Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
AV2 PSI EXP 17JUNHO MANHÃ (1)

Pré-visualização | Página 1 de 2

Nome: Lidiane de Abreu dos Santos Matrícula: 201908540486 Unidade: 
Santa Cruz 
Preenchido pelo Professor 
Nome e Código da Disciplina: Psicologia Experimental ARA1103 Turma: 1021 
Professor (a): Alexandre Villalba Data da Prova: 17/06/2021 
Nota Nota por extenso Visto Professor (a) Nota revista Nota por extenso Visto Professor (a) 
AV1( ) AV2 (x) AV3 ( ) 
Tabela de reposta 
Q. 1 Q. 2 Q. 3 Q. 4 Q. 5 Q. 6 Q. 7 Q. 8 Q. 9 Q. 10 
 B D A B C D A D 
 
A 
1. Em uma pesquisa, o pesquisador separou três grupos. Nos três grupos ele aplicou um pré-
teste, sendo que nos dois primeiro ele manipulou variável e no último ele não fez nada. Para 
finalizar seu experimento ele aplica um pós-teste a fim de avaliar se houve ou não alterações. 
Nesse experimento específico ele buscava analisar o grau de associação entre 
autocompaixão, autoestima e motivação sobre o bem-estar subjetivo. Quanto ao caso em 
questão pode-se afirmar que: 
1. Trata-se de uma pesquisa experimental, pois seus dados preliminares configuram-se como 
experimento puro. 
2. Trata-se de uma pesquisa experimental, pois há manipulação de variáveis dependentes. 
3. Trata-se de uma pesquisa experimental, pois as variáveis independentes sofrem modificações 
em função das variáveis dependentes. 
4. Trata-se de uma pesquisa não experimental, pois não há correlação entre as variáveis propostas. 
5. Trata-se de uma pesquisa experimental, pois o pesquisador manipula conscientemente variáveis 
independentes. 
Estão corretas as opções: 
a. 1 e 3. 
b. 1, 2 e 3. 
c. 1 e 5. 
d. Todas estão erradas. 
e. Todas estão corretas. 
2. Epiteto realizou um experimento onde a consistência e precisão foram notoriamente 
percebidos. Para chegar a tal façanha, ele observou critérios importantíssimos, como 
similaridade da amostra, bem como seleção diversificada dos participantes. Neste caso 
específico, pode-se considerar que seu experimento, pela ordem, valoriza: 
a. Confiabilidade, validade, emparelhamento e randomização. 
b. Validade, confiabilidade, randomização e emparelhamento. 
c. Randomização, validade, confiabilidade e emparelhamento. 
d. Emparelhamento, confiabilidade, randomização e validade. 
3. Na psicologia experimental, entre outras coisas, fala-se de análise funcional do 
comportamento e analise experimental do comportamento. Em uma abordagem clínica, 
para melhor eficácia do manejo, deve-se priorizar: 
1. A análise experimental do comportamento uma vez que o experimento nos leva a certeza. 
2. A análise funcional do comportamento, pois ela subsidia a análise experimental do 
comportamento. 
3. A análise experimental do comportamento, pois ela subsidia a análise funcional do 
comportamento. 
4. A análise funcional do comportamento, pois ela embasa a conceituação comportamental. 
5. A análise experimental do comportamento, pois ela embasa a conceituação comportamental. 
Estão corretas as opções: 
a. 2 e 4. 
b. 1 e 3. 
c. 3 e 4. 
d. 2, 4 e 5. 
e. Todas as opções estão corretas. 
4. João é uma criança de oito anos que tem apresentado um comportamento disfuncional. 
De acordo com o relato de sua mãe, ele tem estado muito irritado, arredio, agressivo depois 
que sua irmã nasceu. Ela mencionou que toda vez que o cuidado se volta para a irmãzinha, 
ele faz pirraças, chora e grita o que, para aplacar sua fúria, seus pais então lhe dirigem toda 
atenção percebendo uma melhora acentuada em seu comportamento. Considere o grifo em 
itálico, com base no behaviorismo radical, pode-se afirmar os seguintes elementos: 
a. Comportamento, consequente e antecedente. 
b. Antecedente, comportamento e consequente. 
c. Consequente, antecedente e comportamento. 
d. Comportamento, antecedente e conseqüente. 
e. Antecedente, comportamento, antecedente. 
5. Em uma pesquisa, o pesquisador separou três grupos. Nos três grupos ele aplicou um pré-
