aos pressupostos, apresentado na questão? Fundamente.
R: De acordo com a análise o recurso é caracterizado intempestivo e deserto, já que o preparo foi feito, mas não foi comprovado no prazo legal, conforme a Súmula 245 do TST, o Art. 789, § 1º, da CLT.
 Questão Objetiva: 
(AOCP 2019) Segundo a legislação processual trabalhista, a respeito dos Recursos na Justiça do Trabalho, assinale a alternativa INCORRETA.
 a)Os recursos são interpostos por simples petição.
 b)A interposição do Recurso permite a execução provisória até a penhora, salvo exceções legais. 
c)O depósito recursal poderá ser substituído por fiança bancária ou seguro garantia judicial. 
d)Os beneficiários da justiça gratuita, as entidades filantrópicas e as empresas em recuperação judicial devem proceder o depósito recursal. 
e) Os recursos têm efeito meramente devolutivo, salvo exceções previstas em lei.
Caso concreto 4 
Questão Discursiva 
1- (FGV / OAB)Plínio foi empregado da sociedade empresária Marca Alimentos S/A. Ele prestou serviços nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, residindo hoje neste último. Ao ser dispensado, ajuizou reclamação trabalhista em face da sociedade empresária, a qual foi distribuída a 99ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte / MG. Na audiência, a sociedade empresária apresentou exceção de incompetência, alegando que a ação deveria ter sido ajuizada em São Paulo, local da contratação e sede da ré. Diante disso, responda aos itens a seguir. 
A) Observadas