A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
33 pág.
Anatomia Animal - Apostila

Pré-visualização | Página 2 de 5

maior), forame etmóide, forame óptico, 
forame orbitário, forame alar, forame orbitorredondo 
e forame oval. 
c) ETMÓIDE – forame etmoidal, placa crivosa do etmóide.
d) INTERPARIETAL – (crânio jovem).
e) PARIETAL
f) FRONTAL – processo supraorbitário, forame supraorbitário, sutura frontal
g) TEMPORAL – processo zigomático, porção petrosa, porção escamosa, 
meato acústico externo, processo muscular, processo 
mastóide, fossa mandibular.
2 – OSSOS DA CARA (FACE)
a) MAXILAR – forame infraorbitário, processo alveolar, borda 
interalveolar, processo palatino do maxilar, palato do 
maxilar, crista facial.
b) PRÉ-MAXILAR – processo palatino do pré-maxilar, fissura palatina, 
forame iincisivo (fissura dos incisivos).
c) PALATINO – porção horizontal e perpendicular, forame palatino oral, 
sutura palatina média.
d) PRÉ-NASAL – no suíno.
e) NASAL – sutura nasal.
f) LACRIMAL – forame lacrimal.
g) ZIGOMÁTICO – (malar) crista facial.
h) VOMER
i) MANDÍBULA – corpo, ramo vertical e horizontal, borda interalveolar, 
forame mentoniano, forame mandibular, processo 
condilar da mandíbula, incisura mandibular, processo 
cornóide, processo alveolar, sínfise mentoniana.
3 – COLUNA VERTEBRAL
a) VÉRTEBRA CERVICAL
ATLAS – asa, processo articular cranial, processo articular caudal, arco 
ventral, tubérculo ventral, arco dorsal, tubérculo dorsal, 
forame alar, forame intervertebral (transverso no equino).
ÁXIS – processo odontóide, processo articular cranial, processo articular 
caudal, corpo do áxis, processo transverso, forame transverso, 
cabeça da vértebra, corpo da vértebra, forame vertebral.
OUTRAS VÉRTEBRAS CERVICAIS – processo transverso, processo 
espinhoso, processo articular cranial, processo articular 
caudal, forame transverso, cabeça da vértebra, corpo da 
vértebra, forame vertebral.
b) VÉRTEBRAS TORÁCICAS – processo transverso, processo 
espinhoso, corpo da vértebra, processo articular cranial, 
processo articular caudal, forame intervertebral, cabeça da 
vértebra, forame vertebral.
c) VÉRTEBRAS LOMBARES – processo transverso, processo espinhoso, 
face articular cranial, fece articular caudal, processo mamilar, 
corpo da vértebra, forame vertebral.
d) VÉRTEBRAS SACRAIS – espinha sacral, canal sacral, hiato sacral, 
forames sacrais, promontório, faceta auricular.
e) VÉRTEBRAS COCCÍGEAS
ANIMAIS
VÉRTEBRAS
CERVICAIS TORÁCICAS LOMBARES SACRAIS COCCÍGEAS
CAVALO 7 18 6 5 15 a 20
BOI 7 13 6 5 18 a 20
OVELHA 7 13 6 5 16 a 18
PORCO 7 14 a15 6 a 7 4 20 a 26
CÃO 7 13 7 3 20 a 23
GATO 7 13 7 3 20 a 24
HOMEM 7 12 5 5 4
GALINHA 14 7 14 6
4 – COSTELAS 
ACIDENTES – cabeça da costela, colo da costela, tubérculo costal, 
sulco costal, borda cranial, borda caudal, face interna, 
face externa, extremidade esternal, extremidade 
vertebral.
5 – ESTERNO 
ACIDENTES – extremidade cranial (manúbrio, cartilagem cariniforme), 
extremidade caudal (cartilagem xifóide).
A) ESQUELETO APENDICULAR
1. ESCÁPULA – cartilagem da escápula, ângulo cranial, ângulo caudal, 
espinha da escápula, acrômio, fossa supra-espinhal, fossa infra-
espinhal, fossa subescapular, linhas musculares, colo da escápula, 
cavidade glenóide, incisura glenóide, tuberosidade da escápula, 
processo coracóide, borda cranial, borda caudal.
2. ÚMERO – cabeça do úmero, tuberosidade lateral, tuberosidade medial, 
sulco intertuberal, tuberosidade deltóide, tuberosidade redonda, 
côndilo lateral, côndilo medial, fossa sinovial, epicôndilo lateral, 
epicôndilo medial, fossa coronóide.
3. RÁDIO E ULNA – cavidade glenóide, face articular umeral, tuberosidade 
radial, olécrano, processo ancôneo, incisura semilunar, face 
articular do carpo, processo estilóide da ulna.
4. OSSOS DO CARPO
EQUINO BOVINO
FILEIRA PROXIMAL Acessório do carpo
Carpo cubital (Ulnar)
Carpo radial
Intermédio do carpo
Acessório do carpo
Carpo cubital (Ulnar)
Carpo radial
Intermédio do carpo
FILEIRA DISTAL 1o osso do carpo
2o osso do carpo
3o osso do carpo
4o osso do carpo
2o e 3o ossos do carpo 
(fusionados)
4o osso do carpo
5. OSSOS DO METACARPO
EQUINO BOVINO
2o METACARPIANO
3o METACARPIANO (metacarpo 
principal, grande metarcapiano)
4o METACARPIANO
3o e 4o METACARPIANOS (metacarpo 
principal, grande metacarpiano)
5o METACARPIANO (pequeno 
metacarpiano)
6. FALANGES
• FALANGE PROXIMAL – primeira falange
• FALANGE MÉDIA – segunda falange
• FALANGE DISTAL – terceira falange
ACIDENTES – apófise basilar, apófise dos extensores, apófise retrosal, área 
flexora, face dorsal, face palmar, face articular, forame 
palmar, incisura semilunar, sulco dorsal.
7. SESAMÓIDES
• SESAMÓIDE PROXIMAL
• SESSAMÓIDE DISTAL (navicular)
8. OSSOS DO QUADRIL
• ÍLIO, PÚBIS, ÍSQUIO – tuberosidade isquiática, faceta auricular, crista 
ilíaca, tuberosidade coxal, tuberosidade sacral, espinha 
isquiática, incisura isquiática maior, incisura isquiática menor, 
arco isquiático, forame obturado, acetábulo, fossa do acetábulo, 
sínfise ísquio-púbica.
 
