A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Subestacoes De Energia

Pré-visualização | Página 1 de 1

1-) A função de uma chave seccionada em uma subestação é a de:
Corrigir o fator de potência.
Interromper automaticamente correntes de curto-circuito.
Isolar o circuito.
Interromper automaticamente correntes de sobrecarga.
Reduzir a corrente de magnetização dos transformadores.
2-) Analise se a sentença abaixo é falsa ou verdadeira.
As subestações de manobra, normalmente localizadas na saída das usinas geradoras, elevam a tensão para os níveis de transmissão e subtransmissão, visando um transporte mais econômico de energia.
Verdadeira
Falsa
3-) Analise se a sentença abaixo é falsa ou verdadeira.
Os acionamentos dos disjuntores de subestações podem ser monopolares ou tripolares. O acionamento dos disjuntores pode ocorrer, por exemplo, por meio de solenoide, mola e ar comprimido.
Verdadeira
Falsa
4-) O equipamento de subestação de alta tensão que tem a finalidade de ceifar a forma de onda da tensão, quando determinado valor limite de tensão é ultrapassado, mesmo que de forma transitória, é o(a)
Para-raios.
Transformador de corrente.
Transformador de potencial.
Chave-seccionadora.
Disjuntor.
5-) Durante a etapa de projeto de uma subestação, o dimensionamento e as especificações de equipamentos e componentes das instalações deverão considerar a possibilidade de operação em paralelo de dois transformadores ligados à mesma fonte de alimentação primária e que compõem a capacidade total de transformação da subestação, mediante a instalação de um disjuntor de interligação dos barramentos secundários. A subestação deverá ser capaz de operar com os transformadores em paralelo e com a capacidade total de transformação igual à soma das potências nominais dos dois transformadores, sem que algum sofra sobrecarga. Entre as diversas diretrizes para o dimensionamento e especificações, é correto afirmar que:
A corrente de curto-circuito máxima, utilizada para o dimensionamento e especificação das características térmicas e dinâmicas dos diversos componentes da instalação, deve ser calculada, considerando o valor da potência nominal do maior transformador.
Os transformadores devem possuir tensões secundárias iguais, impedâncias percentuais iguais e mesmo deslocamento angular.
Os transformadores devem possuir potência nominal e tensão secundária iguais, com impedâncias percentuais aproximadamente iguais.
O transformador de maior potência deve ser capaz de absorver a carga do transformador de menor potência, quando da manobra de fechamento do disjuntor de interligação dos barramentos secundários.
A corrente de curto-circuito mínima, utilizada para o dimensionamento e especificação das proteções, deve ser calculada, considerando o valor da potência nominal do maior transformador.
6-) A ação primária para prover a abertura do disjuntor pode ser através de mola, pneumático (ar comprimido) ou hidráulico (pressão a óleo).
Analise as afirmativas abaixo sobre os elementos de abertura dos disjuntores.
i. O disjuntor com abertura a mola utiliza a energia que fica acumulada no tensionamento da mola, até o momento da sua liberação, acionando os mecanismos de abertura dos contatos do disjuntor. É mais lento, mais barato e não requer muita manutenção em comparação com os disjuntores pneumático e hidráulico.
ii. No disjuntor pneumático, a energia acumulada na pressão do ar comprimido é utilizada no momento requerido, para prover a ação nos dispositivos de abertura do disjuntor, e inclusive injetar ar ou SF6 na câmara de extinção de arco elétrico. Necessita de compressores e tanque de armazenamento de ar comprimido, sempre operantes para os acionamentos de abertura e fechamento de disjuntores.
