Buscar

Evidências da Existência de Jesus

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 61 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 61 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 61 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Leia um trecho da entrevista com Chevitarese (2013, p. 6) – professor de História Antiga da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ):
Carolline da Silva Soares: Duvida-se muito acerca da real existência de Jesus, pois os escritos que versam sobre a sua vida são de épocas posteriores ao período em que ele viveu. Quais as evidências mais seguras que temos sobre a existência real de Jesus?
André Leonardo Chevitarese: A evidência mais segura que nós temos é de natureza teórica e metodológica, pois, quando se pensa em figuras históricas do passado, nós lançamos mão da metodologia da múltipla confirmação, isto é, quando diferentes autores que nunca se viram, nunca se leram, são capazes de afirmar coisas, falar coisas, citar palavras textuais de uma terceira, a probabilidade de esta terceira pessoa ter existido é muito grande.
Então, o critério maior que aplicamos é cotejar documentos diferentes, de autores diferentes, de épocas diferentes, que nunca se conheceram, nem nunca se leram, mas que são capazes de falar coisas idênticas sobre essa terceira pessoa.
Esse é o caso, por exemplo, de Paulo, de Marcos e de João. Estes são três autores que nunca se leram, que nunca se viram, que nunca se encontraram, mas que falam coisas sobre Jesus, citam palavras advindas de Jesus que coincidem em tudo. Então, nós podemos, do ponto de vista teórico e metodológico, dizer que Jesus existiu.
Fora isso, nós temos, também, todo o ambiente histórico e arqueológico de lugares nos quais [...] Jesus [teria] passado, [nos quais teria], em algum momento da sua vida, de seu ministério, estado ali. Esses lugares se coadunam com o que a nossa documentação do século I afirma. Como evidências para o caso de Jesus não faltam, podemos dizer que ele é uma personagem histórica.
A partir da leitura do texto, identifique que argumentos são empregados para sustentar a historicidade de Jesus Cristo:
Gabarito
De acordo com o historiador Chevitarese (2013, p. 6), a historicidade de Cristo pode ser comprovada pelo fato de que sua história é contada, com poucas variantes, por autores como Paulo, Marcos e João, que não foram contemporâneos, mas que apresentaram relatos próximos sobre a figura de Jesus Cristo. Além disso, os indícios arqueológicos auxiliam a construção do Jesus histórico.
A década de 1980 pode ser considerada um marco nos estudos relativos à história das religiões, de forma geral, e à história do cristianismo, de forma específica, porque:
Parte superior do formulário
a) Os estudos relativos ao cristianismo foram banidos do âmbito acadêmico.
b) O cristianismo tornou-se um objeto de estudo legítimo somente no campo teológico.
c) O cristianismo foi entendido como a única religião que poderia ser estudada cientificamente.
d) Os estudiosos do tema passaram a considerar somente os documentos escritos como fontes para a análise do campo religioso.
e) Os estudiosos dos temas religiosos passaram a utilizar métodos e técnicas de outros campos do conhecimento, como a Antropologia e a Sociologia.
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Resposta Letra E
O marco inicial da história do cristianismo pode ser definido:
Parte superior do formulário
a) No batismo de Jesus.
b) No nascimento de Jesus.
c) No I Concílio de Jerusalém.
d) Nas viagens missionárias de Paulo.
e) Na revolta judaica de 70 d.C. contra o Império Romano.
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Resposta Letra C
Como podemos relacionar a cultura helenística à expansão das comunidades cristãs pelas áreas mediterrânicas?
Gabarito
Os cristãos iniciaram suas pregações pelas cidades orientais do império, em que a cultura helenística era muito forte e difundida, e fazia parte do cotidiano das pessoas.
Quando o cristianismo incorporou alguns elementos dessa cultura mais universal e abrangente do que a judaica, tornou-se, também, mais atraente para seus novos fiéis e rompeu, definitivamente, com as orientações dogmáticas judaicas em relação à circuncisão e a outros ritos não praticados pelos judeus helenísticos ou gentios.
O principal fator que levou o Império Romano a perseguir os cristãos foi:
Parte superior do formulário
a) O rito do batismo.
b) O rito da eucaristia.
c) A prática da feitiçaria.
d) A prática do sacrifício humano.
e) A recusa dos cristãos em praticar o culto ao imperador.
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Resposta Letra E
		Disciplina: CEL1010 - HISTÓRIA DO CRISTIANISMO 
	202008642825
	
	 
		1
          Questão
	
	
	Os estudos relativos à religião ganharam um forte impulso no âmbito acadêmico:
		
	
	No século XII, com a Reforma Gregoriana, quando a Igreja Católica inaugurou uma visão teocrática de poder e uniu-se ao Estado monárquico.
	 
	No século XIX, quando o colonialismo colocou os europeus em contato com sociedades na África, na Ásia e na América, cujas formas de religiosidade nelas presentes passaram a ser estudadas. 
	
	No século XXI, com o desenvolvimento do neoliberalismo e de uma perspectiva globalizante para o entendimento das sociedades e das suas religiosidades.
	
	No século XVIII, com a Revolução Industrial, que inaugurou uma perspectiva mais racionalista acerca da religião.
	
	No século XV, com a descoberta da América, que fez com que os europeus tivessem contato com outras religiões além do Cristianismo.
	Respondido em 19/08/2021 06:10:50
	
Explicação:
Os estudos relativos à religião ganharam um forte impulso no âmbito acadêmico no século XIX, quando o colonialismo colocou os europeus em contato com sociedades na África, na Ásia e na América, cujas formas de religiosidade nelas presentes 
	
	
	 
		2
          Questão
	
	
	 A Igreja integrou-se ao Sistema Feudal através dos mosteiros, cujas características se assemelhavam às dos domínios dos senhores feudais. Como tinha
		
	
	o controle da realidade social, exigia que os cristãos distribuíssem os excedentes entre seus parentes mais próximos para auferir lucros.
	
	a fiscalização sobre a distribuição dos excedentes em épocas de calamidade, inibia a atuação dos comerciantes inescrupulosos, ameaçando-os com multas ou com a perda de suas propriedades.
	 
	 monopólio da cultura, tinha também o monopólio da interpretação da realidade social.
	
	o controle do destino espiritual, procurou combater a usura entre os integrantes do clero e entre os judeus, no que foi rigorosamente obedecida.
	
	grande influência na formação da mentalidade, insistia no ideal do preço justo, permitindo que na venda dos produtos se cobrasse a mais apenas o custo do transporte.
	Respondido em 19/08/2021 06:11:05
	
Explicação:
Durante a Idade Média, a Igreja Católica conseguiu alcançar o apogeu de sua dominação na Europa ocidental, tanto econômica quanto politicamente. Os mosteiros foram algumas das instituições através das quais isso foi possível, principalmente por deterem consideráveis extensões de terras. Além disso, podiam deter e controlar as manifestações culturais e religiosas do período.
 
	
	
	 
		3
          Questão
	
	
	A Igreja integrou-se ao Sistema Feudal através dos mosteiros, cujas características se assemelhavam às dos domínios dos senhores feudais. Como tinha
		
	
	a fiscalização sobre a distribuição dos excedentes em épocas de calamidade, inibia a atuação dos comerciantes inescrupulosos, ameaçando-os com multas ou com a perda de suas propriedades.
	 
	o monopólio da cultura, tinha também o monopólio da interpretação da realidade social.
	
	grande influência na formação da mentalidade, insistia no ideal do preço justo, permitindo que na venda dos produtos se cobrasse a mais apenas o custo do transporte
	
	o controle do destino espiritual, procurou combater a usura entre os integrantes do clero e entre os judeus, no que foi rigorosamente obedecida
	
	o controle da realidade social, exigia que os cristãos distribuíssem os excedentes entre seus parentes mais próximos para auferir lucros.
	Respondido em 19/08/2021 06:11:46
	
Explicação:
o monopólio da cultura, tinha também omonopólio da interpretação da realidade social.
	
	
	 
		4
          Questão
	
	
	É a crença de que tudo que cerca o homem ¿ desde a natureza até os objetos ¿ é dotado de alma. Essa noção explica o cuidado que as comunidades primitivas tinham com seus mortos, cultuando os antepassados e demonstrando seu máximo empenho na realização de cerimoniais funerários adequados. Este conceito se aplica ao:
		
	 
	Animismo
	
	Idealismo
	
	Sincretismo
	
	Relativismo
	
	Realismo
	Respondido em 19/08/2021 06:12:26
	
Explicação:
O animismo é a crença de que tudo tem uma alma ou espírito, uma anima em latim, inclusive os animais, plantas, rochas, montanhas, rios e estrelas. Os animistas acreditam que cada anima é um espírito poderoso que pode ajudar ou prejudicá-los e devem ser adorados, temidos ou de alguma forma reconhecidos. O animismo é uma religião primitiva cujos adeptos têm por milhares de anos divinizados animais, estrelas e ídolos de qualquer espécie e praticado o espiritismo, feitiçaria, adivinhação e a astrologia. Eles usam a magia, feitiços, encantamentos, superstições, amuletos, talismãs ou qualquer coisa que acreditem que vai ajudar a protegê-los contra os maus espíritos e aplacar os espíritos bons.
	
	
	 
		5
          Questão
	
	
	A expansão do Cristianismo pelo Império Romano pode ser atribuída:
		
	
	Ao clima de prosperidade que o Império Romano experimentou no século III.
	 
	À mensagem do Cristianismo que favorecia a crença de que o sofrimento do cristão estaria restrito à vida na Terra, sendo o Paraíso, a fonte da felicidade eterna.
	
	Ao fato de a mensagem do Cristianismo ser exclusivamente pregada para os judeus.
	
	Ao fato de o Cristianismo não possuir um caráter proselitista.
	
	À pregação do Cristianismo primeiramente nas comunidades rurais
	Respondido em 19/08/2021 06:12:58
	
Explicação:
A expansão do Cristianismo pelo Império Romano pode ser atribuída  à mensagem do Cristianismo que favorecia a crença de que o sofrimento do cristão estaria restrito à vida na Terra, sendo o Paraíso, a fonte da felicidade eterna.
1. Leia o texto dogmático estabelecido no Concílio de Niceia, em 325 d.C.: O Credo de Niceia16
Em seguida, identifique as principais doutrinas que a Igreja primitiva se empenhou para reforçar, a fim de contrapor-se aos pensamentos heréticos correntes no período.
Gabarito
Havia a crença de que Cristo possuía duas naturezas (divina e humana) reunidas em um só ser. Por isso, ele era considerado a encarnação de Deus, mas conservava sua parcela de humanidade.
2. Observe o mapa a seguir e identifique as tribos germânicas que faziam fronteira com o Império Romano.
Gabarito
• Visigodos;
• Francos;
• Alamanos;
• Burgúndios;
• Lombardos;
• Marcomanos;
• Godos
3. Leia um trecho da Regra de São Bento: Quais são os instrumentos das boas obras17.
Em seguida, identifique algumas das principais orientações que os monges deveriam seguir para aprimorar sua vida espiritual.
Gabarito
• Dedicar-se à oração;
• Manter o silêncio;
• Não falar excessivamente;
• Não satisfazer os desejos da carne;
• Evitar os maus pensamentos;
• Não beber vinho nem comer em excesso;
• Praticar o jejum e a caridade;
• Não matar;
• Não cometer adultério;
• Não furtar;
• Manter o hábito da confissão.
4. Que heresia foi largamente difundida entre os povos germânicos, principalmente após também ter sido adotada por alguns imperadores romanos?
Parte superior do formulário
a) Arianismo
b) Gnosticismo
c) Maniqueísmo
d) Monasticismo
e) Neoplatonismo
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Letra A 
. Assinale a opção cujo fator explica a aliança construída entre a Igreja e o Império Romano:
Parte superior do formulário
a) A crença dos cristãos na vida eterna auxiliava a preservação da paz no território imperial, o que justifica o apoio dos imperadores a essa religião.
b) O grande destaque dado à liderança feminina nas comunidades cristãs garantia aos imperadores a certeza de que essa religião manteria a popularidade do império entre as mulheres.
c) O cristianismo mostrava-se uma religião interessante aos imperadores romanos por favorecer a preservação das diferenças culturais entre a população das diversas regiões do império.
d) Os imperadores viam na teologia cristã a oportunidade para reforçar a noção de centralização do poder imperial, necessária para deter os efeitos da crise enfrentada pelo império a partir do século III.
e) A difusão da prática da caridade nas comunidades primitivas garantia que o cristianismo ficasse restrito à população de baixa condição econômica no império, e os imperadores pretendiam disseminá-la, também, entre a elite romana.
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Letra D 
		Disciplina: CEL1010 - HISTÓRIA DO CRISTIANISMO 
	202008642825
	
	 
		1
          Questão
	
	
	Na Idade Média, desenvolveram-se dentro da Igreja instituições que tinham corporações de mestres e aprendizes, com privilégios e autonomia administrativa, e significaram importante avanço intelectual.
O texto anterior refere-se:
		
	 
	 às Universidades.
	
	às Irmandades;
	
	às Bibliotecas;
	
	 aos Museus;
	
	aos Conventos;
	Respondido em 20/08/2021 15:27:27
	
Explicação:
As universidades surgiram por volta dos séculos XI e XII, transformando-se em centro de produção intelectual na Europa ocidental. Obras de pensadores clássicos eram ensinadas, mas também os princípios religiosos cristãos, propagando, assim, entre uma elite intelectual, a cultura cristã.
 
	
	
	 
		2
          Questão
	
	
	A importância do Concílio de Nicéia, realizado em 325 a. C., é atribuída ao fato de:
		
	
	Ter sido o primeiro concílio que contou com a participação exclusiva das autoridades episcopais.
	
	Ter sido o momento em que a Igreja decidiu não investir na formulação das leis canônicas.
	
	Ter sido palco da definição dogmática de que Cristo, ao humanizar-se, abandonou a sua natureza divina
 
	 
	Poder ser considerado como a primeira tentativa oficial da igreja de estabelecer um consenso quanto às questões dogmáticas.
	
	Ter permitido a introdução dos princípios do arianismo nos dogmas católicos.
	Respondido em 20/08/2021 15:27:57
	
Explicação:
A importância do Concílio de Nicéia, realizado em 325 a. C., é atribuída ao fato de poder ser considerado como a primeira tentativa oficial da igreja de estabelecer um consenso quanto às questões dogmáticas.
 
	
	
	 
		3
          Questão
	
	
	O ponto dogmático central da divergência do arianismo em relação ao cristianismo está na questão:
		
	
	da eucaristia
	
	do batismo infantil
	 
	da divindade de Cristo
	
	dos dons do Espírito Santo
	
	da atuação das mulheres na igreja primitiva
	Respondido em 20/08/2021 15:28:36
	
Explicação:
O ponto dogmático central da divergência do arianismo em relação ao cristianismo está na questão da divindade de Cristo.
 
	
	
	 
		4
          Questão
	
	
	Na Idade Média, desenvolveram-se dentro da Igreja instituições que tinham corporações de mestres e aprendizes, com privilégios e autonomia administrativa, e significaram importante avanço intelectual, refere se a:
		
	
	às Bibliotecas;
	
	 aos Conventos;
	
	às Irmandades
	
	aos Museus;
	 
	às Universidades.
	Respondido em 20/08/2021 15:29:11
	
Explicação:
As universidades surgiram por volta dos séculos XI e XII, transformando-se em centro de produção intelectual na Europa ocidental. Obras de pensadores clássicos eram ensinadas, mas também os princípios religiosos cristãos, propagando, assim, entre uma elite intelectual, a cultura cristã.
	
	
	 
		5
          Questão
	
	
	Sobre a Patrística podemos afirmar que:
I ¿ Dedicou-se a análise do texto bíblico a fim de discutir e definir questões doutrinárias e filosóficas.
II - No Concílio de Niceia ficaram estabelecidos os principais dogmas construídos pelos teólogos patrísticos.
III ¿ Um dos seus principais pensadores foi Santo Agostinho de Hipona, que combinou elementosda filosofia greco-romana com os textos bíblicos.
 
		
	 
	Todas as alternativas estão corretas
	
	Somente as alternativas II e III estão corretas
	
	Somente a alternativa I está correta
	
	Somente as alternativas I e III estão corretas
	
	Todas as alternativas estão incorretas
	Respondido em 20/08/2021 15:29:34
	
Explicação:
Sobre a Patrística podemos afirmar que dedicou-se a análise do texto bíblico a fim de discutir e definir questões doutrinárias e filosóficas. No Concílio de Niceia ficaram estabelecidos os principais dogmas construídos pelos teólogos patrísticos e um dos rincipais pensadores da Patrística foi Santo Agostinho de Hipona, que combinou elementos da filosofia greco-romana com os textos bíblicos.
 
	
	
	 
		6
          Questão
	
	
	A Igreja integrou-se ao Sistema Feudal através dos mosteiros, cujas características se assemelhavam às dos domínios dos senhores feudais. Como tinha
		
	
	o controle do destino espiritual, procurou combater a usura entre os integrantes do clero e entre os judeus, no que foi rigorosamente obedecida.
	
	o controle da realidade social, exigia que os cristãos distribuíssem os excedentes entre seus parentes mais próximos para auferir lucros.
	
	grande influência na formação da mentalidade, insistia no ideal do preço justo, permitindo que na venda dos produtos se cobrasse a mais apenas o custo do transporte.
	
	a fiscalização sobre a distribuição dos excedentes em épocas de calamidade, inibia a atuação dos comerciantes inescrupulosos, ameaçando-os com multas ou com a perda de suas propriedades.
 
	 
	o monopólio da cultura, tinha também o monopólio da interpretação da realidade social.
	Respondido em 20/08/2021 15:30:10
	
Explicação:
Durante a Idade Média, a Igreja Católica conseguiu alcançar o apogeu de sua dominação na Europa ocidental, tanto econômica quanto politicamente. Os mosteiros foram algumas das instituições através das quais isso foi possível, principalmente por deterem consideráveis extensões de terras. Além disso, podiam deter e controlar as manifestações culturais e religiosas do período.
	
	
1. As estruturas políticas foram fundamentais na configuração da Igreja Bizantina, que se caracterizou pela:
Parte superior do formulário
a) Falta do clero regular.
b) Submissão ao papado.
c) Liderança exercida pelo imperador.
d) Ausência do culto às relíquias e aos santos.
e) Inexistência de cobrança dos dízimos aos fiéis.
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Letra C
 
2. A religião monoteísta que se originou na Península Arábica, no século VII, foi:
Parte superior do formulário
a) Budismo.
b) Judaísmo.
c) Hinduísmo.
d) Islamismo.
e) Cristianismo.
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Letra D
3. A heresia que indispôs as Igrejas Bizantina e Romana, promovendo o primeiro cisma entre essas duas instituições, foi:
Parte superior do formulário
a) Monofisismo.
b) Gnosticismo.
c) Monarquismo.
d) Neoplatonismo.
e) Questão Iconoclasta.
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Letra A
		Disciplina: CEL1010 - HISTÓRIA DO CRISTIANISMO 
	202008642825
	
	 
		1
          Questão
	
	
	A divisão do Império Romano em dois, em Império Romano do Oriente e Império Romano do Ocidente, repercutiu nas questões religiosas do cristianismo, das quais podemos citar o Cisma do Oriente, em 1054, que resultou:
		
	
	na criação do islamismo
	
	 na criação do Tribunal do Santo Ofício.
	 
	criação da Igreja Ortodoxa
	
	 na Reforma Protestante.
	
	no movimento das Cruzadas.
	Respondido em 22/08/2021 11:42:58
	
Explicação:
As diferenças doutrinárias que passaram a surgir entre as duas áreas oriundas do Império Romano, como a questão do monofisismo e a iconoclastia, além de disputas por poder político, levaram a Igreja a dividir-se em duas em meados do século XI, surgindo a Igreja Católica do Ocidente, com sede em Roma, e a Igreja Católica do Oriente, com sede em Constantinopla, atual Istambul, na Turquia.
	
