A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Constituições

Pré-visualização | Página 1 de 1

1824 1891 1934 1937 1946 1967 1969 1988
Os quatro poderes: o 
moderador 
(pertencente ao 
imperador) tendo 
ampla sansão e veto 
total, cuja rejeição pelo 
corpo legislativo era 
impossível 
O Brasil império República Velha
O Executivo expede 
regulamentos visando 
boa execução das leis 
(meio pelo qual se deu 
a participação do 
imperador na 
elaboração de leis)
As práticas de 
delegação legislativa 
começam no império
Fim do poder 
moderador
Os três poderes ficam 
independentes entre si
Reformas feitas pelo 
executivo através da 
chamada execussão 
legislativa, atribuia ao 
mesmo funções do 
legislativo (delegação 
legislativa)
Executivo exerce um 
intenso poder de 
decreto encorajado por 
uma ampla liberdade 
de ação, concedida 
pelo congresso nas 
leis orçamentárias e 
relativas á 
administração pública 
e que não recebia o 
cosistente controle da 
suprema corte
Proibição da 
delegação legislativa
Art.3 proibe aos 
poderes delegar suas 
funções (mas a 
delegação não foi 
extinta do processo de 
criação de leis)
A proibição dura 
pouco, vem o Estado 
novo
República Nova Estado Novo
Ditadura do Estado 
Novo fortalece o 
executivo que passa 
a intervir diretamente 
no legislativo
Art. 64 determina 
que a iniciaiva de 
projetos de lei cabe 
ao governo não 
sendo adimitido 
projetos ou ementas 
de qualquer das 
câmeras 
Mesma preocupação 
de 1934:
poderes harmônicos 
e independentes 
entre si, não 
podendo delegar 
funções (proibição 
da delegação 
legislativa)
Mesmo não incluindo 
delegação, a 
constituição 
concedeu ao 
presidente a 
atribuição de 
sancionar, promulgar 
e fazer publicar as 
leis e expandir 
decretos e 
regulamentos para 
sua execução ( o 
que ficou conhecido 
como delegação 
disfarçada)
Matém restrições as 
iniciativas legais do 
Legislativo
Cria duas 
modalidades de 
delegação e 
constitucionaliza o 
decreto-lei 
aumentando as 
prerrogativas do 
presidente
 Tratasse de uma 
emenda 
constitucional que 
trouxe a ampliação 
do poder Executivo, 
aumentando as 
prerrogativas do 
presidente da 
república
Introduz iniciativa 
popular na criação 
de leis.
 Pela primeira vez 
o legislativo 
poderia controlar 
os abusos do 
Executivo.
 Medidas 
provisórias 
substituem o 
decreto-lei.
A carta implementa 
as leis provisórias 
e marca uma nova 
relação entre o 
Executivo e o 
legislativo 
Mas nessa nova 
relação o 
Executivo ainda 
mantém a 
hegemonia na 
iniciativa de leis 
Ementa nº 4/61 institui 
o sistema parlamentar 
e adota delegação 
legislativa. Lei 
complementar do ato 
diz que Executivo e 
Legislativo 
funcionariam em 
colaboração
1º período 
democrático Ditadura militar
Ditadura militar Redemocratização
Atividade avaliativa
Disciplina: Política IV, 2021.1.
Aluno: Amós Santos Medeiros.
Titulo: As constituições.
Participação legislativa 
na iniciativa legal foi 
ampla, durante a 
vigencia da carta de 
1946 foram a provadas 
muitas leis por 
iniciativa do legislativo
Com o inicio da 
ditadura de 1964 foi, 
em 1965 criado o ato 
nº 2 que reintroduz o 
decreto-lei de forma 
que permite o 
presidente baixar 
decretos sem consulta 
ao legislativo
Em 1968 o AI-5 recria 
o modelo de decreto 
que independe da 
deliberação do 
legislativo
Muitas das regras da 
constituição de 1967, 
continuaram a exisitr 
mesmo após o fim da 
ditadura em 1985 até 
a nova constituição 
	Diagrama em branco
	Página 1

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.