A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
67 pág.
ARA0022_Plano_de_aula

Pré-visualização | Página 1 de 14

HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA - ARA0022
Semana Aula: 1
Conceitos fundamentais; Aspectos gerais do desenvolvimento embrionário; Técnicas em 
microscopia; O exame microscópico.
Tema
1 . CONSIDERAÇÕES INICIAIS AO ESTUDO DA MORFOLOGIA
Objetivos
Relacionar a microscopia com a histologia. Compreender como a histologia e a 
embriologia estão relacionadas.
Tópicos
1 .1 CONCEITOS FUNDAMENTAIS
1 .2 ASPECTOS GERAIS DO DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO
1 .3 TÉCNICAS EM MICROSCOPIA
1 .4 O EXAME MICROSCÓPICO
Procedimentos de Ensino-Aprendizagem
Embora as células variem em tamanho, em geral, elas são bastante pequenas. Por 
exemplo, uma hemácia humana típica tem aproximadamente oito micrômetros (0,008 
milímetros) de diâmetro. Para se ter uma ideia, a cabeça de um alfinete tem cerca de 1 
milímetro de diâmetro, de modo que é possível alinhar aproximadamente 125 hemácias 
transversalmente na cabeça de um alfinete. Salvo raras exceções, as células individuais 
não podem ser vistas a olho nu, então, os cientistas precisam usar microscópios (micro- = 
"pequeno"; -scópio = "olhar") para estudá-las. O microscópio é um instrumento que 
amplia objetos minúsculos, produzindo uma imagem na qual o objeto aparece maior. A 
maioria das fotografias de células é tirada usando-se um microscópio, e essas fotografias 
também podem ser chamadas de microfotografias.
Como sugestão, segue o roteiro abaixo:
_Situação-problema: o conteúdo da aula 1 apresenta o estudo da morfologia. O 
funcionamento das lupas e de microscópios resultou em contribuições para o estudo e 
compreensão do mundo em uma escala inferior ao limite de visão do olho humano. 
Perguntar à turma: "Qual é a relação da microscopia com a histologia? Como a histologia 
e a embriologia estão relacionadas?".
_Metodologia: realizar um brainstorming com a turma para que as várias respostas a esta 
questão sejam relacionadas no quadro. Feito isso, correlacionar com o vídeo 
disponibilizado em: 
https://www.youtube.com/watch?v=B8HhdnIhAVg&list=RDCMUCXj2oSzwg6G0iBjK
g33joMQ&start_radio=1&t=9 
Como proposta sugere-se que o professor apresenta um tema para a classe sobre o qual 
cada participante vai falar algo, sem se preocupar se está ou não falando algo correto. 
Deve ficar claro para todos que o mais importante é participar de alguma forma da 
atividade. Um dos alunos ou o próprio professor deverá anotar o que for dito no quadro 
da sala. Esse momento de exposição de ideias não deverá durar mais que três minutos, 
com o professor imprimindo um ritmo acelerado à atividade e estimulando a participação 
de todos. Na etapa seguinte, as melhores ideias são selecionadas, seguindo critérios que 
poderão ser acertados com a própria turma, sendo que os alunos é que decidirão pela 
pertinência ou não das ideias discutidas, debatendo o valor de cada ideia anotada. Pode 
ser escolhida uma entre as ideias semelhantes registradas no quadro, eliminando-se todas 
as consideradas como não compreensíveis ou que não estejam claras.
_ No segundo momento da aula, destinado à vivência prática, recomenda-se o uso do 
Laboratório de Microscopia. O professor deverá utilizar o Roteiro 01 e 02 de Aulas 
Práticas que abordará Apresentação do Laboratório e Manuseio do Microscópio.
_Atividade verificadora de aprendizagem: realizar um quiz na plataforma Socrative, 
relacionando o conteúdo da aula sobre o estudo da morfologia. Além disto, propor que os 
alunos realizem exercícios de verificação de aprendizagem que sejam propostos ao final 
da aula.
Recursos Didáticos
Sala de aula equipada com quadro branco, projetor multimídia, caixa de som, acervo 
bibliográfico no ambiente virtual, laboratório didático de microscopia com lâminas 
histológicas dos diferentes sistemas orgânicos, microscópios de luz, televisor conectado a 
um microscópio de luz com câmera de vídeo.
