A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
3 CMA___01 06 21____AVALIAÇÃO__MENSAL___2º Bimestre__Empresarial__ Respostas 1

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVAP – Direito Empresarial – 3°CMA—01.06.21 - AVALIAÇÃO MENSAL__ (5,0)
NOME:Adriana Vieira Salinas NOTA_______________________
NOME_Adriana Vieira Salinas 02020130
Maiara Cristina Henrique Luiz 02010249_____________________________________________
1) Por dez anos consecutivos a empresa ABC Ltda. deixou de arquivar qualquer documento no Registro Público de Empresas Mercantis da Junta Comercial de MG (JC/MG), onde estava registrada. A JC/MG, então, cancelou o registro da referida empresa, intimou-a, em seguida, de sua decisão e comunicou o cancelamento às autoridades fiscais.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue. 
O procedimento foi correto, uma vez que, no caso de inexistência de arquivamento pelo período de dez anos consecutivos, considera-se a empresa inativa, devendo seu registro ser imediatamente cancelado pela junta comercial, com subsequente intimação da sociedade empresária para que tome conhecimento da decisão.
( )Certo ( X )Errado (1.0)
Justifique(1.5) _ 
De acordo com o art. 48 e parágrafos do Decreto 1800/96, com nova redação dada pelo Decreto 10.173/2019, a empresa mercantil que não realiza qualquer arquivamento no período de 10 anos consecutivos, contados a partir da data será considerada inativa e terá seu registro cancelado, perdendo, automaticamente, a proteção do nome comercial. Para que isto não corra a empresa deve comunicar à Junta Comercial que pretende continuar ativa. Observa-se que antes de ser considerada inativa, a empresa é notificada pela Junta da sua intenção por meio de comunicação direta ou por edital (Redação dada pelo Decreto nº 10.173, de 2019). A Junta igualmente comunicará o cancelamento às autoridades arrecadadoras no prazo de 10 dias (Redação dada pelo Decreto nº 10.173, de 2019). Neste sentido, as afirmações acima prestadas para avaliação justificada são entendidas erradas.
2) A cessão dos créditos referentes ao estabelecimento empresarial transferido, produzirá efeito em relação aos respectivos devedores, desde o momento da assinatura do contrato, e, a partir da publicação da transferência, o devedor que pagar ao cedente, mesmo de boa-fé, terá que pagar novamente ao adquirente. Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue. 
( )Certo ( x )Errado (1.0)
Justifique(1.5) 
De acordo com o art. 1.149 do CC, a cessão de créditos referentes ao estabelecimento transferido produzirá efeitos em relação ao respectivos credores, desde o momento da publicação da transferência. Neste sentido, está incorreta a afirmação de que os efeitos para os credores é a partir da assinatura do contrato. Ele se dá com a publicação da transferência. Igualmente é incorreto afirmar que o devedor de boa-fé deverá pagar novamente ao adquirente o valor pago ao proprietário anterior. O mesmo art. 1.149 do CC exonera o devedor de boa-fé que paga ao cedente no lugar do adquirente. Nestes casos, cabe ao adquirente cobrar do alienante o valor pago.