Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
383 pág.
Apostila PMBA - ALFA ONZE CONCURSOS

Pré-visualização | Página 1 de 50

PM/BM-BA
POLÍCIA E BOMBEIRO MILITAR DO ESTADO DA BAHIA
AlFA onZE
Concursos
Prezados alunos, 
A equipe Alfa Onze Concursos vem informar a satisfação de ter vocês como parceiros, 
amigos e colaboradores nesse projeto educacional e nessa grandiosa, satisfatória e árdua 
missão de estudar, de promover mudanças sociais e pessoais através do ensino. 
Estamos à disposição sempre e juntos vamos traçar e alcançar metas, objetivos e sonhos, 
pois só com a educação podemos mudar o mundo e as pessoas, fomentando felicidades 
através do conhecimento. 
Vamos juntos, pois a conquista nos espera. 
 ALFA ONZE CONCURSOS 
“A educação tem raízes amargas, mas os seus frutos são doces”. 
(Aristóteles) 
ÍNDICE 
 
 
LÍNGUA PORTUGUESA ............................................................... 1 
 
RACIOCÍNIO LÓGICO QUANTITATIVO ........................................ 44 
 
HISTÓRIA DO BRASIL ............................................................... 57 
 
GEOGRAFIA DO BRASIL ........................................................... 111 
 
DIREITO CONSTITUCIONAL ..................................................... 154 
 
DIREITOS HUMANOS ............................................................... 222 
 
DIREITO ADMINISTRATIVO ..................................................... 241 
 
NOÇÕES DO ESTATUTO DA PM-BA .......................................... 264 
 
DIREITO PENAL ...................................................................... 301 
 
NOÇÕES DE IGUALDADE RACIAL E DE GÊNERO ..................... 339 
 
 
Língua Portuguesa 
1. Ortografia oficial.
2. Acentuação gráfica.
3. Flexão nominal e verbal.
4. Pronomes:
‒ Emprego; 
‒ Formas de tratamento; e 
‒ Colocação. 
5. Emprego de tempos e modos verbais.
6. Vozes do verbo.
7. Concordância nominal e verbal.
8. Regência nominal e verbal.
9. Ocorrência de crase.
10. Pontuação.
11. Redação (confronto e reconhecimento de frases corretas e
incorretas).
12. Intelecção de texto.
13. Redação oficial.
1
Casa
Carimbo
1. ORTOGRAFIA OFICIAL
REGRAS PRÁTICAS PARA O EMPREGO DE LETRAS 
Emprego da Letra Z 
1) Substantivos abstratos derivados de adjetivos: pobreza, beleza, altivez,
acidez...
2) Aumentativo e diminutivos: copázio, papelzinho, homenzarrão, balázio,
marzinho, pobrezinho...
3) Verbos terminados em “zer” e “zir”: fazer, trazer, dizer, aprazer,
conduzir...
4) Sufixo “izar”: finalizar, idealizar, moralizar, centralizar, realizar,
idealizar...
5) Desinência “triz” (feminina): embaixatriz, imperatriz, atriz, geratriz...
6) Palavras oxítonas terminadas em “uz”: cuscuz, mastruz.
7) Sílaba inicial “a” usa-se “z”: azar, azia, azedo, azorrague. [Exceções: Ásia,
asa, asilo, asinino].
Emprego da Letra S (fonema /z/) 
1) Adjetivos que indicam origem: burguês, francês, inglês, camponês....
2) Desinências de feminino esa/isa: baronesa, marquesa, japonesa, poetisa,
profetisa...
3) Verbos “pôr” e “querer”: pus, pusesse, pusera, quis, quisesse, quisera...
4) Adjetivos terminados em oso(a): aquoso(a), meloso(a), jeitoso(a), 
gostoso(a)...
5) Depois de ditongos: maisena, causa, coisa, lousa, Souza, Neusa...
6) Depois das silabas iniciais “i”, “o”, “u”: isento, isolado, Isabel, Isaura, Hosana,
Osório, Osíris, Oséias (Exceção: ozônio), usar, usina, usura, usufruto...
7) Se houver "s" na última sílaba da palavra primitiva: japonesinho,
braseiro, parafusinho, camiseiro, extasiado...
8) Se o fonema /z/ vier entre vogais: asa (casa, brasa), ase (frase, crase) aso
[vaso, caso (Exceções: gaze, prazo), ês(a) (camponêsa, marquesa), esse (tese,
catequese), esia (maresia, burguesia), eso (ileso, obeso, indefeso), isa (poetisa,
pesquisa. Exceções: baliza, coriza, ojeriza), ise [valise, análise, hemoptise
(Exceção: deslize)], iso (aviso, liso, riso, siso. (Exceções: guizo, granizo)], oso(a)
