A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
PROVA FARMACOBOTÂNICA

Pré-visualização | Página 1 de 2

Disciplina: FARMACOBOTÂNICA 
	AV
	Aluno: WENDER JORDY FERREIRA
	201908264209
	Professor: REGINA BRAGA DE MOURA
 
	Turma: 9001
	SDE4500_AV_201908264209 (AG) 
	 24/04/2021 18:39:45 (F) 
			Avaliação:
2,0
	Nota Partic.:
	Nota SIA:
2,0 pts
	O aproveitamento da Avaliação Parcial será considerado apenas para as provas com nota maior ou igual a 4,0.
	 
		
	FARMACOBOTÂNICA
	 
	 
	 1.
	Ref.: 3577695
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	Muitas áreas estão envolvidas na pesquisa de novas substâncias oriundas de plantas, como a fitoquímica, a etnobotânica e a etnofarmacologia e a farmacologia. Nos últimos anos, no Brasil, várias pesquisas foram realizadas com contribuições relevantes sobre o assunto, não só quanto a aspectos fitoquímicos, mas também quanto à atividade biológica de plantas que ocorrem nos diferentes ecossistemas brasileiros. Há, nesse sentido, vários caminhos para a seleção de plantas medicinais com o objetivo de estudo, destacando-se quatro tipos básicos de abordagens: randômica, etológica, quimiotaxonômica e etnofarmacológica ou etnobotânica.
Entre as opções abaixo, marque a que corresponde à seleção etnofarmacológica:
		
	 
	Foram realizados testes anti-malária para extratos de amostras de plantas oriundas de um pajé de uma tribo indígena, da Região Centro-Oeste do Brasil. Os testes mostraram que a maioria das plantas mostraram resultados positivos contra malária.
	 
	Fêmeas ddos animais chamados lêmures (Propithecus verreauxi) ingerem plantas ricas em taninos no período de lactação, sugerindo que o consumo está associado com o aumento no peso corpóreo e estimulação da secreção do leite.
	
	Pesquisadores no Panamá realizaram um estudo nas plantas de um bosque tropical, partindo das plantas que vivem em uma área de 50 ha.
	
	Folhas de Trichilia rubescens Oliv., consumidas por chimpanzés de Uganda, revelaram atividade antimalárica in vitro suportando a hipótese de que a dieta de chimpanzés contém metabólitos secundários de interesse médico.
	
	Hipericina é um princípio ativo encontrado no gênero Hypericum, que tem propriedades antidepressivas. Estudos já demonstraram que H. perforatum L. tem a hipericina e também possui efeito antidepressivo, assim como H. barbatum Jacq., que possui conteúdo de hipericina 3.9 vezes maior que em H. perforatum. Cientistas brasileiros estudaram H. caprifoliatum Cham. & Schltdl. e também mostrou atividade antidepressiva.
	
	
	 2.
	Ref.: 3556737
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	A RDC 26/2014 estabeleceu uma série de normas para a produção, notificação e registros dos fitoterápicos. A partir dela, fica clara a distinção entre medicamentos fitoterápicos e produtos tradicionais fitoterápicos. Com base neste texto, analise as asserções a seguir e marque a opção correta.
I- De acordo com as normas vigentes para produtos tradicionais fitoterápicos, o controle de qualidade compreende, além da autenticidade e da pureza da droga vegetal, análise das informações contidas na embalagem e no folheto informativo
                                                        PORQUE
II- Esses produtos só podem ser adquiridos através de prescrição médica ou farmacêutica.
		
	 
	A asserção I é uma afirmativa verdadeira e a II é uma afirmativa falsa.
	
	As asserções I e II são afirmativas verdadeiras e a II é uma justificativa da I.
	
	As asserções I e II são afirmativas verdadeiras e a II não representa uma justificativa da I.
	 
	As asserções I e II são falsas.
	
	A asserção é uma afirmativa falsa e a II é uma afirmativa verdadeira.
	
	
	 3.
	Ref.: 3557480
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	Identifique no texto abaixo quantas famílias, quantos gêneros e quantas espécies são citadas, e marque a resposta correta:
Em um levantamento de plantas medicinais usadas em uma região de cerrado de Minas Gerais, os táxons que apresentaram mais finalidades terapêuticas foram: Brosimum (Moraceae), Caryocar brasiliense Cambess. (Caryocaraceae), Cochlospermum (Bixaceae), Croton urucurana Bail. (Euphorbiaceae), Gomphrena officinalis Mart. (Amaranthaceae), Hymenaea stigonocarpa Mart. ex Hayne (Fabaceae), Lithrea molleoides (Vell.) Engl. e Myracrodruon, (Anacardiaceae) e Randia armata (Sw.) DC. (Rubiaceae).
		
