A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Teoria produtor

Pré-visualização | Página 1 de 1

Teoria produtor 
Em microeconomia, produção é simplesmente a conversão de 
fatores produtivos em produtos e uma empresa é qualquer 
organização que se dedica ao planejamento, coordenação e 
supervisão da produção. 
A empresa é o agente de decisão que escolhe entre as 
combinações fator-produto disponíveis e maximiza seu lucro. O 
problema tem semelhanças com o do consumidor. No caso do 
consumidor, a microeconomia frequentemente o reduz à 
questão de maximizar uma função de utilidade com uma 
restrição orçamentária. 
No caso da produção, trata-se de maximizar a função lucro tendo 
em conta as restrições tecnológicas (assumindo, em princípio, 
que os preços são dados, assumindo que é muito forte, o que é 
posteriormente relaxado). 
 
Função de produção 
Começa por considerar, por razões de simplificação, que um 
único bem (ou serviço) é produzido por uma empresa e que para 
produzi-lo é necessária uma série de elementos denominados 
fatores de produção (também podem ser denominados insumos 
ou insumos). 
O bem ou serviço produzido é chamado de saída. A função que 
relacionaria as quantidades da quantidade de fatores produtivos 
usados com a saída obtida é chamada de função de produção. 
Os insumos utilizados seriam matérias-primas , produtos 
intermediários (comprados de outra empresa ou obtidos em 
outro processo produtivo da mesma empresa), mão de obra 
humana utilizada, suprimentos de energia, água e semelhantes, 
o custo de reposição do capital utilizado, máquinas, ferramentas), 
uma vez que sofre desgaste devido ao uso no processo fabril. 
Uma simplificação comum é reduzir os fatores a dois: capital e 
trabalho. O trabalho representaria o trabalho humano, o capital 
o resto.