Buscar

Vanguardas Artítiscas Europeias

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 12 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 12 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 12 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

LITERATURA
PRÉ-VESTIBULAR 1PROENEM.COM.BR
MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS 
ARTÍSTICAS EUROPEIAS23
MANIFESTO FUTURISTA
Fillipo Marinetti
1. Nós queremos cantar o amor ao perigo, o hábito da 
energia e da temeridade. 
2. A coragem, a audácia, a rebelião serão elementos 
essenciais de nossa poesia. 
3. A literatura exaltou até hoje a imobilidade pensativa, 
o êxtase, o sono. Nós queremos exaltar o movimento 
agressivo, a insônia febril, o passo de corrida, o salto 
mortal, o bofetão e o soco. 
4. Nós afirmamos que a magnificência do mundo 
se enriqueceu de uma beleza nova: a beleza da 
velocidade. Um automóvel de corrida com o seu 
cofre enfeitado com tubos grossos, semelhantes 
a serpentes de hálito explosivo… um automóvel 
rugidor, que parece correr sobre a metralha, é mais 
bonito que a Vitória de Samotrácia. 
5. Nós queremos glorificar o homem que segura o 
volante, cuja haste ideal atravessa a Terra, lançada 
também numa corrida sobre o circuito da sua órbita. 
6. É preciso que o poeta prodigalize com ardor, esforço 
e liberdade, para aumentar o entusiástico fervor dos 
elementos primordiais. 
7. Não há mais beleza, a não ser na luta. Nenhuma 
obra que não tenha um caráter agressivo pode ser 
uma obra-prima. A poesia deve ser concebida como um 
violento assalto contra as forças desconhecidas, para 
obrigá-las a prostrar-se diante do homem. 
8. Nós estamos no promontório extremo dos séculos!… 
Por que haveríamos de olhar para trás, se queremos 
arrombar as misteriosas portas do Impossível? O 
Tempo e o Espaço morreram ontem. Já estamos 
vivendo no absoluto, pois já criamos a eterna 
velocidade onipotente. 
9. Queremos glorificar a guerra – única higiene do 
mundo –, o militarismo, o patriotismo, o gesto 
destruidor dos libertários, as belas ideias pelas quais 
se morre e o desprezo pela mulher. 
10. Queremos destruir os museus, as bibliotecas, 
as academias de toda a natureza, e combater o 
moralismo, o feminismo e toda a vileza oportunista 
e utilitária. 
11. Cantaremos as grandes multidões agitadas pelo 
trabalho, pelo prazer ou pela sublevação; cantaremos 
as marés multicores e polifônicas das revoluções 
nas capitais modernas; cantaremos o vibrante fervor 
noturno dos arsenais e dos estaleiros incendiados 
por violentas lutas elétricas; as estações esganadas, 
devoradoras de serpentes que fumam; as fábricas 
penduradas nas nuvens pelos fios contorcidos de 
suas fumaças; as pontes, semelhantes a ginastas 
gigantes que cavalgam os rios, faiscantes ao sol com 
um luzir de facas; os piróscafos aventurosos que 
farejam o horizonte, as locomotivas de largo peito, 
que pateiam sobre os trilhos, como enormes cavalos 
de aço enleados de carros; e o voo rasante dos aviões, 
cuja hélice freme ao vento, como uma bandeira, e 
parece aplaudir como uma multidão entusiasta. 
Publicado em 20 de fevereiro de 1909, no jornal francês “Le Figaro”
MOMENTO HISTÓRICO
O final do século XIX e início do século XX foram marcados 
pelo endurecimento do nacionalismo no continente europeu, aliado 
ao descontentamento pela partilha imperialista da África e regiões 
da Ásia. No plano econômico, o progresso industrial trouxe à tona 
uma disputa cada vez mais acirrada por mercados, levando o 
capitalismo à fase concorrencial. Países como Alemanha e Itália, 
sem colônias produtoras de matérias-primas, ficaram de fora 
do processo neocolonial, sentindo-se prejudicadas nesse novo 
contexto econômico.
A guerra tornou-se inevitável e, entre 1914 e 1918, a Europa 
viu-se banhada de sangue pela disputa das grandes potências. 
Ao mesmo tempo, trabalhadores se organizavam levando mais 
conflitos às ruas e fábricas; em 1917, a Revolução Russa leva 
os trabalhadores ao poder e à criação de um novo país: a União 
Soviética. A urbanização, a corrida armamentista, as crises 
econômicas e as disputas na Europa criavam um clima tenso e 
contraditório, mas profundamente propício para a criação artística. 
