A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
23 pág.
ANÁLISES CITOPATOLÓGICAS E ANATOMIA PATOLÓGICA

Pré-visualização | Página 4 de 6

de Perls, pois a 
hemossiderina não reage com o azul da Prússia e permanece com sua cor original. 
 
Esse pigmento é formado também nos tecidos altamente vascularizados que ficaram muito 
tempo em contato com o formol, usado como fixador, transformando a hemoglobina em 
hematina e apresentando-se na lâmina corada pelo HE como pigmento de formol. 
 
Nos cortes histológicos corados pela HE, apresenta-se como um pigmento marrom e finamente 
granular. 
 
Esse pigmento também é conhecido como meta heme livre, ou seja, o grupamento heme com 
ação do ácido ou da base forte se dissocia da porção globina da hemoglobina e fica com o Fe+3. 
 
Esse pigmento é formado pela ação de ácidos e bases fortes na hemoglobina. Nos casos de 
gastrite aguda erosiva, o suco gástrico transforma a hemoglobina em pigmento conhecido como 
hematina. 
javascript:diminui();
javascript:aumenta();
Respondido em 05/10/2020 21:32:09 
 
 
 
3 
 Questão 
 
 
"A inflamação é uma reação do organismo que ocorre quando há 
infecção ou lesão do tecido e tem como função eliminar o 
microrganismo e/ou reparar o dano causado. Existem dois tipos 
de inflamação, a não infecciosa e a infecciosa. A primeira é 
causada por dano no tecido, como queimaduras e pancadas. A 
inflamação infecciosa é causada por microrganismos, ou seja, 
aqueles que causam doenças. Ambas as inflamações podem 
apresentar os mesmos sinais característicos: Calor, 
Vermelhidão, Inchaço (Edema), Dor e Perda de função." 
(Fonte: CRID (Center for Research 
in Inflammatory Diseases). Universidade de São Paulo 
(USP). Jovem imunologista: Inflamação: 2º Aula. 2014. 
Consultado em meio eletrônico em: 02/06/2020.) 
 
Nos esfregaços cervicovaginais, os processos inflamatórios 
podem ser detectados pela presença de leucócitos, modificação 
na morfologia das células do epitélio (alterações nucleares e 
citoplasmáticas) como também pela identificação do agente 
causador. 
Sobre o padrão citológico encontrado nos processos 
inflamatórios, analise as alternativas a seguir: 
I. Na infecção por Trichomonas é comum o aparecimento nos 
esfregaços cervicovaginais de hemácias e exsudato linfocitário. 
II. A ausência nos esfregaços cervicovaginais de exsudato 
leucocitário garante que não existe processo inflamatório. 
III. A presença de hemácias bem ou mal conservadas é 
indicativo de processos inflamatórios severos. 
IV. Na inflamação crônica por tuberculose ou corpos estranhos 
(como fio de sutura), pode aparecer nos esfregaços 
cervicovaginais histiócitos gigantes multinucleados. 
Estão corretas as afirmativas: 
 
 
II e III 
 
II e IV 
 
I e III 
 
I e II 
 III e IV 
 
 
ANÁLISES CITOPATOLÓGICAS E ANATOMIA PATOLÓGICA 
6a aula 
Lupa 
 
 
 
 
 
Exercício: SDE4428_EX_A6_201912014831_V1 05/10/2020 
Aluno(a): CARLA ADRIANA CALISTRO 2020.2 - F 
Disciplina: SDE4428 - ANÁLISES CITOPATOLÓGICAS E ANATOMIA PATOLÓGICA 201912014831 
 
 
1 
 Questão 
 
 
Paciente de 35 anos gravida de 03 meses relata secreção vaginal 
espessa de coloração branca e bastante prurido. Na análise dos 
esfregaços vaginais, revelou-se a presença de células com 
citoplasma vacuolizado e com halo perinuclear. No fundo da 
lâmina, verificou-se alguns neutrófilos, e células ovais com 3-7 
µm de diâmetro coradas em marrom, presença de bacilos gram-
positivos finos e septados. A partir desse resultado, analise as 
afirmativas a seguir: 
I. O resultado da análise cervicovaginal é indicativo de infecção 
micótica por Candida sp. 
II. O resultado da análise cervicovaginal é indicativo de infecção 
por Trichomonas vaginalis. 
III. O Bacilo gram-positivo encontrado é a bactéria 
anaeróbia Leptothrix vaginalis. 
IV. Nas mulheres grávidas, há uma maior concentração de células 
ricas em glicogênio, que possibilita o crescimento de Leptothrix 
vaginalis e uma maior acidificação do pH. 
V. A maior acidificação do pH nas mulheres grávidas cria um meio 
propicio para o crescimento de leveduras. 
Estão corretas as afirmativas: 
 
 
I e III 
 
III e IV 
 
II, III e IV 
 
I, III e IV 
 I e IV 
javascript:diminui();
javascript:aumenta();
Respondido em 05/10/2020 21:32:48 
 
 
 
2 
 Questão 
 
 
A inflamação aguda é a primeira resposta do organismo frente a um agente agressor, inicia-se em poucos 
minutos após a agressão e tem uma pequena duração. Sobre a inflamação aguda analise as afirmativas e 
assinale verdadeiro ou falso. 
 
