RESOLUÇÃO: Eletromagnetismo - Sears & Zemansky; Young & Freedman - Capitulo 29 - Questão 2
1 pág.

RESOLUÇÃO: Eletromagnetismo - Sears & Zemansky; Young & Freedman - Capitulo 29 - Questão 2


DisciplinaFísica54.200 materiais2.071.330 seguidores
Pré-visualização1 página
RESOLUÇÃO: Eletromagnetismo - Sears & Zeman-sky; Young 
& Freedman - 14ª Edic\u327a\u303o \u2013 Volume 3 
CARVALHO, Vinicius¹ 
1 Graduando em Física no Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Sertão Pernambucano.
Capitulo 29 
 Questão 2 
 
Na Figura 29.8, quando a velocidade angular \u3c9 da espira dobra, enta\u303o a frequência com a qual a corrente 
induzida muda de sentido dobra e a fem máxima também dobra. Por quê? O torque necessário para fazer a 
espira girar muda? Explique. 
 
R: A frequências (f), a velocidade angular (w) e a Força eletromotriz (E_ind) são diretamente proporcionais 
e todas são mutuamente inversamente proporcionais ao tempo, com isso concluímos de forma fácil e sucinta 
que dobrando uma das duas (f ou w) ou fazendo uma bisseção do tempo, teremos como consequência o valor 
de E_ind dobrado. O torque é dependente de uma função trigonométrica de índice "(wt)", com a análise já 
estruturada no parágrafo anterior, sabemos que w e t são grandezas inversamente proporcionais, dado esse 
motivo fica observável que essa função trigonométrica - sen (wt) - não sofrerá alteração no seu valor devido 
a redução do tempo ou o aumento da velocidade angular, o que nos leva a intuir que o torque se manterá 
constante contudo o tempo diminuirá devido o aumento da velocidade angular.