A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
atividade contextualizada

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNINABUCO 
CIENCIAS CONTÁBEIS 
NOME DA DISCIPLINA- Fundamentos Contábeis 
NOME DO PROFESSOR EXECUTOR- Tarciana Borges 
NOME DO TUTOR- Erica Nunes 
NOME DO ALUNO- Márcia de Souza Costa Melo 
Matrícula: 01463355 
 
 
Conteúdo do exercício 
1. 
Olá aluno (a)! 
 
Seja bem-vindo (a) à Atividade Contextualizada da disciplina de Fundamentos 
contábeis. Nessa atividade é necessário que você leia textos, artigos publicados 
em revistas e informativos e pronunciamentos da Secretaria da Receita Federal e 
Comitê de Pronunciamentos Contábeis para obter auxilio na argumentação e 
enriquecimento de informações a respeito da obrigatoriedade e importância da 
declaração de imposto de renda pessoa física. 
 
Para iniciar, leia o caso a seguir: 
 
Todo ano ouvimos a mesma notícia: declaração do imposto de renda! Seja Pessoa 
física ou jurídica não tem como fugir da declaração. A mesma é um procedimento 
necessário para todos, porém existem algumas particularidades, principalmente 
em se tratando de pessoa física e a pessoa jurídica. 
 
Através de pesquisa levante informações obrigatoriedade e de prazos sobre 
a declaração de imposto de renda pessoa física, bem como as situações em 
que está sujeito a isenção. Produza um texto sobre o tema e argumente sobre 
os pontos positivos e negativos de impacto do imposto nas finanças pessoais e do 
país. 
 
Observação importante: Não esquecer de citar NO MÍNIMO 3 REFERÊNCIAS 
BIBLIOGRÁFICAS ,no final da atividade. 
 
 
 
 SUA PRODUÇÃO TEXTUAL SOBRE A ATIVIDADE, EM ATÉ 30 LINHAS. 
 
 
O imposto de Renda foi instituído através da Lei 4.625, de 31 de dezembro de 1922, 
e seu objetivo é que a parcela da população com rendimentos maiores contribua 
mais para o governo, a fim de gerar renda para melhorias na qualidade de vida de 
toda população, sendo investido na educação, saúde, habitação, moradias e 
projetos de gestões de serviços públicos. A regra é válida para aposentados do 
INSS, servidores públicos ou trabalhadores assalariados que receberam 
rendimentos tributáveis de mais de R$ 28.559,70 no ano. 
Normalmente o prazo é até 30 de abril, mas em 2021, o prazo de entrega da 
declaração do IRPF foi prorrogado para 31 de maio por conta da pandemia de covid-
19. 
Ficam isentos: Quem não teve ganho de capital ou realizou operações em 
mercados futuros, na Bolsa de Valores, entre outros, em qualquer mês do ano, nem 
condição de residente no Brasil a partir de qualquer mês do ano e permaneceu até 
dia 31 de dezembro de 2020, também não há necessidade de declarar. Também 
são isentos quem teve rendimentos tributáveis abaixo de R$ 28.559,70 durante todo 
o ano; rendimentos tributados direto na fonte ou isentos que não pagam imposto ao 
serem ganhos —, abaixo de R$ 40 mil; receita bruta de atividade rural abaixo de R$ 
142.798,50; posse ou propriedade de bens ou direitos com valor total abaixo de R$ 
300 mil e estar dentro da lei 7.713 88. Essa lei assegura a isenção do pagamento de 
imposto de renda para portadores de doenças graves. 
 
A Declaração do IR é um comprovante de rendimentos aceito por concessionárias 
com objetivo de financiamento de veículos, financiamentos imobiliários, empréstimos 
bancários, e até mesmo para comprovar renda ao requerer lucros cessantes em 
caso de sinistros de veículos. 
Um outro ponto positivo é a restituição de valores. As empresas retêm de seus 
funcionários um determinado valor, a título de pagamento do Imposto de Renda. 
Para esses contribuintes, o objetivo principal da Declaração do Imposto de Renda é 
mostrar à Receita Federal que seus ganhos — deduzidas as despesas — foram 
inferiores ao valor mínimo exigido para pagamento do tributo. Sendo assim, eles 
recebem do órgão o devido montante que foi pago ao longo do ano. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFIAS 
https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=0
34BD82BE9C807BF5D5766B1583FEEE0.proposicoesWebExterno1?codteor=28
8196&filename=LegislacaoCitada+-PL+4941/2005 
 
https://agora.folha.uol.com.br/grana/imposto-de-renda/2021/03/veja-quem-
deve-declarar-o-imposto-de-renda-2021.shtml 
 