	
	 
		2
          Questão
	
	
	A divisão do Império Romano em dois, em Império Romano do Oriente e Império Romano do Ocidente, repercutiu nas questões religiosas do cristianismo, das quais podemos citar o Cisma do Oriente, em 1054, que resultou:
		
	
	na Reforma Protestante
	
	na criação do Tribunal do Santo Ofício.
	
	no movimento das Cruzadas
	
	no islamismo
	 
	na criação da Igreja Ortodoxa.
	Respondido em 22/08/2021 11:43:32
	
Explicação:
As diferenças doutrinárias que passaram a surgir entre as duas áreas oriundas do Império Romano, como a questão do monofisismo e a iconoclastia, além de disputas por poder político, levaram a Igreja a dividir-se em duas em meados do século XI, surgindo a Igreja Católica do Ocidente, com sede em Roma, e a Igreja Católica do Oriente, com sede em Constantinopla, atual Istambul, na Turquia.
 
	
	
	 
		3
          Questão
	
	
	 Sobre reconhecimento do Cristianismo no contexto da história do Império Romano, é correto afirmar que
		
	
	temendo que os cristãos pudessem estimular ainda mais as rebeliões de escravos e, com isso, aprofundar a crise do sistema econômico escravista, o Império reconheceu o Cristianismo como religião em 330, mas cuidou de transferir seus seguidores para Constantinopla, a recém-fundada capital do Império Romano do Oriente.
	 
	como nova religião, o Cristianismo gradualmente ganhou um caráter universal; a defesa da igualdade e a promessa de salvação após a morte deram, de início, um novo sentido à vida de setores populares urbanos e logo se estenderam aos campos e às classes de proprietários. Aos poucos, o Cristianismo adotou uma organização hierárquica, nos moldes do sistema administrativo imperial, até que, em 313, pelo Edito de Milão, o Estado romano reconheceu oficialmente a religião cristã.
	
	o caráter público das reuniões mantidas pelos cristãos, seu apego às categorias sociais e honras terrenas, sua participação no culto imperial, a propaganda exaltada em defesa da vida militar e o apoio à escravidão, tudo isso levou o Cristianismo a ser reconhecido como a religião oficial do Império Romano.
	
	após a morte de Jesus, rapidamente o Cristianismo se propagou em Roma, até ser, em 46, declarado como religião oficial do Império, tendo à frente Pedro, o pescador da Galileia, como o primeiro papa da Igreja Católica Apostólica Romana.
 
	
	após ter sido batizado por Paulo III, em 275, o imperador Constantino I declarou o Cristianismo como religião oficial do Império Romano.
	Respondido em 22/08/2021 11:44:31
	
Explicação:
como nova religião, o Cristianismo gradualmente ganhou um caráter universal; a defesa da igualdade e a promessa de salvação após a morte deram, de início, um novo sentido à vida de setores populares urbanos e logo se estenderam aos campos e às classes de proprietários. Aos poucos, o Cristianismo adotou uma organização hierárquica, nos moldes do sistema administrativo imperial, até que, em 313, pelo Edito de Milão, o Estado romano reconheceu oficialmente a religião cristã.
	
	
	 
		4
          Questão
	
	
	Uma das características fundamentais do mundo muçulmano organizado a partir das pregações de Maomé foi:
		
	 
	A liderança política e religiosa exercida pelos califas
	
	A adoção do Cristianismo como forma religiosa oficial
	
	O fato de ele ter sido criado sobre as bases cristãs do Império Romano
	
	A homogeneidade cultural e política foram mantidas através da difusão da língua grega 
	
	O fato de ter os seus territórios restritos ao Oriente
	Respondido em 22/08/2021 11:45:16
	
Explicação:
Uma das características fundamentais do mundo muçulmano organizado a partir das pregações de Maomé foi a liderança política e religiosa exercida pelos califas.
	
	
	 
		5
          Questão
	
	
	Leia o texto abaixo.
"Houve um forte estimulo a que se voltasse ao estudo da bíblia nos textos originais, o sentido quádruplo da Escritura foi gradualmente abandonado e estabelecido o princípio de que a Bíbliatinha apenas um sentido, a bíblia era crida como a Palavra inspirada e infalível de Deus, o caráter essencial de sua exegese era o resultado de dois princípios fundamentais" (Berkhof, 2013).
A que período da história dos princípios hermenêuticos na Igreja Cristã o texto acima se refere?
·  
		· 
	
	Período Histórico-Crítico.
	
	Período do Confessionalismo.
	 
	Período da Reforma.
	
	Período Medieval.
	
	Período Patrístico.
	Respondido em 22/08/2021 11:46:18
	
Explicação:
Período da Reforma.
	
	
	 
		6
          Questão
	
	
	Assinale a alternativa abaixo onde não se identifica um dos pilares da fé islâmica:
		
	
	A prática da caridade
	
	O jejum
	 
	A adoração às imagens
	
	As orações diárias
	
	A peregrinação
	Respondido em 22/08/2021 11:46:54
	
Explicação:
A adoração às imagens não é um dos pilares da fé islâmica
	
	
	 
		7
          Questão
	
	
	Sobre o Islamismo, podemos afirmar que:
I -  Teve origem na Península Arábica, no século VIII, sendo criada por Maomé.
II - É uma religião de caráter politeísta.
III -  Expandiu-se para diversas regiões do Oriente, sobre as bases do Império Persa, e alcançou também a Península Ibérica.
 
		
	
	Somente as alternativas I e III estão corretas
	
	Somente a alternativa I está correta
	
	Somente a alternativa II está correta
	
	Somente as alternativas II e III estão corretas
	 
	Todas as alternativas estão corretas.
	Respondido em 22/08/2021 11:47:46
	
Explicação:
Sobre o Islamismo, podemos afirmar que teve origem na Península Arábica, no século VIII, sendo criada por Maomé; é uma religião de caráter politeísta e  expandiu-se para diversas regiões do Oriente, sobre as bases do Império Persa, e alcançou também a Península Ibérica.
 
	
	
	 
		8
          Questão
	
	
	Em relação ao Cristianismo, na antiguidade romana, é FALSO afirmar:
		
	
	O Imperador Nero realizou várias perseguições aos cristãos.
	
	Uma causa que explica a perseguição romana ao Cristianismo está relacionada à oposição dos cristãos aos cultos pagãos e ao culto ao imperador
	
	A doutrina cristã, devido a sua mensagem de esperança, perdão e fé, tinha grande aceitação entre pobres e escravos que viviam no Império Romano.
	
	Uma das punições utilizadas contra os cristãos consistia em lançá-los numa arena onde eram obrigados a enfrentar, desarmados, leões e outras feras
	 
	Através do Edito de Milão, o imperador Constantino baniu o Cristianismo de Roma e de toda a Península Itálica.
	Respondido em 22/08/2021 11:48:24
	
Explicação:
Através do Edito de Milão, o imperador Constantino baniu o Cristianismo de Roma e de toda a Península Itálica.
1. O historiador árabe Ibn Al-Athir nos deixou o seguinte relato sobre as Cruzadas:
“No primeiro dia, Yaghi Siyan11 ordenou aos muçulmanos que saíssem para limpar os fossos que cercam a cidade. No dia seguinte, para a mesma tarefa, só mandou cristãos. Ele os fez trabalhar até à noite e, quando quiseram entrar, ele os impediu, dizendo: ‘Antioquia é sua, mas é preciso que deixem para mim até que eu tenha resolvido nosso problema com os franj12’. Eles lhes perguntaram, então: ‘Quem protegerá nossos filhos e nossas mulheres?’, ao que o emir respondeu: ‘Cuidarei eu deles no seu lugar e tempo’. Ele protegeu efetivamente as famílias dos expulsos e não permitiu que se tocasse num fio de cabelo de suas cabeças”.
(MAALOUF, 2007)
Com base neste fragmento de texto, responda:
a) A que acontecimento histórico a narrativa se refere?
Gabarito sugerido
Às Cruzadas.
b) Que tratamento diferenciado é possível identificar por parte dos muçulmanos em relação aos cristãos? Justifique sua resposta.
Gabarito sugerido
Uma postura de cuidado e de proteção do califa muçulmano para com os cristãos que viviam nos territórios conquistados.
2. Leia, a seguir, um trecho dos Dictatus Papae – os ditados publicados pelo papa Gregório VII, em 1075, nos quais foram lançadas as bases da teocracia papal:
I. “Que só a Igreja romana foi fundada por Deus.
II. Que, portanto, só o pontífice romano tem o direito a chamar-se universal.
III. Que só ele pode depor ou estabelecer bispos.
IV. Que um enviado seu, ainda que seja inferior em grau, tem proeminência sobre todos os bispos em um concílio e pode pronunciar sentença de deposição contra eles.
VI. Que não devemos ter comunhão nem permanecer na mesma casa com quem foi excomungado pelo pontífice.
IX. Que todos os príncipes devem beijar os pés somente do papa.
XI. Que seu título é único no mundo.
XII. Que é lícito depor o imperador”.
(ARTOLA, 1978, p. 95-96)
Com base no texto, identifique o poder que o papa acreditava possuir sobre as autoridades eclesiásticas e laicas.
Gabarito comentado
O papa acreditava ser o único capaz de depor um imperador e de ser o único frente a quem os príncipes deveriam se humilhar, beijando seus pés.
3. Assinale a opção que representa um símbolo da união entre a Igreja Romana e o imperador carolíngio:
Parte superior do formulário
a) A difusão da ideia de que o poder episcopal se sobrepunha à autoridade imperial.
b) O controle que os imperadores garantiram aos clérigos do sistema de arrecadação dos impostos.
c) A exclusividade do exercício dos cargos administrativos e burocráticos do Império Carolíngio pelos clérigos.
d) A garantia dada pelo imperador ao papado de que a cidade de Roma estaria sob a órbita de controle bizantino.
e) A realização de uma reforma que garantiu a uniformidade das casas monásticas sob a proteção imperial e a adoção da regra beneditina.
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Letra E
4. O movimento cruzadístico:
Parte superior do formulário
a) Constituiu uma única expedição realizada pelos cristãos nas terras orientais.
b) Não trouxe para o Ocidente nenhum ganho econômico ou nenhuma conquista territorial.
c) Tinha como objetivo religioso promover a libertação da Terra Santa das mãos dos muçulmanos.
d) Representou uma das grandes vitórias das tropas cristãs, que conquistaram terras na Palestina, conservadas até a modernidade.
e) Foi realizado com objetivos somente econômicos, representando uma tentativa dos ocidentais de controlar as rotas comerciais bizantinas.
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Letra C
5. Uma das estratégias reformistas utilizadas no Período Gregoriano foi:
Parte superior do formulário
a) Permitir o casamento clerical.
b) Submeter a autoridade papal à imperial.
c) Ampliar a venda de cargos eclesiásticos.
d) Promover a disciplinarização moral do clero e da sociedade laica.
e) Estabelecer um imposto específico a ser pago exclusivamente pelos muçulmanos.
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Letra D
		Disciplina: CEL1010 - HISTÓRIA DO CRISTIANISMO 
	202008642825
	
	 
		1
          Questão
	
	
	Acerca do Império Carolíngio, é correto afirmar que:
I - Foi estruturado pela dinastia carolíngia sobre as bases do Reino Visigodo.
II  - Seus imperadores basearam o seu poder na forte aliança que mantiveram com o papado romano.
III  - Os monges foram os aliados mais importantes dos monarcas carolíngios na difusão do cristianismo e do ideal imperial entre os seus súditos.
 