teste, sendo que nos dois primeiro ele manipulou variável e no último ele não fez nada. Para 
finalizar seu experimento ele aplica um pós-teste a fim de avaliar se houve ou não alterações. 
Nesse experimento específico ele buscava analisar o grau de associação entre 
autocompaixão, autoestima e motivação sobre o bem-estar subjetivo. Quanto ao caso em 
questão pode-se afirmar que: 
1. Bem-estar subjetivo é uma variável independente, ela se correlaciona com as variáveis 
dependente em questão. 
2. Autocompaixão é uma variável dependente, ela se correlaciona negativamente com as 
variáveis dependente em questão. 
3. Autoestima e motivação são variáveis confundidoras, pois elas alteram os resultados da 
pesquisa. 
4. Autocompaixão e autoestima são variáveis independente e motivação variável dependente. 
5. Autoestima e bem-estar são variáveis estranhas, pois confundem a variável autocompaixão e 
motivação. 
Estão corretas as afirmativas: 
a. 1 e 2. 
b. 1, 2 e 3. 
c. 2, 3 e 4. 
d. Todas estão corretas. 
e. Todas estão erradas. 
6. Linguiça é um cachorrinho muito motivado, não para quieto correndo de um lado para 
o outro destruindo tudo que vê à sua frente. Não obstante tal comportamento, Linguiça, 
toda vez que Felipe, seu dono, se aproxima na esquina com seu carro começa a ficar eufórico, 
latindo, e se dirigindo em direção ao portão com uma atitude de bastante apreensão. Quanto 
a esse comportamento do cãozinho pode-se dizer que se trata de: 
a. Condicionamento operante, pois ele é gratificado com um biscoito. 
b. Condicionamento clássico, pois houve um aprendizado operante. 
c. Condicionamento respondente, pois linguiça está associando estímulos. 
d. Condicionamento instrumental, pois linguiça está associando estímulos. 
e. Condicionamento operante, pois linguiça está associando reforços e punições. 
7. Em determinada pesquisa, o pesquisador utilizou alguns instrumentos a fim de captar 
dados para a mesma. Por exemplo, para captar dados sobre o grau de depressão e ansiedade 
de sua amostra ele utilizou os inventários cientificamente validados capazes de medir esses 
transtornos. O fato de ele ter aplicado esses instrumentos garante que a pesquisa em questão 
é experimento puro. Marque a opção correta. 
a. Há um rigor quanto ao método científico aplicado. 
b. Obedece todos os critérios de um experimento puro. 
c. O fato dele ter usado instrumentos validados por si só configura um experimento puro. 
d. Não se trata de experimento puro, pois estão ausentes critérios importantes. 
e. O fato de ele mensurar os resultados já garante que se trata de experimento puro. 
8. Entre as atividades do psicólogo estão a observação e a intervenção. Para poder lograr êxito em seu 
trabalho ele precisa empreender boa observação, muitas vezes a utilização de instrumentos a fim de 
melhor captar dados para sua atuação. Quanto à aplicação de instrumentos, sob o ponto de vista ético, 
é preciso muito cuidado, pois seu trabalho envolve seres humanos. De acordo com o enunciado pode-
se afirmar que: 
a. Apesar dos instrumentos não provocarem grandes prejuízos aos participantes, há grau mínimo d e risco, 
portanto, a atenção ética é necessária. 
b. Nesse caso, o pesquisador está desobrigado do rigor ético. 
c. Não há necessidade de Comitê de Ética, pois não serão manipuladas variáveis. 
d. A ação em questão não provoca qualquer prejuízo, portanto não fere o Código de Ética em pesquisa. 
e. A ética na pesquisa só é necessária quando afetar a integridade física dos participantes. 
 9. Sócrates resolveu fazer uma pesquisa com uma população demasiadamente grande. Ao atentar para 
a mesma, ele concluiu que fazer com essa população é inviável. Assim sendo, a fim de tornar seu 
trabalho exequível, ele faz apenas com uma parcela daquela população. A atitude de Sócrates sugere 
que essa parcela é: 
a. Uma amostra, pois ela é tirada da população geral. 
b. Uma amostra, pois representa aquela população. 
c. Uma amostra, pois a amostra é a representação populacional. 
d.
Página12