A maior rede de estudos do Brasil

Existem três tipos de amígdalas para nos proteger das bactérias, quais são elas?

Sempre ouvi falar sobre as tais amígdalas e pra que serviam, mas sempre esqueço. Gostaria de uma resposta prática e relacionada ao tema!

 

Grande abraço!

Fisiologia Humana I

Humanas / Sociais


2 resposta(s)

User badge image

Ariele Costa

Há mais de um mês

A rino-faríngea (localizada entre a faringe e o canal que leva ao nariz);

Palatinas (localizadas no seio tonsilar, delimitado pelos arcos palatoglosso e palatofaríngeo);

Linguais (localizadas na base da língua).

As amígdalas são uma massa de tecido linfóide de forma ovalada situadas na parte posterior da garganta. Elas fazem parte do sistema imunitário e são uma componente importante na aquisição de defesas do organismo contra as infecções. Juntamente com os adenóides, as amígdalas protegem contra as infecções do tracto respiratório superior. As amígdalas desenvolvem-se gradualmente a partir do nascimento e atingem a sua dimensão máxima cerca dos 7 anos de idade. As amígdalas fazem parte do sistema linfático de waldeyer. São ricas em tecido linfóide, participando na produção de linfócitos B e linfócitos T (responsáveis pela imunidade). Os linfócitos B estão ligados à produção de anticorpos séricos específicos, como as: IgG, IgA, IgM, IgD e IgE, ao se transformarem em plasmócitos, por estímulos antigénicos. Assim as amígdalas e a faringe, fazem parte dos mecanismos de protecção imunitária do organismo, através de suas formações linfóides. 



A rino-faríngea (localizada entre a faringe e o canal que leva ao nariz);

Palatinas (localizadas no seio tonsilar, delimitado pelos arcos palatoglosso e palatofaríngeo);

Linguais (localizadas na base da língua).

As amígdalas são uma massa de tecido linfóide de forma ovalada situadas na parte posterior da garganta. Elas fazem parte do sistema imunitário e são uma componente importante na aquisição de defesas do organismo contra as infecções. Juntamente com os adenóides, as amígdalas protegem contra as infecções do tracto respiratório superior. As amígdalas desenvolvem-se gradualmente a partir do nascimento e atingem a sua dimensão máxima cerca dos 7 anos de idade. As amígdalas fazem parte do sistema linfático de waldeyer. São ricas em tecido linfóide, participando na produção de linfócitos B e linfócitos T (responsáveis pela imunidade). Os linfócitos B estão ligados à produção de anticorpos séricos específicos, como as: IgG, IgA, IgM, IgD e IgE, ao se transformarem em plasmócitos, por estímulos antigénicos. Assim as amígdalas e a faringe, fazem parte dos mecanismos de protecção imunitária do organismo, através de suas formações linfóides. 



User badge image

Mário Vinicius Coelho

Há mais de um mês

Obrigado Ariele Costa! Melhor resposta que essa impossível!

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes