A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
ANATOMIA DO FÍGADO

Pré-visualização | Página 1 de 1

→ FÍGADO: 
FACES DO FÍGADO: 
• (1) DIAFRAGMÁTICA: Contato com o diafragma convexa (anterior, superior); é lisa 
• (2) VISCERAL: em contato com várias vísceras abdominais relativamente plana, ou mesmo côncava; “olha” para o 
abdômen e tem contato com várias vísceras. 
 
LOBOS: 
(1) Direito: (2) Esquerdo: (3) Caudado: (4) Quadrado: 
Obs: Na figura 1 é a face visceral, é possível ver os 4 lobos. 
Obs: figura 2 é a face diafragmática, só visualizamos 2 lobos: direito e esquerdo! 
 
 
 
LIGAMENTOS DO FÍGADO: 
(1) LIGAMENTO FALCIFORME → tem forma de foice, ele prende o fígado à parede abdominal anterior. (na imagem: 
em verde) 
(2) LIGAMENTO REDONDO → se fixa ao ligamento falciforme, ele é a veia umbilical (que se colaba após o 
nascimento) ele sai da cicatriz umbilical e vai até o fígado, que é onde ele se fixa abaixo do ligamento falciforme. (na 
imagem: círculo amarelo) 
(3) LIGAMENTO CORONÁRIO → resulta da dobra que o peritônio faz no diafragma. Então, quando o peritônio 
visceral dobra e forma o peritônio parietal, vai formar o lig. Coronário. Porém, existe uma área que não tem o lig. 
Coronário, é chamada de “área nua” 
(4) LIGAMENTO TRIANGULAR → Se localiza nas extremidades, as pregas de peritônio formam os lig. Triangulares 
direito e esquerdo. 
(5) LIGAMENTO VENOSO → Está na face visceral. É a conexão venosa do ramo esquerdo da veia porta e da veia 
hepática esquerda durante a vida fetal. (imagem: retângulo rosa). Ele está localizado entre o lobo caudado e o lobo 
esquerdo do fígado, 
 
 
ANÁLISE DA FACE VISCERAL DO FÍGADO: 
→ESTRUTURAS ENTRE OS LOBOS: 
(1) VESICULA BILIAR: Entre o lobo direito e o 
quadrado 
(2) SULCO DA VEIA CAVA INFERIOR: Entre o lobo 
direito e caudado 
(3) PORTA DO FÍGADO (HILO HEPÁTICO): Entre os 
lobos caudado e quadrado, é por onde passa o 
pedículo hepático. 
→PELO PEDÍCULO HEPÁTICO, ENTRA: 
(1) ARTÉRIA HEPÁTICA 
(2) VEIA PORTA 
(3) DUCTO HEPÁTICO COMUM 
 
 
 
 
 
IMPRESSÕES DO FÍGADO: 
Na face visceral do fígado, tem suas superfícies modificadas pelo contato do fígado com alguns órgãos e estruturas, 
deixando algumas marcas dando o nome de impressões. 
(1) IMPRESSÃO ESOFÁGICA →Marca que o esôfago deixa no fígado 
(2) IMPRESSÃO GÁSTRICA → Marca que o estomago, deixa no fígado 
(3) IMPRESSÃO DUODENAL → Marca que o duodeno, deixa no fígado 
(4) IMPRESSÃO VESÍCULA BILIAR → Marca que a vesícula biliar, deixa no fígado 
(5) IMPRESSÃO CÓLICA → Marca que o intestino grosso, deixa no fígado 
(6) IMPRESSÃO RENAL → Marca que o rim deixa no fígado 
(7) IMPRESSÃO SUPRARRENAL→ Marca que a suprarrenal deixa no fígado 
 
 
 
 
 
 
 
 
VIAS BILIARES EXTRA HEPÁTICA: 
É através dela que a bile chega na vesícula biliar, ou seja, faz o transporte da bile para dentro da vesícula biliar e 
depois a bile sai e chega ao duodeno, juntamente com o suco pancreático. 
ORGANIZAÇÃO DAS VIAS BILIARES: 
(1) DUCTOS HEPÁTICOS DIREITO E ESQUERDO: saindo dos lobos direito e esquerdo do fígado, tem esses 2 ductos 
hepáticos 
(2) DUCTO HEPÁTICO COMUM: é formado pela união dos ductos direito e esquerdo. 
(3) DUCTO CÍSTICO: Diz respeito à vesícula biliar, ou seja, é aqui que a bile entra e sai da vesícula biliar. 
(4) DUCTO COLÉDOCO: é formado da união do ducto hepático comum com o ducto cístico. É o maior ducto. 
 
 
OBSERVAÇÃO: 
TRÍGONO CISTO-HEPÁTICO (TRIÂNGULO DE CALOT) 
O espaço quase triangular formado entre o ducto cístico, o ducto hepático comum e a artéria cística (borda inferior 
fígado) é normalmente chamado de trígono cisto hepático. 
 
 
 
 
REFERÊNCIAS: 
- Netter Anatomia Clínica, Capítulo 4: Abdome| John T. Hansen, PhD,https://www.evolution.com.br/epubreader/netter-
anatomia-clnica-3ed. 
-GRAY’S Anatomia, Standring, Susan, PhD, DSc, 
FKC,https://www.evolution.com.br/epubreader/grays-anatomia-41ed. 
-Moore K. L. Anatomia orientada para a clínica. 5 ed. Guanabara Koogan.