VANGUARDISMO
Tomando o termo literalmente, vanguarda vem do francês 
avant-garde, nome da guarda ou batalhão que precede as tropas 
em um ataque de modo a desestabilizar as linhas inimigas. Na arte, 
o termo associa a ideologia à criação, subvertendo a cultura, os 
costumes e a maneira de pensar da sociedade, desestabilizando 
e negando as estruturas anteriores sem, necessariamente, propor 
algo que as substituam. Pode-se dizer que os movimentos de 
vanguarda são aqueles que estão à frente de seu tempo, aqueles 
que inovam a expressão artística.
As tendências artísticas europeias aproximam-se umas das outras 
por expressar um sentimento comum de liberdade criadora, certa 
subjetividade e o desejo de ruptura com os padrões estabelecidos, 
levando, até mesmo, a certas doses de irracionalismo. As principais 
correntes vanguardistas do período foram o Expressionismo, o 
Cubismo, o Futurismo, o Dadaísmo e o Surrealismo.
PRÉ-VESTIBULARPROENEM.COM.BR2
LITERATURA 23 MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS EUROPEIAS
EXPRESSIONISMO
MUNCH, Edvard. O grito, 1893.
Um grupo de pintores provenientes da escola impressionista 
resolveu voltar-se contra ela e propor uma nova maneira de 
expressão. Se antes a proposta era uma arte sensorial e subjetiva 
quanto à captação da realidade, isto é, a criação partia da realidade 
para o artista; no Expressionismo, a criação parte da subjetividade do 
artista em direção ao mundo exterior. A arte, assim, é a materialização 
de seu mundo interior, prescindindo dos conceitos de belo ou feio.
Enquanto as outras correntes de vanguarda possuem uma 
visão otimista sobre o progresso e a modernidade, o Expressionismo 
prefere o sofrimento humano, sem aludir ao triunfo da técnica 
humana. A angústia interior e a deformação das imagens são 
características do movimento, uma espécie de caricatura da alma 
humana, na busca pela dor e pelo sentido trágico da vida.
HECKEL, Erich. Retrato de um homem, 1919
CUBISMO
Pablo Picasso, Les deimoselles d´Avignon, 1907
O Cubismo tem início em 1907, com o quadro acima 
reproduzido, Les deimoselles d´Avignon, do pintor espanhol Pablo 
Picasso, propondo a valorização das formas geométricas e a 
fragmentação da realidade, revelando objetos e pessoas em seus 
múltiplos ângulos. Essa negação da perspectiva rompe com o 
tradicional e opõe-se à objetividade. Aqui, a intenção é decompor o 
objeto em diferentes planos geométricos, múltiplos e descontínuos.
Na literatura, o poeta francês Guillaume Apollinaire, maior 
nome do Cubismo, propunha a mistura de assuntos, espaços e 
tempos diferentes, em uma clara superposição e simultaneidade 
de planos, correspondendo à decomposição e à fragmentação 
usadas na pintura. Ilogismo, humor, antiacademicismo, verso livre, 
palavras soltas em uma linguagem predominantemente nominal.
GRIS, Juan. A janela aberta
FUTURISMO
NEVINSON, C.R. Wynne, Voltando às trincheiras, 1914
PRÉ-VESTIBULAR PROENEM.COM.BR
23 MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS EUROPEIAS
3
LITERATURA
Publicado pelo italiano Tommaso Marinetti, o manifesto 
futurista apresentou as bases de uma arte diferente, que exaltava 
a modernidade, a máquina, a eletricidade, o automóvel e a 
velocidade. No plano literário, Marinetti propôs a destruição da 
sintaxe – dispondo os substantivos ao acaso –, o uso de sinais 
matemáticos e musicais, o menosprezo pela pontuação e a 
abolição dos advérbios e dos adjetivos, usando-se em seu lugar o 
substantivo duplo (praça-funil, mulher-golfo etc.).
Apesar de nem todas as propostas estéticas terem se firmado 
na literatura, o Futurismo teve papel importante, introduzindo o 
verso livre, uma de suas maiores contribuições à arte. Contudo, 
ideologicamente, o movimento sofreu grande repulsa por ter uma 
forte identificação com o fascismo de Mussolini. Ainda assim, o 
termo “Futurismo” virou sinônimo de postura artística inovadora.
BALLA, Giacomo. Dinamismo de cão na coleira, 1912.
DADAÍSMO
DUCHAMPS, Marcel. Fonte, 1917
O mais radical de todos os movimentos de vanguarda floresceu 
na Suíça, país neutro durante a guerra, mas que vivia oclima de 
instabilidade, medo e revolta provocado por ela. Desta forma, 
os artistas achavam que pensar em arte nesse contexto soava 
hipócrita e presunçoso. Surgia assim a antiarte. O próprio nome do 
movimento foi escolhido ao acaso e não possui significado algum. 
O Dadaísmo nega o passado, o presente e o futuro; é contra as 
teorias e as ordenações lógicas e afirma em seu manifesto ser contra 
os manifestos. Tristan Tzara escreveu em seu Manifesto Dadaísta:
“Eu escrevo um manifesto e não quero nada, eu digo portanto 
certas coisas e sou por princípio contra os manifestos, como sou 
também contra os princípios”.
A intenção artística do movimento visava ridicularizar e agredir 
a própria arte, demolir as estruturas da estética e do pensamento. 
Os “dadás” realizaram noitadas de declamações absurdas e 
palhaçadas, improvisaram espetáculos-relâmpago em plena 
rua, gritando, urrando, vaiando, gritando e xingando sob total 
perplexidade e incompreensão da “plateia”.
A técnica do ready-made desenvolvida por Marcel Duschamps 
consistia em retirar um objeto de seu uso cotidiano e simplesmente 
expô-lo como obra de arte, como no caso acima, do urinol de 
porcelana. Com isso, buscava satirizar o mito mercantilista da 
sociedade capitalista. Na literatura o Dadaísmo caracterizou-se 
pela desordem absoluta, pela improvisação, pela agressividade 
e pela rejeição de qualquer racionalização poética, construindo 
poemas pela livre associação de palavras e a invenção das mesmas 
com base apenas nos sons e formas das palavras.
Para fazer um poema dadaísta 
Pegue num jornal.
Pegue numa tesoura.
Escolha no jornal um artigo com o comprimento que pretende 
dar ao seu poema.
Recorte o artigo. 
Em seguida, recorte cuidadosamente as palavras que 
compõem o artigo e coloque-as num saco.
Agite suavemente.
Depois, retire os recortes uns a seguir aos outros.
Transcreva-os escrupulosamente pela ordem que eles saíram 
do saco.
O poema parecer-se-á consigo.
E você será um escritor infinitamente original, de uma 
encantadora sensibilidade, ainda que incompreendido pelas 
pessoas vulgares.
Tristan Tzara
SURREALISMO
DALI, Salvador. Aparição de rosto e fruteira (1938)
André Breton, ex-participante do movimento dadaísta, 
lança, em 1924, um manifesto em que procurava unir a 
arte à psicanálise: estava fundado o Surrealismo. Por ser 
um movimento surgido no período entre guerras, conseguia 
acumular as experiências dos outros movimentos de 
vanguarda. Sua aproximação com o expressionismo é 
evidente, mas acrescenta elementos artísticos e temáticos 
à visão interior do artista.
PRÉ-VESTIBULARPROENEM.COM.BR4
LITERATURA 23 MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS EUROPEIAS
Pode-se notar na vanguarda a tendência de valorizar o 
imaginário extraído do sonho, além de incentivar experiências 
criadoras automáticas. Assim, o artista põe na tela ou no papel 
seus impulsos criadores do subconsciente, seus desejos, sem se 
importar com coerência, coesão ou quaisquer regras formais. Em 
outros momentos, os surrealistas vão dar lugar à experiência onírica, 
transpondo diretamente o sonho a obra de arte. Dessa forma, são 
características marcantes do Surrealismo o ilogismo, o devaneio, a 
loucura, a hipnose, o inusitado e os impulsos humanos em geral.
DALI, Salvador. A persistência da memória, 1931
PROTREINO
EXERCÍCIOS
01. Defina o termo vanguarda.
02. Cite os principais artistas e suas respectivas correntes do 
movimento das vanguardas europeias. 
03. Quais foram as principais correntes do Vanguardismo?
04. Qual é o contexto histórico em que acontece os movimentos 
das vanguardas artísticas europeias?
05. Quem é o autor do Manifesto Futurista , publicado em 1909, que 
marca a fundação do Futurismo?
PROPOSTOS
EXERCÍCIOS
01. (ENEM)
As formas plásticas nas produções africanas conduziram artistas 
modernos do início do século XX, como Pablo Picasso, a algumas 
proposições artísticas denominadas vanguardas. A máscara remete à
a) preservação da proporção.
b) idealização do movimento.
c) estruturação assimétrica.
d) sintetização das formas.
e) valorização estética.
02. (ENEM)
O pintor espanhol Pablo Picasso (1881-1973), um dos mais 
valorizados no mundo artístico, tanto em termos financeiros quanto 
históricos, criou a obra Guernica em protesto ao ataque aéreo à 
pequena cidade basca de mesmo nome. A obra, feita para integrar 
o Salão Internacional de Artes Plásticas de Paris, percorreu toda 
a Europa, chegando aos EUA e instalando-se no MoMA, de onde 
sairia apenas em 1981. Essa obra cubista apresenta elementos 
plásticos identificados pelo
a) painel ideográfico, monocromático, que enfoca várias 
dimensões de um evento, renunciando à realidade, colocando-
se em plano frontal ao espectador.
b) horror da guerra de forma fotográfica, com o uso da perspectiva 
clássica, envolvendo o espectador nesse exemplo brutal de 
crueldade do ser humano.
c) uso das formas geométricas no mesmo plano, sem emoção 
e expressão, despreocupado com o volume, a perspectiva e a 
sensação escultórica.
d) esfacelamento dos objetos abordados na mesma narrativa, 
minimizando a dor humana a serviço da objetividade, 
observada pelo uso do claro-escuro.
e) uso de vários ícones que representam personagens 
fragmentados bidimensionalmente, de forma fotográfica livre 
de sentimentalismo.
03. (ENEM)
PRÉ-VESTIBULAR PROENEM.COM.BR
23 MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS EUROPEIAS
5
LITERATURA
As vanguardas europeias não devem ser vistas isoladamente, uma 
vez que elas apresentam alguns conceitos estéticos e visuais que 
se aproximam. Com base nos conceitos vanguardistas, entre eles 
o de exploração de formas geometrizadas do Cubismo, no início do 
século XX, o quadro Soldados jogando cartas explora uma
a) abordagem sentimentalista do homem.
b) imagem plana para expressar a industrialização.
c) aproximação impossível entre máquina e homem.
d) uniformidade de tons como crítica à industrialização.
e) mecanização do homem expressa por formas tubulares.
04. (ENEM)
TEXTO II
A existência dos homens criadores modernos é muito mais 
condensada e mais complicada do que a das pessoas dos séculos 
precedentes. A coisa representada, por imagem, fica menos fixa, o 
objeto em si mesmo se expõe menos do que antes. Uma paisagem 
rasgada por um automóvel, ou por um trem, perde em valor 
descritivo, mas ganha em valor sintético. O homem moderno registra 
cem vezes mais impressões do que o artista do século XVIII.
LEGÉR, F. Funções da pintura. São Paulo: Nobel, 1989
A vanguarda europeia, evidenciada pela obra e pelo texto, expressa 
os ideais e a estética do
a) Cubismo, que questionava o uso da perspectiva por meio da 
fragmentação geométrica.
b) Expressionismo alemão, que criticava a arte acadêmica, 
usando a deformação das figuras.
c) Dadaísmo, que rejeitava a instituição artística, propondo a 
antiarte.
d) Futurismo, que propunha uma nova estética, baseada nos 
valores da vida moderna.
e) Neoplasticismo, que buscava o equilíbrio plástico, com 
utilização da direção horizontal e vertical.
05. (ENEM)
A obra Les desmoiselles dAvignon, do pintor espanhol Pablo 
Picasso, é um dos marcos iniciais do movimento cubista. Essa obra 
filia-se também ao Primitivismo, uma vez que sua composição 
recorre à manifestação cultural de um determinado grupo étnico, 
que se caracteriza por
a) produção de máscaras ritualísticas africanas.
b) rituais de fertilidade das comunidades celtas.
c) festas profanas dos povos mediterrâneos.
d) culto à nudez de populações aborígenes.
e) danças ciganas do sul da Espanha.
06. (ENEM)
O Surrealismo configurou-se como uma das vanguardas artísticas 
europeias do início do século XX. René Magritte, pintor belga, 
apresenta elementos dessa vanguarda em suas produções. Um 
traço do Surrealismo presente nessa pintura é o(a)
PRÉ-VESTIBULARPROENEM.COM.BR6
LITERATURA 23 MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS EUROPEIAS
a) justaposição de elementos díspares, observada na imagem do 
homem no espelho.
b) crítica ao passadismo, exposta na duplaimagem do homem 
olhando sempre para frente.
c) construção de perspectiva, apresentada na sobreposição de 
planos visuais.
d) processo de automatismo, indicado na repetição da imagem 
do homem.
e) procedimento de colagem, identificado no reflexo do livro no 
espelho.
07. (ENEM) "Todas as manhãs quando acordo, experimento um 
prazer supremos: o de ser Salvador Dalí" NÉRET, G Salvador Dalí. 
Taschen. 1986. Assim escreveu o pintor dos “relógios moles” e 
das “girafas em chamas” em 1931. Esse artista excêntrico deu 
apoio ao general Franco durante a Guerra Civil Espanhola e, por 
esse motivo, foi afastado do movimento surrealista por seu líder, 
André Breton. Dessa forma, Dalí criou seu próprio estilo, baseado 
na interpretação dos sonhos e nos estudos de Sigmund Freud, 
denominado “método de interpretação paranoico”. Esse método 
era constituído por textos visuais que demonstram imagens
a) do fantástico, impregnado de civismo pelo governo 
espanhol, em que a busca pela emoção e pela dramaticidade 
desenvolveram um estilo incomparável.
b) do onírico, que misturava sonho com realidade e interagia 
refletindo a unidade entre o consciente e o inconsciente como 
um universo único ou pessoal.
c) da linha inflexível da razão, dando vazão a uma forma de 
produção despojada no traço, na temática e nas formas 
vinculadas ao real.
d) do reflexo que, apesar do termo "paranoico", possui sobriedade 
e elegância advindas de uma técnica de cores discretas e 
desenhos precisos.
e) da expressão e intensidade entre o consciente e a liberdade, 
declarando o amor pela forma de conduzir o enredo histórico 
dos personagens retratados.