9. FÊMUR – cabeça do fêmur, colo do fêmur, trocanter maior, trocanter 
menor, terceiro trocanter, fossa supracondílea, fossa intercondílea, 
côndilo lateral, côndilo medial, epicôndilo lateral, epicôndilo 
medial, tróclea, fossa trocantérica.
10. TÍBIA – côndilo lateral, côndilo medial, eminência intercondicular (espinha 
da tíbia), tuberosidade da tíbia, crista da tíbia, maléolo lateral, 
maléolo medial, sulco muscular, incisura poplítea.
11. FÍBULA – extremidade proximal (cabeça), extremidade distal.
12. PATELA (rótula) - face da inserção de ligamentos, face articular, borda 
medial, borda lateral, base da patela, vértice da patela, ângulo 
medial, ângulo lateral.
13. OSSOS DO TARSO
EQUINO BOVINO
FILEIRA PROXIMAL Tarso Tibial
Tarso Fibular
Central do Tarso
Tarso Tibial
Tarso Fibular
Central do Tarso e 4o 
Tarsiano (fusionados)
FILEIRA DISTAL 1o e 2o Tarsianos 
(fusionados)
3o Tarsiano
4o Tarsiano
1o Tarsiano
2o e 3o Tarsiano 
(fusionados)
14. METATARSO
EQUINO BOVINO
2o METATARSIANO
3o METATARSIANOS (metatarso 
principal, grande metatarso)
4o METATARSIANO
2o METATARSIANO 
3o e 4o METATARSIANOS (metatarso 
principal, grande metatarso) fusionados
15. FALANGES
• FALANGE PROXIMAL – primeira falange
• FALANGE MÉDIA – segunda falange
• FALANGE DISTAL – terceira falange
ACIDENTES – apófise basilar, apófise dos extensores, apófise retrosal, 
área flexora, face articular, face dorsal, face plantar, 
incisura semilunar, forame plantar, sulco dorsal.
16. SESAMÓIDES 
• SESAMÓIDE PROXIMAL
• SESSAMÓIDE DISTAL
SISTEMA ARTICULAR
ARTROLOGIA
1. DEFINIÇÃO E CONCEITOS GERAIS
A artrologia é o estudo das articulações (união) entre os ossos, que são 
chamadas simplesmente de articulações. É uma conexão entre partes do 
esqueleto. Essas articulações não são necessariamente permanentes, como 
exemplo, temos o caso das epífises e diáfise dos ossos longos; no jovem estão 
unidas por cartilagem hialina, sem qualquer movimento, ossificando depois.
Artrologia (gr. árthron, articulação + lógos, tratado e sufixo ia) ou 
Sindesmologia (gr. syndesmos, ligamento + lógos, tratado e sufixo ia) é o 
estudo das articulações ósseas.
Articulação, junta ou juntura é a união entre ossos.
2. FUNÇÕES DAS ARTICULAÇÕES
• Produção de movimentos
• Manutenção da postura do corpo
• Proteção dos órgãos. Ex.: cavidade craniana, torácica, pélvica, canal 
vertebral.
• Crescimento dos ossos longos. Ex.: na articulação temporária entre a 
diáfise e as epífises.
• Amortecedores contra choques
3. MODO DE UNIÃO ENTRE OS OSSOS
• Ossos planos articulam-se pelas suas bordas
• Ossos curtos articulam-se pelas suas faces
• Ossos longos articulam-se pelas suas extremidades
4. NOMENCLATURA
Geralmente tem o nome dos ossos que se articulam. Ex.: articulação 
témporo-mandibular, escápulo-umeral. 
5. CLASSIFICAÇÃO
As articulações podem

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.