A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
33 pág.
Exercícios Artº 5º Constituição Federal

Pré-visualização | Página 3 de 13

item seguinte. 
Considere que um delegado de polícia, com o objetivo de obter provas em inquérito policial, 
determine que se proceda à interceptação das comunicações telefônicas de determinado suspeito. 
Nesse caso, considera-se lícita a prova obtida por meio da interceptação. 
 
Questão 19: CESPE - AUFC/TCU/Apoio Técnico e Administrativo/Psicologia/2011 
Acerca dos direitos e garantias fundamentais, julgue o item seguinte. 
Caso haja evidências de que um servidor público tenha desviado recursos públicos, será possível a 
quebra do sigilo fiscal e bancário do suspeito para subsidiar a investigação a respeito do fato. 
 
Questão 20: CESPE - AUFC/TCU/Apoio Técnico e Administrativo/Psicologia/2011 
Acerca dos direitos e garantias fundamentais, julgue o item seguinte. 
As pessoas jurídicas de direito privado ou público são destinatárias dos direitos e garantias 
fundamentais compatíveis com sua natureza. 
 
Questão 21: CESPE - ACE (TC-DF)/TC-DF/2012 
Com base nos direitos e garantias fundamentais expressos na CF, julgue o item seguinte. 
Embora a CF estabeleça como destinatários dos direitos e garantias fundamentais tanto os brasileiros 
quanto os estrangeiros residentes no país, a doutrina e o STF entendem que os estrangeiros não 
residentes (como os que estiverem em trânsito no país) também fazem jus a todos os direitos, 
garantias e ações constitucionais previstos no art. 5.o da Carta da República. 
 
Questão 22: FCC - AFTM SP/Pref SP/Gestão Tributária/2012 
A Lei federal no 12.527, de 18 de novembro de 2011, que dispõe sobre os procedimentos a serem 
observados por União, Estados, Distrito Federal e Municípios, com o fim de garantir o acesso a 
informações, contempla as seguintes previsões: 
 
"Art. 1o. (...) 
Parágrafo único. Subordinam-se ao regime desta Lei: 
I. os órgãos públicos integrantes da administração direta dos Poderes Executivo, Legislativo, 
incluindo as Cortes de Contas, do Judiciário e do Ministério Público; 
 
II. as autarquias, as fundações públicas, as empresas públicas, as sociedades de economia mista e 
demais entidades controladas direta ou indiretamente pela União, Estados, Distrito Federal e 
Municípios." 
(...) 
"Art. 7o O acesso à informação de que trata esta Lei compreende, entre outros, os direitos de obter: 
VII. informação relativa: 
a) à implementação, acompanhamento e resultados dos programas, projetos e ações dos órgãos e 
entidades públicas, bem como metas e indicadores propostos; 
(...) 
 
§ 1o O acesso à informação previsto no caput não compreende as informações referentes a projetos 
de pesquisa e desenvolvimento científicos ou tecnológicos cujo sigilo seja imprescindível à segurança 
da sociedade e do Estado." 
 
"Art. 32. Constituem condutas ilícitas que ensejam responsabilidade do agente público ou militar: 
I. recusar-se a fornecer informação requerida nos termos desta Lei, retardar deliberadamente o seu 
fornecimento ou fornecê-la intencionalmente de forma incorreta, incompleta ou imprecisa; (...)" 
Considere, a esse respeito, as seguintes afirmações, à luz da disciplina constitucional dos direitos e 
garantias fundamentais: 
I. É indevida a subordinação dos órgãos e entidades referidos no parágrafo único, do art. 1o, ao 
regime da lei de acesso a informações, pois a Constituição determina que, para tanto, é necessária 
prévia autorização judicial. 
 
II. O § 1o do artigo 7o é compatível com a Constituição da República, ao permitir que haja restrição 
de acesso a informações cujo sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado. 
 
III. O artigo 32, inciso I, é incompatível com a Constituição da República no que se refere à previsão 
de responsabilização de agentes públicos pelo retardamento no fornecimento de informações. 
Está correto o que se afirma APENAS em 
 
 a) I. 
 b) I e II. 
 c) II. 
 d) II e III. 
 e) III. 
 
