A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
AV2 - Filosofia-

Pré-visualização | Página 1 de 1

Universidade Estácio de Sá - Campus Santa Cruz – Filosofia - 2020.2
	Preenchido pelo Aluno
	Nome ; 
	Matrícula
	Assinatura
	Data
 
	Preenchido pelo Professor
	Disciplina
Filosofia 
	Curso
Direito
	Período
 1°
	Professor(a)
CLINTTON ROCHA
	Nota
	Nota por extenso
	Visto Professor (a)
Clintton
	Nota revista
	Nota por extenso
	Visto Professor (a)
	 AV1 ( ) AV2 (x) AV3 ( ) 
OBS: A prova vale 8,0 (dez);
1ª PARTE — ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA, VALENDO CADA UMA 1,0 (UM) PONTO.
Questão 1 – Marque as sentenças (V) para verdadeiro e (F) para falso:
(V) A filosofia é uma disciplina essencialmente teórica, o seu objetivo é desenvolver nossa capacidade de pensar e criticar, através do estudo e do debate acerca de ideias;
(F) A palavra filosofia tem origem latina, surgindo na Roma antiga: filo quer dizer amor, amizade; sofia significa conhecimento ou sabedoria;
( F) A Filosofia contribuiu para a formação da religião cristã, especialmente com relação ao catolicismo; foi importante quando do surgimento da ciência, no século XVII;
(V) O ceticismo consiste em negar que seja possível alcançar a verdade e que devemos ficar apenas na dúvida;
(V) O dogmatismo designa as verdades inquestionáveis: o indivíduo, de posse de uma verdade, fixa-se nela e abdica de continuar a busca por outras verdades;
Questão 2 - Assinale a alternativa correta:
A) A mitologia grega é um saber estruturado que deu base para os postulados científicos, por isso é estudada na contemporaneidade;
B) A passagem da mitologia para o logos (uso da razão) ocorreu quando se tornou necessário o uso da razão para a solução dos problemas metafísicos apresentados pelas cidades-Estado;
C) A Filosofia explica a realidade das coisas através do mito, mostrando a interferência dos deuses na vida humana;
D) O homem sem a filosofia se torna um ser irracional, por isso ele precisa da razão filosófica para não declinar como um animal irracional;
E) Os deuses gregos eram semelhantes aos homens em tudo: sentiam inveja, ciúme, traiam, mentiam, e tinham relação sexual desejosa. O que diferenciava os deuses dos humanos era o fato de possuírem poderes sobre a matéria e serem imortais.
Questão 3 - Assinale a alternativa incorreta:
A) Segundo os sofistas o que é dado por natureza não pode ser mudado, como a necessidade que os homens têm de beber água;
B) O conhecimento divino pertence a um plano imaterial e só pode ser adquirido através da iluminação de Deus à razão e ao intelecto do ser humano;
C) Os homens que viveram no renascimento intelectual buscavam recuperar uma visão de mundo que havia sido deixada de lado em consequência ao sentimento religioso desenvolvido na Idade Média.;
D) Leonardo da Vinci foi um padre filósofo, matemático, engenheiro, artista e inventor italiano, foi declarado um dos mais relevantes sábios do Renascimento e da narrativa política. Desenvolveu várias pesquisas científicas e sobre o corpo humano;
E) A indulgência foi o estopim que eclodiu na Reforma Protestante e era um documento que se adquiria por certo valor financeiro e que livrava da pena do pecado os que adquiriam.
Questão 4 – A Filosofia está dividida em seis sistemas tradicionais que são:
A) Moral, metafísica, sofistas, matemática, religião, política;
B) Ética, política, lógica, epistemologia, estética, metafísica;
C) Política, metafísica, medicina, matemática, ciências da natureza, moral;
D) Direito, oratória, metafísica, estoicismo, lógica, política;
E) Metafísica, estética, gnosiologia, política, medicina, mitologia.
Questão 5 - Examine as afirmativas abaixo:
1) Livre arbítrio é a capacidade de escolha autônoma realizada pela vontade humana;
2) Livre arbítrio está associado à filosofia metafísica que defende que os humanos estão presos nas suas paixões;
3) Segundo santo Agostinho Deus criou criaturas racionais, conhecidas como seres humanos, e lhes deu o livre arbítrio, com poder de decidir sobre valores, crenças e desejos;
