A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
52 pág.
Análise do papel do centro de Acolhimento Menino Jesus da Manhiça no processo de reintegração social das raparigas de 18 anos de idade às famílias em 2020 a 2021

Pré-visualização | Página 6 de 12

trinta e quatro famílias (34), que fazem parte da população, a nossa amostra será composta 
significativamente por doze (12) famílias, considerando que esse é o número total das raparigas 
com 18 ou mais anos existentes, doze (12) raparigas e também fazem parte três (3) monitoras do 
Centro de Acolhimento Menino Jesus – Orfanato Manhiça o que soma um total de vinte e cinco 
(25) elementos que representam a nossa amostra. 
2.4. Tipo de estudo 
Procurando aprofundar o conhecimento do objecto de estudo, o nosso estudo é qualitativo. Pois 
segundo (Knechtel, 2014) a pesquisa qualitativa procura entender fenómenos humanos, buscando 
deles obter uma visão detalhada e complexa por meio de uma análise científica do pesquisador. 
Esse tipo de pesquisa se preocupa com o significado dos fenómenos e processos sociais. Em que 
os critérios dos pesquisador são baseados nas motivações, crenças, valores e representações 
encontradas nas relações sociais. E ainda se caracteriza por, fazer uso de narrativas históricas, 
materiais bibliográficos e auto bibliográficos; ressalta a natureza socialmente construída da 
realidade. Que é aplicado através do encaminhamento do problema, descrição da interacção e da 
intervenção. Em que neste tipo de investigação as descrições derivam sempre de um número 
reduzido de pessoas escolhidas dentre uma população particular, a dimensão da amostra afigura-
se aceitável. Booth, (apud Chirrime, 2014) 
2.5. Quanto aos objectivos 
Este estudo compreende uma pesquisa exploratória, que são pesquisas que “visam compreender 
um fenómeno ainda pouco estudado ou aspectos específicos de uma teoria ampla.” (GIL, 2994). 
Escolheu-se este tipo, por se tratar de um problema que precisa de uma exploração sobre a 
integração das raparigas às famílias de origem e os aspectos particularmente ligados a segurança 
da família em que a rapariga é reintegrada. 
 
13 
 
2.6. Técnicas e instrumento de recolha de dados 
Esta pesquisa contou com três técnicas que são a revisão bibliográfica, observação directa e a 
pesquisa do campo, e dois instrumentos de recolha de dados, nomeadamente: formulário de 
entrevista e questionário. 
Marconi e Lakatos (2008) definem a entrevista como sendo, “Um encontro entre duas pessoas, 
afim de, que uma delas obtenha informação a respeito de determinado assunto, mediante uma 
conversação de natureza profissional. É um procedimento utilizado na investigação social para a 
colecta de dados ou para ajudar no diagnóstico ou no tratamento de um problema social.” 
2.7. Variáveis 
De acordo com Appolinário (2004), 
 Conceitos ou constructos que podem assumir diferentes valores. Aspectos, propriedades ou 
factores a cerca da realidade cujo, conteúdo pode variar: toda variável possui ao menos dois 
componentes: nome da variável e um sistema classificatório de categorias (valores) que ela possa 
assumir. 
Assim, a nossa variável é de categoria demográfica, em que seguindo a lógica do mesmo autor, é 
aquela que contem dados demográficos, variando: no sexo, idade, nível de escolaridade, estado 
civil entre outros. Deste modo, a pesquisadora identificou e descreveu dados que demonstram a 
relação entre as variáveis do fenómeno em causa. 
2.8. Procedimentos 
Para a nossa pesquisa o procedimento adequado será o estudo de caso, o que têm por finalidade 
explicar, explorar ou descrever fenómenos actuais inseridos em seu próprio contexto. Onde no 
primeiro passo fará o delineamento da pesquisa, no segundo o desenho da pesquisa, no terceiro 
preparação e colecta de dados, na quarta análise dos casos entre os casos e no quinto e o último 
passo se fará o relatório dos resultados. A fim de conduzir o estudo de caso, as técnicas utilizadas 
para este estudo foram o preenchimento de uma ficha de dados sócio demográficos das 
adolescentes e dos seus familiares e a entrevista clínica, a pesquisa documental junto ao Centro 
de Acolhimento Menino Jesus da Manhiça em Maputo. 
 