	
	3 famílias, 6 gêneros e 8 espécies
	
	6 famílias, 3 gêneros e 8 espécies
	 
	8 famílias, 3 gêneros e 9 espécies
	
	3 famílias, 8 gêneros e 6 espécies
	 
	8 famílias, 9 gêneros e 6 espécies
	
	
	 4.
	Ref.: 3557495
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	Leia e analise as afirmativas a seguir e indique as verdadeiras com a letra V e as falsas com a letra F, depois marque a opção com a sequência correta:
(    ) A parede primária é formada a partir da divisão celular e tem menor quantidade de fibrilas de celulose do que a parede secundária.
(    ) A parede secundária está presente em todas as células vegetais e tem maior quantidade de fibrilas de celulose do que a parede primária.
(    ) A parede secundária é formada em algumas células vegetais, após o crescimento celular estar completo.
(    ) A parede primária está localizada externamente à parede secundária.
(    ) A parede secundária está localizada externamente à parede primária.
		
	 
	V F V V F
	
	F V F F V
	
	V V F V F
	
	F V F V F
	 
	F F V V F
	
	
	 5.
	Ref.: 3569020
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	Psychotria ipecacuanha (Brot.) Stokes, da família Rubiaceae, Eudicotiledônea, é conhecida popularmente como, ipeca, ipecacuanha ou poaia. Suas raízes são usadas na medicina popular contra amebíase e como expectorante. A droga vegetal é constituída de raízes em crescimento secundário. As regiões de crescimento primário não possuem efeito terapêutico. Além disso, por ser uma planta ameaçada de extinção, ocorre com frequência substituição das raízes por caules da mesma espécie ou até de outras espécies. Desta forma, no controle de qualidade, é fundamental saber reconhecer os fragmentos de raízes de ipecacuanha.Marque a opção que descreve corretamente a anatomia de uma raiz secundária de Eudicotiledônea:
		
	
	Epiderme pluriestratificada, pequena faixa de parênquima cortical, feixes vasculares dispersos por todo o tecido parenquimático.
	
	Epiderme uniestratificada, parênquima do córtex com células pequenas, feixes vasculares colaterais formando um anel, parênquima da medula com células grandes.
	 
	Periderme, parênquima cortical, floema formando um anel em torno do xilema; medula no centro do cilindro vascular.
	 
	Periderme, parênquima cortical, floema circundando o xilema, que preenche todo o centro do cilindro vascular.
	
	Epiderme uniestratificada, parênquima cortical com células pequenas, cilindro vascular poliarco, com 15 raios de protoxilema, intercalados por floema; medula parenquimática no centro do cilindro cvascular.
	
	
	 6.
	Ref.: 3569161
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	O gengibre (Symphytum officinale) é um caule subterrâneo, do tipo rizoma, amplamente usado na medicina popular, e que pode ser confundido com raízes. Marque a opção com característica morfológica exclusiva de caule:
		
	
	Coifa
	
	Coleto
	 
	Nó
	
	Zona suberosa
	 
	Gemas apicais
	
	
	 7.
	Ref.: 3569260
	Pontos: 1,00  / 1,00
	
	As plantas apresentam 3 diferentes metabolismos no processo de fotossíntese, que estão relacionados à disponibilidade de água e temperatura do ambiente. Anatomicamente, é possível distinguir qual o tipo de metabolismo, de acordo com as caraterísticas que apresentem. O capim limão (Cymbopogon citratus) é uma planta medicinal com metabolismo C4, logo, no controle de qualidade de suas folhas é possível diagnosticá-lo através:
		
	 
	Da presença da bainha kranz
	
	Da presença de ráfides
	
	Da presença de cutícula e cera
	
	Da presença de drusas
	
	Da presença de estômatos anomocíticos
	
	
	 8.
	Ref.: 3569307
	Pontos: 0,00  / 1,00
	
	Uma das características que distinguem as Angiospermas é a presença de flor. As flores originam frutos, logo, todas as Angiospermas são capazes de desenvolver frutos após a floração. Com base neste trecho, leia e analise as asserções

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.