A maior rede de estudos do Brasil

Quais os limites do Poder constituinte derivado decorrente?


4 resposta(s)

User badge image

Hugo Figueira

Há mais de um mês

Poder constituinte derivado decorrente é a competência dada aos Estados membros para elaborarem sua própria Constituição , por meio de suas assembléias legislativas, conforme artigo 11 do ADCT. Art. 11. Cada Assembléia Legislativa, com poderes constituintes, elaborará a Constituição do Estado , no prazo de um ano, contado da promulgação daConstituição Federal , obedecidos os princípios desta. Decorre da capacidade de auto-organização dos Estados, prevista no artigo 25, caput daConstituição Federal . Art. 25. Os Estados organizam-se e regem-se pelas Constituições e leis que adotarem, observados os princípios desta Constituição . Este mesmo artigo estabelece limites àquele poder - por isso se diz que o poder constituinte derivado é limitado. Tais limites foram impostos pelo próprio constituinte originário ao estabelecer princípios que devem ser obedecidos, sob pena de inconstitucionalidade formal ou material. São os seguintes princípios que limitam o poder constituinte derivado decorrente: princípios constitucionais sensíveis [ 1 ], princípios constitucionais estabelecidos [ 2 ], e princípios constitucionais extensíveis [ 3 ]. 1. Também chamados princípios apontados ou enumerados, previstos no artigo 34, VII: a) forma republicana, sistema representativo e regime democrático; b) direitos da pessoa humana; c) autonomia municipal; d) prestação de contas da administração pública, direta e indireta. e) aplicação do mínimo exigido da receita resultante de impostos estaduais, compreendida a proveniente de transferências, na manutenção e desenvolvimento do ensino e nas ações e serviços públicos de saúde. 2. Também chamados de princípios organizatórios. Exemplos: Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos: Art. 18. A organização político-administrativa da República Federativa do Brasil compreende a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, todos autônomos, nos termos destaConstituição Art. 19. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: (...) 3. Estruturam a federação. Exemplos: princípios do processo legislativo e princípios da administração pública. Art. 59. O processo legislativo compreende a elaboração de: I - emendas à Constituição; II - leis complementares; III - leis ordinárias; IV - leis delegadas; V - medidas provisórias; VI - decretos legislativos; VII - resoluções. Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte. ... Espero ter ajudado. Obs: LEMBRANDO que OS NUMEROS 1, 2 e 3 correspondem respectivamente aos princípios cidadãos acima como limites do poder constituinte. Vlw
Poder constituinte derivado decorrente é a competência dada aos Estados membros para elaborarem sua própria Constituição , por meio de suas assembléias legislativas, conforme artigo 11 do ADCT. Art. 11. Cada Assembléia Legislativa, com poderes constituintes, elaborará a Constituição do Estado , no prazo de um ano, contado da promulgação daConstituição Federal , obedecidos os princípios desta. Decorre da capacidade de auto-organização dos Estados, prevista no artigo 25, caput daConstituição Federal . Art. 25. Os Estados organizam-se e regem-se pelas Constituições e leis que adotarem, observados os princípios desta Constituição . Este mesmo artigo estabelece limites àquele poder - por isso se diz que o poder constituinte derivado é limitado. Tais limites foram impostos pelo próprio constituinte originário ao estabelecer princípios que devem ser obedecidos, sob pena de inconstitucionalidade formal ou material. São os seguintes princípios que limitam o poder constituinte derivado decorrente: princípios constitucionais sensíveis [ 1 ], princípios constitucionais estabelecidos [ 2 ], e princípios constitucionais extensíveis [ 3 ]. 1. Também chamados princípios apontados ou enumerados, previstos no artigo 34, VII: a) forma republicana, sistema representativo e regime democrático; b) direitos da pessoa humana; c) autonomia municipal; d) prestação de contas da administração pública, direta e indireta. e) aplicação do mínimo exigido da receita resultante de impostos estaduais, compreendida a proveniente de transferências, na manutenção e desenvolvimento do ensino e nas ações e serviços públicos de saúde. 2. Também chamados de princípios organizatórios. Exemplos: Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos: Art. 18. A organização político-administrativa da República Federativa do Brasil compreende a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, todos autônomos, nos termos destaConstituição Art. 19. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: (...) 3. Estruturam a federação. Exemplos: princípios do processo legislativo e princípios da administração pública. Art. 59. O processo legislativo compreende a elaboração de: I - emendas à Constituição; II - leis complementares; III - leis ordinárias; IV - leis delegadas; V - medidas provisórias; VI - decretos legislativos; VII - resoluções. Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte. ... Espero ter ajudado. Obs: LEMBRANDO que OS NUMEROS 1, 2 e 3 correspondem respectivamente aos princípios cidadãos acima como limites do poder constituinte. Vlw
User badge image

Hugo Figueira

Há mais de um mês

Obs: SÓ CORRINDO O CORRETOR -LEMBRANDO que OS NUMEROS 1,2 e 3 correspondem, respectivamente, aos princípios citados* acima como limites do poder derivado decorrente . vlw

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes