A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
134 pág.
legislação facilitada

Pré-visualização | Página 7 de 50

nem a ataques à sua honra e 
reputação. Toda pessoa tem direito à proteção da lei 
contratais interferências ou ataques. 
CF/88. Art. 5º: X - são invioláveis a intimidade, a vida privada, a 
honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a 
indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua 
violação; 
XI - a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo 
penetrar sem consentimento do morador, salvo em caso de 
flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante 
o dia, por determinação judicial; 
XII - é inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações 
telegráficas, de dados e das comunicações telefônicas, salvo, no 
último caso, por ordem judicial, nas hipóteses e na forma que a 
lei estabelecer para fins de investigação criminal ou instrução 
processual penal; 
 
 Art. 13 - §1. Toda pessoa tem direito à 
liberdade de locomoção e residência dentro das 
fronteiras de cada Estado. 
Protocolo
Highlight
Protocolo
Highlight
Protocolo
Highlight
https://www.instagram.com/legislacaofacilitada/
https://www.legislacaofacilitada.com.br
https://www.legislacaofacilitada.com.br
 
 
 
12 
ID: 
É proibido o compartilhamento desse material, ainda que sem fins lucrativos. Registramos “CPF, e-mail e Internet Protocol (IP)” do comprador em nosso site e nos arquivos PDF. 
 §2. Toda pessoa tem o direito de deixar qualquer 
país, inclusive o próprio, e a este regressar. 
CF/88. Art. 5º: XV - é livre a locomoção no território nacional em 
tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele 
entrar, permanecer ou dele sair com seus bens; 
LXVIII - conceder-se-á "habeas-corpus" sempre que alguém 
sofrer ou e achar ameaçado de sofrer violência ou coação em 
sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de 
poder; 
 
 Art. 14 - §1. Toda pessoa, vítima de 
perseguição, tem o direito de procurar e de gozar asilo 
em outros países. 
 §2. Este direito não pode ser invocado em caso 
de perseguição legitimamente motivada por crimes de 
direito comum ou por atos contrários aos propósitos e 
princípios das Nações Unidas. 
CF/88. Art. 4º: X - Concessão de asilo político. 
 
 Art. 15 - §1. Toda pessoa tem direito a uma 
nacionalidade. 
 §2. Ninguém será arbitrariamente privado de sua 
nacionalidade, nem do direito de mudar de nacionalidade. 
 
 Art. 16 - Os homens e mulheres de maior idade, 
sem qualquer restrição de raça, nacionalidade ou religião, 
têm o direito de contrair matrimônio e fundar uma família. 
Gozam de iguais direitos em relação ao casamento, sua 
duração e sua dissolução. 
 §1. O casamento não será válido senão como o 
livre e pleno consentimento dos nubentes. 
 §2. A família é o núcleo natural e fundamental 
da sociedade e tem direito à proteção da sociedade e do 
Estado. 
CF/88. Art. 226. A família, base da sociedade, tem especial 
proteção do Estado. 
 
 Art. 17 - §1. Toda pessoa tem direito à 
propriedade, só ou em sociedade com outros. 
 §2. Ninguém será arbitrariamente privado de sua 
propriedade. 
CF/88. Art. 5º: XXII - é garantido o direito de propriedade; 
XXIII - a propriedade atenderá a sua função social; 
XXIV - a lei estabelecerá o procedimento para desapropriação 
por necessidade ou utilidade pública, ou por interesse social, 
mediante justa e prévia indenização em dinheiro, ressalvados os 
casos previstos nesta Constituição; 
XXV - no caso de iminente perigo público, a autoridade 
competente poderá usar de propriedade particular, assegurada 
ao proprietário indenização ulterior, se houver dano; 
XXVI - a pequena propriedade rural, assim definida em lei, desde 
que trabalhada pela família, não será objeto de penhora para 
pagamento de débitos decorrentes de sua atividade produtiva, 
dispondo a lei sobre os meios de financiar o seu 
desenvolvimento; 
 
 Art. 18 Toda pessoa tem direito à liberdade de 
pensamento, consciência e religião; este direito inclui a 
liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de 
manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela 
prática, pelo culto e pela observância, isolada ou 
coletivamente, em público ou em particular. 
CF/88. Art. 5º: IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo 
vedado o anonimato; 
V - é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, 
além da indenização por dano material, moral ou à imagem; 
VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo 
assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na 
forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias; 
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença 
religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as 
invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e 
recusar- se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei; 
 
 Art. 19 Toda pessoa tem direito à liberdade de 
opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, 
sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e 
transmitir informações e ideias por quaisquer meios e 
independentemente de fronteiras. 
CF/88. Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a 
expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou 
veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto 
nesta Constituição. 
§ 1º - Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir 
embaraço à plena liberdade de informação jornalística em 
qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no 
art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV. 
§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, 
ideológica e artística. 
 
 Art. 20 - §1. Toda pessoa tem direito à liberdade 
de reunião e associação pacíficas. 
§2. Ninguém pode ser obrigado a fazer parte de 
uma associação. 
CF/88. Art. 5º: XVII - é plena a liberdade de associação para fins 
lícitos, vedada a de caráter paramilitar; 
XVIII - a criação de associações e, na forma da lei, a de 
cooperativas independem de autorização sendo vedada a 
interferência estatal em seu funcionamento; 
XIX - as associações só poderão ser compulsoriamente 
dissolvidas ou ter suas atividades suspensas por decisão judicial, 
exigindo-se, no primeiro caso, o trânsito em julgado; 
XX - ninguém poderá ser compelido a associar-se ou a 
permanecer associado; 
 
Art. 21 - §1. Toda pessoa tem o direito de 
tomar parte no governo de seu país, diretamente ou por 
intermédio de representantes livremente escolhidos. 
 §2. Toda pessoa tem igual direito de acesso ao 
serviço público do seu país. 
 §3. A vontade do povo será a base da autoridade 
do governo; esta vontade será expressa em eleições 
periódicas e legítimas, por sufrágio universal, por voto 
secreto ou processo equivalente que assegure a 
liberdade de voto. 
CF/88. Art. 14. A soberania popular será exercida pelo sufrágio 
universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos, 
e, nos termos da lei, mediante: 
I - plebiscito; 
II - referendo; 
III - iniciativa popular. 
 
 Art. 22 - Toda pessoa, como membro da 
sociedade, tem direito à segurança social e à realização, 
pelo esforço nacional, pela cooperação internacional de 
acordo com a organização e recursos de cada Estado, 
dos direitos econômicos, sociais e culturais 
indispensáveis à sua dignidade e ao livre 
desenvolvimento da sua personalidade. 
 
 Art. 23 - §1. Toda pessoa tem direito ao 
trabalho, à livre escolha de emprego, a condições 
justas e favoráveis de trabalho e à proteção contra o 
desemprego. 
 §2. Toda pessoa, sem qualquer distinção, tem 
direito a igual remuneração por igual trabalho. 
 §3. Toda pessoa que trabalha tem direito a uma 
remuneração justa e satisfatória, que lhe assegure, 
assim como à sua família, uma existência compatível com 
https://www.instagram.com/legislacaofacilitada/
https://www.legislacaofacilitada.com.br
https://www.legislacaofacilitada.com.br
 
 
 
13 
ID: 
É proibido o compartilhamento desse material, ainda que sem fins lucrativos. Registramos “CPF, e-mail e Internet Protocol (IP)” do comprador em nosso site e nos arquivos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.