A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
PORTUGUÊS REGÊNCIA

Pré-visualização | Página 1 de 1

PORTUGUÊS		 REGÊNCIA
	VERBO
	TRANSITIVIDADE
	
DEPARAR DEFRONTAR
	Duas situações: O verbo deparar-se com é TRANSITIVO INDIRETO E PRONOMINAL em seu uso mais comum.
No entanto, é possível também SER USADO SEM PRONOME E ATÉ SEM PREPOSIÇÃO: Ex: Deparei-me com um mendigo ali.  Deparei um mendigo ali.
O Essa mesma lógica vale para o verbo defrontar, que foi cobrado recentemente: Ex: Defrontar(-se) com um inimigo Defrontar um inimigo
	
ATENDER
	TRANSITIVO INDIRETO com a preposição "a" geralmente usada para coisas, objetos. TRANSITIVO DIRETO. Exemplos: atender o paciente, atender o cliente. geralmente pessoas. ATENÇÃO: A retirada da preposição transformaria o objeto indireto em objeto direto, modificando a função sintática da expressão e consequentemente mudando o sentido.
	
ESCAPAR
	VERBO TRANSITIVO INDIRETO (de) escapar de algo ou de alguém: (sentido de "livrar-se", “fugir”)
VERBO TRANSITIVO INDIRETO (a) escapar a alguém: (sentido de "não ser percebido ou entendido") Ex.: a expressão "escapou aos médicos" indica que aquele fato passou despercebido.
	
ASSISTIR
	TRANSITIVO DIRETO O médico assistiu o paciente. Sentido de CUIDAR/AJUDAR TRANSITIVO INDIRETO Meu filho assistiu ao jogo. Sentido de VER ALGUMA COISA TRANSITIVO INDIRETO Esse direito não me assiste. Sentido de ALGO QUE É conveniente, pertence
INTRANSITIVO Eu assistia naquele sítio. Sentido de MORAR.
	ASPIRAR
	TRANSITIVO DIRETO Aspiramos muita fumaça. Sentido de INALAR.
TRANSITIVO INDIRETO Aspiramos ao cargo público. Sentido de ALMEJAR.
	VISAR
	Transitivo DIRETO Ex.: O policial visou o boletim. Sentido de verificar.
Transitivo DIRETO  Ex.: O policial visou o alvo. Sentido de MIRAR.
Transitivo INDIRETO Ex.: Viso a um cargo público. Sentido de ALMEJAR .
18
	AGRADAR
	TRANSITIVO DIRETO Ana agradou o gato. Sentido de ACARICIAR
TRANSITIVO INDIRETO.A música não agradou ao público. Sentido de SER AGRADÁVEL .
	CONFRATTERNIZAR
	TRANSITIVO INDIRETO Ex.: Paulo confraterniza com os colegas.
INTRANSITIVO Ex.: Eles confraternizaram no final de semana.
	PREFERIR
	DIRETO E INDIRETO Ex.: Prefiro o basquete ao futebol. Preferir uma coisa A outra.
OBS.: "preferir uma coisa DO QUE outra.  Variedade INFORMAL (coloquial) não é correto.
	
ATENDER
	INTRANSITIVO Atenda, ouça o que vou dizer.
TRANSITIVO DIRETO Atender uma explicação, atender um conselho.
TRANSITIVO INDIRETOAtender a uma explicação, atender a um conselho.
	
Influenciar
	Transitivo DIRETO ou INDIRETO.
Transitivo DIRETO Ex.: Influenciou o professor.
Transitivo INDIRETOEx.: influenciou no comportamento. Regido pela preposição “em”.
	AVISAR, INFORMAR, PREVENIR, CERTIFICAR, CIENTIFICAR COMUNICAR
	Transitivos DIRETOS e INDERETOS 2 formas: Informo algo a alguém ou Informo alguém de algo.
Ex.: Avisei o problema ao gerente. OU Avisei o gerente do problema. Ex.: Informei-o do perigo. Informei-lhe o perigo.
Cuidado! Construções INCORRETAS:
Ex.: Informei-lhe da nota (OI + OI) / Informei-o a nota (OD+OD).
	CHAMAR
	Transitivo DIRETO Ex.: Chame o próximo por favor. Sentido de CONVOCAR.
Transitivo DIRETO ou INDIRETO Ex.: Chamei-o tolo ou Chamei-o de tolo. Sentido de DENOMINAIR.
	CUSTAR
	INTRANSITIVO Ex.: Os óculos custaram 800 reais==. Ideia de PREÇO. (Adjunto adverbial de preço).
Transitivo INDIRETO. Ex.: Custou ao menino entender. Sentido de ser custoso, ser difícil.
	OBEDECER/ DESOBEDECER
	
Transitivos INDIRETOS Obedecer A alguém ou Obedecer A alguma coisa.
	IMPLICAR
	Transitivo INDIRETO Ex.: Impliquei com meu irmão. Sentido de EMBIRRARAR, AMOLAR.
Transitivo DIRETO Ex.: Isso implicará aquilo. Sentido de consequência, acarretar.
	PRESIDIR
	Transitivo direto ou indireto Ex.: O chefe presidiu a cerimônia. Ou: O chefe presidiu à cerimônia.
	
