A maior rede de estudos do Brasil

Essa afirmativa é verdadeira ou Falsa? e alguém sabe dizer o porque?

Considerando que as empresas exportadoras brasileiras dependam fortemente de linhas de crédito internacionais para viabilizar suas vendas externas, então a contração desse tipo de crédito desencadeada pela atual crise norte- americana desloca a curva de demanda agregada da economia brasileira para baixo e para a esquerda.

Macroeconomia I

ESTÁCIO


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Primeiramente para analisar essa questão é necessário ter em mente os componentes da demanda agregada, qual seja, as exportações menos importações, o consumo, o investimento e o gasto do governo (Y = C + I + G + X-M). Posto isso, qualquer um desses elementos deslocará a curva de demanda agregada para a direita, caso de políticas que aumentam o produto, e para a esquerda, caso de políticas que diminuam o produto. Na questão, como se considera as exportações de empresas brasileiras como altamente dependentes de linhas de crédito internacionais, qualquer mudança nessas linhas afetará as exportações que, por sua vez, terá impacto sobre a demanda agregada. Portanto, ao considerar a contração desse tipo de crédito, a consequência será uma redução das exportações, levando a curva de demanda agregada para a baixo e para esquerda, pois esse é o movimento que caracteriza uma queda na demanda agregada no modelo Oferta Agregada/Demanda Agregada. A afirmativa é verdadeira.

Primeiramente para analisar essa questão é necessário ter em mente os componentes da demanda agregada, qual seja, as exportações menos importações, o consumo, o investimento e o gasto do governo (Y = C + I + G + X-M). Posto isso, qualquer um desses elementos deslocará a curva de demanda agregada para a direita, caso de políticas que aumentam o produto, e para a esquerda, caso de políticas que diminuam o produto. Na questão, como se considera as exportações de empresas brasileiras como altamente dependentes de linhas de crédito internacionais, qualquer mudança nessas linhas afetará as exportações que, por sua vez, terá impacto sobre a demanda agregada. Portanto, ao considerar a contração desse tipo de crédito, a consequência será uma redução das exportações, levando a curva de demanda agregada para a baixo e para esquerda, pois esse é o movimento que caracteriza uma queda na demanda agregada no modelo Oferta Agregada/Demanda Agregada. A afirmativa é verdadeira.

User badge image

Guilherme Gallio

Há mais de um mês

DESEJO

Coisa que se desejacoisa que se quer terconseguiralcançaretc.

"desejo", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/desejo [consultado em 02-10-2013].
 
 
NECESSIDADE
Obrigação imprescindível.
Caráter do que é necessário.

"necessidade", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/necessidade [consultado em 02-10-2013].


Ou seja, desejo é algo que você tenha vontade, mas que não é fundamental/essencial para sua sobrevivência. Um exemplo disso é um smartphone de última geração. A propaganda e publicidade podem despertar o desejo de ter um em você.
necessidade, é algo essencial/fundamental para sua sobrevivência. Um exemplo disso é água e comida, que mesmo sem nenhuma propaganda ou pressão social é necessário que você consuma.
 
Espero ter ajudado.
User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Primeiramente para analisar essa questão é necessário ter em mente os componentes da demanda agregada, qual seja, as exportações menos importações, o consumo, o investimento e o gasto do governo (Y = C + I + G + X-M). Posto isso, qualquer um desses elementos deslocará a curva de demanda agregada para a direita, caso de políticas que aumentam o produto, e para a esquerda, caso de políticas que diminuam o produto. Na questão, como se considera as exportações de empresas brasileiras como altamente dependentes de linhas de crédito internacionais, qualquer mudança nessas linhas afetará as exportações que, por sua vez, terá impacto sobre a demanda agregada. Portanto, ao considerar a contração desse tipo de crédito, a consequência será uma redução das exportações, levando a curva de demanda agregada para a baixo e para esquerda, pois esse é o movimento que caracteriza uma queda na demanda agregada no modelo Oferta Agregada/Demanda Agregada. A afirmativa é verdadeira.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Primeiramente para analisar essa questão é necessário ter em mente os componentes da demanda agregada, qual seja, as exportações menos importações, o consumo, o investimento e o gasto do governo (Y = C + I + G + X-M). Posto isso, qualquer um desses elementos deslocará a curva de demanda agregada para a direita, caso de políticas que aumentam o produto, e para a esquerda, caso de políticas que diminuam o produto. Na questão, como se considera as exportações de empresas brasileiras como altamente dependentes de linhas de crédito internacionais, qualquer mudança nessas linhas afetará as exportações que, por sua vez, terá impacto sobre a demanda agregada. Portanto, ao considerar a contração desse tipo de crédito, a consequência será uma redução das exportações, levando a curva de demanda agregada para a baixo e para esquerda, pois esse é o movimento que caracteriza uma queda na demanda agregada no modelo Oferta Agregada/Demanda Agregada. A afirmativa é verdadeira.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas