A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Direito Constitucional: eficácia e aplicabilidade das normas constitucionais

Pré-visualização | Página 1 de 1

D I R E I T O C O N S T I T U C I O N A L 
São as normas constitucionais que têm aplicação imediata, integral,
independentemente de outra lei infraconstitucional para que haja a sua inteira
operatividade (a norma por si só já produz efeitos, ou seja, trata-se de norma
autoexecutável)
NORMA CONSTITUCIONAL DE EFICÁCIA PLENA:
E F I C Á C I A E A P L I C A B I L I D A D E D A S N O R M A S
C O N S T I T U C I O N A I S
José Afonso da Silva foi quem criou a
classificação das normas
constitucionais quanto à aplicação
Todas as normas constitucionais têm
eficácia jurídica, mas nem todas têm 
efetividade (aplicabilidade)
NORMA CONSTITUCIONAL DE EFICÁCIA CONTIDA:
São normas que têm aplicação imediata, da mesma forma que as anteriores, mas
podem ter o seu alcance reduzido → legislador ordinário → lei infraconstitucional
(normas de eficácia redutível / reduzível / restringível)
NORMA CONSTITUCIONAL DE EFICÁCIA LIMITADA:
São normas que dependem da criação de normas infraconstitucionais futuras, para
que possam produzir efeitos (normas de eficácia diferida/ eficácia relativa). São
subdivididas em: normas de princípio institutivo (normas que criam órgãos ou
instituições e determinam as suas finalidades) e normas de princípio
programático: são normas que criam programas a serem desenvolvidos pelo Estado
através da legislação infraconstitucional

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.