A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
33 pág.
Exercícios Artº 5º Constituição Federal

Pré-visualização | Página 11 de 13

c) Estado de indevidas influências provenientes de dogmas religiosos e salvaguardar a confissão 
religiosa católica do risco de intervenção abusiva do Estado nas questões internas. 
d) indivíduo, determinando ao Estado observância aos dogmas religiosos e salvaguardar, em face do 
caráter normativo do preâmbulo constitucional, as diversas confissões religiosas cristãs ou não cristãs 
do risco de intervenção abusiva do Estado nas questões internas. 
e) Estado de indevidas influências provenientes de dogmas religiosos e salvaguardar as diversas 
confissões religiosas de intervenção abusiva do Estado nas questões internas. 
 
Questão 97: FCC - AssTec Leg (AL PB)/AL PB/2013 
A Constituição Federal brasileira assegura, nos termos da lei: 
a) Privilégio permanente aos autores de inventos industriais para sua utilização, bem como proteção 
às criações industriais, à propriedade das marcas, aos nomes de empresas e a outros signos 
distintivos. 
b) A proteção às participações individuais em obras coletivas e à reprodução da imagem e voz 
humanas, inclusive nas atividades desportivas. 
c) O direito de petição aos Poderes Públicos contra ilegalidade ou abuso de poder, mediante o 
pagamento de taxa administrativa fixada por Lei Complementar Estadual. 
d) O acesso a todos à informação sendo vedado, em qualquer hipótese resguardar o sigilo da fonte. 
e) A interferência estatal na criação e funcionamento de associações e cooperativas, visando o 
cumprimento das normas estabelecidas na Carta Magna. 
 
Questão 98: FCC - Proc (MP TCE-SP)/TCE-SP/2011 
 
Um cidadão brasileiro, habitante da Região Metropolitana de São Paulo, pretende questionar a 
realização de gastos efetuados pela Prefeitura da capital paulista com a locomoção e hospedagem de 
funcionários participantes de evento sediado no Município em que reside, organizado para promover 
a discussão de políticas públicas de integração dos Municípios da referida região. 
 
Nessa hipótese, em tese, o interessado 
a) nada poderia fazer, por não estar legitimado a questionar gastos efetuados por órgãos integrantes 
da gestão de Município diverso do de sua residência. 
b) deveria representar ao Ministério Público estadual, para que este promovesse a responsabilidade 
civil e criminal dos agentes públicos envolvidos, por meio de ação civil pública. 
c) estaria legitimado a ajuizar ação popular, ficando isento de custas judiciais e dos ônus da 
sucumbência, salvo comprovada má-fé. 
d) deveria representar ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, para que este apurasse a 
regularidade dos gastos efetuados pela Prefeitura da capital e, se o caso, aplicasse sanções aos 
agentes responsáveis. 
e) nada poderia fazer, por ser legítima a realização de despesas para os fins pretendidos pela 
administração do Município de São Paulo. 
 
Questão 99: CESPE - JE TJPI/TJ PI/2012 
Assinale a opção correta com referência aos direitos e garantias fundamentais e às ações 
constitucionais. 
a) Apesar de não constar do elenco de direitos fundamentais previstos expressamente no art. 5.º da 
CF, o princípio da anterioridade tributária constitui garantia individual fundamental, conforme 
reconhece a jurisprudência do STF. 
b) O mandado de segurança coletivo pode ser impetrado por organização sindical, entidade de classe 
ou associação legalmente constituída e em funcionamento há pelo menos um ano, em defesa dos 
interesses de seus membros ou associados, mas não por partido político, que não possui 
representação para a defesa de direitos de categorias sociais em particular. 
c) A legitimidade para impetrar habeas corpus pertence apenas à pessoa natural afetada por 
qualquer medida que restrinja ou ameace restringir a sua liberdade de locomoção. 
d) A legitimidade passiva, no mandado de injunção, será sempre do órgão ou entidade estatal 
encarregada de regulamentação de direitos previstos na CF; nesse sentido, é incabível a impetração 
de mandado de injunção contra o presidente da República. 
e) O habeas data é ação de natureza mandamental que se destina a assegurar o conhecimento de 
informações pessoais constantes de registro de bancos de dados governamentais ou de caráter 
público, mas que não dá ensejo à retificação de dados errôneos deles constantes. 
 
Questão 100: ESAF - PFN/PGFN/2012 
Sobre os remédios constitucionais, é correto afirmar que 
a) o habeas corpus será concedido, inclusive de ofício, sempre que alguém sofrer ou se achar 
ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de manifestação, por ilegalidade ou abuso 
de poder. 
b) o mandado de segurança individual é o remédio constitucional destinado a proteger direito líquido 
e certo, não amparado por habeas corpus, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder 
for autoridade pública, agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do poder público ou 
titular de banco de dados de caráter público. 
c) o mandado de segurança coletivo pode ser impetrado por partido político com representação no 
Congresso Nacional em favor de qualquer pessoa ou coletividade, independentemente do prazo de 
constituição e funcionamento do partido e da condição da(s) pessoa(s) beneficiada(s) pela 
impetração como sua(s) filiada(s). 
d) cabe mandado de injunção quando a falta de norma regulamentadora torne viável o exercício dos 
direitos e liberdades constitucionais. 
e) qualquer cidadão é parte legítima para propor ação popular que vise ratifi car ato lesivo ao 
patrimônio público ou de entidade de que o Estado participe. 
 
Questão 101: FEMPERJ - TCE TCE RJ/TCE-RJ/Técnico de Notificações/2012 
Levando em conta os direitos e deveres individuais e coletivos previstos na Constituição, é cabível: 
a) habeas-corpus quando alguém estiver sofrendo violência ou coação em sua liberdade de 
locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder, não sendo possível a modalidade meramente 
preventiva; 
b) mandado de segurança coletivo, que pode ser impetrado por partido político com representação 
no Congresso Nacional e organização sindical, entidade de classe ou associação legalmente 
constituída e em funcionamento há pelo menos dois anos, em defesa dos interesses da coletividade, 
quando houver direito líquido e certo; 
c) mandado de injunção quando a falta de norma regulamentadora torne inviável o exercício dos 
direitos e liberdades constitucionais e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à 
cidadania, tendo o órgão omisso prazo de 30 dias para editar a norma, sob pena de 
responsabilidade; 
d) ação civil pública, que pode ser ajuizada por qualquer eleitor que esteja quite com suas 
obrigações eleitorais, para a proteção do patrimônio público e social, do meio ambiente e de outros 
interesses difusos e coletivos; 
e) habeas-data para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa do impetrante, 
constantes de registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público, ou 
para a retificação de dados, quando não se prefira fazê-lo por processo sigiloso, judicial ou 
administrativo. 
 
Questão 102: CESPE - AJ TRE ES/TRE ES/Judiciária/2011 
Julgue o item que se segue, relativo aos direitos e às garantias fundamentais. 
 
Para o Supremo Tribunal Federal (STF), habeas corpus não é medida idônea para impugnar decisão 
judicial que autoriza a quebra de sigilo bancário e fiscal em procedimento criminal, visto que não 
decorre constrangimento à liberdade da pessoa investigada. 
 
Questão 103: CESPE - DP AC/DPE AC/2012 
Acerca do entendimento sumulado do STF no que se refere a habeas corpus, assinale a opção 
correta. 
a) É cabível habeas corpus contra a imposição da pena de exclusão de militar ou de perda de 
patente ou de função pública. 
b) Cabe o habeas corpus contra decisão condenatória a pena de multa. 
c) É cabível habeas corpus contra omissão de relator de extradição, se fundado

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.