A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
23 pág.
ANÁLISES CITOPATOLÓGICAS E ANATOMIA PATOLÓGICA

Pré-visualização | Página 2 de 6

Epitélio cilíndrico simples, epitélio colunar simples e epitélio estratificado não queratinizado. 
Respondido em 05/10/2020 21:30:30 
 
javascript:diminui();
javascript:aumenta();
 
 
2 
 Questão 
 
 
As células do epitélio escamoso de revestimento encontradas nos esfregaços 
cervicovaginais possuem desenvolvimento dependente de hormônio. Os aspectos 
encontrados nessas células apresentam alterações cíclicas de acordo com o ciclo 
menstrual. Considerando o processo de maturação das células do epitélio escamoso e 
sua correlação com os hormônios sexuais femininos, observe o gráfico e assinale a 
alternativa que faz a correlação correta: 
 
 
 No ciclo menstrual, ocorre na fase proliferativa, representada pelo número 1, um aumento dos 
níveis de estrogênio, que leva à proliferação, à maturação completa e à estratificação do epitélio 
estratificado escamoso não queratinizado. Nos esfregaços, há o predomínio de células escamosas 
superficiais, mas, nos primeiros dias, ainda estão presentes algumas células escamosas 
intermediárias. 
 
No ciclo menstrual, ocorre na fase proliferativa, representada pelo número 1, um aumento dos 
níveis de estrogênio, que leva à proliferação, à maturação completa e à estratificação do epitélio 
estratificado escamoso não queratinizado. Nos esfregaços, há o predomínio de células escamosas 
intermediárias, mas, nos primeiros dias, ainda estão presentes algumas células escamosas 
parabasais. 
 
No ciclo menstrual, ocorre na fase proliferativa, representada pelo número 1, um aumento dos 
níveis de progesterona, que leva à proliferação, à maturação completa e à estratificação do 
epitélio estratificado escamoso não queratinizado. Nos esfregaços, há predomínio de células 
escamosas intermediárias, mas, nos primeiros dias, ainda se pode ver algumas células escamosas 
parabasais. 
 
No ciclo menstrual, ocorre na fase secretória, representada pelo número 2, um aumento dos 
níveis de progesterona, que leva à proliferação, à maturação completa e à estratificação do 
epitélio estratificado escamoso não queratinizado. Nos esfregaços, há predomínio de células 
escamosas superficiais, mas nos primeiros dias ainda se pode ver algumas células escamosas 
intermediárias. 
 
No ciclo menstrual, ocorre na fase secretória, representada pelo número 2, um aumento dos 
níveis de progesterona, que leva à inibição da maturação das células escamosas do epitélio de 
revestimento. Nos esfregaços, há o predomínio de células escamosas superficiais do tipo 
navicular 
Respondido em 05/10/2020 21:28:12 
 
 
 
3 
 Questão 
 
 
A coleta do material para a realização do esfregaço cervicovaginal 
é um passo essencial para leitura e interpretação correta dos 
achados celulares. Sobre a coleta do material durante um exame 
citológico, analise as alternativas e marque a opção Incorreta. 
 
 A coleta da amostra deve ser realizada por profissional qualificado para evitar destruição e 
alterações morfológicas e para ter uma quantidade e qualidade de células adequadas. Uma coleta 
mal feita e não representativa pode ser classificada como insatisfatória pelo laboratório, sendo 
preciso realizar uma segunda coleta para análise. Sempre que os esfregaços cervicovaginais não 
apresentarem os componentes da zona de transformação (células glandulares endocervicais e/ou 
metaplásicas escamosas) serão classificados como inadequados. 
 
Para a análise da citologia hormonal, a coleta é realizada no terço superior da parede lateral da 
vagina com a parte arredondada da espátula de Ayre, realizando a raspagem delicada com 
movimento de baixo para cima. Nos casos em casos de impossibilidade de coleta, pode ser 
coletado material do fundo do saco vaginal. A coleta pode ser realizada de forma individual ou 
seriada, onde são coletadas 4 amostras seriadas durante o mesmo ciclo menstrual (nos dias sete, 
14, 21 e 28 do ciclo). 
 
