Buscar

O Ministério da Educação lança nesta quinta-feira, 28, o primeiro Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica. A intenção é forma...

O Ministério da Educação lança nesta quinta-feira, 28, o primeiro Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica. A intenção é formar, nos próximos cinco anos, 330 mil professores que estão no ofício de docência. De acordo com o Educacenso 2007, cerca de 600 mil professores em exercício na educação básica pública não possuem graduação ou atuam em áreas diferentes das licenciaturas em que se formaram. Já são 90 instituições de educação superior – entre universidades federais, universidades estaduais e institutos federais – envolvidas na oferta de cursos. Os cursos serão oferecidos tanto na modalidade presencial quanto a distância, pela Universidade Aberta do Brasil (UAB), e alguns já devem começar no segundo semestre deste ano. Outros têm início previsto para 2010 e 2011. Logo, o Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica tem como objetivo inicial abranger três situações específicas, professores que ainda não têm formação superior (primeira licenciatura); professores já formados, mas que lecionam em área diferente daquela em que se formaram (segunda licenciatura); e bacharéis sem licenciatura, que necessitam de estudos complementares que os habilitem ao exercício do magistério. (CAPES, 201 Logo, pode-se afirmar que o objetivo do Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica é: formar professores da educação básica que ainda não são graduados. formar professores diferenciados no exercício da profissão, mostrando à sociedade que o Estado é um parceiro fomentador da formação de profissionais da educação. formar professores que possam ser inseridos nas escolas da rede particular de ensino, uma vez que elas são melhores e dispõem de mais recursos que a rede particular de ensino. formar um grupo especial de docentes que seja diferenciado na sociedade e que, após formados, possam ser alocados em escolas melhores elevando, assim, o nível do ensino nacional.
Ainda não temos respostas

Ainda não temos respostas aqui, seja o primeiro!

Tire dúvidas e ajude outros estudantes

✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta

User badge image

Mais conteúdos dessa disciplina