A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Estruturas células vegetais

Pré-visualização | Página 1 de 1

Estruturas encontradas
na célula vegetal
A célula vegetal possui características únicas que diferem
das células animais. Dentre as estruturas encontradas neste
tipo de célula estão:
 Parede Celular estrutura composta por um polissacarídeo
chamado celulose. Sua função é compor a estrutura da
célula, dando resistência às plantas e mantendo a sua
forma. Por ser uma estrutura rígida, ela protege e evita a
ruptura da célula. Em alguns tecidos, a parede é
impregnada de lignina, que funciona como um reforço nas
paredes celulares. A lignina é encontrada em paredes de
células da esclerênquima e xilema, por exemplo.
 Vacúolo Central é uma bolsa que apresenta em seu
interior uma solução aquosa constituída por água, sais
minerais, além de substâncias úteis como açúcares e
proteínas, como substâncias tóxicas, como cafeína,
nicotina, tanino, etc. São também, responsáveis pelo
controle osmótico e reprodução dos vegetais (armazenam
pigmentos que atraem os insetos). É uma organela que pode
ocupar a maior parte do volume da célula.
 Plastos são organelas que possuem dupla membrana,
material genético (DNA) próprio, plasmídeos e ribossomos
70s. São divididos em cromoplastos e leucoplastos.
 Cromoplastos plastos que possuem pigmentos e realizam a
fotossíntese. Os mais comuns são cloroplastos (pigmento
verde), xantoplastos (pigmento amarelo), eritroplasto
(pigmento vermelho).
 Leucoplastos plastos sem pigmentos e responsáveis pelo
armazenamento de substâncias. Os mais comuns são
amiloplastos (reservam amido), oleoplastos (reservam
óleos), proteoplastos (reservam proteínas).
OBS.: Quando expostos à luz, o leucoplasto pode
transformar-se em cromoplasto.
 Glioxissomos Produz ácido glioxílico, que atua auxiliando o
processo de germinação de sementes e participa do
processo de conversão de lipídios em açúcares.