A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Ribossomos (síntese proteica)

Pré-visualização | Página 1 de 1

 São as estruturas celulares de produção
de proteínas nas células procariontes e
eucariontes
 Diferem-se na taxa de sedimentação
 Eucariontes: 80S
 Procariontes: 70S
 Formado por duas subunidades
 Subunidade maior: traduzem a
informação (códons) do RNAm para a
construção das proteínas
 Subunidade menor: responsável pelo
acoplamento do mRNA no ribossomo
para ocorrer a síntese proteica
 Quando estão separadas: inativos
 Quando se unem: ativos
Tipos de RNA
 mRNA (RNA mensageiro)
 Produzido na transcrição
 rRNA (RNA ribossômico)
 Produzido no nucléolo
 Compõe a estrutura dos ribossomos
 tRNA (RNA transportador)
 Irá carregar um aminoácido até os
ribossomos para a síntese protética
 Forma de trevo
 Presente no citoplasma
 Anticódon: cada conjunto de 3
nucleotídeos no RNAt
Estrutura
 Cada subunidade é constituída de rRNA e
proteínas
Biogênese
 A síntese dos rRNA 18S, 5S e 25S ocorre
no nucléolo
 Utiliza-se de proteínas e outras moléculas
produzidas no citoplasma
 Após a maturação as unidades ribossomais
são transportadas para o citoplasma
Síntese proteíca
 Também chamado de expressão gênica
 É o processo pelo qual os organismos
produzem suas próprias proteínas
 Gene  proteína
 Toda a informação necessária para esse
processo está contida no material genético
 Se ocorrer algum defeito no genoma =
complicações metabólicas por conta do
impedimento da produção de algumas
proteínas
 Pode ser congênito ou mutação
 O DNA pode ser utilizado na divisão celular
com sua replicação e também na síntese
de proteínas
 Expressão gênica em eucariotos
1. Transcrição: uma fita de DNA forma um
mRNA
 Ocorre no núcleo
2. Splicing: edição do mRNA, para que possa
ser enviado ao citoplasma
3. mRNA chega ao citoplasma
4. Acoplamento dos ribossomos
 Ribossomos  polirribossomos
5. Tradução: leitura do mRNA pelos
ribossomos para a produção da cadeia
polipeptídica
Produção proteica
 Fase de tradução
 Ocorre com o "deslizamento" nos
ribossomos do tRNA que contém a
informação no DNA
 Informação contida em códons (conjunto
de 3 bases nitrogenadas sequenciais)
 Cada códon traz consigo um
aminoácido correspondente
 O anticódon do tRNA irá se ligar ao
códon do mRNA
 Formando a cadeia polipeptídica para a
síntese de proteínas
1. Iniciação: a fase em que o primeiro
aminoácido é trazido pelo tRNA e liga-se
ao complexo ribossômico
2. Alongamento: processo de adição contínua
dos aminoácidos
 Necessário o gasto de energia
 Hidrólise de GTP
 Os tRNA passam por uma sequência de
sítios no ribossomo: sítio A, P e E
3. Término: quando o último aminoácido é
adicionado
Código genético
 É a relação entre a sequência de bases no
DNA e a sequência correspondente de
aminoácidos
 A sequência de códons no mRNA é
traduzido em uma sequência de
aminoácidos na cadeia polipeptídica
 É considerado universal e degenerado
 Os códons têm o mesmo significado
em quase todos os organismos
 A tabela do código genético é uma
legenda na qual relaciona os códons com o
aminoácido correspondente que será
adicionado
 Códons de finalização: indicam ao
ribossomo que a sequência de aminoácidos
acaba ali
 UAA, UGA e UAG
 Códons de iniciação: indica o início da
codificação
 AUG
Tabela do código genético
Referências:
Slides e anotações da aula