		
	
	As afirmativas I e III estão corretas
	
	Todas as afirmativas estão erradas
	 
	As afirmativas II e III estão corretas
	
	Somente a afirmativa I está correta
	
	Todas as afirmativas estão corretas
	Respondido em 23/08/2021 15:18:17
	
Explicação:
Os imperadores carolíngios tiveram o seu poder baseado na forte aliança que mantiveram com o papado romano e os monges foram os seus aliados mais importantes na difusão do cristianismo e do ideal imperial entre os seus súditos.
 
	
	
	 
		2
          Questão
	
	
	Sobre as Cruzadas, podemos afirmar que:
I -  Tinham como objetivo resgatar a Terra Santa do domínio muçulmano.
II -  Foram movimentos essencialmente religiosos, sem nenhum caráter militar.
III  - Permitiu que as cidades italianas, a partir da Quarta Cruzada, mantivessem o controle sobre a rota comercial bizantinaSomente a afirmativa I está correta
	
	Todas as afirmativas estão erradas
	
	As afirmativas II e III estão corretas
	
	Todas as afirmativas estão corretas
	 
	As afirmativas I e III estão corretas
	Respondido em 23/08/2021 15:18:54
	
Explicação:
As Cruzadas tinham como objetivo resgatar a Terra Santa do domínio muçulmano e permetiram que as cidades italianas, a partir da Quarta Cruzada, mantivessem o controle sobre a rota comercial bizantina.
 
	
	
	 
		3
          Questão
	
	
	Ordem religiosa que surgiu no Ocidente medieval e que se caracterizou pela prática caritativa e pelo investimento na formação intelectual dos seus monges:
		
	
	Beguinas
	
	Franciscanos
	
	Beneditinos
	 
	Cluny
	
	Cister
	Respondido em 23/08/2021 15:19:44
	
Explicação:
Cluny foi a ordem religiosa que surgiu no Ocidente medieval e que se caracterizou pela prática caritativa e pelo investimento na formação intelectual dos seus monge.
	
	
	 
		4
          Questão
	
	
	Análise o quadro abaixo.
	I ¿ Reforma Protestante
	a) Criação do Estado do Vaticano.
	II ¿ Cisma do Oriente
	b) Divergências políticas que levaram o papado a ser transferido para a cidade de Avignon.
	III ¿ Cisma do Ocidente
	c) Tentativas de alteração das doutrinas religiosas da Igreja, principalmente a partir da crítica da venda de indulgências.
	IV ¿ Tratado de Latrão
	d) Divisão da Igreja e surgimento do chamado cristianismo ortodoxo.
De acordo com seus conhecimentos sobre a história da Igreja Católica, relacione corretamente os fatos da coluna da esquerda com suas principais características expostas na coluna da esquerda.
		
	
	I-d; II-b; III- a; IV-c
	
	 I-c; II-a; III- d; IV-b.
	
	 I-c; II-a; III- c; IV-b.
	 
	I-c; II-d; III- b; IV-a.
	
	 I-b; II-d; III- a; IV-a.
	Respondido em 23/08/2021 15:20:05
	
Explicação:
Os fatos acima referidos estão relacionados com momentos de importantes transformações políticas e religiosas dentro da Igreja, marcando divisões dentro da instituição ou mesmo alianças com outros Estados e grupos políticos.
	
	
	 
		5
          Questão
	
	
	 O Império Bizantino , ao longo de sua história, apresentou um governo que se caracterizou por:
		
	
	Altamente teocrático
	
	proporcionar condições sociais que possibilitaram eliminar, desde suas origens, o problema da escravidão.
	 
	apresentar um caráter despótico associado à grande influência religiosa, dando-lhe uma feição teocrática.
	
	controlar, chegando a eliminar completamente, o poder da burocracia no Estado.
	
	procurar eliminar suas origens romanas e por restringir o poder dos soberanos, que era bastante limitado.
	Respondido em 23/08/2021 15:20:35
	
Explicação:
Ao longo de sua história, observamos que os limites entre o poder religioso e o poder político se confundiram no Império Bizantino. Além de determinar várias das decisões que influenciavam a economia e a sociedade, o imperador passou a ter poder de mando na escolha dos clérigos e em outras determinações da Igreja. Na medida em que os reis bizantinos assumiam condição de chefia na Igreja Cristã Oriental, tal fenômeno passou a ser conhecido como ¿cesaropapismo¿.
 
	
	
	 
		6
          Questão
	
	
	No ano 313 d.C., o imperador Constantino reconheceu o cristianismo como a religião oficial do Império Romano, por meio do Édito de Milão. Sobre o cristianismo na Antiguidade, é INCORRETO afirmar:
		
	
	Por serem politeístas, os romanos inicialmente resistiram em aceitar o monoteísmo cristão.
	
	Durante a Antiguidade, ocorreram conversões ao cristianismo de muitos povos chamados ¿bárbaros¿.
	
	Os primeiros cristãos sofreram grandes perseguições por motivos políticos.
	
	No início de sua formação, a Igreja Cristã baseou sua estrutura na organização do Império Romano, reproduzindo também sua divisão de poder.
	 
	A partir do Édito de Milão, ficou estabelecido que somente autoridades religiosas poderiam determinar os rumos da Ig
	Respondido em 23/08/2021 15:21:19
	
Explicação:
A partir do Édito de Milão, ficou estabelecido que somente autoridades religiosas poderiam determinar os rumos da Ig
	
	
	 
		7
          Questão
	
	
	Na origem do chamado Cisma do Oriente, pode-se apontar corretamente:
		
	 
	no Império Bizantino, a Igreja era submetida ao Imperador e promovia um excessivo culto aos ídolos e às imagens.
	
	significou o aparecimento de inúmeras seitas ¿reformadas¿, que se desligaram da Igreja romana.
	
	em Bizâncio, ao contrário do cristianismo ocidental, as imagens e os ídolos dos santos não eram objetos de adoração e culto.
	
	as desavenças entre os membros da hierarquia católica e o Imperador bizantino diziam respeito à cobrança das indulgências e à corrupção dos bispos.
	
	 Não havia relação de cobrança entre império Bizantino e Inperador não tinha influência
	Respondido em 23/08/2021 15:21:31
	
Explicação:
Ao longo do tempo, vemos que o cristianismo bizantino adotava práticas e concepções que se distanciavam claramente das noções lançadas pelos clérigos situados em Roma. No mundo cristão ocidental, observamos que o imperador tinha grande influência sob os assuntos religiosos e empregava os ícones como um meio de reafirmação da sua autoridade entre a população. Vale salientar que esse tipo de culto após uma árdua discussão teológica estabelece as diferenças religiosas entre a imagem e o ídolo.
1. Assista a este vídeo e reflita sobre a importância que os templários tiveram no movimento cruzadístico.
Gabarito sugerido
A Ordem dos Cavaleiros Templários – estabelecida, inicialmente, nas vizinhanças do templo de Jerusalém (fato que originou seu nome) – foi fundada em 1118. Como uma ordem monástico-militar, seu objetivo era proteger a Terra Santa dos ataques de forças muçulmanas.
Entre seus principais feitos, os templários:
· Desenvolveram grande atividade militar, participando de numerosas batalhas;
· Lutaram para conquistar a cidade de Damasco;
· Enfrentaram as tropas turcas;
· Guerrearam para manter as forças cristãs na cidade de Jerusalém.
2. A imagem a seguir é de um dos intelectuais mais influentes da cultura medieval:
Identifique o movimento teológico e filosófico a que pertenceu e as principais ideias por ele defendidas.
Gabarito comentado
Tomás de Aquino pertenceu ao escolasticismo. Ele pretendia promover uma conciliação entre o pensamento lógico de filósofos da Antiguidade – sobretudo Aristóteles – com os princípios teológicos defendidos pela Igreja, que, até o século XI, mantinha como norma o pensamento de Santo Agostinho, segundo o qual a fé tinha determinado grau de preponderância em relação à razão.
Observe a iluminura 11 a seguir:
 Excomunhão dos cátaros pelo papa Inocêncio III (Fonte: //www.cathar.info/).
Identifique os princípios dogmáticos defendidos pelos cátaros, que divergiam daqueles pregados pela ortodoxia católica.
Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
Gabarito comentado
Os cátaros buscavam a purificação pela renúncia aos prazeres físicos e à riqueza. Eram contrários ao batismo de crianças e empregavam uma intitulada consolamentum, por meio da qual um novo membro era admitido, purificado das influências mundanas e, assim, preparado para o retorno ao mundo da alma e de Deus. Como relacionavam este mundo (material) a um ser demoníaco, rejeitavam todas as instituições que julgavam mundanas – inclusive a Igreja, representada pelo clero.
4. A corrente de pensamento voltada para a conciliação entre razão e fé, e cujo surgimento teve estreita relação com as atividades de ensino desenvolvidas no interior dos mosteiros e das catedrais durante a Baixa Idade Média, era chamada de:
Parte superior do formulário
Catarismo
Beneditismo
Bogomilismo
Escolasticismo
Franciscanismo
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Escolasticismo
5. O grupo religioso, dissidente da Igreja Romana, que defendia, enfaticamente, a leitura do texto bíblico em versões traduzidas para os idiomas locais, foi representado pelos:Parte superior do formulário
Cátaros
Valdenses
Bogomilos
Templários
Dominicanos
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Valdenses
		Disciplina: CEL1010 - HISTÓRIA DO CRISTIANISMO 
	202008642825
	
	 
		1
          Questão
	
	
	1 - As Cruzadas foram movimentos religiosos e militares que abrigavam dois tipos de discurso: um discurso pacifista e um discurso belicista. Sobre tais discursos é correto afirmar que:
I - Uma das características do discurso pacifista presente nas Cruzadas foi a de entender este movimento como uma expressão de espiritualidade que levaria os seus participantes a expiar os seus pecados e alcançar a vida eterna.
II -Durante as Cruzadas, os discursos pacifista e belicista foram combinados nas ordens militares para dar sentido ao movimento.
III - O discurso belicista que caracterizou o movimento cruzadístico entendia o uso da força militar como um ato condenável no combater às forças infiéis.
 