4) Livre arbítrio são obrigações da vontade humana que apenas podem ser realizadas por certas pessoas que são chamadas personalíssimas finitas;
5) Para Agostinho, nenhum homem é digno da salvação. Destarte Deus escolheu alguns que devem ser salvos da condenação. 
Assinale a resposta correta:
A) As afirmações 1, 3 e 5 estão corretas;
B) Apenas as afirmações 4 e 5 estão corretas;
C) Todas as afirmações estão corretas;
D) Somente a afirmação 2 está errada;
E) Todas as afirmações estão erradas.
Questão 6 - Marque a alternativa incorreta.
A) Filósofos pertencentes ao período clássico da filosofia: Protágoras, Sócrates, Platão, Aristóteles.
B) Tomas de Aquino, padre que buscava a verdade divina foi canonizado doutor da igreja.
C) Os pré-socráticos foram aqueles homens que iniciaram a atividade reflexiva antes dos questionamentos de Sócrates.
D) Os sofistas eram oradores itinerantes que percorriam as cidades ensinando, mediante pagamento, a arte da retórica para as pessoas interessadas em pagar. 
E) Segundo Aristóteles a política é a arte das palavras relativizadas e da propagação dos interesses das classes abastadas.
2ª Parte - Questões Discursivas – Responda cada questão. 
Questão 7 (Até 1,0 pts) Explique como se deu o surgimento da filosofia grega.
O pensamento filosófico representa uma ruptura radical com o pensamento mítico, na explicação do que existe. A filosofia surge do descontentamento com o tipo de explicação do que real, que é o que encontramos no pensamento mítico. O mito é uma forma pelo qual um povo explica aspectos essenciais da realidade, como por exemplo: A origem do Universo, como a natureza funciona e seus processos naturais, origens deste povo e seus valores essenciais. Esses mitos não são compostos apenas por um autor, mas é parte de uma tradição cultural de um povo. O mito caracteriza a própria visão de mundo de um indivíduo, e de como ele vivencia a realidade e é transmitido de geração em geração. O pensamento filosófico representa uma ruptura radical com o pensamento mítico, enquanto forma de explicar a realidade. A realidade das coisas seria explicada pela própria natureza.
O objetivo da filosofia é estudar e entender as questões básicas e fundamentais relacionadas à natureza da existência humana. Então abrange falar da moral, do conhecimento, da estética, da mente e do universo em geral. O propósito de estudar essas questões é a busca de uma maior percepção da realidade e de como o homem se relaciona com o mundo. Diferentemente da religião e da mitologia, a filosofia se faz através da argumentação racional. Entretanto, não chega a ser considerada ciência, já que não usa procedimentos empíricos em seus estudos.
A filosofia foi o fundamento de todas as ciências, não há conhecimento no nosso mundo de hoje, que não tenha nascido da filosofia.
Questão 8 (Até 1,0 pts) segundo as aulas expostas no pensamento de santo agostinho, explique o conceito de mal natural e mal moral.
Agostinho foi capaz de responder a um aspecto do problema do mal naturalmente. Ele sustentava que, embora tenha criado tudo o que existe, Deus não criou o mal porque o mal não é algo, mas a falta ou a deficiência de algo. O mal padecia de um homem cego pela falta de visão do que é certo; o mal em um assassino é a falta de humanidade (Age de forma desumana). Agostinho herdou esse pensamento de Platão e seus discípulos.
Mas Agostinho precisava explicar por que Deus teria criado o mundo de tal maneira a permitir que existissem tais males ou deficiências naturais e morais. Sua resposta girou em torno da ideia de que os humanos são seres racionais. Ele usou da alegação de que, para que Deus criasse criaturas racionais, como os seres humanos, tinha de lhes dar o livre-arbítrio.
Para ele o mal não existia, apenas é a ausência do bem, por isso Deus não criou e nem está no mal. Ele acaba existindo porque os homens não souberam usar o seu livre-arbítrio.