A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Puericultura

Pré-visualização | Página 1 de 1

1 Tayana Bastos – ATM 23 
Puericultura 
Frequência: 
1º semana / 1º mês / 2º mês / 4º mês / 6º mês / 9º mês / 12º mês / 18º mês / 24º mês / depois anual 
 
Sempre pegar a carterinha e a ficha espelho. 
 
ANAMNESE 
- Queixas 
- Condições gestacionais e perinatais: uso de medicamentos, nº de consultas pré-natal, alguma doença, tipo de 
parto, motivo do parto, peso e comprimento ao nascer. 
- Exames de triagem neonatal (olhinho, orelhinha (até 1 mês), coraçãozinho, pezinho e linguinha). 
- Alimentação: amamentação exclusiva ou complementada e frequência da amamentação. Se utilizar fórmula, 
interrogar a quantidade de colheres e água utilizadas. Se já se alimenta detalhar horários e composição de todas as 
refeições, intolerância alimentar? 
- Interrogar se faz uso de medicações. 
- Diurese e hábitos intestinais: frequência e características. 
- Sono: período de sono, dorme onde? com quem? hora de dormir? 
- Higiene física: banho diário, coto umbilical, limpeza oral -> produtos utilizados 
- Condições emocionais e ambientais -> brinquedos, frequência de passeios, uso de telas? tem animais de 
estimação? Quem cuida da criança? O pai participa? Avós? 
- Situações vacinal: quais foram aplicadas? quais faltam? tem alguma atrasada? 
- Desenvolvimento: gesticula, tenta falar? já fala? pega objetos? pinça fina? 
 
EXAME FÍSICO 
No colo do responsável: 
- AP / FR padrão abdominal. 
- FC / AC 
- Implantação dos olhos e orelhas (facies sindrômica), nistagmo, estrabismo? 
- Palpação das fontanelas (anterior: mede de 1 a 4 cm, 
formato losangular, fecha do 9º ao 18º mês / posterior: 
mede 0,5 cm, formato triangular, fecha até 2º mês). 
 
Pede para o responsável despir o bebê: 
- Comprimento/Estatura 
- PC 
- PT 
- Temperatura 
- Peso (< 2500g = baixo peso ao nascer / > 4000g = macrossomia -> é normal perder até 10% do peso ao nascer e 
recuperar até o 15º dia de vida). 
- Palpar clavículas e avaliar assimetria. 
- Coto Umbilical (sinais de onfalite é grave) 
- Assaduras 
- Testículos (Rastreio Para Criptorquidia, a ausência dos testículos na bolsa pode ser normal até 3 meses, hidrocele 
= fimose fisiológica, tem redução espontânea até os 2 anos) / Genitália (tipicamente feminina) 
- Manobra De Barlow (Abre) E Ortolani (Fecha). 
- Teste de Galeazzi: serve para ver a diferença de comprimento entre os membros inferiores. 
- Reflexo sucção 
- Marcha reflexa (até final do 2º mês) 
- Reptação (até os 6 meses) 
- Preensão palmar (até o 6º mês) 
- Moro (“cai e abre os braços” começa desaparecer no 2º mês fica até o 6º mês ) 
- Preensão plantar (até 1 ano) 
- Cutâneo-plantar (até 18º mês) 
- Fuga à asfixia 
 
 
2 Tayana Bastos – ATM 23 
- OBSERVAR: 
Bossa serossanguínea (desaparece espontaneamente) 
Edema (generalizado: doença hemolítica perinatal, sepse, IC / localizado: trauma de parto) 
Palidez (anemia, sangramento, sinal de arlequim – metade do corpo pálido outra metade hiperemiado, é 
fisiológico) 
Cianose (generalizada: doenças cardiorrespiratórias graves / extremidades ou perioral: hipotermia) 
Icterícia (fisiológica depois 24h, com pico entre o 3º e 4º dia, sempre colocar a extensão da icterícia) 
Assaduras 
Pústulas (impetigo), 
Bolhas palmo-plantares (sífilis), 
Hérnia inguinal (risco de encarceramento, vai pra cirurgia) 
Eritema tóxico (benigno, autolimitado) 
 
- Oroscopia: avaliar o freio lingual (língua presa). 
- Otoscopia 
 
PLANO 
Prevenção de acidentes (dormir de barriga para cima, materiais de limpeza, remédios longe da criança e trancados, 
instalar grades ou telas nas janelas, portas, risco de afogamento em balde, banheiro, cadeirinha no carro). 
Orientar a importância do aleitamento materno exclusivo /alimentação saudável. 
Cuidados com higiene e sono 
Cuidados sobre a saúde bucal. 
 
SUPLEMENTAÇÃO 
Vit D: 400 UI/dia ou ao menos 30 min por semana no sol. 
 
Ferro: a partir dos 6 meses. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
3 Tayana Bastos – ATM 23 
VACINA 
 
DESENVOLVIMENTO 
• Até final do 3º mês: bebê sorri, sustenta a cabeça, leva as mãos a boca, fixa e acompanha com o olhar 
objetos que lhe interessa e vira a cabeça para o som. 
• Dos 3 aos 6 meses: busca objetos com as mãos e tenta segurá-los, leva-os à boca, passa-os de uma 
mão à outra. Vira-se sozinho. Rola na cama, senta-se com apoio. Descobre os pés, brinca com eles e 
leva-os a boca. Acompanha os objetos com os olhos e localiza o som. 
• Dos 6 aos 9 meses: Senta sem apoio. Usa os braços e as mãos para se equilibrar. Passa um objeto de 
uma mão à outra. Expressa suas emoções. Brinca de esconde-achou. Reconhece o rosto da mãe entre 
os demais e pode reagir a sua ausência com angústia. 
• 9 aos 12 meses: Balbucia monossílabos e inibe-se com o não. Levanta-se e consegue ficar de pé com 
apoio, posteriormente, já fica em pé sozinho. Pode engatinhar e tentar dar os primeiros passos. 
Acompanha com os olhos objetos em qualquer postura. Localiza o som, em qualquer direção. Adquire 
desde os 9 meses a preensão tipo pinça: segura objetos com os 3 dedos, usando polegar. 
• 12 aos 36 meses: As experiencias sociais adquiridas, controle dos esfíncteres, andar e falar propiciam 
maior autonomia. 
 
ICTERÍCIA