08. (UNIFESP) O Surrealismo buscou a comunicação com o 
irracional e o ilógico, deliberadamente desorientando e reorientando 
a consciência por meio do inconsciente.
(Fiona Bradley. Surrealismo, 2001.)
Verifica-se a influência do Surrealismo nos seguintes versos:
a) Um gatinho faz pipi.
 Com gestos de garçom de restaurant-Palace
 Encobre cuidadosamente a mijadinha.
 Sai vibrando com elegância a patinha direita:
 – É a única criatura fina na pensãozinha burguesa.
 (Manuel Bandeira, “Pensão familiar”.))
b) A igreja era grande e pobre. Os altares, humildes. Havia 
pouca flores. Eram flores de horta. Sob a luz fraca, na sombra 
esculpida (quais as imagens e quais os fiéis?) ficávamos.
 (Carlos Drummond de Andrade, “Evocação Mariana”.)
c) Nunca me esquecerei desse acontecimento
 na vida de minhas retinas tão fatigadas.
 Nunca me esquecerei que no meio do caminho
 tinha uma pedra
 tinha uma pedra no meio do caminho
 no meio do caminho tinha uma pedra.
(Carlos Drummond de Andrade, “No meio do caminho”.)
d) E nas bicicletas que eram poemas
 chegavam meus amigos alucinados.
 Sentados em desordem aparente,
 ei-los a engolir regularmente seus relógios
 enquanto o hierofante armado cavaleiro
 movia inutilmente seu único braço.
(João Cabral de Melo Neto, “Dentro da perda da memória”.)
e) – Desde que estou retirando
 só a morte vejo ativa,
 só a morte deparei
 e às vezes até festiva;
 só morte tem encontrado
 quem pensava encontrar vida,
 e o pouco que não foi morte
 foi de vida severina.
(João Cabral de Melo Neto, “Morte e vida severina”.)
09. (UNESP) Leia um trecho do “Manifesto do Surrealismo", 
publicado por André Breton em 1924.
Surrealismo: Automatismo psíquico por meio do qual alguém 
se propõe a exprimir o funcionamento real do pensamento. Ditado 
do pensamento, na ausência de controle exercido pela razão, fora 
de qualquer preocupação estética ou moral.
O Surrealismo assenta-se na crença da realidade superior 
de certas formas de associação, negligenciadas até aqui, na 
onipotência do sonho, no jogo desinteressado do pensamento.
(Apud Gilberto Mendonça Teles. Vanguarda europeia e 
Modernismo brasileiro, 1992. Adaptado.)
Tendo em vista as considerações de André Breton, assinale a 
alternativa cujos versos revelam influência do Surrealismo.
a) O mar soprava sinos
 os sinos secavam as flores
 as flores eram cabeças de santos.
 Minha memória cheia de palavras
 meus pensamentos procurando fantasmas
 meus pesadelos atrasados de muitas noites.
 (João Cabral de Melo Neto, “Noturno", em Pedra do sono.)
b) Meu pai montava a cavalo, ia para o campo.
 Minha mãe ficava sentada cosendo.
 Meu irmão pequeno dormia.
 Eu sozinho menino entre mangueiras
 lia a história de Robinson Crusoé.
 Comprida história que não acaba mais.
(Carlos Drummond de Andrade, “Infância", em Alguma poesia.)
c) Quando o enterro passou
 Os homens que se achavam no café
 Tiraram o chapéu maquinalmente
 Saudavam o morto distraídos
 Estavam todos voltados para a vida
 Absortos na vida Confiantes na vida.
 (Manuel Bandeira, “Momento num café", em Estrela da manhã.)
d) Trabalhas sem alegria para um mundo caduco,
 onde as formas e as ações não encerram nenhum
 [exemplo.
 Praticas laboriosamente os gestos universais,
 sentes calor e frio, falta de dinheiro, fome e desejo[sexual.
 (Carlos Drummond de Andrade, “Elegia 1938", em Sentimento do mundo.)
e) – Bem me diziam que a terra
 se faz mais branda e macia
 quanto mais do litoral
 a viagem se aproxima.
 Agora afinal cheguei
 nessa terra que diziam.
 Como ela é uma terra doce
 para os pés e para a vista.
(João Cabral de Melo Neto, “O retirante chega à Zona da Mata", em Morte e vida 
severina.)