A urocitograma é o procedimento citológico no qual a avaliação das células escamosas é realizada 
em esfregaços confeccionados a partir dos sedimentos urinários. Esse exame deve ser realizado 
para avaliação hormonal em mulheres onde há impossibilidade de coleta de esfregaços, como 
crianças, adolescentes, virgens, grávidas com suspeita de abortos e em enfermas com dificuldade 
de deslocamento. 
 
Na citologia líquida, a coleta é feita com uma escovinha com cerdas plásticas ou uma espátula de 
Ayre com a cabeça removível. Os instrumentos são introduzidos no canal vaginal até atingir o 
orifício externo do canal endocervical. A porção alongada da escova é fixada dentro do canal e, 
com dois movimentos de rotação em 360°, as amostras celulares das regiões endocervical, JEC e 
ectocérvice são coletadas. Em seguida, o material é depositado no frasco com líquido 
conservante. 
 
A coleta de amostras do fundo do saco vaginal é importante nas mulheres que estão na pré e 
pós-menopausa, pois essa região funciona como um reservatório de células malignas oriundas de 
tumores de outras áreas do trato genital feminino. 
Respondido em 05/10/2020 21:28:22 
 
 
 
 
ANÁLISES CITOPATOLÓGICAS E ANATOMIA PATOLÓGICA 
3a aula 
Lupa 
 
 
 
 
 
Exercício: SDE4428_EX_A3_201912014831_V1 05/10/2020 
Aluno(a): CARLA ADRIANA CALISTRO 2020.2 - F 
Disciplina: SDE4428 - ANÁLISES CITOPATOLÓGICAS E ANATOMIA PATOLÓGICA 201912014831 
 
 
1 
 Questão 
 
 
O útero, localizado na cavidade pélvica, é um órgão achatado e 
dividido em colo e corpo do útero. O corpo do útero é a maior 
extensão desse órgão, formado pelo fundo (parte superior do 
corpo, localizado próximo à saída das tubas uterinas) e istmo 
(região mais inferior, próximo ao colo do útero). A parede do 
corpo do útero é composta de 3 camadas, a mais interna 
(endométrio), uma muscular intermediária (miométrio) e a 
javascript:diminui();
javascript:aumenta();
serosa, mais externa (perimétrio). O colo do útero é dividido em 
ectocérvice e endocérvice. Os tecidos de revestimento do 
endométrio, da ectocérvice e da endocérvice são 
respectivamente: 
 
 
Epitélio colunar simples, epitélio cilíndrico simples e epitélio estratificado não queratinizado 
 
Epitélio colunar simples, epitélio estratificado não queratinizado e epitélio estratificado 
queratinizado. 
 
Epitélio cilíndrico simples, epitélio colunar simples e epitélio estratificado queratinizado 
 
Epitélio colunar simples, epitélio estratificado não queratinizado e epitélio estratificado não 
queratinizado. 
 Epitélio cilíndrico simples, epitélio colunar simples e epitélio estratificado não queratinizado. 
Respondido em 05/10/2020 21:30:30 
 
 
 
2 
 Questão 
 
 
As células do epitélio escamoso de revestimento encontradas nos esfregaços 
cervicovaginais possuem desenvolvimento dependente de hormônio. Os aspectos 
encontrados nessas células apresentam alterações cíclicas de acordo com o ciclo 
menstrual. Considerando o processo de maturação das células do epitélio escamoso e 
sua correlação com os hormônios sexuais femininos, observe o gráfico e assinale a 
alternativa que faz a correlação correta: 
 
 
 No ciclo menstrual, ocorre na fase proliferativa, representada pelo número 1, um aumento dos 
níveis de estrogênio, que leva à proliferação, à maturação completa e à estratificação do epitélio 
estratificado escamoso não queratinizado. Nos esfregaços, há o predomínio de células escamosas 
superficiais, mas, nos primeiros dias, ainda estão presentes algumas células escamosas 
intermediárias. 
 
No ciclo menstrual, ocorre na fase proliferativa, representada pelo número 1, um aumento dos 
níveis de estrogênio, que leva à proliferação, à maturação completa e à estratificação do epitélio 
estratificado escamoso não queratinizado. Nos esfregaços, há o predomínio de células escamosas 
intermediárias, mas, nos primeiros dias, ainda estão presentes algumas células escamosas 
parabasais. 
 
No ciclo menstrual, ocorre na fase proliferativa, representada pelo número 1, um aumento dos 
níveis de progesterona,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.