A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
436 pág.
historia da educação -pcc

Pré-visualização | Página 1 de 50

PPC - PRÁTICA COMO COMPONENTE CURRICULAR 
HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO - CEL01334/EEL0003 
 
REVISITANDO A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO 
 
1. Revisite os conteúdos das aulas, os quatro módulos de cada tema. Explore 
bastante tudo o que é oferecido para seu aprofundamento: (escrito, vídeos, podcast, 
imagens...), pesquise, reflita, elabore conhecimento. 
 
2. Visite sites de Escolas do Ensino Fundamental e Ensino Médio (Escolas Públicas, 
Religiosas, Militares...) e busque as propostas pedagógicas dessas escolas, que ficam 
disponíveis nas em suas páginas virtuais (sites). 
 
Ao revisitar os conteúdos e visitar sites, tenha como referências os seguintes 
pontos: 
 
• Quais características foram identificadas dos modelos educacionais no 
decurso da história, bem como suas contribuições para a formação dos sujeitos 
e das sociedades? 
 
• Quais fatos e situações que se destacam da história da educação no 
Brasil e no mundo, você conseguiu perceber nas propostas pedagógicas 
observadas? 
 
• Qual a importância do diálogo produtivo entre História e Pedagogia? 
 
• Traga contribuições que não foram expostas nos pontos acima. 
 
Agora é só elaborar sua reflexão escrita a partir das experiências de revisitação 
dos conteúdos e das visitas aos sites. 
 
✓ Você pode fazer um texto corrido em forma de lauda e se quiser ilustrar 
com imagens, fotos, links etc. 
 
✓ Você pode também gravar um vídeo próprio apresentando o conteúdo e 
postá-lo no YouTube. Para entregar o vídeo, cole o link do Youtube em um 
documento Word e faça a postagem na ferramenta Trabalhos. Se você fez o 
vídeo, poste e link também no fórum de tutoria para divulgar seu trabalho. 
 
Veja na outra página o modelo para elaborar este trabalho. 
 
 
 
UNIVERSIDADE ESTACIO DE SÁ 
 
CURSO DE GRADUAÇÃO EM (Completar) 
 
 
 
 
 
 
DIGITE AQUI O SEU NOME 
 
 
 
 
 
 
 
 Digite aqui o título do trabalho acadêmico 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Local: Completar 
2021.2 
 
 
 
 
Escreva seu trabalho. Divida-o em três partes: 
 
INTRODUÇÃO 
DESENVOLVIMENTO 
CONSIDERAÇÕES FINAIS 
REFERÊNCIAS (dos livros, sites, artigos, que utilizou para realizar o trabalho) 
 
 
Normas para elaboração de referências (consultar a ABNT) 
 
https://tecnoblog.net/236041/guia-normas-abnt-trabalho-academico-tcc/ 
 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14724: Informação 
e documentação – Trabalhos acadêmicos – Apresentação. Rio de Janeiro, 2011. 
 
 
 
Formatação das folhas de trabalho: 
 
• Folha: tamanho A4; 
• Margem: 3 cm para as margens superior e esquerda e 2 cm para as 
margens inferior e direita; 
• Fonte: Arial ou Times New Roman ou Arial (tamanho 12) em cor preta; 
• Itálico: usa-se em palavras e expressões de outros idiomas; 
• Espaçamento: 1,5 no texto e 1,0 para citações com mais de três linhas; 
• Alinhamento: Justificado. 
 
 
PASSO a PASSO para a realização de nosso trabalho: 
1o passo: ler com atenção a proposta de nosso PCC (enviada no início deste texto); 
2o passo: assistir todas as aulas de História da Educação; 
3o passo: fazer, ao longo das aulas, uma síntese dos modelos educacionais 
apresentados na disciplina. 
4o passo: escolher 3 sites de escolas atuais e analisar os Projetos Políticos 
Pedagógicos ou as Propostas Pedagógicas. Fazer uma síntese de cada um, analisando 
se teve avanços em relação aos modelos educacionais estudados. 
Ressalto que o trabalho pode ser por escrito ou por áudio. 
 
Como e até quando entregar: 
- O PCC só pode ser corrigido e avaliado quando colocado na área de Entrega de 
Trabalhos. 
- Prazo final de colocação na Área de Trabalho: 26 de julho. Não deixe para 
colocar seu trabalho no final deste prazo, porque só realizará a AV se o trabalho for 
entregue e avaliado. 
- Importante: o PCC não pontua, mas além de ser uma oportunidade de estudo e 
aplicação do que foi entendido, é obrigatório. 
 
