A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
43 pág.
Elementos fundamentais da Procura e Oferta palestra -2021

Pré-visualização | Página 1 de 3

UNIVERSIDADE ZAMBEZE 
FACULDADE DE CIENCIAS SOCIAIS E HUMANIDADES 
Curso de Economia e Curso de Gestão, 1º Ano/2021 
Palestra 2: 
Elementos fundamentais da Procura e Oferta 
2.1 Mecanismo de Mercado 
2.2 Procura e seus determinantes 
2.3 Oferta e seus determinantes 
2.4 Equilíbrio de Mercado 
2.5 Elasticidade preço da Procura e da oferta 
 
A Docente: Dra Custódia D. Manhanga Lourenço 
 
O Mecanismo de Mercado 
Definimos mecanismo de mercado como um processo idealizado onde a 
oferta de bens é igual à sua procura. 
 Se o preço de mercado for muito elevado, a procura diminuirá e os 
vendedores ver-se-ão obrigados a reduzi-lo para evitarem a falência das 
suas empresas. 
 Se o preço de mercado for demasiado baixo, aprocura aumenta e os 
vendedores reconhecerão a oportunidade de fazer subir os seus preços. 
Os mercados são parecidos com as situações meteorologicas. Estão sempre a 
mudar, são dinámicos, imprevesíveis, sujeitos a frequentes períodos de 
tempestades e bonanças. 
 
A economia tem uma feramenta poderosa que ajuda a compreender e a 
explicar os movimentos dos preços e das quantidades nos mercados 
específicos é chamada análise da oferta e da procura ou (teoria da oferta e 
da procura). 
 
O Mecanismo de Mercado 
A teoria da oferta e da procura demostra como as preferências dos 
consumidores determinam a procura de bens, enquanto os custos das 
empresas são a base da oferta de mercadorias. 
 
 Mercado é um mecanismo pelo qual compradores e vendedores 
interagem para determinar os preços e trocar bens e serviços. 
 
São os preços que coordenam as decisões dos produtores e dos 
consumidores no mercado. O movimento de preços (mecanismo de preços) 
é que leva ao equilíbrio entre oferta e procura. 
 
Assim podemos concluir que o mecanismo de mercado nada mais é do que o 
processo pelo qual são formados os preços no mercado. Portanto, os preços 
coordenam as decisões dos produtores (vendedores) e dos consumidores 
(compradores). 
Função Procura 
Procura ou Demanda 
Está directamente relacionada aos consumidores, isto é, aqueles que se 
dirigem ao mercado para adquirir bens e serviços de que necessitam. 
Assim podemos definir a Demanda (Procura) como a quantidade de um 
determinado bem ou serviço que os consumidores desejam adquirir num 
determinado período de tempo. 
 
Função Procura ou Curva da Procura 
É a relação existente entre o preço de um bem e a quantidade procurada 
desse mesmo bem, mantendo-se o resto constante. 
 
Como varia esta curva? 
 Quanto maior for o preço de um bem, mantendo-se o resto constante, 
menor é a quantidade que as pessoas querem comprar desse bem. 
 
 Quanto menor é o preço do mercado do bem, mantendo-se o resto 
constante, maior é o número de unidades compradas. 
 
Representação gráfica 
A representação gráfica da função procura é chamada Curva da procura. Note 
que a Q(quantidade) e o P(preço) se relacionam de forma inversa, 
aumentando Q quando P diminui e vice-versa. 
 
Função procura ou curva da procura 
Como se vê na figura a curva da procura tem inclinação negativa, porque os 
consumidores geralmente estarão dispostos a comprar quantidades maiores 
se os precos forem baixos. A esta propriedade denomina-se Lei da procura 
com inclinação negativa ou Lei da procura decrescente. 
 
A Lei da procura decrescente diz que: Quando o preço de um bem aumenta, 
mantendo-se todo o resto constante, os consumidores tendem a consumir 
uma menor quantidade desse bem. De forma similar, quando o preco baixa, 
mantendo-se o resto constante, aumenta a quantidade procurada. 
Porque razão a quantidade procurada tende a diminuir com o aumento dos 
preços? 
Existem duas razões que justificam essa diminuição: O efeito substituição e o 
efeito rendimento. 
O efeito substituição: quando o preço de um bem aumenta, este é 
substituído por outros produtos similares. 
Exemplo: pão e mandioca; taxi e chapa. 
 
 
O efeito rendimento: quando o preço de um bem sobe, os consumidores 
ficam, de certa forma, mais pobre do que anteriormente, restando-lhe menos 
rendimento para consumir desse e dos outros produtos. 
Exemplo: O preço da gasolina aumentou, as pessoas ficaram de facto com 
menos rendimento, de modo que devem diminuir o consumo da gasolina. 
 
Procura do mercado 
 Os elementos fundamentais da construção da procura são os gostos e as 
necessidades individuais (procuras individuais). A procura do mercado 
representa a soma de todas as procuras individuais. A curva de procura do 
mercado é calculada, para cada preço, pela soma das quantidades 
procuradas por todos os individuos. 
 
 A função procura é dada por Qd= b - aP 
 Onde: Qd é a quantidade procurada. 
b: intersecto da função 
a: inclinação da função 
P: preço do bem 
 
 
 
Determinantes da curva da procura 
 
A quantidade procurada para um dado preço é determinada por um conjunto de 
factores: 
 RENDIMENTO MÉDIO 
Com o aumento dos rendimentos, as pessoas tendem a comprar uma maior 
quantidade de quase tudo, mesmo sem alteração dos preços. 
 DIMENSÃO DO MERCADO 
Quanto maior for o número de habitantes numa região, maior será a procura do 
mercado. 
 PREÇO E DISPONIBILIDADE DE BENS RELACIONADOS 
Bens substitutos-Existe uma relação importante entre bens substitutos uns dos 
outros (Caneta e lápis), a procura da caneta irá diminuir se o preço do lápis baixar. 
Bens complementares-são aqueles que, em geral, são consumidores 
conjuntamente. Exemplo:computores e internet,caneta e papel. 
 GOSTOS OU PREFERÊNCIAS 
Os gostos representam uma variedade de influências culturais e históricas. Os 
gostos podem ser influênciados por tradição ou crença religiosa. 
INFLUÊNCIAS ESPECÍFICAS 
As influências específicas afectam a procura de bens específicos. A procura da AC 
no verão aumenta em relação aos invernos. 
 
 
 
 
ALTERAÇÕES DA QUANTIDADE PROCURADA vs ALTERAÇÕES DA PROCURA 
O preço é o principal determinante da procura. 
 Alterações do preço do bem geram movimentos ao longo da curva para 
cima ou para baixo. 
Ex: um aumento do preço do bem leva a uma redução da procura o que se 
traduz em movimentos ao longo da curva da procura para cima. 
ALTERAÇÕES DA QUANTIDADE PROCURADA vs ALTERAÇÕES DA PROCURA 
 Um aumento (diminuição) na quantidade procurada refere-se a 
deslocações ao longo da curva da procura, causadas por variações no 
preço. 
 Uma variação da procura refere-se a deslocações da curva da procura, 
para a direita ou para a esquerda, causadas por alterações nas 
determinantes da procura. Corresponde a uma alteração da quantidade 
procurada para todos os níveis de preço. 
Exemplo: Com um aumento do rendimento, maior será o consumo do arroz, 
mesmo que o seu preço não altere. O que provocara um aumento na procura 
pelo arroz e a deslocação para o exterior e para a direita da curva de procura 
pelo arroz. 
 
A Função da Oferta 
Oferta ou Suplly 
Esta directamente relacionada aos produtores, isto é, aqueles que se dirigem 
ao mercado para vender ou oferecer bens e serviços que produziram. 
 Assim podemos definir a Oferta como a quantidade de um bem que as 
empresas estão dispostas a produzir e vender. 
 
 Função da Oferta ou Curva da Oferta 
É a relação existente entre o preço(P) de um bem e a quantidade(Q) que os 
produtores estão dispostos a produzir e a vender, mantendo-se o resto 
constante. 
 
Como varia esta curva? 
Quanto maior for o preço maior será a quantidade oferecida e quanto menor 
for o preço menor será a quantidade oferecida, isto é, existe uma relação 
directa entre o preço e a quantidade oferecida. 
 
 
Representação gráfica 
A representação gráfica da função Oferta é chamada Curva da Oferta . 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Como se vê na figura a curva da oferta tem inclinação positiva porque os 
produtores geralmente estarão dispostos a vender quantidades maiores se os 
preços forem mais altos. 
A função oferta é dada por Qs = b + aP 
 Onde: Qs é a quantidade oferecida.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.