PRÉ-VESTIBULAR PROENEM.COM.BR
23 MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS EUROPEIAS
7
LITERATURA
10. (UEG-adaptada) Observe a imagem a seguir:
YERKA, Jacet Companhias aéreas de baixo custo. Disponível em <http: //taislc.blogspot.com.br/2008/12/jacek-yerk-e-sua-obra-surrealista.html> Acesso em: 8 abr. 2004.
A pintura apresentada aproxima-se da seguinte corrente estética:
a) cubismo
b) expressionismo
c) surrealismo
d) fauvismo
11. (UERJ)
(WATTERSON, Bill. Os dez anos de Calvin e Haroldo. v. 2. São Paulo: Best News, 1996.)
Existe uma associação entre a situação em que se insere o personagem principal da história e a estética cubista, que reivindicou a 
possibilidade de visão de um objeto por vários ângulos simultaneamente.
Na história, essa associação é melhor evidenciada pela seguinte estratégia:
a) utilização de balões com formatos distintos
b) foco em construções de caráter exclamativo
c) emprego de frases com estrutura incompleta
d) montagem do cenário em planos geométricos
PRÉ-VESTIBULARPROENEM.COM.BR8
LITERATURA 23 MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS EUROPEIAS
12. (UERJ)
MARC CHAGALL. O violoncelista
Os significados das imagens estão relacionados com o tratamento 
dado aos elementos que as compõem. Na pintura de Chagall, o 
tratamento conferido aos elementos situados em primeiro plano 
– homem e animal – gera, pela comparação, o seguinte sentido:
a) a música é realidade para os homens, mas não para os animais
b) os homens, tanto quanto os animais, podem ser feitos de 
música
c) os músicos, ao contrário dos animais, podem-se transformar 
em música
d) a música pode ser a essência dos músicos, sejam eles 
humanos ou não
13. (FATEC) 
A Mulher Sentada
Mulher-mulher e pombos.
Mulher entre sonhos.
Nuvens nos seus olhos?
Nuvens sobre seus cabelos.
(A visita espera na sala;
a notícia, no telefone;
a morte cresce na hora,
a primavera, além da janela.)
Mulher sentada. Tranquila
Na sala, como se voasse.
(João Cabral de Melo Neto)
Sobre o poema, pode-se afirmar que
a) é a expressão evidente de uma tendência do Modernismo 
brasileiro: o gosto pelo som, a letra impressa, a superfície da 
página.
b) caracteriza um tipo de poesia espiritualista e religiosa produzida 
pelos poetas da Geração de 45, da qual também faziam parte 
Jorge de Lima e Vinícius de Morais.
c) se identifica ao Surrealismo, tendência moderna em que 
se ativa o inconsciente, o irracional, o sonho, e em que a 
plasticidade das imagens sobrepõe-se ao discursivo.
d) se liga a uma corrente primitivista do Modernismo brasileiro, 
que representa uma espécie de tomada de consciência do 
estado puro e ingênuo do país e de seus habitantes.
e) apesar de ser poesia do Modernismo brasileiro, revela 
umapropensão pela volta aos ideais simbolistas, visível 
especialmente no gosto pelo etéreo, pelo mistério, pelas 
impressões sensoriais.
14. (UNIRIO)
Poética
De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.
A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
A oeste é meu norte.
Quero que contem
Passo por passo
Eu morro ontem
Nasço amanhã
Ando onde há espaço:
- Meu tempo é quando.
(Cecília Meireles)
O poema estrutura-se numa quebra da lógica externa. Que 
movimento de vanguarda apresenta essa característica?
a) Futurismo.
b) Dadaísmo.
c) Expressionismo.
d) Surrealismo.
e) Cubismo.
15. (MACKENZIE) No início do século XX, várias tendências 
estéticas surgiram na Europa e influenciaram o Modernismo 
brasileiro. Não faz parte delas o:
a) Dadaísmo.
b) Expressionismo.
c) Futurismo.
d) Cubismo.
e) Determinismo.
16. (UFSM) "Queremos luz, ar, ventiladores, aeroplanos, 
reivindicações obreiras, idealismos, motores, chaminé de fábricas, 
sangue, velocidade, sonho, na nossa Arte!"
O trecho reflete características vanguardistas que foram 
reproduzidas por um período da literatura brasileira. Assinale a 
alternativa que associa corretamente período e vanguarda em 
questão.
a) Parnasianismo - Expressionismo
b) Simbolismo - Decadentismo
c) Modernismo - Dadaísmo
d) Modernismo - Futurismo
e) Simbolismo – Surrealismo
17. (UEL/PR) Em 1924, os surrealistas lançaram um manifesto 
no qual anunciaram a força do inconsciente na criação de novas 
percepções. Valorizavam a ausência de lógica das experiências 
psíquicas e oníricas, propondo novas experiências estéticas.