Questão 23: CESPE - APF/PF/2012 
Acerca dos direitos e deveres individuais e coletivos, julgue o item subsequente. 
 
O direito ao silêncio, constitucionalmente assegurado ao preso, estende-se a pessoa denunciada ou 
investigada em qualquer processo criminal, em inquérito policial, em processo administrativo 
disciplinar e àquela que for convocada a prestar depoimento perante comissão parlamentar de 
inquérito. 
Questão 24: CESPE - APF/PF/2012 
Acerca dos direitos e deveres individuais e coletivos, julgue o item subsequente. 
O exercício do direito à liberdade de reunião em locais abertos ao público, previsto na Constituição 
Federal, condiciona-se a dois requisitos expressos: o encontro não pode frustrar outro anteriormente 
convocado para o mesmo local e a autoridade competente deve ser previamente avisada a respeito 
de sua realização. 
 
Questão 25: FCC - AC TCE PR/TCE-PR/Jurídica/2011 
Henrique decide organizar uma passeata em prol da proteção do meio ambiente. No dia marcado, 
mais de cem pessoas se reúnem no centro da cidade, munidas de bandeiras e cartazes para 
expressar suas opiniões sobre a causa a ser defendida. Para que a referida manifestação esteja 
conforme os ditames constitucionais, 
 
a) dependerá de prévia autorização judicial, para que a autoridade competente verifique se a reunião 
possui fins pacíficos. 
b) ao final da manifestação, seu organizador deverá prestar contas ao Poder Público e ressarcir 
eventuais danos causados ao patrimônio público. 
c) poderá ser realizada em local aberto ao público, desde que a autoridade competente tenha sido 
previamente avisada sobre o evento. 
d) estará condicionada à existência prévia de associação que se responsabilize por sua realização e 
tenha, entre seus fins, a defesa do meio ambiente. 
e) deverá ser organizada sob a forma de comício, uma vez que a Constituição não autoriza a 
realização de reuniões móveis. 
 
Questão 26: FCC - AC TCE PR/TCE-PR/Jurídica/2011 
Como consequência do regime constitucional adotado, os tratados e convenções internacionais sobre 
direitos humanos que forem aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por 
três quintos dos votos dos respectivos membros, 
 
a) não podem ser objeto de controle de constitucionalidade concentrado, mas apenas de controle 
difuso, na medida em que, se afrontarem a Constituição, suscitarão questões relacionadas à sua 
recepção e não propriamente à sua constitucionalidade. 
b) ingressam no ordenamento jurídico brasileiro com natureza de cláusulas pétreas e, por isso, não 
poderão ser objeto de controle de constitucionalidade. 
c) equiparam-se à manifestação do Poder Constituinte Derivado Reformador, razão pela qual só 
poderão ser questionados quanto à sua constitucionalidade por meio de um poder discricionário de 
natureza política do Executivo ou do Legislativo. 
d) estão sujeitos a um prazo, contido no próprio texto do tratado ou da convenção, para que possam 
ser objeto de ações de controle de constitucionalidade. Findo esse prazo, não mais poderão ser 
questionados pela via judicial. 
e) adquirem status de emenda constitucional e podem ser objeto de controle de constitucionalidade 
tanto pela via difusa quanto pela via concentrada. 
 
 
 
Questão 27: INSTITUTO CIDADES - DP AM/DPE AM/2011 
A respeito dos direitos fundamentais, marque a opção correta: 
a) O Supremo Tribunal Federal não admite a tese da aplicação horizontal dos direitos fundamentais, 
sob o fundamento de que os direitos fundamentais são, essencialmente, um escudo contra o poder 
do Estado. 
b) Os direitos fundamentais de segunda geração decorrem dos horrores suportados pela humanidade 
durantes as duas grandes guerras mundiais, despertando um sentimento internacional de 
solidariedade e fraternidade. 
c) Sempre que a interceptação telefônica não for precedida de autorização judicial será considerada 
prova ilícita. 
d) O princípio constitucional da presunção

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.