 
 
Desejo a tod@s um ótimo trabalho!!! 
Contem comigo! 
Abraç@s, 
Mari´Angela Monjardim 
DESCRIÇÃO
A Antiguidade Clássica é um período fundamental da História. Estudaremos esse longo
período, do século VIII a.C. ao século VI d.C., que representa as bases para a compreensão da
educação ocidental. Você perceberá que os mundos grego e romano, às margens do mar
Mediterrâneo, têm muito a ver com nossa sociedade e com a Educação atual.
PROPÓSITO
Você, que estudou História, já deve ter se perguntado: é tão importante assim olhar para o
passado? Provavelmente, encontrou algumas respostas ao longo de sua vida escolar. Neste
conteúdo, você verá como a Educação foi concebida pelas sociedades do período clássico.
Além disso, analisaremos suas heranças e fundamentos como influência na Educação
contemporânea.
OBJETIVOS
MÓDULO 1
Explicar as características da Educação na Grécia Clássica.
MÓDULO 2
Descrever os elementos que marcaram a Educação na Roma Clássica.
MÓDULO 3
Identificar traços da Educação na Antiguidade Clássica na Educação contemporânea.
MÓDULO 1
 Explicar as características da Educação na Grécia Clássica.
INTRODUÇÃO
Antes de tratar especificamente sobre a Educação na Grécia Clássica, você precisa conhecer
as características e fatos que levaram a formação do que chamamos de mundo grego.
Assista ao vídeo para entender como surgiu o sentimento de identidade entre os gregos.
Agora, destacaremos brevemente os ideais de três dos maiores pensadores da Filosofia
clássica:
SÓCRATES
 
Imagem: Shutterstock.com
Sócrates (469 a.C. – 399 a.C.) entendia a Filosofia como a procura da verdade, trilhando
o caminho da sabedoria.
Com a famosa frase “Conhece a ti mesmo”, o filósofo ateniense impulsionou a busca das
verdades universais: o caminho para a prática do bem e da virtude. Em resumo, ele almejava
que as pessoas se livrassem das falsas certezas para alcançar a verdade própria do ser
humano.
Assim, no século IV a.C., Sócrates criou a Maiêutica, método de ensino investigativo que se
baseava nas interrogações para dar à luz o conhecimento.
MAIÊUTICA
Esse método tinha duas etapas que destruíam as falsas verdades para criar a universal. São
elas:
1ª ETAPA
De início, implantava-se a dúvida, de modo que o saber adquirido fosse interrogado para
revelar as fraquezas e contradições na forma de pensar.
2ª ETAPA
Depois, estimulava-se a busca de novos conceitos, de novas opiniões, o pensamento por si
mesmo, a fim de desvelar a verdade, livrando-se do falso conhecimento.
PLATÃO
 
Imagem: Shutterstock.com
A teoria do conhecimento desenvolvida por Platão (429 a.C. – 348/347 a.C.) tem como
base a convicção de que o mundo sensível em que vivemos é apenas um mundo
aparente, incapaz de nos oferecer conhecimento verdadeiro.
Para chegarmos a esse tipo de conhecimento, necessitamos buscar o mundo inteligível, onde
está a verdadeira essência das coisas. Assim, o conhecimento se dá a partir da ideia até a
realidade.
MITO DA CAVERNA
Para ratificar suas concepções intelectuais, Platão criou o Mito da Caverna, cuja história é a
seguinte:
Prisioneiros acorrentados em frente a uma parede podiam ver apenas sombras. Quando um
deles, enfim, se liberta, encontra uma realidade diferente. Impressionado, o preso volta para
contar aos demais sobre o mundo que existia fora da caverna. A intenção dele era livrá-los da
escuridão. Mas os outros prisioneiros não só se recusaram a acreditar no homem, como o
mataram.
ARISTÓTELES
 
Imagem: Shutterstock.com
Para Aristóteles (384 a.C. – 322 a.C.), somente na pólis , o homem se realizava
plenamente em busca do bem supremo.
No entanto, essa realização não era definitivamente alcançada, pois não estava presa a um
tempo específico, mas se refazia – inclusive como sensação –, à medida em que o homem
decidia por novas determinações em seu ato constitutivo e reconstitutivo.
PÓLIS
O mesmo que cidade-estado. Na Grécia Antiga, era um pequeno território localizado
geograficamente no ponto mais alto da região, cujas características

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.