Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Febre Amarela APS

Pré-visualização | Página 1 de 1

FEBRE AMARELA
Anamnese: tem como objetivo coletar dados subjetivos ao que a pessoa diz sobre si mesma, estabelecendo uma relação profissional da saúde e paciente ou seja a Anamnese significa o diagnóstico.
Os componentes da Anamese são:
Identificação
Queixa principal ou queixa e duração
Historia da doença atual
Interrogatório sintomatologico
Antecedentes pessoais
Antecedentes Familiares
Febre Amare é uma doença infecciosa causada por um virús transmitido pela picada de insetos infectados e não há transmissão direta de pessoa para pessoa. Seus sintomas iniciais são febre com calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores musculares, vômitos e fraqueza.
A doença tem importância epidemiológica por sua gravidade clínica e potencial de disseminação.
O paciente ao se dirigir a um pronto atendimento o enfermeiro deve apreserntar-se, indentificando o seu papel e o motivo da entrevista. Fazer coleta de dados com perguntas abertas e fechadas, dando a oportunidade para o paciente poder se expressaar.
Identificação:
identificar todos os sintomas do paciente avaliar queixa,
os principais sintomas da febre amarela são 
início súbito de febre;
	calafrios;
	dor de cabeça intensa;
	dores nas costas;
	dores no corpo em geral;
	náuseas e vômitos;
	fadiga e fraqueza.
Em casos graves, a pessoa infectada por febre amarela pode desenvolver algumas complicações, como:
	febre alta;
	icterícia (coloração amarelada da pele e do branco dos olhos);
	hemorragia (especialmente a partir do trato gastrointestinal);
	eventualmente, choque e insuficiência de múltiplos órgãos.
O vírus da febre amarela é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados. A doença não é passada de pessoa a pessoa. A série histórica da doença no Brasil tem demonstrado maior frequência de ocorrência de casos humanos nos meses de dezembro e maio, como um padrão sazonal.
Há dois diferentes ciclos epidemiológicos de transmissão:
	silvestre;
	urbano.
Como é feito o tratamento da febre amarela?
O tratamento da febre amarela é apenas sintomático, com cuidadosa assistência ao paciente que, sob hospitalização, deve permanecer em repouso, com reposição de líquidos e das perdas sanguíneas, quando indicado.
Nas formas graves, o paciente deve ser atendido em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para reduzir as complicações e o risco de óbito. Medicamentos salicilatos devem ser evitados (AAS e Aspirina), já que o uso pode favorecer o aparecimento de manifestações hemorrágicas.
O médico deve estar alerta para quaisquer indicações de um agravamento do quadro clínico.
Como é feito o diagnóstico da febre amarela?
Exame detecta vírus da febre amarela em estágio precoce. O exame de RT-PCR, também conhecido como teste molecular, é capaz de descobrir, ainda em estágio precoce, o vírus da febre amarela, além de outras arboviroses, como dengue, zika e chikungunya 
Tratamento: Como é feito o tratamento da febre amarela? O tratamento da febre amarela é apenas sintomático, com cuidadosa assistência ao paciente que, sob hospitalização, deve permanecer em repouso, com reposição de líquidos e das perdas sanguíneas, quando indicado. 
Não existe um tratamento específico para a doença. Os esforços se concentram no controle dos sintomas e na limitação das complicações. 
Reidratação
Substituir fluido corporal por meio da ingestão de mais líquidos ou administração de fluidos por terapia intravenosa (IV).
Terapia de reidratação oral
Administração de fluidos por via oral para tratar a desidratação causada pela diarreia.
Medicamentos
Anti-inflamatórios não esteroides
Alivia a dor, diminui a inflamação e reduz a febre.
O que a febre amarela pode causar?
Febre amarela é uma doença viral aguda causada pelo vírus da febre amarela. ... A febre amarela infeta apenas seres humanos, outros primatas e várias espécies de mosquitos. Nas cidades é transmitida principalmente por mosquitos da espécie Aedes aegypti. O vírus é um vírus ARN do género Flavivirus.