		
	
	Somente as alternativas I e II estão corretas
	 
	Somente as alternativas I e III estão corretas.
	
	Somente a alternativa I está correta.
	
	Todas as alternativas estão corretas
	
	Somente a alternativa III está correta.
	Respondido em 24/08/2021 15:15:36
	
Explicação:
As Cruzadas foram movimentos religiosos e militares que abrigavam dois tipos de discurso: um discurso pacifista e um discurso belicista. Uma das características do discurso pacifista presente nas Cruzadas foi a de entender este movimento como uma expressão de espiritualidade que levaria os seus participantes a expiar os seus pecados e alcançar a vida eterna e o discurso belicista, que caracterizou o movimento cruzadístico, entendia o uso da força militar como um ato condenável no combater às forças infiéis.
 
	
	
	 
		2
          Questão
	
	
	O advento do cristianismo representou uma revolução na história ocidental, ultrapassando a dimensão religiosa. Ele influenciou de maneira decisiva as estruturas políticas, sociais, culturais e econômicas do Ocidente. Tendo sido perseguido de forma implacável durante um longo período, o cristianismo foi incorporado pelo Império Romano no governo de Constantino. Ao longo do processo histórico que propiciou a expansão do movimento cristão, observa-se que:
		
	
	o cristianismo apresentava um caráter herético e subversivo, na medida em que rompia com os dogmas judaicos e, ao mesmo tempo, representava um fator de desestruturação social e política para o governo de Roma.
	
	Império Romano apresentou uma forte expansão de suas fronteiras a partir da conquista da Gália e da Germânia, tendo sido favorecido nesse processo pela conversão das populações dessas regiões ao cristianismo.
 
	
	o cristianismo proporcionou a dinamização da economia do Império Romano, acelerando o processo do colonato que havia sido iniciado na crise do século III, garantindo a hegemonia de Roma sobre todo o mundo mediterrâneo.
	 
	 ampliação e consolidação do Império Romano resultaram essencialmente de sua aliança precoce com o movimento cristão, sendo que este representou um instrumento formidável de sustentação para o governo imperial.
	
	O cristianismo foi considerado religião oficial durante o império de Otávio Augusto, em 27 d.C
	Respondido em 24/08/2021 15:15:57
	
Explicação:
 ampliação e consolidação do Império Romano resultaram essencialmente de sua aliança precoce com o movimento cristão, sendo que este representou um instrumento formidável de sustentação para o governo imperial.
	
	
	 
		3
          Questão
	
	
	As ordens mendicantes foram formadas no século XIII com o objetivo de:
		
	
	Difundir o espírito messiânico entre a população urbana.
	
	Estimular a prática mendicante entre os elementos da nobreza.
	
	Construir uma religiosidade própria para o campesinato.
	 
	Difundir os princípios de uma religiosidade que atendesse às necessidades da população urbana, principalmente através das práticas caritativas.
	
	Oferecer aos monges a oportunidade de exercer a sua espiritualidade cada vez mais distante da sociedade.
	Respondido em 24/08/2021 15:16:27
	
Explicação:
As ordens mendicantes foram formadas no século XIII com o objetivo de difundir os princípios de uma religiosidade que atendesse às necessidades da população urbana, principalmente através das práticas caritativas.
	
	
	 
		4
          Questão
	
	
	Em 393, o imperador romano Teodósio (347-395) aboliu os Jogos Olímpicos, que há mais de um milênio reuniam atletas de várias partes do mundo grego. Foi o ponto final de um longo processo de decadência das competições esportivas na Antiguidade Clássica, que vinham sendo desvirtuadas havia já muito tempo por um profissionalismo crescente e pela falta de interesse dos romanos, que tinham conquistado a Grécia. Foi o cristianismo, no entanto, que deu o golpe fatal nesses jogos, que exaltavam o corpo e, ligados ao paganismo, constituíam um perigo para a nova religião, transformada em credo oficial do Império Romano por Teodósio. A vida terrestre, acreditavam os seguidores de Cristo, não era mais que um breve interlúdio antes de o homem alcançar a vida eterna. O corpo não podia ser exaltado.
VERDON, Jean. Na Idade Média, a Igreja condena o esporte. Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2013.
Várias foram as mudanças que a adoção do cristianismo causou na sociedade romana como, por exemplo:
		
	
	A religião romana, ainda com a adoção do cristianismo, venerava o imperador que, mesmo depois da morte, ocupava lugar entre os deuses tradicionais.
	
	 
Com as perseguições, a punição e o martírio nos espetáculos públicos, os cristãos recuaram, adotaram a religião oficial e passaram a cultuar o imperador romano.
 
	
	intensa violência praticada contra os seguidores do cristianismo ocorreu por um curto período, apenas durante os primeiros anos da Monarquia Romana.
	
	Para os romanos, a religião tinha apenas um sentido simbólico, sem nenhuma relação com o mundo prático.
	 
	Em 380 d.C., quando o imperador Teodósio foi batizado cristão, o cristianismo passou a ser considerado a religião oficial do Estado.
	Respondido em 24/08/2021 15:16:41
	
Explicação:
Em 380 d.C., quando o imperador Teodósio foi batizado cristão, o cristianismo passou a ser considerado a religião oficial do Estado.
	
	
	 
		5
          Questão
	
	
	Na Idade Média, desenvolveram-se dentro da Igreja instituições que tinham corporações de mestres e aprendizes, com privilégios e autonomia administrativa, e significaram importante avanço intelectual.
O texto anterior refere-se:
		
	
	aos Museus;
	
	às Bibliotecas;
	
	aos Conventos;
	
	às Irmandades;
	 
	às Universidades.
	Respondido em 24/08/2021 15:17:08
	
Explicação:
As universidades surgiram por volta dos séculos XI e XII, transformando-se em centro de produção intelectual na Europa ocidental. Obras de pensadores clássicos eram ensinadas, mas também os princípios religiosos cristãos, propagando, assim, entre uma elite intelectual, a cultura cristã.
	
	
	 
		6
          Questão
	
	
	Heresia medieval que acreditava que os seres humanos estavam presos em seus corpos físicos, vítimas de um deus maléfico, só podendo livrar-se dessa condição através das práticas caritativas:
		
	
	Beneditismo
	
	Cátaros
	
	Nestorianos
	
	Monofisistas
	 
	Bongomilos
	Respondido em 24/08/2021 15:17:35
	
Explicação:
Os bongomilos acreditavam que os seres humanos estavam presos em seus corpos físicos, vítimas de um deus maléfico, só podendo livrar-se dessa condição através das práticas caritativas:
1. Leia, a seguir, o trecho de uma das 95 teses escritas por Lutero:
“6 - O papa não pode remitir culpa alguma, senão declarando e confirmando que ela foi perdoada por Deus, ou, sem dúvida, remitindo-a nos casos reservados para si; se estes forem desprezados, a culpa permanecerá por inteiro.
[...]
48 - Deve-se ensinar aos cristãos que, ao conceder indulgências, o papa, assim como mais necessita, da mesma forma, mais deseja uma oração devota a seu favordo que o dinheiro que se está pronto a pagar”.
(PORTAL LUTERANOS, 1824)
Com base nessas teses, identifique uma das principais críticas feitas por Lutero à Igreja Católica.
Gabarito
Lutero criticava a venda de indulgências, afirmando que o papa não podia perdoar os pecados mediante nenhum tipo de pagamento além de sua própria palavra.
2. Leia, a seguir, um trecho que apresenta algumas orientações quanto à ação dos inquisidores:
“O modelo concebido para o inquisidor se inspira nos do pai e do sacerdote. Cabe a ele, além de punir, consolar e animar os réus, fazendo admoestações ‘com boas palavras’ para que confessem e peçam perdão por suas culpas (SANTO OFÍCIO, 1552, cap. 26).
Recomenda-se aos inquisidores que percorram os cárceres ao menos de 15 em 15 dias e sempre que necessário, para ouvirem os presos acerca de suas necessidades e provê-las, procurando saber se sofrem algum mau tratamento (id., cap. 30).
Há, também, recomendações explícitas para que não ‘escandalizem com suas palavras aos presos nem a outras pessoas que requeiram sua justiça’ (id., cap. 32).
Devem representar não a justiça implacável, que, na prática, caracterizava a ação do tribunal, mas uma justiça misericordiosa, que se condói da sorte do réu e lamenta ter de puni-lo para sua própria salvação”.
(LIMA, 1999)
De acordo com o fragmento de texto, como devem agir os inquisidores?
Gabarito
Os inquisidores devem dar atenção aos condenados, buscando ouvi-los em confissão, e prover suas necessidades, agindo de forma misericordiosa, condoendo-se da sorte dos réus e lamentando o fato de ter de puni-los.
3. O movimento reformista que teve por base a doutrina da predestinação foi o:
Parte superior do formulário
a) Calvinismo
b) Anabatista
c) Catolicismo
d) Luteranismo
e) Anglicanismo
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Letra A
4. O sacramento da Igreja, cuja forma de aplicação foi objeto de contestação pelo movimento anabatista, denomina-se:
Parte superior do formulário
a) Crisma
b) Batismo
c) Eucaristia
d) Matrimônio
e) Unção dos enfermos
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Letra B
5. A instituição utilizada como instrumento da Contrarreforma para condenar e penalizar os hereges era chamada de:
Parte superior do formulário
a) Irmãos Suíços
b) Reforma Luterana
c) Liga de Esmalcada
d) Companhia de Jesus
e) Tribunal da Inquisição
Parte inferior do formulário
Parabéns, você acertou! Letra D
		Disciplina: CEL1010 - HISTÓRIA DO CRISTIANISMO 
	202008642825
	
	 
		1
          Questão
	
	
	As ideias de Lutero inspiraram-se nas reformas defendidas, no século XIV, por um inglês: o padre e professor de teologia em Oxford, John Wycliff (1328 ¿ 1384). Uma das principais críticas de Wycliff ao papado foi:
		
	
	ao batismo de adultos
	
	a desvalorização do sacramento da eucaristia
	
	a maciça perseguição aos judeus
	
	a primazia do papado romano sobre as demais sedes episcopais
	 
	a prática da venda de indulgências (perdão dos pecados) em troca de favores oferecidos à Igreja.
	Respondido em 25/08/2021 08:55:28
	
Explicação:
Uma das principais críticas de Wycliff ao papado foi a prática da venda de indulgências (perdão dos pecados) em troca de favores oferecidos à Igreja.
	
