A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Contas a Pagar e a Receber

Pré-visualização | Página 2 de 3

de Cliente Edilson Malope
1.2 Bancos
1.2.1 Deposito a ordem 64,800.00 
6.9 Gastos e Perdas Financeiras
6.9.4 Dif. de câmbio desfavoráveis
6.9.4.1 Realizadas 4,800.00 69,600.00 
_______________ ________________
Docente: Tomás Hale 7 
 
 
1.4. Movimentação da conta clientes, C/ Títulos a receber 
A divisionárias clientes, c/títulos a receber, enquanto conta do activo, será debitada pelo saldo inicial e pelos 
respectivos aumentos (saques e endosso a nosso favor) e creditada pelas respectivas diminuições 
(cobrança directa e indirecta de letra, endosso a credores, descontos bancários e anulação do saque). 
1.4.1.1. Cobrança de clientes titulados 
o Cobrança directa 
Ocorre quando a empresa cobra directamente o cliente, o valor da entrada na conta caixa ou bancos e assim 
a conta de clientes titulados diminui. 
Ex: No dia 12 de Maio efectuamos uma cobrança de uma letra ao nosso cliente Paulo Jossias no valor de 
420.500,00 valor recebido por transferência bancária. 
1 4.1 Clientes
4.1.1 Clientes, c/c
4.1.1.1 Edilson Malope
a 7.1 Vendas
7.1.1 Mercadorias
P/ Venda de Mercadorias 69,600.00 
_______________ ________________
2 1.2 Bancos
1.2.1 Deposito a ordem
a Diversos
P/ Recebto do Cliente Edilson Malope
a 4.1 Clientes
4.1.1 Clientes, c/c
4.1.1.1 Edilson Malope 69,600.00 
a 7.8 Rendimentos e Ganhos Financeiros
7.8.4 Diferenças de câmbio favoráveis
7.8.4.1 Realizadas 2,400.00 72,000.00 
_______________ ________________
Docente: Tomás Hale 8 
 
 
o Cobrança indirecta 
Ocorre quando a letra é passada ao banco para a sua cobrança, o banco encarrega-se de cobrar a letra 
mediante uma remuneração denominada “comissão de cobrança”. 
Ex: Remetemos ao banco para cobrança da letra do cliente Paulo Jossias no valor de 420.500,00 tendo o 
banco cobrado 3% para despesas de desconto da letra. 
 Despesas de desconto = 420.500* 3% = 12.615,00 
 Valor recebido na conta= 420500- 12.615 = 407.885,00 
 
1.5. Movimentação da conta clientes de cobrança duvidosa 
Esta subconta, como conta do activo será debitada pelos aumentos (créditos de cobrança duvidosa) e 
creditada pelas diminuições (pagamentos de créditos de cobrança duvidosa). 
Aquando do desconhecimento do facto de incerteza de um crédito, é necessário efectuar uma transferência 
desses créditos para a conta de cobrança duvidosa. 
1.2 Bancos
1.2.1 Deposito a ordem
a 4.1 Clientes
4.1.2 Clientes, C/ titulos a receber
4.1.2.1 Paulo Jossias
P/ Cobranca da letra 420,500.00 
_______________ ________________
Diversos
a 4.1 Clientes
4.1.2 Clientes, C/ titulos a receber
4.1.2.1 Paulo Jossias
P/ Cobranca indirecta da letra
1.2 Bancos
1.2.1 Deposito a ordem 407,885.00 
6.9 Gastos e Perdas Financeiras
6.9.8 Outros gastos e perd financeiros
6.9.8.1 Servicos Bancarios 12,615.00 420,500.00 
_______________ ________________
Docente: Tomás Hale 9 
 
Ex: O Cliente César Mbaiwa encontra-se num lugar incerto e a empresa não consegue efectuar a cobrança 
do seu crédito no valor de 120.000,00. 
 
Uma vez que a divida passou a ser de cobrança duvidosa, quando for possível que haja o recebimento do 
correspondente valor, é necessário criar uma provisão ao crédito correspondente no final do exercício. 
 
Se a divida de cobrança duvidosa for cobrada, faz-se o seguinte lançamento: 
 
Se a divida de cobrança duvidosa for recebida apos a criação da provisão deve ser registada a sua anulação. 
Se o recebimento ocorrer no período da provisão será feito a anulação da provisão (lançamento contrario 
ao da provisão) e se acontecer nos anos subsequentes será utilizada a conta 7.4 Reversões do Período na 
divisionária 7.4.3 De provisões como apresentado a seguir: 
1 4.1 Clientes
4.1.8 Clientes de cobranca duvidosa
4.1.8.1 Cesar Mbaiwa
a 4.1 Clientes
4.1.1 Clientes, C/c
4.1.1.1 Cesar Mbaiwa
P/ Transferencia a Cobranca duvidosa 120,000.00 
________________ _______________
1 6.6 Provisoes do Periodo
6.6.9 Outras provisoes
6.6.9.1 Cobranca duvidosa
a 4.8 Provisoes
4.8.9 Outras Provisoes
4.8.9.1 Cobranca duvisosa
P/ Constituicao da provisao 120,000.00 
_______________ ________________
1 1.1 Caixa/1.2 Bancos
a 4.1 Clientes
4.1.8 Clientes de cobranca duvidosa
4.1.8.1 Cesar Mbaiwa
_______________ ________________ 120,000.00 
Docente: Tomás Hale 10 
 