( ) Os 5 sinais cardinais da inflamação são calor, edema, dor, vermelhidão e perda de função e são causados 
pelas reações vasculares e celulares. 
( ) A inflamação além de eliminar o agente causador da lesão pode gerar danos teciduais causados pela 
liberação de metabólitos tóxicos e proteases. 
( ) Após a marginação do leucócito na corrente sanguínea, essa célula rola pelo endotélio através da 
interação com as moléculas de adesão chamadas de integrinas e em seguida ocorre uma adesão forte, ou 
seja pela interação com o endotélio através de outra molécula de adesão chamadas de seletinas. 
( ) No peritônio, o final inflamação aguda é sempre caracterizada pela resolução e eliminação do agente 
agressor. 
( ) Os leucócitos ao saírem da corrente sanguínea em direção ao tecido são conduzidos por quimiotaxia, 
ou seja, seguindo um gradiente químico. Esse fenômeno acontece apenas quando o agente causador da 
lesão é um microrganismo. 
 
A alternativa que apresenta a sequência correta é: 
 
 
V-V-V-V-F 
 
V-V-V F-F. 
 
V-V-V-F-V. 
 
V-V-V-V-V. 
 V-V-F-F-F. 
Respondido em 05/10/2020 21:32:58 
 
 
 
3 
 Questão 
 
 
Paciente diabético apresentou após 24 horas de cirurgia de amputação do membro superior esquerdo na altura do 
joelho complicações. No coto da amputação o tecido apresentava-se tecido altamente edemaciado, vermelho e quente. 
O médico realizou uma biópsia do local e encaminhou as amostras de tecido para cultura e exame histopatológico. Na 
cultura revelou a presença de bactérias Gram negativas que foram identificadas como Pseudomonas aueroginosas. O 
exame histopatológico revelou grande exsudato inflamatório com predomínio de que tipo de leucócito? 
 
 Neutrófilo 
 
Eosinófilo 
 
Monócito 
 
Macrófago 
 
Linfócito 
 
 
 
 
 
 
 
ANÁLISES CITOPATOLÓGICAS E ANATOMIA PATOLÓGICA 
7a aula 
Lupa 
 
 
 
 
 
Exercício: SDE4428_EX_A7_201912014831_V1 05/10/2020 
Aluno(a): CARLA ADRIANA CALISTRO 2020.2 - F 
Disciplina: SDE4428 - ANÁLISES CITOPATOLÓGICAS E ANATOMIA PATOLÓGICA 201912014831 
 
 
1 
 Questão 
 
 
Na vagina e colo uterino, existe uma grande variabilidade de 
microrganismos que colonizam e formam comunidade complexa, 
conhecidas como microbiota. A maioria dessas espécies são 
saprófitas, cuja presença no esfregaço não significa uma infecção. 
Para que existam cercicovaginites é necessário ter uma série de 
alterações gerais e citológicas. Sobre as infecções bacterianas 
analise as afirmativas a seguir: 
I. A presença de lactobacillus nos esfregaços cervicovaginais é 
normal em mulheres fase proliferativa do ciclo menstrual. 
II. Na maioria dos casos, a cervicite crônica folicular está 
relacionada Chlamydia trachomatis e é caracterizado pela 
presença de exsudato linfocitário em diferentes estágios de 
maturação. 
III. Gardnerella vaginalis tem a propriedade de aderir ao 
citoplasma das células escamosas superficiais e intermediárias 
conferindo-lhes uma aparência granular (células-guia) com fundo 
turvo e nublado. 
IV. Chlamydia trachomatis se apresenta nos esfregaços 
cervicovaginais sob a forma de inclusões em alvo. Porém, o 
https://simulado.estacio.br/alunos/inicio.asp
javascript:voltar();
javascript:diminui();
javascript:aumenta();
método citopatológico é muito pouco preciso e apresenta baixa 
sensibilidade e especificidade. 
Estão corretas as afirmativas: 
 
 
I e II 
 
I, II e III 
 
I, II e IV 
 II, III e IV 
 
III e IV 
Respondido em 05/10/2020 21:30:59

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.