	
	 
		2
          Questão
	
	
	Assinale a opção que indica as principais contribuições culturais de Roma para o mundo ocidental.
		
	
	A escolástica, o nicolaísmo e o cesaropapismo.
	
	 O absolutismo, a literatura, a filosofia e a religião.
	
	 O iluminismo, a língua italiana e o estilo romântico.
	
	As heresias, a religião politeísta e a universidade.
 
	 
	O direito, o cristianismo, a língua e a literatura latinas.
	Respondido em 25/08/2021 08:56:04
	
Explicação:
O direito, o cristianismo, a língua e a literatura latinas.
	
	
	 
		3
          Questão
	
	
	Podemos afirmar que o Calvinismo:
I -  Foi uma das correntes reformistas que se desenvolveu na Europa ao longo do século XVI, protestando contra alguns dogmas católicos.
II -  Divergia do luteranismo por defender a Doutrina da Predestinação.
III - Defendia que os seus fiéis não deveriam acumular riquezas e condenava a prática do trabalho manual-
		
	 
	As alternativas I e II estão corretas
	
	Todas as alternativas estão corretas
	
	Todas as alternativas estão incorretas
	
	As alternativas I e III são verdadeiras
	
	Somente a alternativa II é verdadeira
	Respondido em 25/08/2021 08:56:35
	
Explicação:
O Calvinismo foi uma das correntes reformistas que se desenvolveu na Europa ao longo do século XVI, protestando contra alguns dogmas católicos e divergia do luteranismo por defender a Doutrina da Predestinação.
 
 
	
	
	 
		4
          Questão
	
	
	O chamado Concílio de Trento, ocorrido entre as décadas de 1540 e 1560, teve como objetivo principal reafirmar os dogmas católicos. Tal objetivo partiu de uma necessidade no seio da Igreja Católica, que decorreu do impacto exercido:
		
	
	pela Revolução Russa
	
	pela Companhia de Jesus
	
	pela Revolução Francesa
	 
	pelas Reformas Protestantes
	
	pelo pelagianismo
	Respondido em 25/08/2021 08:57:04
	
Explicação:
O Concílio de Trento ocorreu cerca de trinta anos após a deflagração do movimento reformista pelo monge agostiniano Martinho Lutero. As Reformas Protestantes, durante o século XVI, conduziram a Europa a incessantes focos de guerra civil. Em meio à situação de caos político, a Igreja Católica precisou organizar um Concílio para decidir que caminho tomar a partir de então. Esse Concílio foi reunido na cidade de Trento entre as décadas de 1540 e 1560. Essa demora ocorreu sobretudo porque a reunião precisou ser interrompida mais de uma vez por conta das guerras civis religiosas.
	
	
	 
		5
          Questão
	
	
	Uma das resoluções do Concílio de Trento visava à padronização do rito da missa. Marque a alternativa que assinala uma característica da missa definida pelo Concílio de Trento:
		
	
	 houve a abolição do ritual da comunhão com a hóstia consagrada.
 
	
	o sacerdote deveria rezar a missa de costas para o sacrário e de frente para o público fiel.
	
	os fiéis leigos também poderiam ministrar os sacramentos durante a missa.
	 
	 toda a liturgia deveria ser rezada em latim
	
	a liturgia abandou todos os símbolos e imagens, desde o sacrário até o uso de batinas pelos padres.
	Respondido em 25/08/2021 08:58:00
	
Explicação:
Uma das resoluções do Concílio de Trento referente à celebração da santa missa referia-se justamente à preservação do latim como língua litúrgica, haja vista que foi essa a língua que deu unidade ao mundo cristão durante a Idade Média.
Voltar a questão
	
	
	 
		6
          Questão
	
	
	A divisão do Império Romano em dois, em Império Romano do Oriente e Império Romano do Ocidente, repercutiu nas questões religiosas do cristianismo, das quais podemos citar o Cisma do Oriente, em 1054, que resultou:
		
	
	na criação do Tribunal do Santo Ofício.
	
	na Reforma Protestante.
	
	a criação espiritismo
	
	no movimento das Cruzadas.
	 
	criacao da Igreja ortodoxa
	Respondido em 25/08/2021 08:58:25
	
Explicação:
As diferenças doutrinárias que passaram a surgir entre as duas áreas oriundas do Império Romano, como a questão do monofisismo e a iconoclastia, além de disputas por poder político, levaram a Igreja a dividir-se em duas em meados do século XI, surgindo a Igreja Católica do Ocidente, com sede em Roma, e a Igreja Católica do Oriente, com sede em Constantinopla, atual Istambul, na Turquia.
 
	
	
	 
		7
          Questão
	
	
	A ideia defendida por Lutero que inspirou Thomas Müntzer na Guerra dos Camponeses, que eclodiu em 1524, na Alemanha foi:
		
	
	a venda de indulgências
	
	o livre arbítrio
	
	o milenarismo
	 
	a justiça social
	
	a prática da caridade
	Respondido em 25/08/2021 08:59:00
	
Explicação:
A  justiça social, defendida por Lutero, inspirou Thomas Müntzer na Guerra dos Camponeses, que eclodiu em 1524, na Alemanha.
	
1.O texto abaixo é um trecho dos trinta e nove artigos da Igreja Anglicana. Leia e responda à questão proposta:
Os sacramentos instituídos por Cristo não são unicamente designações ou indícios da profissão dos cristãos, mas antes testemunhos certos de verdade divina, e sinais da graça, e da boa vontade de Deus para conosco, pelos quais ele fortalece e confirma a nossa fé nele.
Há dois Sacramentos ordenados por Cristo nosso Senhor no Evangelho, isto é, o Batismo e a Ceia do Senhor. Os cinco vulgarmente chamados sacramentos, isto é, Confirmação, Penitência, Ordens, Matrimônio, e Extrema Unção, não devem ser contados como sacramentos do evangelho, tendo em parte emanado duma corrupta imitação dos apóstolos, e sendo, em parte, estados de vida permitidos nas Escrituras; não tem, contudo, a mesma natureza de sacramentos como o Batismo e a Ceia do Senhor, porque não tem sinal algum visível ou cerimônia ordenada por Deus.
Os sacramentos não foram ordenados por Cristo para servirem de espetáculo, ou serem levados em procissão, mas para devidamente os utilizarmos. E só nas pessoas que dignamente os recebem ele produz um benefício espiritual; mas os que indignadamente os recebem, adquirem para si mesmos a condenação, como diz São Paulo.
a) Defina o que os sacramentos representam para a Igreja Anglicana.
Gabarito comentado
São testemunhos certos da verdade divina. São sinais da graça e da boa vontade de Deus para com os homens, através dos quais Deus fortalece e confirma a fé dos homens Nele.
b) Identifique os sacramentos utilizados na Igreja Anglicana.
Gabarito comentado
O Batismo e a Ceia.
2. Leia um trecho da carta enviada pelo padre Manoel da Nóbrega, de 1588, para tratar da forma como os indígenas deveriam ser orientados. Em seguida, procure identificar as orientações dadas pelo jesuíta para que os índios alcançassem o status de cristãos.
Primeiramente, o gentio se deve sujeitar a fazê-lo viver como criaturas racionais, fazendo-lhes guardar a lei natural. A lei, que lhes hão de dar, é defender-lhes comer carne humana e guerrear sem licença do Governador; fazer-lhes ter uma só mulher, vestirem-se, pois têm muito algodão, ao menos depois de cristão, tirar-lhes os feiticeiros, mantê-los em justiça entre si e para com os cristãos; fazê-los viver quietos sem se mudarem para outra parte, se não for para entre cristãos, tendo terras repartidas que lhes bastem, e com estes padres da Companhia para os doutrinarem.
Fonte: ALMEIDA, M. de C. Catequese, aldeamento e missionação. In: FRAGOSO, João Luís Ribeiro. GOUVÊA, Maria de Fátima (Org.). O Brasil colonial: volume 1 (1443 - 1580). 1. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2014. p. 404
Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
Gabarito comentado
Os indígenas deveriam abandonar a prática do canibalismo e a poligamia. Não deveriam mais andar nus. Deveriam também abandonar a feitiçaria e o nomadismo, não se deslocando mais de uma região para outra e aprendendo a explorar a terra.
3. Igreja protestante originária da Inglaterra, que tinha como característica o exercício da liderança religiosa pelo monarca:
Parte superior do formulário
a) Presbiteriana.
b) Luterana.
c) Anabatista.
d) Anglicana.
e) Puritana.
Parte inferior do formulário
Parabéns! Você acertou! Letra C
.Sobre o processo de cristianização da América colonial, podemos afirmar que:
Parte superior do formulário
a) Os espanhóis permitiram a livre pregação do calvinismo em suas colônias.
b) As missões foram as estratégias mais utilizadas pelas coroas espanhola e portuguesa para catequizar a população indígena.
c) A coroa portuguesa não permitiu a ação de membros dos tribunais da Inquisição no Brasil.
d) Os jesuítas se recusaram a apoiar o projeto colonizador das coroas ibéricas na América
e) Os franceses, atraídos pelo pau-brasil, ocuparam uma vasta faixa de terras na região Sul do país, que era rica em minérios, e formaram um dos primeiros núcleos protestantes no Brasil.
Parte inferior do formulário
Parabéns! Você acertou! Letra B
		Disciplina: CEL1010 - HISTÓRIA DO CRISTIANISMO 
	202008642825
	
	 
		1
          Questão
	
	
	Leia o texto a seguir:
 
"[...] Aqueles que deixaram a Espanha para converter os índios viram-se incumbidos de uma missão de especial importância no esquema divino da história, pois a conversão do Novo Mundo era um prelúdio necessário para seu término e para a segunda vinda de Cristo. Acreditavam também que, entre esses povos inocentes da América ainda não contaminados pelos vícios da Europa, poderiam construir uma Igreja que se aproximasse da de Cristo e os primeiros apóstolos. Os primeiros estágios da missão americana, com o batismo em massa de centenas de milhares de índios, pareciam garantir o triunfo desse movimento em prol de um retorno ao cristianismo primitivo que havia tão repetidamente sido frustrado na Europa. [...] No entanto, embora o índice de conversão fosse espetacular, sua qualidade deixava muito a desejar. Havia sinais alarmantes de que os índios que haviam adotado a fé com aparente entusiasmo ainda veneravam seus velhos ídolos em segredo. Os missionários também se chocaram contra muralhas de resistência nos pontos em que suas tentativas de incutir os ensinamentos morais do cristianismo conflitavam com padrões de comportamento estabelecidos havia muito tempo. Não era fácil, por exemplo, inculcar as virtudes da monogamia a uma sociedade que via as mulheres como servas e o acúmulo de mulheres como fonte de riqueza.
(ELLIOT, J. H. "A conquista espanhola e a colonização da América". In: BETHELL, L. (org.). História da América Latina: América Latina Colonial I. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1998, v. 1 p. 185-186.)
		
	
	Quando os missionários das diversas ordens religiosas perceberam que os indígenas eram desobedientes e necessitavam de cuidado especial, propuseram à Coroa espanhola que estimulasse o casamento misto como forma de forçar a adoção - por parte dos nativos - da Fé Cristã.
	
	As comunidades indígenas existentes nas Américas portuguesa e espanhola, juntamente com os missionários, investiram no cultivo da terra e exportação de produtos manufaturados  para a Europa.
	
	A primeira geração de missionários percebeu que os índios não conseguiam compreender a diferença entre adoração a uma imagem e o conteúdo religioso que ela representava. Para solucionar esse problema, algumas imagens de deuses indígenas foram inseridas nas igrejas católicas construídas nas colônias.
	
	As ordens religiosas que no novo mundo se instalaram utilizaram-se do ouro existente em abundância e do trabalho indígena para conquistá-los para a fé cristã, prometendo-lhes defender suas terras, espaço de sobrevivência terrena, e o reino dos céus, lugar do descanso após a morte.
	 
	A Espanha, baluarte do catolicismo, investiu na conquista religiosa dos nativos acreditando, a princípio, que os indígenas, por não conhecerem nem terem tido contato com os defeitos morais e maus hábitos existentes no  velho mundo, fossem mais propensos à conversão para a Fé Católica.   
	Respondido em 25/08/2021 16:36:34
	
Explicação:
A Espanha, baluarte do catolicismo, investiu na conquista religiosa dos nativos acreditando, a princípio, que os indígenas, por não conhecerem nem terem tido contato com os defeitos morais e maus hábitos existentes no  velho mundo, fossem mais propensos à conversão para a Fé Católica.   
	
	
	 
		2
          Questão
	
	
	O trecho abaixo se refere a Bula do papa Paulo III, publicada em 1535.
¿Mas se o Rei Henrique e os outros citados acima não se apresentarem dentro dos prazos especificados para cada um deles, e se eles levarem com espírito endurecido a dita sentença de excomunhão por três dias (o que Deus impeça) depois de passados os ditos prazos , impomos sobre eles penas sucessivamente mais pesadas. Proclamamos que o Rei Henrique incorreu no castigo da privação de seu reino e que ele para sempre seja afastado de todos os fiéis cristãos e seus bens.¿
(BETTENSON,H. Documentos da Igreja Cristã. São Paulo:Aste, 1967. p.273).
A partir da leitura do texto, identifique o motivo que levou o Papa a publicar esta bula:
		
	
	O rei francês Henrique IV assumiu a liderança da Igreja declarando ter autoridade superior à do papa.
	 
	O rei inglês, Henrique VIII, rompeu com a autoridade religiosa do papa, proclamou-se chefe da Igreja inglesa e apropriou-se das terras eclesiásticas.
	
	O rei Henrique IV, da Alemanha, proibiu os seus fiéis de contribuir com dízimos para a Igreja Católica.
	
	O rei Henrique III proclamou-se líder da Igreja espanhola adotando o Calvinismo como religião oficial.
	
	O rei Henrique VIII, adotou o Luteranismo como a religião oficial do Estado francês.
	Respondido em 25/08/2021 16:37:05
	
Explicação:
O motivo que levou o Papa a publicar esta bula foi que o rei inglês, Henrique VIII, rompeu com a autoridade religiosa do papa, proclamou-se chefe da Igreja inglesa e apropriou-se das terras eclesiásticas.
	
	
	 
		3
          Questão
	
	
	Do ponto de vista dogmático e teológico, uma das posições que a Igreja Católica reafirmou por meio do Concílio de Trento foi:
		
	
	a permissão de compreensões divergentes dos dogmas católicos, conhecidas sob o nome de heresias.
	 
	 a necessidade dos sacramentos da confissão e do exame de consciência para o alcance da graça santificante.
	
	 a rejeição da ideia de Trindade, entre Pai, Filho e Espírito Santo.
	
	a admissão de mulheres entre altos cargos clericais, incluindo o de papisa.
	
	a permissão sem restrições da prática da venda de indulgências.
	Respondido em 25/08/2021 16:37:38
	
Explicação:
A confissão, apoiada no exame de consciência, foi um dos sacramentos reafirmados pela Igreja Católica por meio do Concílio de Trento. A confissão tinha, sobretudo, a função de estabelecer uma mediação entre o fiel e um clérigo, que também poderia ser o seu diretor espiritual.
	
	
	 
		4
          Questão
	
	
	A atuação dos tribunais da Inquisição nas colônias portuguesas e espanholas se baseou na necessidade de:
		
	 
	Combater a proliferação das ideias protestantes nos territórios coloniais
	
	Permitir que as heresias condenadas na Europa pudessem ser pregadas para os colonos
	
	Conter o avanço do Catolicismo nestas regiões
	
	Garantir a defesa da liberdade religiosa aos cristãos novos
	
	Nenhuma das alternativas está correta.
	Respondido em 25/08/2021 16:37:59
	
Explicação:
A atuação dos tribunais da Inquisição nas colônias portuguesas e espanholas se baseou na necessidade decombater a proliferação das ideias protestantes nos territórios coloniais
	
	
	 
		5
          Questão
	
	
	Identifique a alternativa que representa as nações do mundo moderno que se tornaram as primeiras a construir impérios coloniais em territórios africanos, asiáticos e americanos e a religião que implantaram nas suas colônias:
		
	 
	Portugal e Espanha. Catolicismo
	
	Alemanha e Itália. Luteranismo
	
	Inglaterra e França. Calvinismo
	
	Espanha e Inglaterra. Catolicismo
	
	França e Portugal. Anglicanismo
	Respondido em 25/08/2021 16:38:41
	
Explicação:
Portugal e Espanham foram as nações do mundo moderno que se tornaram as primeiras a construir impérios coloniais em territórios africanos, asiáticos e americanos e neles implantaram o Catolicismo.
	
	
1. [...] na ideia de Wesley, o Metodismo era um retorno ao Cristianismo primitivo ou uma nova Reforma, visto que significava um avivamento do espírito cristão de comunidade na vida moral e na ação social.
(DAWSON, Christopher. A divisão da cristandade. São Paulo: É Realizações, 2014. p. 266)
A partir desta afirmação de Christopher Dawson sobre Wesley, identifique uma luta empreendida pelos metodistas da América do Norte que tenha uma específica motivação social.
Gabarito sugerido
A luta abolicionista.
2. [...] Os autores iluministas, encabeçados por Voltaire e Montesquieu (1689-1755), viam a Inglaterra como a personificação dos ideais liberais: liberdade política, tolerância religiosa, livre comércio e independência pessoal. Aos olhos dos filósofos franceses, a Inglaterra mostrara que tais coisas não só eram possíveis, como eram o segredo da fenomenal prosperidade e poderio que o país alcançara desde a Revolução Inglesa.
(DAWSON, Christopher. A divisão da cristandade. São Paulo: É Realizações, 2014. p. 284-285)
Com base na citação acima, identifique, nos princípios defendidos pela reforma protestante na Inglaterra, um que se compatibilize com o modelo de sociedade dos iluministas.
Gabarito sugerido
A liberdade política.
3. Podemos afirmar que uma das consequências da perseguição empreendida pelo rei Carlos I contra os puritanos na Inglaterra foi:
Parte superior do formulário
a) A aliança entre puritanos e católicos contra Carlos I.
b) A aceitação, pelos puritanos, da autoridade papal.
c) A fuga de puritanos para o continente norte-americano.
d) O aumento de poder do Parlamento inglês.
e) a unificação das Igrejas Anglicanas da Inglaterra e da Escócia
Parte inferior do formulário
Parabéns! Você acertou! Letra C
4. O congregacionalismo, sistema de organização religiosa empregado pelos protestantes separatistas na América do Norte, pode ser definido como:
Parte superior do formulário
a) Um regime eclesiástico no qual as decisões são tomadas por uma igreja central de caráter mundial.
b) Um regime eclesiástico no qual as decisões são tomadas por cada igreja, autonomamente.
c) Um regime eclesiástico no qual as decisões são tomadas pela principal igreja da região.
d) Um regime eclesiástico no qual as decisões são tomadas por uma igreja central de caráter continental.
e) Um regime eclesiástico no qual as decisões são tomadas por uma comissão formada por representantes de várias igrejas.
Parabéns! Você acertou! Letra B
Parte inferior do formulário
5. Podemos afirmar que o Iluminismo, corrente de pensamento que se desenvolveu ao longo do século XVIII, postulou a seguinte relação entre a religião e o estado:
Parte superior do formulário
O estado deve vincular-se a qualquer religião.
O estado deve vincular-se apenas ao Catolicismo.
O estado deve vincular-se apenas ao Protestantismo.
O estado deve vincular-se ao Catolicismo e ao Protestantismo.
O estado não deve vincular-se a nenhuma religião.
Parte inferior do formulário
Parabéns! Você acertou! O estado não deve vincular-se a nenhuma religião 
		Disciplina: CEL1010 - HISTÓRIA DO CRISTIANISMO 
	202008642825
	