[gostoso, jeitoso, meloso, (Exceção: gozo)], ose (hipnose, sacarose, apoteose),
uso(a) [fuso, musa, medusa. (Exceção: cafuzo(a))].
Emprego da Letra S e SS (fonema /z/ e /s/) 
Nas derivações, a partir das terminações verbais: 
‒ ender: pretender (pretensão), ascender (ascensão)... 
‒ ergir: imergir (imersão), submergir(submersão)... 
‒ erter: inverter (inversão); perverter (perversão)... 
‒ pelir: repelir (repulsa); compelir (compulsão)... 
‒ correr: discorrer (discurso); percorrer (percurso)... 
‒ ceder: ceder (cessão), conceder (concessão)... 
‒ gredir: agredir (agressão), regredir (regresso)... 
‒ primir: exprimir (expressão), comprimir (compressa)... 
‒ tir: permitir (permissão), discutir (discussão)... 
Emprego da Letra X (fonema /x/) 
1) Depois das sílabas iniciais: me [mexerico, mexicano, mexer
–(Exceção: mecha)]; Ia [laxante]; li [lixa]; lu [lixo]; grã
2
[graxa]; bru [bruxa]; en [enxame, enxoval, enxurrada (Exceção: 
enchova)]. 
2) Depois de ditongos: caixa, ameixa, frouxo, queixo... (Exceção:
recauchutar). 
3) Sílaba inicial “e”: exame, exemplo, exímio, êxodo... [Exceções:
esôfago, esotérico, (há também exotérico)]. 
Emprego da Letra G (fonema /j/) 
1) Nas palavras terminadas em ágio, égio, ígio, ógio e úgio: presságio,
privilégio, vestígio, relógio, refúgio...
2) Nos verbos/palavras terminados em agem, ege, igem, oge e ugem: viagem;
herege; vertigem; paragoge; penugem. [Exceções: pajem, lajem, lambujem].
Emprego da Letra J (fonema /j/) 
1) Em palavras de origem tupi-guarani ou africana: jerivá, jibóia, jirau, pajé,
jerimum, canjica, acarajé, lambujem...
2) Verbos terminados em “jar” e “jear”: viajar, arranjar, arejar, gorgear,
pajear...
3) Nas terminações “aje”: laje, ultraje, traje...
Emprego da Letra C (fonema /c/) 
1) Em palavras de origem tupi-guarani ou africana: açaí, araçá, babaçu, paçoca,
troça, caçula...
2) Nos sufixos: barcaça, viração, cansaço, bonança, roliço...
3) Depois de ditongos: louça, foice, beiço, afeição...
4) Nos cognatos com "t": exceto (exceção), isento (isenção)...
5) Na derivações do verbo "ter": deter (detenção)... Observação: Quando en for
prefixo, prevalece a grafia da palavra primitiva: encharcar, enchapelar, encher, 
enxadrista... 
EMPREGO DA LETRA INICIAL MAIÚSCULA 
1) Em citações: Diz o proverbio: “A agulha veste os outros, e vive nua”.
2) Em nomes próprios: Antônio, Paulo, Bahia...
3) Nome de altos conceitos: a Igreja, a Pátria, a Republica...
4) Nomes de épocas históricas: a Idade Média, o Fico...
5) Nomes de festas religiosas: o Natal, a Pascoa...
6) Nomes de artes, ciências, disciplinas: a Pintura, a Música, a Astronomia, o
Latim, o Português...
7) Nomes de cargos eminentes: Arcebispo, Presidente, Governador...
8) Nomes de lei, decretos, atos: a Lei de Responsabilidade Fiscal, o
Decreto 6.67, o Aviso 16...
9) Os pontos cardeais quando indicam região: o Norte, o Sul, o Nordeste, o Leste...
Não se emprega maiúsculas em 
1) Nome de meses e dias da semana: janeiro, setembro, dezembro, segunda-feira,
sábado, domingo... 
2) Monossílabos átonos de títulos: Viagem ao Centro da Terra, Histórias sem
Data... 
3) Nomes de povos e línguas: os alemães, os baianos, o latim, o grego, o romano...
4) Nomes comuns que acompanhas os geográficos: o canal de Suez, o rio
Amazonas, o dique de Tororó.
5) Nomes de festas pagãs: o carnaval, o bumba-meu-boi, o rodeio...
6) Substantivos compostos com nomes próprios: agrião-do-brasil, joão-ninguém...
7) Nome de pontos cardeais: norte, sul, leste, oeste...
SEPARAÇÃO SILÁBICA 
É o conjunto de um ou mais fonemas pronunciados de uma só vez. 
3
1) Se separam
a) Consoantes repetidas rr, ss, sc, sç, xc: car-ro, as-sa-do, des-cer, des-çam,
ex-ces-so...
b) Vogais dos hiatos: co-or-de-nar, gra-ú-do, hi-a-to, ra-i- nha, ru-í-na...
c) Duas ou mais consoantes seguidas: ap-to, af-ta, op-tar, as-tro, es-tre-la,
pers-pi-caz, sols-tí-cio, pers-cru-tar, tungs-tê-nio...
Obs.: Toda consoante que não vem seguida de vogal fica na sílaba
Página123456789...50