A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Tecido Nervoso

Pré-visualização | Página 1 de 1

Pérola Guimarães 
Tecido Nervoso 
O sistema nervoso pode ser 
dividido em SNC e SNP. 
*SNC: Encéfalo e Medula 
*SNP: Gânglios nervosos e nervos 
 
O tecido nervoso apresenta dois 
componentes principais, que são os 
neurônios e vários tipos de células 
da glia ou neuroglia. 
Células da glia: sustentam os 
neurônios e participam de outras 
funções importantes. 
-Astrócitos: Tem função de 
sustentação. São células de forma 
estrelada com múltiplos processos 
irradiando do corpo celular. Os 
astrócitos ligam os neurônios aos 
capilares sanguíneos e à pia-máter. 
Também participam do controle da 
composição iônica e molecular do 
ambiente extracelular dos 
nemônios. 
-Oligodendrócitos: produzem as 
bainhas de mielina que servem de 
isolantes elétricos para os 
neurônios do sistema nervoso 
central. 
-Células de schwann: têm a mesma 
função dos oligodendrócitos, 
porém se localizam em volta dos 
axônios do sistema nervoso 
periférico. Cada célula de Schwann 
forma mielina em torno de um 
segmento de um único axônio. 
-Células ependimais: revestem os 
ventrículos do cérebro e o canal 
central da medula espinal. Em 
alguns locais as células 
ependimárias são ciliadas, o que 
facilita a movimentação do líquido 
cefalorraquidiano. 
-Micróglia: As células da micróglia 
são fagocitárias e derivam de 
precursores trazidos da medula 
óssea pelo sangue, representando 
o sistema mononuclear fagocitário 
no sistema nervoso central. Elas 
participam da inflamação e da 
reparação do sistema nervoso 
central. A micróglia secreta 
diversas citocinas reguladoras do 
processo imunitário e remove os 
restos celulares que surgem nas 
lesões do sistema nervoso central. 
*Como no SNC existe uma segregação 
entre os corpos celulares dos 
neurônios e os seus prolongamentos, 
isso faz com que tenha no encéfalo e 
na medula espinal duas porções 
distintas: substância branca e 
substância cinzenta. 
♡A substância cinzenta é formada por 
corpos celulares dos neurônios e 
células da glia. 
♡A substância branca não contém 
corpos celulares de neurônios. É 
chamada assim porque tem grande 
quantidade de um material 
esbranquiçado, a mielina. 
Pérola Guimarães 
Neurônios: 
-Responsáveis pela recepção, 
transmissão e processamento de 
estímulos. 
-Influenciam atividades do organismo 
e liberam neurotransmissores e 
outras moléculas informacionais. 
Os neurônios são formados pelo corpo 
celular. 
 