	 
		1
          Questão
	
	
	Como efeito do avanço das ideias iluministas na sociedade ocidental, a partir do século XVIII, que defendiam uma ruptura intelectual entre a ciência e a religião e a laicidade do Estado, surgiram duas tendências dentro do Cristianismo: o racionalismo e o reavivamento. Sobre tais tendências é correto afirmar que:
I -  O racionalismo deu origem a um movimento formalista, especialmente entre os luteranos, que buscaram aproximar a racionalidade do discurso dogmático. 
II -  Os reavivacionistas (ou pietistas) investiram cada vez mais no reforço dos aspectos emocionais e místicos da religião e dos seus ritos.
III - Os quackers, representantes da tendência reavivacionistas, acreditavam que a iluminação religiosa viria sobretudo através da busca espiritual individual
 
		
	
	Somente a alternativa II está correta
	 
	Todas as alternativas estão corretas
	
	Todas as alternativas estão incorretas
	
	As alternativas I e III estão corretas
	
	Somente a alternativa I está correta
	Respondido em 26/08/2021 07:46:56
	
Explicação:
A crítica ao Iluminismo promoveu o surgimento de duas tendências: o racionalismo e o reavivamento. O racionalismo deu origem a um movimento formalista, especialmente entre os luteranos, que buscaram aproximar a racionalidade do discurso dogmático. Os reavivacionistas (ou pietistas) investiram cada vez mais no reforço dos aspectos emocionais e místicos da religião e dos seus ritos. Os quackers, representantes da tendência reavivacionistas, acreditavam que a iluminação religiosa viria sobretudo através da busca espiritualindividual
 
	
	
	 
		2
          Questão
	
	
	As guerras religiosas se espalharam por vários pontos da Europa Moderna, atingindo também os Países Baixos, onde ocorreu o Beeldenstorm, um movimento revoltoso, de cunho protestante cuja principal crítica ao Catolicismo versava em torno da adoração de imagens.
		
	
	do batismo
	
	da natureza de Cristo
	
	da Eucaristia
	 
	da adoração de imagens
	
	da parúsia
	Respondido em 26/08/2021 07:47:27
	
Explicação:
As guerras religiosas se espalharam por vários pontos da Europa Moderna, atingindo também os Países Baixos, onde ocorreu o Beeldenstorm, um movimento revoltoso, de cunho protestante cuja principal crítica ao Catolicismo versava em torno:
	
	
	 
		3
          Questão
	
	
	 Na luta pela reforma do cristianismo na Inglaterra, os puritanos foram uma voz marcante na defesa de uma mudança radical nas práticas religiosas. Os adeptos do puritanismo pretendiam implantar reformas na Igreja Anglicana e não fundar uma outra Igreja. Havia, entretanto, quem defendesse uma total separação da Igreja Anglicana, objetivando a fundação de uma Igreja independente do estado. Os defensores desta posição foram denominados separatistas. Os separatistas idealizaram o congregacionalismo que professava como seu princípio religioso fundamental:
		
	
	A submissão aos princípios dogmáticos e à liderança do monarca anglicano.
	
	A preservação da adoração aos santos e às relíquias.
	
	A fundação de comunidades que deveriam viver distantes dos outros grupos religiosos seguindo uma vida de abstinência que as preparasse para a vinda eminente de Cristo.
	 
	Um regime eclesiástico que postulava a autonomia de cada congregação religiosa para a elaboração de sínteses teológicas, para o estímulo à evangelização e para a nomeação de seus próprios representantes.
	
	A vinculação entre a liderança das comunidades locais e as sedes episcopais.
	Respondido em 26/08/2021 07:47:38
	
Explicação:
Os separatistas idealizaram o congregacionalismo que professava como seu princípio religioso fundamental um regime eclesiástico que postulava a autonomia de cada congregação religiosa para a elaboração de sínteses teológicas, para o estímulo à evangelização e para a nomeação de seus próprios representantes.
	
	
	 
		4
          Questão
	
	
	Entre as grandes contribuições culturais que a Igreja Católica legou para a humanidade, está a arte sacra. Entre os principais exemplos de arte sacra, podemos destacar:
		
	
	as sinagogas e o talmude
	
	 as mesquitas e a pintura impressionista.
	 
	as catedrais góticas e o canto gregoriano.
	
	o yoga e a cabala.
	
	as catedrais românicas e os templos budistas.
	Respondido em 26/08/2021 07:47:49
	
Explicação:
As catedrais góticas constituem construções grandiosas que levam em conta princípios teológicos em sua arquitetura. O estilo arquitetônico das catedrais góticas, inclusive, exerceu grande influência sobre o pensamento escolástico, isto, no modo como a filosofia escolástica compôs o seu sistema de pensamento, tal como demonstra autores como Erwin Panofsky. Já o canto gregoriano, desenvolvido pelo Papa Gregório Magno, no século VI d.C., a partir de princípios dos salmos judaicos e de escalas melódicas gregas, foi a principal contribuição musical da Igreja Católica à arte, que, ainda hoje, influencia a obra de muitos músicos.
1. Depois do estabelecimento do Império no Brasil (1827), o padroado foi transferido para Dom Pedro I. Em 1889, no final da monarquia, havia apenas 700 sacerdotes e 12 dioceses para uma população de 14 milhões. Só depois da Igreja e do estado terem sido efetivamente separados, Roma começou a nomear bispos para o Brasil sem prévia consulta ao governo. Em ambos os períodos a Igreja teve suas bases nas classes dominantes e apresentou uma ideologia conservadora. (CAIRNS, 1995. p. 344)
A partir da citação acima e com base na aula, identifique o elemento central da relação, por vezes problemática, entre o Estado imperial brasileiro e a Igreja Católica.
Gabarito comentado
O elemento central na relação entre o império brasileiro e a Igreja Católica era o padroado, um acordo pelo qual a organização e o financiamento das atividades religiosas caberiam ao imperador.
2. Três histórias prepararam o cenário para a forma e o desenvolvimento do protestantismo brasileiro: Kalley e os congregacionais; Simonton e os presbiterianos; Bagby e os batistas. (Cairns, 1995. p. 368)
A partir da citação acima, identifique os mecanismos por meio dos quais os batistas expandiram suas igrejas pelo território brasileiro.
Gabarito comentado
Os batistas expandiram-se no Brasil por meio de viagens missionárias, distribuição de bíblias traduzidas para o português e da fundação de seminários para a formação de pastores locais.
3. É possível afirmar que uma das consequências do florescimento da filosofia idealista no século XIX foi:
Parte superior do formulário
a) Valorização da fé
b) Negação da razão
c) Valorização da subjetividade
d) Negação da subjetividade
e) Valorização do catolicismo
Parte inferior do formulário
Parabéns! Você acertou! Letra C
4. O movimento romântico, com grande penetração nas artes durante o século XIX, tanto na Europa quando nas Américas, teve, como um de seus principais procedimentos, a seguinte atitude em relação ao passado histórico:
Parte superior do formulário
a) negação
b) idealização
c) desinteresse
d) aprovação
e) desaprovação
Parte inferior do formulário
Parabéns! Você acertou! Letra B
5 .Uma das principais estratégias utilizadas pelas correntes protestantes para a sua implantação no Brasil, durante o século XIX, foram:
Parte superior do formulário
a) As encenações de caráter bíblico.
b) Os debates públicos.
c) As exposições de objetos sacros.
d) As viagens missionárias.
e) Os batismos infantis.
Parte inferior do formulário
Parabéns! Você acertou! Letra D
		Disciplina: CEL1010 - HISTÓRIA DO CRISTIANISMO 
	202008642825
	
	 
		1
          Questão
	
	
	É uma característica do Catolicismo latino-americano:
		
	
	A  aceitação da pregação das ideias protestantes nos países recém-libertos do controle das suas metrópoles
	
	A difusão dos princípios luteranos
	
	A concepção de um Estado laico
	
	A aceitação dos rituais religiosos africanos
	 
	A presença de um trabalho evangelizador entre os indígenas
	Respondido em 27/08/2021 14:56:47
	
Explicação:
A  presença de um trabalho evangelizador entre os indígenas é uma característica do Catolicismo latino-americano:e) N
	
	
	 
		2
          Questão
	
	
	Identifique o país de onde vieram os primeiros missionários protestantes para o Brasil:
		
	
	Inglaterra
	
	Alemanha
	 
	Estados Unidos
	
	Suíça
	
	França
	Respondido em 27/08/2021 14:57:07
	
Explicação:
Os Estados Unidos é o país de onde vieram os primeiros missionários protestantes para o Brasil
	
	
	 
		3
          Questão
	
	
	Entre intelectuais da Idade Média, dois tiveram grande destaque: um, no período da Alta Idade Média, e o outro, na Baixa Idade Média. Foram eles:
		
	 
	Santo Agostinho e São Tomás de Aquino
	
	Santo Jerônimo e São Benedito
 
	
	Santo Antão e São Francisco
	
	São Paulo e São Boaventura
 
	
	Santo Efigênio e São João Bosco
 
	Respondido em 27/08/2021 14:57:30
	
Explicação:
Santo Agostinho foi um dos principais intelectuais da Alta Idade Média e responsável pela elaboração da obra mais consistente entre a chamada Patrística, isto é, o conjunto de escritos católicos dos chamados ¿Pais da Igreja¿. Já São Tomás de Aquino foi considerado o grande filósofo e teólogo sistemático de toda a Idade Média. Foi responsável pela combinação da filosofia aristotélica com os preceitos da doutrina católica.
	
	
	 
		4
          Questão
	
	
	Identifique uma das estratégias usadas pelos protestantes para promover a evangelização dos brasileiros:
		
	
	Fundar monastérios
	
	Evangelizar os escravos
	
	Estimular a peregrinação a locais santos
	
	Realizar

Outros materiais