Leitura Específica 
Leia o artigo intitulado "Microscopia", disponibilizado em: 
https://pt.khanacademy.org/science/biology/structure-of-a-cell/introduction-to-
cells/a/microscopy
Aprenda +
Assista aos vídeos:
A especialização celular (diferenciação) | Biologia do desenvolvimento; disponibilizado 
em: https://www.youtube.com/watch?v=A8TNQxTr3ck 
Estrutura do corpo humano: células - tecidos - órgãos - sistemas - o corpo; 
disponibilizado em: https://www.youtube.com/watch?v=Qite1chTX2s 
Gestação Semana a Semana; disponibilizado 
em:https://www.youtube.com/watch?v=mY9OF98gJEI
Acesse o texto intitulado "Histologia"; disponibilizado em: 
https://www.infoescola.com/biologia/histologia/ 
Leia ao texto intitulado "Desenvolvimento Embrionário Humano"; disponibilizado em: 
https://www.infoescola.com/embriologia/desenvolvimento-embrionario-humano/ 
Acesse a lâmina intitulada "Figura 3: Amostra Adequada Células distendidas e não 
sobrepostas"; disponibilizada em: http://patoestomatoufrgs.com.br/citopatologia/ onde se 
observa um exemplo de amostra adequada.
Acesse a lâmina intitulada "Figura 4: Amostra Inadequada Células sobrepostas"; 
disponibilizada em: http://patoestomatoufrgs.com.br/citopatologia/ onde se observa um 
exemplo de amostra inadequada.
Atividade Autônoma Aura
Olá, seja bem-vindo! Sabemos que você quer aprender mais, por isso, selecionamos duas 
questões que revisitam o tema/tópico ministrado nesta aula. Você deve resolvê-las, 
completando, assim, sua jornada de aprendizagem do dia.
Questão 1.
Permite o aumento de imagens através da luz que após incidir sobre a amostra, passa por 
um conjunto de lentes objetivas (que formam e aumentam a imagem) e oculares (que 
aumentam a imagem); possui objetivas de 4, 10, 40 e 100, que proporcionam uma visão 
panorâmica de aumento aproximado de 40x, 100x, 400x e 1000x, respectivamente. A 
técnica descrita se refere ao uso do microscópio: 
https://www.youtube.com/watch?v=A8TNQxTr3ck
https://www.youtube.com/watch?v=Qite1chTX2s
https://www.infoescola.com/biologia/histologia/
https://www.infoescola.com/embriologia/desenvolvimento-embrionario-humano/
http://patoestomatoufrgs.com.br/citopatologia/
http://patoestomatoufrgs.com.br/citopatologia/
a) óptico ou de luz
b) eletrônico de varredura
c) de tunelamento
d) estereoscópico
e) eletrônico de transmissão
Questão 2
O microscópio é o instrumento mais importante para a identificação e compreensão de 
princípios gerais e características especiais em relação à estrutura das células, tecidos e 
microrganismos. Assim, os microscópios abrem fronteiras que não podem ser observadas 
a olho nu. É por esta razão que desempenha um importante papel na ciência, biologia e 
medicina, fazendo-nos conhecer um mundo que consideramos microscópico. A maioria 
dos microscópios ópticos permite uma ampliação de 40x até 1000x. Ele é considerado 
composto, pois apresenta dois sistemas de lentes: ocular, que fica próximo ao olho do 
observador e objetiva, próxima à preparação a ser observada. A lente ocular geralmente 
amplia: 
a) 100X
b) 10X
c) 40X
d) 1000X
e) 400X
HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA - ARA0022
Semana Aula: 2
Aspectos morfofisiológicos; Gametogênese; Ciclos reprodutivos; Métodos 
contraceptivos.
Tema
2 . APARELHO REPRODUTOR HUMANO
Objetivos
Determinar as diferenças histológicas entre o sistema reprodutor masculino e feminino.
Compreender como a gametogênese é processada no sistema reprodutor masculino e 
feminino.
Tópicos
2 .1 ASPECTOS MORFOFISIOLÓGICOS
2 .2 GAMETOGÊNESE
2 .3 CICLOS REPRODUTIVOS
2 .4 MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
Procedimentos de Ensino-Aprendizagem
O sistema reprodutor, também chamado de sistema genital, é responsável por 
proporcionar as condições adequadas para a nossa reprodução. O sistema reprodutor 
masculino é responsável por garantir a produção do gameta masculino (espermatozoide) 
e depositá-lo no interior do corpo da mulher. O sistema reprodutor feminino, por sua vez, 
atua produzindo o gameta feminino (ovócito secundário) e também servindo de local para 
a fecundação e desenvolvimento do bebê.
Como sugestão, segue o roteiro abaixo:
_Situação-problema: o conteúdo da aula 2 apresenta o aparelho reprodutor