PROCEDER
	Intransitivo Ex.: O funcionário procedeu bem. Sentido de AGIR. Intransitivo Ex.: Esta atitude não procede. Sentido de justificar-se. Transitivo INDIRETO Ex.: A balsa procedia de Belém. Sentido de origem
Transitivo INDIRETO Ex.: Ele procedeu ao inquérito. Sentido de realizar, dar andamento.
	QUERER
	Transitivo DIRETO Ela quer o sorvete. Sentido de desejo.
Transitivo INDIRETO A mãe quer muito ao filho. Sentido de querer bem, emoção.
	REFERIR
	Transitivo DIRETOEle referiu o ocorrido. Sentido de narrar alguma coisa***.
Transitivo INDIRETO. Ele se referiu ao ocorrido. Quando recebe pronome.
	SIMPATIZAR E ANTIPATIZAR
	Transitivo INDIRETO regido pela preposição “COM”Glória simpatiza com todos os alunos da sala.
NÃO ACEITA pronomes átonos: me simpatizei com fulano. Simpatizou-se com ciclano.
	CHEGAR
	INTRANSITIVO Ex.: chegamos ao colégio.
	NAMORAR
	TRANSITIVO DIRETO Ex.: Maria Namora Pedro. OBS.: Maria Namora com Pedro.
	PAGAR/ PERDOAR
	
TRANSITIVO DIRETO E INDIRETO Paguei o livro (coisa) = o. Paguei ao livreiro (pessoa) =lhe
	SOBRESSAIR
	INTRANSITIVO Ex.: ele é um dos que mais sobressaem durante o debate.
Atenção! Não aceita o pronome “se”
	CONFRATERNIZAR
	Transitivo indiretopreposição COM. Os professores confraternizaram com os alunos no final
do ano letivo. Atenção! Não aceita o pronome “se”
Verbos com regras especiais:
	
ESQUECER, LEMBRAR, RECORDAR
	Transitivos DIRETOS Ex.: lembro algo. Errado: lembra de algo.
Atenção!
Quando esses verbos estiverem acompanhados de pronome átono (me, te, se, nos, vos), a preposição se imporá, o verbo a passar a ser TRANSITIVO INDIRETO.
Ex.: Lembrei-me de você. Ex.: Ele se esqueceu do encontro. Ex.: Lembremo-nos de nosso compromisso. Ex.: Esqueci-me de que estaria ocupada.
ATENÇÃO redobrada! “se” como pronome apassivador.
Caso o “se” estiver sendo usado como pronome apassivador temos que nos atentar. Pois nesse caso, o que vem depois geralmente é o sujeito paciente e esse NÃO PODE ser preposicionado.
Ex.: Esquece-se, no entanto, que o Poder Legislativo possui outras funções típicas.  Isso é esquecido. Nesse caso, NÃO poderia ser utilizado a preposição “de” antes do pronome relativo
“que”.
	
ACREDITAR/ PENSAR
	Transitivos INDIRETOSpense em mim, acredito em nós.
Atenção!
Quando esses verbos recebem uma oração como complemento, dispensam a preposição. Ex.: Acredite que você possa resolver isso.
Ex.: Pense que você receberá um bom dinheiro.
 
 MACETES – Regência Nominal 
 Diante de x Ante Os termos ’’diante” e ’’ante” são sinônimos, ou seja, possuem mesmo significado ( na presença de perante ), são equivalentes. O termo ’’diante” exige o uso de preposição “de”: diante de algo.
Porém. O TERMO “ ANTE ” NÃO DEVE SER USADO COMO PREPOSIÇÃO! A própria palavra “ante” já é uma preposição que deve ser utilizada sozinha: ante algo, e não ante –a – algo. 
Utilizada sozinha: ante algo, e não ante-a-algo.
Intenção
O termo intenção aceita as preposições “de” ou “em’’, mas há uma mudança de sentido. Vejamos:
a) não tenho a intenção de difamar: o autor não pretende fazer isso.
b) não tenho a intenção em difamar: o autor difamou, mas não fez com intenção alguma. 
Obrigação É redigida pela preposição “de”.
Relacionada Rege as preposições “com” e “a”: relacionada com algo/ relacionado a algo. 
A mudança de preposição não prejudica o sentido nem a correção gramatical d

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.