A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Poluição e Impactos ambientais

Pré-visualização | Página 1 de 1

Poluição e Impactos ambientais 
 ​Biologia​ ​ .  
⭐ Poluição  
↳​ introdução de qualquer substância que normalmente não existe no 
ecossistema e à qual os organismos não estão adaptados.  
↳​ Essas substâncias, chamadas de poluentes, provocam a degradação 
física e química do ambiente.  
↳​ Os poluentes podem ser naturais ou artificiais.  
↳​ Os poluentes naturais ​➜ ​já existem na natureza  
⬇ 
gás carbônico, mas que tem a sua 
quantidade aumentada devido à ação do 
homem (antrópica) ou da natureza 
 
↳​ Os poluentes artificiais ​➜ ​substâncias produzidas e lançadas  
na natureza pela ação antrópica 
 ⬇ 
gases CFCs 
(clorofluorcarbonos) e os 
pesticidas como o DDT 
⭐ Chuva ácida 
↳​ Entre os vários problemas da poluição emitida pelas grandes 
indústrias 
⬇ 
 existe a chuva ácida 
 
↳​ devido à grande quantidade de gases poluentes lançados na 
atmosfera  
↳​ cidades industrializadas e em locais próximos a usinas termoelétricas 
 
 
 
 
 
 
↳ A chuva ácida ocorre quando os óxidos de nitrogênio (NOx), 
dióxido de carbono (CO2) e o dióxido de enxofre (SO2) (liberados pela 
queima de combustíveis fósseis)  
⬇ 
reagem com as partículas de água liberadas pelas nuvens  
⬇ 
formando ácido nítrico (HNO3) e o ácido sulfúrico (H2SO4)  
⬇ 
que se precipitam em forma de chuva, neve ou neblina 
 
⭐ Efeito estufa 
↳ ​é um sistema natural do planeta Terra 
↳ ​mantém a temperatura estável e ideal ​➜ ​equilíbrio de grandes  
partes das formas de 
vida em nosso planeta 
 
↳ ​constituído pela ação dos gases dióxido de carbono, óxidos de azoto, 
metano e ozônio presentes na atmosfera, que permitem a passagem da 
luz do Sol, mas retém o calor por ele gerado 
↳ ​⬆ ​efeito estufa ​➜ ​prejudicial ​➜ ​meio ambiente 
↳ ​causada por: ​➜ ​desmatamentos  
➜ ​queimada de ambientes florestais 
➜ ​emissão de gases poluentes  
↳ ​São as árvores que regulam a temperatura, os ventos e o nível das 
chuvas em diversas regiões 
↳ ​Com ​⬇ ​ florestas ​➜ ​a temperatura terrestre ​⬆ 
 
⭐ Eutrofização da água 
↳ ​O excesso de esgotos com muita matéria orgânica, os adubos 
jogados na lavoura que são carregados pela água da chuva e os 
detergentes biodegradáveis 
⬇ 
gerando sais na água são responsáveis por nutrir demasiadamente 
ambientes aquáticos,  
⬇ 
possibilitando condições para o crescimento exagerado de plantas 
aquáticas e algas 
⬇ 
impedem a passagem de luz para o ambiente subaquático,  
⬇ 
ocasionando a morte de fauna e flora 
  
 
 
↳ ​Eutrofização natural:​ processo muito lento associado à evolução 
natural dos ecossistemas, durante um fenômeno de sucessão 
ecológica (ex. transformação de um ecossistema lacustre num 
terrestre)  
↳ ​Eutrofização cultural ou acelerada:​ processo de enriquecimento em 
nutrientes, acelerado pelas atividades humanas, culminando na 
eutrofização. 
↳ ​Lago oligotrófico:  
- Baixos níveis de nutrientes  
- Crescimento limitado do fitoplâncton  
- Água límpida  
- Boa penetração da luz  
- Crescimento da comunidade aquática submersa  
- Elevada biodiversidade  
 
 
↳ ​Lago mesotrófico:  
- Aumento da concentração em nutrientes  
- Desenvolvimento do fitoplâncton  
- Aumento da turvação  
- Redução da comunidade vegetal submersa  
↳ ​Lago eutrófico:  
- Elevada concentração de nutrientes  
- Crescimento rápido do fitoplâncton  
- Acumulação de detritos e algas mortas  
- Aumento da taxa de decomposição  
- Redução do O2 dissolvido  
- Morte de peixes e moluscos por asfixia  
- Reduzida biodiversidade 
↳ ​⬆ ​produtividade primária – proliferação de cianobactérias, algas e 
outros seres fotossintéticos como resposta ao aumento de nutrientes.  
↳ ​Lagos eutróficos apresentam grande produtividade primária, ao 
contrário dos oligotróficos.  
↳ ​Num processo de eutrofização cultural, o influxo de fósforo, azoto e 
outros nutrientes, num determinado ecossistema pode provir de: 
esgotos domésticos, esgotos industriais, fertilizantes agrícolas, 
detergentes etc. 
 