https://www.serasa.com.br/ensina/dicas/o-que-e-imposto-de-renda/ 
https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/meu-imposto-de-
renda/preenchimento 
 
https://blog.cielo.com.br/dicas-e-historias-de-sucesso/como-declarar-imposto-
de-renda-pj/ 
 
https://receita.economia.gov.br/sobre/institucional/memoria/memoria-
fazendaria/o-imposto-de-renda-no- 
brasil#:~:text=O%20Imposto%20de%20Renda%20foi,31 
 
https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1920-1929/lei-4625-31-dezembro-1922-
566495-publicacaooriginal-90055-pl.html 
 
https://www.gov.br/receitafederal/pt-br 
 
https://www.tororadar.com.br/hubfs/[Ebook]%20Imposto%20de%20Renda%20
Descomplicado/[Ebook]Guia_IR_Descomplicado.pdf 
 
https://liberius.com.br/lista-de-doencas-isencao-
imposto/?gclid=CjwKCAjw3_KIBhA2EiwAaAAlilW1rigbvOl1fvGm2JP9iroCPFU7
4xy50b45p4oUN12-fzruX0zt5RoCB3sQAvD_BwE 
 
 
https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=034BD82BE9C807BF5D5766B1583FEEE0.proposicoesWebExterno1?codteor=288196&filename=LegislacaoCitada+-PL+4941/2005
https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=034BD82BE9C807BF5D5766B1583FEEE0.proposicoesWebExterno1?codteor=288196&filename=LegislacaoCitada+-PL+4941/2005
https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=034BD82BE9C807BF5D5766B1583FEEE0.proposicoesWebExterno1?codteor=288196&filename=LegislacaoCitada+-PL+4941/2005
https://agora.folha.uol.com.br/grana/imposto-de-renda/2021/03/veja-quem-deve-declarar-o-imposto-de-renda-2021.shtml
https://agora.folha.uol.com.br/grana/imposto-de-renda/2021/03/veja-quem-deve-declarar-o-imposto-de-renda-2021.shtml
https://www.serasa.com.br/ensina/dicas/o-que-e-imposto-de-renda/
https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/meu-imposto-de-renda/preenchimento
https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/meu-imposto-de-renda/preenchimento
https://blog.cielo.com.br/dicas-e-historias-de-sucesso/como-declarar-imposto-de-renda-pj/
https://blog.cielo.com.br/dicas-e-historias-de-sucesso/como-declarar-imposto-de-renda-pj/
https://receita.economia.gov.br/sobre/institucional/memoria/memoria-fazendaria/o-imposto-de-renda-no-%20brasil#:~:text=O%20Imposto%20de%20Renda%20foi,31
https://receita.economia.gov.br/sobre/institucional/memoria/memoria-fazendaria/o-imposto-de-renda-no-%20brasil#:~:text=O%20Imposto%20de%20Renda%20foi,31
https://receita.economia.gov.br/sobre/institucional/memoria/memoria-fazendaria/o-imposto-de-renda-no-%20brasil#:~:text=O%20Imposto%20de%20Renda%20foi,31
https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1920-1929/lei-4625-31-dezembro-1922-566495-publicacaooriginal-90055-pl.html
https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1920-1929/lei-4625-31-dezembro-1922-566495-publicacaooriginal-90055-pl.html
https://www.gov.br/receitafederal/pt-br
https://www.tororadar.com.br/hubfs/%5bEbook%5d%20Imposto%20de%20Renda%20Descomplicado/%5bEbook%5dGuia_IR_Descomplicado.pdf
https://www.tororadar.com.br/hubfs/%5bEbook%5d%20Imposto%20de%20Renda%20Descomplicado/%5bEbook%5dGuia_IR_Descomplicado.pdf
https://liberius.com.br/lista-de-doencas-isencao-imposto/?gclid=CjwKCAjw3_KIBhA2EiwAaAAlilW1rigbvOl1fvGm2JP9iroCPFU74xy50b45p4oUN12-fzruX0zt5RoCB3sQAvD_BwE
https://liberius.com.br/lista-de-doencas-isencao-imposto/?gclid=CjwKCAjw3_KIBhA2EiwAaAAlilW1rigbvOl1fvGm2JP9iroCPFU74xy50b45p4oUN12-fzruX0zt5RoCB3sQAvD_BwE
https://liberius.com.br/lista-de-doencas-isencao-imposto/?gclid=CjwKCAjw3_KIBhA2EiwAaAAlilW1rigbvOl1fvGm2JP9iroCPFU74xy50b45p4oUN12-fzruX0zt5RoCB3sQAvD_BwE

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.