14 
 
Por fim, depois da aprovação do projecto pelo Conselho de Investigação da Bioética da USTM, a 
pesquisadora contactará a Direcção do Centro de Acolhimento Menino Jesus da Manhiça em 
Maputo. Para rogar a autorização dá recolha de dados suficientes para o trabalho junto das 
famílias e das adolescentes pretendidas. 
2.9. Gestão da análise de dados 
É uma fase fundamental para a fundamentação de dados obtidos no campo de estudo de forma 
obter uma descrição dos detalhes que permitem deduzir factos que nos levem ao conhecimento a 
cerca de um determinado assunto, através de interpretações de relatórios, gráficos, tabelas, 
artigos, etc. 
 Assim sendo, para esta pesquisa o plano de análise de dados qualitativos contará com: 
 Descrição da amostra populacional; 
 Organização dos comentários (respostas em categorias); 
2.10. Disseminação do estudo 
 Apesar da reintegração familiar e comunitária ser um tema muito discutido actualmente, ainda é 
um assunto recente, incorporado e valorizado. No entanto, é importante lembrar que nossa 
história é identificada por uma cultura de institucionalização. Mas, com o passar do tempo 
mudanças, novas práticas que começam a surgir em torno das já existentes, o que representa um 
avanço. Por fim, esperamos que este trabalho facilite e desenvolva discussões e reflexões sobre a 
reintegração à preservação da convivência familiar e comunitária. Esperamos, também, que as 
diferentes questões sem respostas motivem o interesse de outros pesquisadores e, assim, 
tenhamos mais estudos nessa área que ainda é muito carecida. Então, para facilitar a busca de 
levantamento de dados que servem de suporte a investigação projectada e não só! Pretendemos 
divulgar o nosso trabalho para as várias instituições do estado e religiosas que trabalham com 
aspectos sociais e humanos. 
2.11. Limitações 
No decorrer deste trabalho de pesquisa, a pesquisadora deparou-se com as seguintes limitações, 
 A abordagem foi demorada, com uma síntese de dados difíceis; 
 
15 
 
 As famílias não são abertas, algumas dificultando o trabalho, procurando saber se terão 
algum agrado depois da colaboração. 
2.12. Considerações éticas 
A ética refere-se a opção ao anseio de concretizar a vida preservando com os outros, afinidades 
justas e aceitáveis, está baseada nas ideias de bem e virtude, a beleza interior do individuo posta 
em prática em toda sua plenitude. Quando se fala de ética, refere-se ao carácter, do sujeito ciente, 
que conheça a diferença entre o bem e o mal, certo e errado, o admitido e o proibido, virtude e 
vício. 
Assim sendo, ao realizar as entrevistas a pesquisadora se preocupará em verificar a 
disponibilidade dos participantes, mediante um contacto prévio onde procederá com os seguintes 
cuidados: 
 Informar os investigados sobre o objectivo da pesquisa e os resultados que se esperam 
com a realização da entrevista; 
 Explicar a razão pela qual se procedeu a selecção, dando a conhecer a importância do 
seu contributo para o estudo que se pretende desenvolver; 
 Informar aos investigados sobre a duração que se prevê para a realização da entrevista e 
negociar com eles a data e o local; 
 Informar aos investigados que no caso de desistência não sofrerá nenhuma represália, 
 Constará da pesquisa a carta de autorização da pesquisa da realização da mesma do 
responsável do Centro de Acolhimento Menino Jesus da Manhiça em Maputo. 
 Será garantido um espaço privado onde decorara a entrevista onde o entrevistado possa 
se sentir a vontade; 
 Na apresentação dos dados serão usados códigos para evitar-se a menção de nomes que 
possam criar situações de publicação dos mesmos; 
 Após a produção do trabalho final todo material usado para o registo das informações 
fornecidas pelos entrevistados será totalmente destruído. 
Durante todo o processo de recolha de dados lhes será garantido o anonimato e confidencialidade 
nos dados fornecidos pela rapariga e o centro, bem como os resultados

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.