Sobre o Surrealismo, é correto afirmar:
a) Acredita que a liberação do psiquismo humano se dá por meio 
da sacralização da natureza.
b) Baseia-se na razão, negando as oscilações do temperamento 
humano.
c) Destaca que o fundamental, na arte, é o objeto visível em 
detrimento do emocionalismo subjetivo do artista.
d) Concede mais valor ao livre jogo da imaginação individual do 
que à codificação dos ideais da sociedade ou da história.
e) Busca limitar o psiquismo humano e suas manifestações, 
transfigurando-os em geometria a favor de uma nova ordem.
18. (ESPM/SP) Verifique o texto:
“Beiramarávamos em auto pelo espelho de 
aluguel arborizado das avenidas marinhas sem sol. 
Losangos tênues de ouro bandeiranacionalizavam o verde dos 
montes interiores.”
Esse fragmento da obra Memórias Sentimentais de João Miramar, 
de Oswald de Andrade, revela influência de uma corrente de 
vanguarda europeia do Modernismo. Marque-a:
PRÉ-VESTIBULAR PROENEM.COM.BR
23 MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS EUROPEIAS
9
LITERATURA
a) Futurismo, pela exaltação à velocidade e à tecnologia 
automotiva.
b) Surrealismo, pois as imagens insólitas apresentadas parecem 
ter sido extraídas do sonho ou do inconsciente do narrador.
c) Cubismo, já que somente partes dos objetos e da paisagem 
são descritas, a imagem é fragmentária.
d) Expressionismo, pela caricaturização, pela deformação da 
imagem através do exagero.
e) Dadaísmo, pois o significado do texto é nenhum, já que as 
ideias estão misturadas ao acaso.
19. (UFPE)
Enfim, um indivíduo de ideias abertas 
“A coceira no ouvido atormentava. Pegou o molho de chaves, 
enfiou a mais fininha na cavidade. Coçou de leve o pavilhão, depois 
afundou no orifício encerado. E rodou, virou a pontinha da chave 
em beatitude, à procura daquele ponto exato em que cessaria a 
coceira. 
Até que, traque, ouviu o leve estalo e, a chave enfim no seu 
encaixe, percebeu que a cabeça lentamente se abria.” 
Marina Colasanti. Contos de Amor Rasgado. 
Rio de Janeiro: Rocco, 1986. p. 11.
Mobilizando as concepções de gênero literário, de estilos estéticos 
e de efeitos de sentido na produção literária, analise os comentários 
seguintes referentes ao texto.
I. O texto é narrativo, apresentando uma sequência de 
eventos, uma personagem e um narrador na terceira 
pessoa do discurso.
II. Como indica o título da obra em que o texto E está inserido, 
trata-se de um conto, gênero literário que exige um núcleo 
narrativo complexo e plural.
III. O texto revela fortes tendências do Surrealismo, movimento 
de vanguarda do século XX, que tem por característica, 
entre outras, aproximar a linguagem da estrutura do sonho.
IV. O texto explora a polissemia contida nos vocábulos 
‘abertas' e ‘abria'. O final do texto, no entanto, sugere 
uma interpretação predominantemente literal e, assim, 
consegue o efeito de estranhamento.
V. Pela sua curta dimensão e pelo teor dos fatos narrados, o 
texto faz parte da antologia da primeira fase do Modernismo 
brasileiro, quando predominaram os poemas-piada.
A afirmativa é verdadeira nos itens 
a) I, IV e V, apenas.
b) II e IV, apenas.
c) I, II e III, apenas.
d) II, III e V, apenas.
e) I, III e IV, apenas.
20. (FGV) Analise a imagem a seguir
A obra reproduzida acima se insere no movimento artístico 
conhecido como
a) fauvismo.
b) dadaísmo.
c) classicismo.
d) surrealismo.
e) cubismo.
APROFUNDAMENTO
EXERCÍCIOS DE
01. (UEL) Analise as figuras a seguir.
Com base nas imagens, nos conhecimentos sobre as artistas 
brasileiras Anita Malfatti e Tarsila do Amaral, e considerando que 
são, respectivamente, herdeiras dos movimentos expressionismo 
e cubismo, discorra sobre as diferenças entre esses dois 
movimentos. 
PRÉ-VESTIBULARPROENEM.COM.BR10
LITERATURA 23 MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS EUROPEIAS
02. O autor da tira utilizou os princípios de composição de um conhecido movimento artístico para representar a necessidade de um 
mesmo observador aprender a considerar, simultaneamente, diferentes pontos de vista. Identifi que esse movimento e cite os nomes seus 
principais representantes.
05. (UNIRIO) Com a série "Zero Dólar", o artista plástico brasileiro 
Cildo Meireles apropria-se de um sistema de representação, o 
dinheiro, utilizando-o dentro do sistema da arte. 
