A maior rede de estudos do Brasil

É constitucional dividir, unir ou ampliar o número de Estados Membros? Justifique sua resposta.


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

Sim.

O artigo 18 da Constituição, em seu parágrafo 3º, trata sobre o assunto:

"Art. 18. A organização político-administrativa da República Federativa do Brasil compreende a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, todos autônomos, nos termos desta Constituição.

§ 3º Os Estados podem incorporar-se entre si, subdividir-se ou desmembrar-se para se anexarem a outros, ou formarem novos Estados ou Territórios Federais, mediante aprovação da população diretamente interessada, através de plebiscito, e do Congresso Nacional, por lei complementar."

Sim.

O artigo 18 da Constituição, em seu parágrafo 3º, trata sobre o assunto:

"Art. 18. A organização político-administrativa da República Federativa do Brasil compreende a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, todos autônomos, nos termos desta Constituição.

§ 3º Os Estados podem incorporar-se entre si, subdividir-se ou desmembrar-se para se anexarem a outros, ou formarem novos Estados ou Territórios Federais, mediante aprovação da população diretamente interessada, através de plebiscito, e do Congresso Nacional, por lei complementar."

User badge image

fernanda Nara

Há mais de um mês

Não Há controvérsia na constitualidade de reorganização dos Estados entre si, em virtude do que dispoe o artigo 18 §3° da Constituição Federal.

Portanto são tres as modalidades de modificação das áreas geograficas de um Estado: incorporação, subdivisão e desmembramento.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas