Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
GRA0178 SERVIÇO SOCIAL E INTERDISCIPLINARIDADE GR3067-212-9 - 202120.ead-29781254.06

Pré-visualização | Página 1 de 2

· Pergunta 1
1 em 1 pontos
	
	
	
	O assistente social é orientado desde sua formação profissional que deve-se pautar na defesa dos/direitos humanos, em favor da democracia. Não deve discriminar e nem ser discriminado no exercício da função, seja por razões de identidade de gênero, orientação sexual condição etária ou outros. Desse modo, em 2006, o CFESS estabeleceu a resolução 489, que preceitua e reforça algumas orientações. CFESS. Conselho Federal de Serviço Social. Dispõe sobre a resolução 489 de 2006  que estabelece normas vedando condutas discriminatórias ou preconceituosas. Disponível em: http://www.cfess.org.br/pdf/resolucao_4892006.pdf acesso em 08/05/2020. 
De acordo com essa orientação, assinale a alternativa correta:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Veda condutas discriminatórias nos atendimentos por orientação sexual.
	Resposta Correta:
	 
Veda condutas discriminatórias nos atendimentos por orientação sexual.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta: a resolução 489 de 2006, orienta e determina que não haja qualquer tipo de condutas que sejam de cunho discriminatórios e/ou preconceituoso em razão de orientação sexual e expressão sexual. 
	
	
	
· Pergunta 2
1 em 1 pontos
	
	
	
	Lony foi contratada para trabalhar como assistente social em uma organização social que presta serviço para a prefeitura de Salto – SP, na área da saúde. Essa organização é responsável por contratar profissionais para atuarem nas Unidades Básicas de Saúde do município bem como para o hospital municipal. Todavia, a verba que a organização social recebe da prefeitura, não preconiza o fomento de atividades de aprimoramento intelectual e profissional. 
Com base nos princípios fundamentais do código de ética, assinale a alternativa correta:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
O/a assistente social deve assumir o compromisso ético de se aprimorar intelectualmente de modo contínuo para o exercicio profissional. 
	Resposta Correta:
	 
O/a assistente social deve assumir o compromisso ético de se aprimorar intelectualmente de modo contínuo para o exercicio profissional. 
	Comentário da resposta:
	Resposta correta: o/as assistentes sociais precisam adotar o compromisso com a qualidade dos atendimentos que desempenham junto à população. Devem, ainda, assumir um comprometimento contínuo de seu aprimoramento intelectual para a prática profissional. Isso está em conformidade com o inciso X do presente código de ética. 
	
	
	
· Pergunta 3
1 em 1 pontos
	
	
	
	A profissão do Serviço Social teve sua regulamentação em 1993, através da lei n° 8662. Ela diz respeito de quais são as atribuições que são privativas dos assistentes sociais, e que ele deverá desenvolver nos espaços sócio ocupacionais, além de apresentar quais as competências que o profissional possui, além de mencionar outras providências a respeito do exercício profissional do Serviço Social no Brasil. BRASIL. Lein°8662 de 07 de junho de 1993. Dispõe sobre a profissão de assistente social e dá outras providências. Brasília-DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8662.htm acesso em: 07/05/2020.
Considerando as informações acima, avalie as seguintes afirmações:
I. Poderão exercer a profissão do Serviço Social os possuidores de diploma de curso de graduação em Serviço Social, oficialmente reconhecido. 
II. Permite-se o exercício da profissão do Serviço Social sem prévio registro nos Conselhos Regionais de Serviço Social. 
III. Constitui-se atribuição privativa no exercício da profissão, a elaboração de relatórios, laudos e pericias em matéria de Serviço Social. 
IV. Permite-se ao assistente social no exercício da profissão desenvolver suas atividades com o mínimo de duração de trabalho de 40 horas semanais. 
É correto apenas o que se afirma em: 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
I e III, apenas.
	Resposta Correta:
	 
I e III, apenas.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta: toda documentação que for emitida a partir de análises privativas ao Serviço Social, exclusivamente precisarão ser elaboradas e rubricadas por um/a assistente social. Essa orientação está de acordo com o que a lei 8662/1993 prescreve sobre a profissão dos/as assistentes sociais, que relata que a profissão só pode ser exercida por quem tiver curso superior de graduação em Serviço Social, realizado em Instituição de Ensino Superior devidamente reconhecida. 
	
	
	
· Pergunta 4
1 em 1 pontos
	
	
	
	O processo interventivo dos/as assistentes sociais brasileiros é orientado desde a graduação sobre o posicionamento ético e político que a profissão defende para o seu exercício. Toda a orientação para a conduta profissional está organizada através de resoluções expedidas pelo Conselho Federal de Serviço Social-CFESS, além de diretrizes gerais de qual deve ser a conduta ética e política que o/a assistente social deverá assumir em seu trabalho cotidiano. Toda a profissão que é regulamentada possui normas próprias de conduta profissional que assenta sobre o que é vedado, direitos e deveres durante o exercício profissional.
Com base no enunciado, assinale qual questão que apresenta qual é a normativa que explicita essas orientações para o exercício profissional: 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Código de ética profissional dos/as assistentes sociais.
	Resposta Correta:
	 
Código de ética profissional dos/as assistentes sociais.
	Comentário da resposta:
	Resposta correta: o exercício profissional dos/as assistentes sociais, possui uma orientação pautada no seu código de ética profissional. Esse código tem por finalidade guiar e orientar como deve ser a conduta profissional em qualquer espaço sócio ocupacional de trabalho. Desse modo, o código de ética profissional se estabelece como alicerce legal que orienta o profissional sobre direitos, deveres e sobre o que é vetado no exercício de seu trabalho.
	
	
	
· Pergunta 5
1 em 1 pontos
	
	
	
	Ana Claudia foi recém contratada para trabalhar em um Centro de Referência Especializado da Assistência Social no município de Salvador – BA. Nos primeiros meses de atuação profissional nesse espaço sócio ocupacional, Ana Claudia foi surpreendida com a informação de outra colega, também assistente social, de que somente os profissionais de psicologia são responsáveis por desenvolver os relatórios que dizem respeito aos atendimentos interdisciplinar, cabendo aos assistentes sociais apenas concordar com essa sistematização e assinar os relatórios produzidos. 
Diante do contexto narrado, qual deverá ser a postura de Ana Claudia? 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Ana Claudia deverá se posicionar contrária à assinatura dos pareceres emitidos por outros profissionais e propor uma reunião em equipe para alinharem a condução do trabalho a partir da resolução 557 de 2009. 
	Resposta Correta:
	 
Ana Claudia deverá se posicionar contrária à assinatura dos pareceres emitidos por outros profissionais e propor uma reunião em equipe para alinharem a condução do trabalho a partir da resolução 557 de 2009. 
	Comentário da resposta:
	Resposta correta: é vedado ao assistente social subscrever pareceres, que devem ser desenvolvidos por profissional de outra categoria e que considere exclusivamente o conhecimento de outra disciplina, ou, na pior ocasião, que tenha sido elaborado por outro profissional um documento que diz respeito ao conhecimento que é privativo do serviço social analisar e desenvolver. Portanto, o/a assistente social deverá elaborar e assinar documentos que mencionem análises em matéria de serviço social.  Conforme estabelece as orientações contidas através da resolução do CFESS de n°557 de 2009. 
	
	
	
· Pergunta 6
1 em 1 pontos
	
	
	
	Quando se avalia o código de ética profissional, em vigência desde o ano de 1993, compreende-se que esse código de ética exibe orientações, princípios fundamentais, e estabelece direitos e deveres dos/as assistentes sociais, além de apresentar o que é vedado ao assistente social no exercício do trabalho profissional. CFESS. Conselho Federal de Serviço Social.
Página12