iii. O disjuntor hidráulico é similar ao pneumático, com a diferença que o acionamento final é feito pela transmissão do óleo comprimido. A ação do óleo comprimido age na abertura ou fechamento dos contatos do disjuntor. O óleo é comprimido de modo pneumático, por ação do ar ou nitrogênio proveniente de um tanque sob pressão. A ação do óleo comprimido é mais rápida que a dos outros tipos de disjuntores.
iv. O disjuntor hidráulico é na verdade um disjuntor hidráulico/pneumático. Atua mais rápido, mas necessita de ação rigorosa de vistoria e de manutenção para manter o seu desempenho.
v. Para o fechamento dos contatos dos disjuntores, pode-se utilizar a ação de solenoide, mola, pneumático e hidráulico, que depende do tipo, porte e finalidade do disjuntor.
Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas
São corretas apenas as afirmativas iii e iv
São corretas apenas as afirmativas iv e v
São corretas apenas as afirmativas i, iv e v
São corretas apetas as afirmativas i, ii, iii e iv
São corretas apenas as afirmativas i, ii, iii, iv e v.
7-) Analise se a sentença abaixo é falsa ou verdadeira.
Toda subestação de um sistema de transmissão de energia elétrica possui transformador de potência, mas os transformadores de medidas, como os transformadores de corrente e os de potencial, são desnecessários na maioria das subestações típicas.
Verdadeira
Falsa
8-) Uma subestação que se liga à rede pública de distribuição de média tensão e disponibiliza ao usuário baixa tensão possui dois transformadores em paralelo e atende a uma demanda total de 1125 kVA.
Dados dos transformadores:
• Trafo 1: potência de 500 kVA nominais e impedância percentual de 2,5%.
• Trafo 2: potência de 750 kVA nominais e impedância percentual de 3%.
Com base nos dados acima, a distribuição de cargas para as unidades de transformação 1 e 2 são dadas pelas demandas parciais, em kVA, respectivamente, por
375 e 750
450 e 675
500 e 625
525 (transformador 1 em sobrecarga) e 600
562,5 para cada unidade (transformador 1 em sobrecarga)
9-) Analise as afirmativas abaixo sobre os transformadores de corrente (TC) e os transformadores de potencial (TP) utilizados em sistemas elétricos de alta tensão.
i. O TC de proteção, devido à exigência de suportar curtos-circuitos de valor elevado, é também adequado para atender aos equipamentos de medições de faturamento.
ii. Os TCs e TPs devem reproduzir em seus secundários as correntes e tensões que sejam uma réplica das mesmas grandezas do primário.
iii. A classe de exatidão do TC está relacionada com o carregamento conectado no seu secundário.
iv. Quando um TC está operando plenamente saturado, a corrente elétrica que sai em seu secundário está altamente contaminada por harmônicas e seu valor eficaz é muito baixo.
v. O fator de sobrecorrente de um TC está relacionado com a máxima corrente que pode passar em seu primário para que o grau de saturação do núcleo magnético ainda seja adequado para reproduzir corrente no secundário dentro de sua classe de exatidão especificada.
Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.
São corretas apenas as afirmativas ii e iv.
São corretas apenas as afirmativas ii e v.
São corretas apenas as afirmativas i, iii e iv.
São corretas apenas as afirmativas ii, iii, iv e v.
São corretas as afirmativas i, ii, iii, iv e v.
10-) Para ter o máximo desempenho do grupo de transformadores operando em paralelo, o ideal é que todos os transformadores individuais devem ser iguais. Uma indústria necessita colocar dois transformadores diferentes em paralelo, e extrair a máxima potência possível sem que nenhum transformador individual fique com sobrecarga. Os transformadores tem as seguintes características:
 Transformador A, tipo Dy5, placa 750 kVA, 69 kV/13,8 kV, XA = 4,5%
 Transformador B, tipo Dy5, placa 500 kVA, 69 kV/13,8 kV, XB = 6,0%
Assinale a alternativa que indica a máxima potência aparente possível que o grupo pode atender, sem que nenhuma transformador fique com sobrecarga.
1000 kVA
1125 kVA
1187,5 kVA
1250 kVA
1285,7 kVA

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.