Morfologia do neurônio: (quase 
todos apresentam essa) 
-Dendritos: tem a função de receber 
os estímulos do meio ambiente, de 
células epiteliais sensoriais ou de 
outros neurônios. (A maioria das 
células nervosas tem numerosos 
dendritos, que aumentam a superfície 
celular e tornam possível receber e 
integrar impulsos trazidos por 
numerosos terminais axônicos de 
outros neurônios). 
- Corpo celular: é o centro trófico da 
célula e também capaz de receber 
estímulos 
-Axônio: Especializado na condução de 
impulsos que transmitem informações 
do neurônio para outras células 
(nervosas, musculares, glandulares). 
*Cada neurônio contém apenas um 
único axônio. Nos neurônios em que os 
axônios são mielinizados, a parte do 
axônio entre o cone de implantação e 
o início da bainha de mielina é 
chamado de segmento inicial. Este 
segmento recebe muitos estímulos, 
tanto excitatórios como inibitórios, e 
pode se originar de um potencial de 
ação cuja propagação é o impulso 
nervoso. 
Os neurônios podem ser 
classificados em: 
♡Neurônios multipolares: apresentam 
mais de dois prolongamentos celulares 
♡Neurônios bipolares: têm um 
dendrito e um axônio 
♡Neurônios pseudounipolares: 
próximo ao corpo celular apresentam 
um prolongamento único, que se divide 
em dois, dirigindo-se um ramo para 
periferia e outro para o sistema 
nervoso central. 
Quanto a funcionalidade, os 
neurônios podem ser classificados 
em: 
♡ Sensitivos (aferentes): Recebem 
estímulos sensoriais do ambiente e do 
próprio organismo e os enviam na 
forma de impulsos nervosos ao SNC. 
♡ Motores (eferentes): Após o 
processamento das informações 
recebidas no SNC, esses neurônios 
conduzem impulsos aos órgãos 
efetores (músculos e glândulas). 
♡ Interneurônios: Funcionam como 
integradores exclusivamente no SNC 
estabelecendo redes complexas de 
circuitos entre outros neurônios. 
Fibras Nervosas 
*É o axônio e seu envoltório. (Nem 
sempre esse envoltório está 
presente). 
Pérola Guimarães 
*O principal envoltório de uma fibra 
nervosa é a bainha de mielina, ela atua 
como isolante elétrico e é formada 
pelas células Schwann. 
-Ambas as fibras mielínicas e 
amielínicas são encontradas no SNC e 
SNP. 
-No SNC, as fibras nervosas se 
reúnem em feixes chamados de 
tratos ou fascículos. 
-No SNP as fibras nervosas se 
agrupam em feixes que formam os 
nervos. 
Fibras Nervosas Milelínicas 
-No SNP, cada axônio é circundado 
por células de Schwann. 
- Nos axônios motores e na maioria 
dos axônios sensitivos, essas células 
formam duas bainhas, a de mielina e 
de neurilema. Essas bainhas se 
interrompem e formam os nódulos de 
Ranvier. Devido a esses nódulos de 
Ranvier, a condução do impulso 
nervoso é saltatória, ou seja, os 
potenciais de ação só ocorrem nos 
nódulos de Ranvier e migram em 
direção ao nódulo mais distal, o que 
confere maior velocidade ao impulso 
nervoso. Isso é possível por conta do 
caráter isolante da bainha de mielina, 
que permite à corrente eletrotônica, 
provocada por cada potencial de ação, 
percorrer todo o intemódulo sem que 
se extinga. Na arborização do axônio, 
a bainha de mielina desaparece, mas o 
neurilema continua até as 
terminações nervosas. 
-No SNC, são os prolongamentos de 
oligodendrócitos que originam a 
bainha de mielina. No entanto, os 
corpos dessas células ficam a uma 
certa distância do axônio, de modo 
que não há formação de qualquer 
estrutura semelhante ao neurilema. 
Fibras Nervosas Amielínicas 
-No sistema nervoso periférico, há 
fibras nervosas do sistema nervoso 
autónomo (as fibras pós-ganglionares) 
e algumas fibras sensitivas muito 
finas, que são envolvidas por células 
de Schwann sem que haja formação 
de mielina. 
- No sistema nervoso central, as 
fibras amielínicas não apresentam 
envoltórios. Apenas os 
prolongamentos de astrócitos tocam 
os axônios amielínicos. As fibras 
amielínicas conduzem o impulso 
nervoso mais lentamente, já que os 
conjuntos de canais de sódio e 
potássio sensíveis à voltagem não têm 
como se distanciar, ou seja, a 
ausência de mielina impede a 
condução saltatória. 
 
Sinapse: 
-A célula nervosa tem moléculas na 
membrana que são bombas ou canais 
para o transporte de íons para dentro 
e para fora do citoplasma. 
-A sinapse é responsável pela 
transmissão unidirecional dos 
impulsos nervosos. 
Pérola Guimarães 
-As sinapses são locais de contato 
entre os neurônios ou entre neurônios 
e outras células efetoras, por 
exemplo, células musculares e 
glandulares. 
-A função da sinapse é transformar 
um impulso nervoso do neurônio pré-
sináptico em um sinal químico que atua 
na célula pós-sináptica. 
-A maioria das sinapses transmite 
informações por meio da liberação de 
neurotransmissores. 
Tipos de sinapses: 
-Sinapses químicas: a transmissão do 
impulso é mediada pela liberação de 
determinadas substâncias. 
-Sinapses elétricas: as células 
nervosas se unem por junções 
comunicantes que possibilitam a 
passagem de íons de uma célula para a 
outra, promovendo uma conexão 
elétrica e a transmissão de impulsos. 
*As sinapses elétricas são raras nos 
mamíferos