De que movimento artístico tal operação é característica?
GABARITO
 EXERCÍCIOS PROPOSTOS
01. D
02. A
03. E
04. D
05. A
06. A
07. B
08. D
09. A
10. C
11. D
12. C
13. C
14. D
15. E
16. D
17. D
18. E
19. E
20. E
 EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO
01. Sobre a questão, é proposta uma leitura de imagens e seus aspectos formais e 
subjetivos.
Os artistas que se inspiraram pela corrente cubista, onde em tese se apresenta em duas 
grandes fases; uma delas, denominada como analítica, é notável nas composições uma 
espécie de decomposição do objeto e simplifi cação da forma especialmente abordam 
na representação da imagem a desconstrução, um achatamento da perspectiva e uma 
relação mais racional da composição ressaltando maior uso de fi guras geométricas nas 
composições.
Aos artistas expressionistas, especialmente no período em que surge e se desenvolve o 
expressionismo, são atribuídos a abordagem de representações de estados e sensações 
mais imediatas; não apenas ao que se vê propriamente dito mas a representação do 
estado de sensações do objeto representado, enfatizando concepções, na composição, 
de estados mais psicológicos, como pode ser visto na obra de Anita Malfatti, onde 
a representação fi gurativa não se apresenta de maneira ‘fotográfi ca’, mas confere a 
imagem valores subjetivos em sua composição nas cores, linhas etc. 
03.
Ah, poder exprimir-me todo como um motor se exprime! 
Ser completo como uma máquina! 
Poder ir na vida triunfante como um automóvel último modelo! 
(Fernando Pessoa, Álvaro de Campos.)
Na apóstrofe contida nos versos de Álvaro de Campos, a voz 
lírica toma a máquina como parâmetro de excelência existencial, 
sugerindo que a tecnologia acabou por produzir a totalidade que 
faltava ao homem moderno. Responda:
Essa visão das coisas aproxima o texto de uma corrente específi ca 
da vanguarda européia do início do século XX. De que corrente 
se trata? Qual seria um traço formal do texto que justifi ca essa 
aproximação?
04. (FGV) Veja a imagem e responda o que se pede.
"Roda de Bicicleta" (1917) faz parte da série de "ready-mades" 
construídos por Marcel Duchamp e introduz, na históriada arte, uma 
nova maneira de produção artística. Indique, a partir da reprodução 
da obra acima, quais são os elementos inovadores utilizados por 
Duchamp e explique por que esse trabalho é considerado uma obra 
de arte.
PRÉ-VESTIBULAR PROENEM.COM.BR
23 MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS EUROPEIAS
11
LITERATURA
02. No primeiro quadrinho da tira, Calvin começa a “ver os dois lados da questão” em tudo. No segundo, ele anuncia que o “tradicional único ponto de vista foi abandonado! A perspectiva 
foi fraturada”. Essas considerações associam-se ao Cubismo, vanguarda artística européia, surgida em 1907. As principais propostas desse movimento eram o abandono da mimesis 
aristotélica, a ruptura com a perspectiva tradicional, o uso de formas geométricas que corresponderiam à decomposição e à fratura da realidade. Dentre os artistas mais importantes 
do movimento, estão Pablo Picasso, Georges Braque, Marcel Duchamp, G. Appolinaire. Dentre os brasileiros que praticaram livremente as propostas do Cubismo, contam-se Vicente do 
Rego Monteiro, Tarsila do Amaral e Oswald de Andrade, além de outros.
03. Trata-se do Futurismo. O traço formal típico dessa corrente presente no texto é a adoção do verso livre. Outro traço formal importante é a ênfase da elocução, indicada pelos sinais 
de exclamação no final de cada verso.
04. Por meio desse "ready-made", Duchamp intenciona provocar quem contempla a sua obra. Para o artista, uma obra de arte não tem como função primordial representar o Belo. Ele 
desloca elementos de seus contextos originais (a roda e o banco, nesse caso) de modo a questionar o próprio conceito de arte. Desse modo, produz arte porque instiga o espectador a 
rever suas noções de beleza e de estética.
05. O movimento de vanguarda que tem como proposta a apropriação de algo representativo do sistema social transformado em sistema de arte é o Dadaísmo. Tal procedimento pode 
ser associado ao ready made. Esse conceito foi desenvolvido pelo artista francês Marcel Duchamp e designa qualquer objeto manufaturado de consumo popular tratado como objeto 
de arte por opção do artista, como é o caso do dinheiro de Cildo Meireles.
ANOTAÇÕES
PRÉ-VESTIBULARPROENEM.COM.BR12
LITERATURA 23 MOVIMENTOS DAS VANGUARDAS ARTÍSTICAS EUROPEIAS
ANOTAÇÕES

Continue navegando

Outros materiais