Buscar

Ainda que ocorra a extinção do contrato por falecimento do trabalhador, o Tribunal Superior do Trabalho entende que é necessário o ajuizamento da a...

Ainda que ocorra a extinção do contrato por falecimento do trabalhador, o Tribunal Superior do Trabalho entende que é necessário o ajuizamento da ação consignatória para depositar as verbas rescisórias de forma a impedir a multa prevista no art. 477, § 8º, da CLT.

💡 1 Resposta

User badge image

Ed Verified user icon

Sim, o entendimento do Tribunal Superior do Trabalho (TST) é que, mesmo com a extinção do contrato de trabalho por falecimento do trabalhador, é necessário o ajuizamento da ação consignatória para depositar as verbas rescisórias, a fim de evitar a multa prevista no art. 477, § 8º, da CLT. Essa multa é aplicada quando o empregador não paga as verbas rescisórias no prazo legal após a extinção do contrato de trabalho.

0
Dislike0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta.

User badge image

Outros materiais