A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
18 pág.
Fisiopatologia da Dor

Pré-visualização | Página 4 de 4

o Neurônio III: estão localizados no tálamo, no núcleo ventral posterolateral. Esses axônios 
formam radiações talâmicas que, pela cápsula interna e coroa radiada, chegam à área 
somestésica do córtex cerebral, situado no giro pós-central (áreas 3, 2 e 1 de Brodmann). 
É por meio dessa via que os estímulos dolorosos chegam ao córtex cerebral, estímulos provenientes do 
tronco e membros dos lado oposto. Essa via é responsável pela sensação de dor aguda e bem localizada 
na superfície do corpo, correspondendo à dor em pontada. 
• VIA PALEOESPINOTALÂMICA: responsável por um tipo de dor pouco localizada, sendo uma dor 
profunda e crônica, correspondendo a chamada dor em queimação – essa via não apresenta uma 
organização somatotópica. 
o Neurônio I: estão localizados nos gânglios espinhais, e seus axônios penetram na medula 
do mesmo modo da neoespinotalâmica. 
o Neurônio II: estão localizados na coluna posterior. Os axônios eles se dirigem para o 
funículo lateral do mesmo lado e do lado oposto, e sobem sentindo cranial para formar o 
trato espino-reticular. De forma que esse sobe na medula junto ao trato espinotalâmico 
lateral, e termina fazendo sinapse com os neurônios III, em vários níveis da formação 
reticular. 
o Neurônio III: estão localizados na formação reticular, e dão origem às fibras 
retículotalâmicas, que irão terminar nos núcleos do grupo medial do tálamo, 
especialmente nos núcleos intralaminares. 
▪ Esses núcleos intralaminares projetam-se para territórios muito amplos do córtex 
cerebral. 
▪ Ainda, alguns neurônios III localizados na formação reticular, possuem projeções 
para a amigdala, contribuindo para o componente afetivo da dor.