 
 
 
1 4.8 Provisoes
4.8.9 Outras Provisoes
4.8.9.1 Cobranca duvisosa
a 7.4 Reversões do período
7.4.3 De provisões
7.4.3.9 Outras provisões 120,000.00 
_______________ ________________
Docente: Tomás Hale 11 
 
A CONTA 4.2 FORNECEDORES 
Consideram-se fornecedores todas entidades a quem se adquiram mercadorias, activos biológicos, 
materiais auxiliares, matéria-prima e outros inventários. 
Por ser uma conta do passivo, é debitada pelas diminuições (pagamento das dividas, constituição de uma 
letra, adiantamentos, devolução de compras a prazo, descontos e abatimentos comerciais) e será creditada 
pelos aumentos (compra a prazo, despesas de compra pago pelo fornecedor). O seu saldo é geralmente 
credor porque representa o valor a pagar aos fornecedores. 
2.1. Movimentação da conta divisionária – Fornecedores, C/c 
Esta conta registas as dívidas com fornecedores relacionados a compra a crédito de mercadorias e outros 
inventários incluindo os activos biológicos não titulados. Não podem ser incluídas nesta conta as compras 
de activos tangíveis e intangíveis a prazo, que devem ser registas na conta 4.6 Outros credores e na 
subconta 4.6.1 Fornecedores de investimento de capital. 
Os registos contabilísticos desta conta já foram incluídas no estudo da classe 2- Inventários e activos 
biológicos. 
2.1.1. Pagamentos a fornecedores 
 
2.1.2. Descontos e abatimentos comerciais sem IVA 
Ex: a empresa Kanimambo, Lda recebeu um desconto comercial do seu cliente Chaplin Chaplin, Lda no 
valor de 5.000,00 
4.2 Fornecedores
4.2.1 Fornecedores, C/c
a 1.1 Caixa / 1.2 Bancos
P/ Pagto aos Fornecedor
_______________ ________________
Docente: Tomás Hale 12 
 
 
2.1.3. Descontos e abatimentos comerciais sem IVA 
 
2.1.4. Descontos financeiros 
 
2.1.5. Pagamentos a fornecedores 
 
1 4.2 Fornecedores
4.2.1 Fornecedores, C/c
4.2.1.1 Chaplin Chaplin, Lda
a 2.1 Compras
2.1.8 Descontos e abatimentos
_______________ ________________ 5,000.00 
4.2 Fornecedores
4.2.1 Fornecedores, C/c
4.2.1.1 Chaplin Chaplin, Lda
a Diversos
P/ desconto e abatimento
a 2.1 Compras
2.1.8 Descontos e abatimentos 5,000.00 
a 4.4 estado
4.4.3.4 Iva regularizacoes
4.4.3.4.2 Mensais a favor do Estado 850.00 5,850.00 
_______________ ________________
4.2 Fornecedores
4.2.1 Fornecedores, C/c
4.2.1.1 Chaplin Chaplin, Lda
a 7.8 Rendimentos e Ganhos Financeiros
7.8.5 Descontos de P.p obtidos
P/ Descontos Obtidos 5,000.00 
_______________ ________________
4.2 Fornecedores
4.2.1 Fornecedores, C/c
a 1.1 Caixa/1.2 Bancos
P/ Pagamento a Fornecedores 125.000,00
_______________ ________________
Docente: Tomás Hale 13 
 
2.2. Movimentação da conta divisionária – Fornecedores, C/títulos a pagar 
Esta subconta compreende as dívidas com fornecedores que se encontra representados por letras (aceites). 
A titulação de uma divida com fornecedor corresponde a emissão de uma letra (aceite). 
2.2.1. Constituição de aceite 
 
2.2.2. Pagamento do aceite 
 
2.3. Movimentação da conta divisionária – Adiantamentos a fornecedores 
Esta subconta regista as entregas de dinheiro feitas pela empresa para fornecimento de mercadoria no 
futuro. Debita-se pela entrega de dinheiro feita pela empresa (adiantamentos) e credita-se no momento da 
recepção da mercadoria. 
2.3.1. Adiantamentos a fornecedores 
 
 
4.2 Fornecedores
4.2.1 Fornecedores, C/c
a 4.2 Fornecedores
4.2.2 Fornecedores, C/titulos a pagar
P/ aceite de uma