⭐ Aquecimento Global 
↳ ​processo de elevação média da temperatura da Terra ao longo do 
tempo 
↳ ​Por causa do homem ​➜ ​acelerada ​➜ ​provocando problemas  
⬇ 
atmosféricos e nos níveis dos 
oceanos (derretimento das calotas 
polares) 
 
↳ ​A intensificação do efeito estufa ​➜ ​⬆ ​ do aquecimento global,  
↳ ​Os gases estufas mais conhecidos são o ​dióxido de carbono ​ ​(CO₂)​ e o 
gás metano (CH₄) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
↳ ​Destruição da camada de Ozônio  
 
↳ ​A camada de ozônio ​➜ ​filtro da maioria dos raios-ultravioletas 
nocivos para a vida humana e emitidos pelas atividades solares  
↳ ​O Ozônio é um gás com três átomos de oxigênio (O3) e encontra-se 
distribuído entre a troposfera e a estratosfera  
↳ ​Há evidências científicas ​➜ ​poluição ​➜ ​destruindo a camada de  
Ozônio 
  
↳ ​ ​⬇ ​ [O3] ​➜​ ​⬆ ​ quantidade de raios ultravioletas que  
chegam à superfície terrestre 
⬇ 
impactos ao meio ambiente 
 
⭐ Reciclagem e biogás 
↳ ​forma de reaproveitamento das matérias primas ​➜​ descartadas 
↳ ​⬇ ​quantidade de resíduos provenientes dos produtos consumidos 
pelo homem 
↳ ​língua inglesa no qual "re" significa repetir e "cycle" corresponde à 
ciclo ​➜​ "repetir o ciclo". 
↳ ​A crescente demanda de energia, a elevação do preço dos  
combustíveis, a poluição ambiental, o fato de o petróleo ser um 
combustível não renovável e o aumento do desenvolvimento 
econômico  
⬇ 
vêm estimulando pesquisas para se descobrir  
⬇ 
 fontes de energia renováveis 
 
↳ ​problema muito importante ​➜​ acelerado aumento na produção de 
resíduos sólidos (lixo) e o consequente uso de lixões nos grandes 
centros urbanos, o que acarreta problemas de saúde e ambientais. 
⬇ 
solução uma única fonte: o biogás 
 
↳ ​Esse gás é ​➜​ fermentação anaeróbica (em ausência de oxigênio) da  
↳ ​Isso significa que a matéria orgânica, como resíduos agrícolas, 
madeira, bagaço de cana-de-açúcar, esterco, cascas de frutas e restos 
animais e vegetais 
⬇ 
sofre degradação por bactérias, produzindo o biogás 
 
↳ ​formado ​➜​ gás metano (CH ​4​), um gás incolor, inodoro e muito 
inflamável 
↳ ​pode ser produzido no lixo ​➜​ gás metano ​➜​ ​gasolixo 
↳ ​lixões a céu aberto, o metano e o gás carbônico  
⬇ 
liberados para a atmosfera,  
⬇ 
poluindo o meio ambiente 
⬇ 
poderem provocar explosões e mau cheiro 
 
↳ ​muitos aterros sanitários ​➜​ tem sistema de captação dos gases  
⬇ 
liberados na fermentação do lixo 
⬇ 
levados para os flares, onde são queimados e o metano 
⬇ 
transforma em gás carbônico, que intensifica menos o 
problema do aquecimento global 
 
↳  aterros sanitários 
⬇ 
é possível tratar, reciclar o lixo, evitar os lixões e ainda produzir o 
biogás para geração de energia 
⬇ 
podendo ser usado para iluminação de residências, aquecimento de 
água, aquecimento de caldeiras e fornos em usos industriais, como 
combustível de veículos etc 
 
↳ ​O biogás produzido pode ser usado no próprio local e o excedente 
pode ser vendido para empresas privadas. 
↳ ​Os fatores que afetam a geração de biogás são: a composição do 
resíduo, umidade, pH, tamanho das partículas, idade do resíduo, 
temperatura, nutrientes, bactérias, compactação de resíduos, 
dimensões do aterro (área e profundidade), operação do aterro e 
processamento de resíduos variáveis. 
↳ ​Portanto, as principais vantagens da produção e utilização do biogás 
são: 
● É renovável (visto que está presente no lixo e no esgoto, é 
praticamente inesgotável); 
● Fontes de matéria-prima são de fácil obtenção; 
● Ajudam a evitar os chamados lixões, que trazem doenças e 
contaminam o solo; 
● A reutilização de resíduos orgânicos; 
● ⬇ ​emissões de gases do efeito estufa; 
● A produção de bio ​fertilizante como um subproduto; 
● A obtenção de energia térmica e elétrica a baixo custo.